eventos corporativos

Eventos corporativos como ferramenta de vendas

Gerar mais oportunidades de vendas e fidelizar clientes é desafio comum para qualquer negócio, especialmente os que atuam no segmento B2B. Diante disso, muitas empresas buscam novos caminhos para engajar seu público da maneira mais assertiva. Porém, uma estratégia relativamente antiga continua sendo bastante eficaz para cumprir este objetivo: os eventos corporativos.

Portanto, para ajudar a entender melhor como eles podem ser boas ferramentas de vendas, neste artigo listamos as vantagens e os principais modelos que podem ser utilizados pela sua empresa!

Por que fazer eventos corporativos?

Os eventos corporativos sempre foram uma fonte bastante utilizada para gerar negócios pelas empresas que vendem para outras empresas. O principal motivo está na possibilidade de colocar seu negócio frente a frente com potenciais ou atuais clientes, com oportunidade de mostrar conteúdo ou novidades.

Existem porém, outras importantes vantagens em apostar nos eventos corporativos dentro da estratégia de vendas:

  • Visibilidade de marca: especialmente para novas empresas, que precisam posicionar marca, produtos e serviços para seu mercado.
  • Relacionamento: promover networking com potenciais parceiros e clientes, assim como facilitar o contato entre eles para que também gerem negócios entre si.
  • Aumento da base de contatos: eventos de conteúdo podem ser uma boa forma de captar novos cadastros para sua base comercial.
  • Levantamento de informações: nos eventos corporativos, é possível extrair dados importantes para equipes de Marketing e Vendas – tanto por meio das inscrições, quanto por meio de pesquisas e atividades interativas.

Qual o formato certo para o seu evento corporativo?

Apenas conhecer as vantagens de se investir em eventos corporativos não é suficiente para colocar este projeto em ação. O mais importante, antes de tudo, é entender qual o melhor formato para que seu evento seja mesmo uma ferramenta de vendas!

Cursos e Workshops

Para as empresas que estão começando a se posicionar no mercado, promover cursos e workshops de curta duração é uma maneira excelente de apresentar o negócio por meio de conteúdo. Lembrando, é claro, que a abordagem comercial deve acontecer de maneira orgânica entre as informações apresentadas.

Por exemplo, se sua empresa desenvolve uma solução para segurança digital, pode promover um encontro sobre este tema, mencionando os principais riscos para as empresas e como solucioná-los. A apresentação comercial entra no final do evento, nos momentos de intervalo e no pós-evento.

Quanto à estrutura, não há grandes desafios: sua empresa pode alugar uma sala de eventos em espaços de coworking com serviços de recepção e alimentação, diminuindo a demanda operacional. 

Congressos e Seminários

Uma versão ampliada do tópico anterior, os congressos e seminários reúnem um público maior, também em um período maior. Este modelo é mais efetivo para empresas já conhecidas no mercado, que podem investir em divulgação, infraestrutura e até mesmo na contratação de palestrantes.

A vantagem deste modelo é poder incluir estandes de vendas, não apenas do seu negócio, mas também de parceiros e patrocinadores. Por meio de uma imersão de conteúdos, seu público pode entender melhor sua solução e seu mercado de atuação.

Feiras de Negócios

Este é o modelo mais comercial de todos. Normalmente organizadas por empresas de eventos ou entidades do setor, as Feiras de Negócios têm como objetivo apresentar soluções para o dia a dia das empresas. Apesar do custo de locação de espaço e montagem de estande, se o objetivo for captar potenciais clientes de forma mais direta, esta é uma boa opção.

Apenas tenha o cuidado de mapear muito bem o público participante, para entender se estão realmente dentro de seu perfil de clientes.

Cafés da Manhã e Almoços

Em um cenário de agendas cada vez mais apertadas, promover encontros no café da manhã ou no almoço pode ser uma boa saída, especialmente se deseja atrair executivos para seus eventos corporativos. Nestes momentos, que podem ser em restaurantes ou espaços para reuniões, é possível definir algum tópico de discussão e networking e, até mesmo, fazer alguma rápida apresentação.

Viagens

Alguns modelos de negócios alcançam bastante sucesso ao promover viagens para clientes e potenciais clientes – desde que não descumpram as políticas de compliance de suas empresas. Esses roteiros podem incluir tanto visitas a clientes que já estão em sua base ou mesmo à planta de produção, quanto podem ser simplesmente momentos de lazer.

Uma boa estratégia de relacionamento, inclusive, tem sido levar clientes para eventos fora de sua cidade ou até mesmo do seu país.

Webinars

Se o orçamento está apertado para realizar eventos corporativos, ainda há caminhos para começar com baixos custos. O principal deles é promover webinars (os seminários online) para seu público. Com ferramentas digitais que transmitem apresentações, como o próprio recurso do YouTube, você pode começar a captar cadastros e a apresentar o conteúdo produzido pelo seu negócio.

O conteúdo certo para o seu público

Neste artigo, você conheceu algumas vantagens e também os principais formatos de eventos corporativos. O mais importante, agora, é pensar em qual conteúdo irá apresentar para seu público. Se o tempo é escasso, aproveite a atenção de seus atuais e potenciais clientes para mostrar algo que realmente contribua para seu dia a dia profissional. Esta é a maneira mais eficaz de posicionar sua marca e fazer com que sua empresa continue sendo lembrada como uma parceira de crescimento!

Tags: