10 pontos para não esquecer ao fazer entrevista de emprego

Recrutar pessoas para fazer parte do seu negócio nunca é tarefa fácil. Você precisa, em poucos contatos e com poucas informações, entender se alguém é o melhor profissional para integrar seu time e ajudá-lo no crescimento da empresa. Algo ainda mais complexo quando não teve experiência anterior para isso e precisa dividir seu tempo como empreendedor entre tantas outras responsabilidades. Por esta razão, para que consiga contratar de forma mais eficiente, vamos falar neste artigo sobre dicas essenciais para fazer entrevista de emprego e não errar na contratação!

Por que a entrevista é uma etapa tão importante?

Nas pequenas empresas, os recursos são escassos, por isso, não há tanto espaço para o erro na hora da entrevista para contratação. Por mais difícil que seja avaliar as pessoas, portanto, você precisa ter o máximo de assertividade para evitar o turnover ou mesmo a seleção de um profissional pouco qualificado.

Além disso, vale lembrar que, com desemprego em alta, você terá um desafio ainda maior ao lidar com o volume de candidatos e toda a ansiedade envolvida nesta situação, que pode levar a mentiras ou manipulações sobre o currículo.

Como fazer entrevista de emprego com assertividade

Listamos abaixo 10 fundamentos que toda entrevista de emprego que você fizer precisa considerar. Confira:

1.Planeje sua vaga

Muitos processos seletivos têm resultados abaixo do esperado por causa de uma fase ainda anterior à contratação: a definição da vaga. Mais do que divulgação da oportunidade, esta é uma etapa de planejamento em relação ao perfil que deseja ter como parte de seu time.

Por isso, todos os envolvidos na contratação e, posteriormente, na gestão dessa pessoa, devem participar da descrição da função e da seleção de habilidades e competências mais importantes para a função. Lembre-se: não existe funcionário perfeito, portanto, escolha aqueles critérios que realmente serão importantes a serem analisados na hora em que for fazer entrevista de emprego.

2. Vá além do currículo

Com a entrevista agendada, é obrigatório analisar o currículo do candidato. Mas não fique apenas nas informações que estão neste documento: procure pelo perfil do interessado em redes profissionais como o LinkedIn, busque informações sobre a cultura das empresas em que já trabalhou e entenda mais sobre sua formação. Essa pesquisa com certeza irá ajudar na elaboração de perguntas mais profundas e precisas para fazer entrevista de emprego com mais qualidade.

3. Faça perguntas pessoais

Sim, a entrevista para contratação é um momento profissional, mas nada impede que você faça perguntas pessoais ao candidato. É claro, sem entrar em detalhes muito íntimos, mas buscando conhecer um pouco mais sobre a pessoa que deseja fazer parte de sua empresa.

Pergunte sobre onde e com quem mora, sonhos para a carreira, hobbies que pratica nas horas livres e filmes e livros favoritos. Esse tipo de pergunta irá permitir que você vá um pouco além e entenda seu candidato como uma pessoa completa, não apenas como um profissional.

4. Explore competências

Competências, ao contrário de habilidades, não podem ser treinadas e, também, são difíceis de serem avaliadas. Por isso, procure informações e dicas sobre entrevistas por competências, incluindo algumas perguntas em sua conversa que tenham objetivo de mostrar como o candidato lida com diferentes situações.

Algumas sugestões são questionar sobre como lidou com algum conflito no trabalho, o que fez ao receber uma meta difícil de ser batida ou como reagiu a algum feedback.

5. Teste habilidades

As habilidades, por sua vez, podem ser facilmente manipuladas pelo candidato. Se a sua vaga exige habilidades técnicas para ser executada, portanto, considere a possibilidade de realizar um teste prático antes ou depois de fazer a entrevista de emprego. Alguns testes comuns em processos seletivos são redação (para quem precisa redigir e-mails ao público), excel ou idioma estrangeiro.

6. Identifique conexões com o negócio

É mais fácil ter sucesso na contratação quando o candidato tem alguma conexão com o negócio, pode ser quanto a valores, estratégia ou mesmo por ter atuado no setor anteriormente. Ao longo da entrevista, busque entender se essas relações existem, caso contrário, a pessoa provavelmente terá dificuldade em se encaixar na cultura da empresa.

7. Não se embase em preconceitos

Antes de entrar na sala de entrevista, deixe seus preconceitos pessoais do lado de fora. É comum julgar candidatos por sua formação em uma universidade pouco renomada, por sua experiência pouco significativa ou pela ausência de cursos e atividades de aperfeiçoamento. Saiba, entretanto, que nem sempre são esses fatores que irão determinar um bom profissional.

8. Não entendeu? Pergunte de novo!

A entrevista é um momento muito importante e em que a comunicação deve fluir bem entre dos dois lados. Caso não tenha entendido a resposta de seu candidato, ou tenha achado que foi muito evasiva, não perca a oportunidade de pedir para ele repetir a sua resposta – ou pode perder um bom elemento para a avaliação.

9. Marque outra conversa

É comum que os processos seletivos tenham mais de uma etapa e isso não é por acaso. Encontrar o candidato em momentos distintos também é uma oportunidade de perceber como ele se comporta de maneira mais clara, eliminando toda a ansiedade e nervosismo do primeiro encontro. Mesmo que seja apenas uma conversa final de 15 minutos, se está em dúvida, agende esta outra etapa no processo seletivo.

10. Ofereça um retorno

Selecionando ou não seu candidato ao fazer entrevista de emprego, é muito importante que ofereça um retorno, com feedbacks claros sobre o processo seletivo. Para quem entrar para a sua equipe, isso ajudará a entender o porquê de ser escolhido e o que ainda tem como pontos de melhoria. Para quem não passou na seleção, fica a oportunidade de desenvolvimento para próximas oportunidades e uma excelente imagem sobre a sua empresa.

Permita-se arriscar quando preciso!

Por fim, cabe lembrar que, ainda que seja um processo crítico para a sua empresa, às vezes você terá que arriscar-se na contratação e deixar espaço para o erro ao fazer entrevista de emprego. Nem mesmo profissionais de Recursos Humanos acertam em todas as seleções, é natural, portanto, que você erre como empreendedor ao entrevistar os profissionais que farão parte de sua equipe. O mais importante é se lembrar que seu trabalho não termina nessa etapa, ainda será preciso oferecer todas as ferramentas necessárias para o desenvolvimento dessa pessoa dentro do seu time, de forma a manter sua cultura corporativa e alcançar os melhores resultados!

logo_smart.png

Brasília – Asa Sul
​Av. W3 Sul CRS 502 Bl C Loja 37

Brasília – Asa Norte
Av. W3 Norte SEP/N 504 Bl A 3º Andar

TERESINA/PI
Av. Homero Castelo Branco, nº 383​, Jóquei​

CURITIBA/PR​
Rua Mateus Leme, nº 1245, São Francisco

  • Copyright 2019 Smartei Escritórios Inteligentes - CNPJ: 19.611.273/0001-09