planejamento anual para pequena empresa

Planejamento anual para pequena empresa: o que é importante?

Os empreendedores que conseguem sobreviver aos cinco primeiros anos de negócio são apenas 33% no Brasil (Sebrae-SP). Segundo os especialistas, o principal motivo para isso é não traçar estratégias e colocá-las no papel logo no início das operações. Portanto, por mais que pareça desnecessário quando tudo que acontece está tão perto do fundador, realizar um planejamento anual para pequena empresa, sem dúvidas, é fator determinante para o sucesso – e para a sobrevivência no mercado.

Mas o que é importante como elemento deste planejamento? Neste artigo, vamos listar os elementos essenciais que devem constar na elaboração deste documento, especialmente se você está à frente de uma PME (pequena ou média empresa). Confira!

O que precisa estar no planejamento anual para pequena empresa?

Antes mesmo de começar a escrever seu planejamento anual para pequena empresa, é preciso conhecer bem quais serão os seus pilares. Ou seja, as áreas e os temas para os quais precisará reunir informações, buscar conhecimento e referências e ouvir seus colaboradores e clientes para sair com as melhores estratégias. Veja quais são:

1.Histórico de resultados

Se o planejamento é para uma empresa que já está em operação, olhar para os resultados dos períodos anteriores é o primeiro passo a ser dado. Com base nos números, será possível enxergar onde estão os gargalos para o crescimento e para a melhoria dos resultados.

É preciso tornar a empresa mais conhecida? O processo comercial precisa ser mais assertivo? Os custos precisam ser reduzidos? Ao responder essas perguntas, você será capaz de traçar os objetivos principais para seu plano de ação.

2. Perspectivas para crescimento

Com o histórico em mãos e um olhar apurado para o momento do mercado, é hora de fazer estimativas realistas e, ao mesmo tempo, desafiadoras para os resultados que deverão ser atingidos pela equipe no próximo ano.

Aqui, cabe lembrar que seu time precisa comprar as metas. Portanto, não se esqueça de envolver os colaboradores na elaboração destes objetivos.

3. Estratégias de Marketing

Marketing é uma área fundamental para garantir resultados comerciais. Por esta razão, depois de definidas as metas de vendas, estabeleça quais serão as ações de Marketing para que seja possível atingi-las.

Não se esqueça de que o retorno sobre o investimento deve guiar suas decisões juntamente com a meta de leads e negócios fechados.

4. Plano financeiro

Aqui, devem ser estabelecidos a previsão de fluxo de caixa para cada mês, trimestre, semestre e ano, além dos investimentos necessários em cada período. Há um mês com menor resultado comercial? Será necessário ampliar o escritório ou mudar de coworking? Esse tipo de informação precisa estar detalhado, com previsão de valores financeiros a serem seguidos.

5. Previsão de contratações ou mudanças no time

Da mesma forma que deve ser feito com as Finanças, é preciso pensar com antecedência em como será a configuração do time no próximo ano. Novas contratações e demissões, promoções de colaboradores e mudanças na estrutura organizacional devem ser contempladas aqui.

6. Métricas a serem monitoradas

Por fim, não se esqueça das métricas que devem ser monitoradas com frequência por você e pelo seu time, a fim de ter um entendimento completo do que está permitindo ou impedindo as metas de serem alcançadas. Essas análises permitem mudanças de rotas e ajustes ao longo do tempo e mantêm seu foco rumo ao objetivo final.

Focar em resultados e adaptar seu plano

Quando falamos com os empreendedores sobre planejamento anual para pequena empresa, é comum ouvirmos que esse documento acaba sendo descartado ao longo do ano, pois tudo muda muito rápido nesse perfil de negócio. Pode até ser verdade, porém, para sobreviver no mercado de forma sustentável, é preciso passar por esse exercício e saber para onde vai.

Sem dúvidas, o planejamento anual deve ser feito por você. E sim, ele irá deixar de fazer sentido em algum momento do ano. Mas, então, será momento de revê-lo e de replanejar seus próximos passos!