atuar como médico

Por que abrir empresa para atuar como médico?

A carreira em Medicina permanece uma das mais atrativas nos dias de hoje, mesmo com tantos avanços tecnológicos transformando a profissão. Um movimento, porém, tem sido importante para quem escolhe atuar como médico: cada vez mais, os profissionais da área são também empreendedores, seja como parte do corpo diretor de uma clínica, seja administrando o próprio consultório.

Pode até não parecer existir tanta diferença neste sentido, já que as clínicas e os consultórios particulares fazem parte há tempos da área da saúde. O que vem avançando, entretanto, são as possibilidades para aqueles que decidem seguir este caminho abrindo uma empresa e tendo o próprio CNPJ.

Caso esteja cogitando essa possibilidade, neste artigo separamos algumas dicas importantes a serem levadas em consideração!

Motivos para ter um CNPJ para atuar como médico

Para atuar como médico, além da possibilidade de contratação CLT, é possível trabalhar como autônomo ou, então, abrir uma empresa na área da saúde. Veja abaixo as vantagens e oportunidades ao se apostar nesta última opção:

1. Otimização no pagamento de impostos

O principal motivo para a abertura de uma empresa na área da saúde, mesmo que para atuar de forma independente, é a redução no pagamento de impostos. Isso porque, ao trabalhar como autônomo, um médico facilmente pode chegar no percentual de 27,5% da tabela progressiva do Imposto de Renda Pessoa Física, o que representa um custo significativo dentro do orçamento.

Ao optar pela abertura de empresa dentro de um dos modelos disponíveis (Lucro Presumido, Lucro Real ou Simples Presumido), os impostos pagos pela empresa costumam ficar bastante abaixo desta faixa de contribuição. Assim, mesmo com os custos envolvidos em mensalidade do contador, INSS sobre o pró-labore e aluguel do endereço virtual da empresa, é possível ter uma otimização no orçamento, de forma totalmente legal.

2. Diferentes possibilidades de enquadramento tributário

Como falamos no tópico anterior, existem diferentes possibilidades de enquadramento para abertura de uma empresa na área da saúde. Em geral, o Lucro Presumido costuma ser o mais vantajoso para atuar como médico, mas apenas um especialista em contabilidade poderá ajudar a definir a melhor opção, levando em consideração a sua especialidade, a atividade que irá desenvolver em sua empresa e o seu lucro mensal médio.

Vale lembrar que, se a atividade profissional estiver prevista na Resolução da Anvisa, a carga tributária é menor. Isso diz respeito às atribuições descritas abaixo:

 

  • Prestação de atendimento eletivo de promoção e assistência à saúde em regime ambulatorial e de hospital-dia – atenção à saúde incluindo atividades de promoção, prevenção, vigilância à saúde da comunidade e atendimento a pacientes externos de forma programada e continuada;
  • Prestação de atendimento imediato de assistência à saúde – atendimento a pacientes externos em situações de sofrimento, sem risco de vida (urgência) ou com risco de vida (emergência);
  • Prestação de atendimento de assistência à saúde em regime de internação- atendimento a pacientes que necessitam de assistência direta programada por período superior a 24 horas (pacientes internos);
  • Prestação de atendimento de apoio ao diagnóstico e terapia- atendimento a pacientes internos e externos em ações de apoio direto ao reconhecimento e recuperação do estado da saúde (contato direto).

 

3. Oportunidades profissionais

Não se pode negar, atualmente a maior parte das oportunidades para atuar em clínicas médias são tornando-se sócio de uma ou, então, prestando serviços por meio de um CNPJ. Portanto, se o seu objetivo é ampliar a sua carreira, para poder atuar como médico em hospitais, clínicas e consultórios, abrir uma empresa pode ser um primeiro passo importante.

Este fator é especialmente importante para os médicos que estão começando na profissão, não só por abrir oportunidades, mas também por permitir conhecer o dia a dia em diferentes práticas para escolher o foco para o futuro.

4. Construção de nome profissional

Da mesma forma, mesmo para os profissionais mais experientes, existe a necessidade de construção e manutenção de uma reputação profissional, que, sem dúvidas, é impulsionada ao se fazer atendimentos em consultório particular ou em uma clínica especializada.

Por isso, abrir uma empresa pode ser um bom caminho para construir aos poucos a sua base de pacientes e de indicações para atuar como médico.

5. Novos serviços para empresas de pequeno porte

Se antigamente manter uma empresa em qualquer área era sinônimo de altos custos, felizmente, nos dias de hoje, diversos serviços vêm se consolidando para facilitar a vida do empreendedor. O que também acontece na área da saúde!

Não é mais preciso, por exemplo, manter a estrutura de um consultório para ser utilizado apenas alguns dias por semana. Planos de endereço comercial que possibilitem o aluguel de salas com horário pré-agendado são uma excelente opção, contanto inclusive com recepção e atendimento telefônico.

A contabilidade também foi reinventada, com escritórios de contabilidade prestando serviços online e de mais baixo custo, significando uma redução no orçamento.

Não se esqueça de contar com os especialistas!

Não há dúvidas de que abrir empresa para atuar como médico tem se mostrado cada vez mais uma excelente opção para construir reputação, otimizar o orçamento e diversificar a carreira. Cabe lembrar, entretanto, que a área da saúde possui muitas normas, registros e regulamentações a serem considerados na hora de abrir um CNPJ. Por este motivo, não deixe de consultar os especialistas na hora de dar esse passo importante. Escritórios de contabilidade especializados na área médica e empresas de serviços de endereço fiscal com experiência no setor podem ser seus parceiros para o crescimento estruturado!