Categorias
Coworking

Por que aderir ao coworking para contadores?

Tudo o que o contador precisa saber antes de ingressar no coworking

A cada dia mais empresas e trabalhadores autônomos estão deixando de lado a velha burocracia de ter e manter um escritório para aproveitar as vantagens de um espaço coworking.

Isto se deve a alguns fatos econômicos (como a economia com aluguel, serviços, endereço fiscal, etc.) e sociais (como a necessidade de uma rede de contatos, ambiente executivo para reuniões, etc.).

Mas funciona também o coworking para contadores?

Vários profissionais – principalmente os iniciantes – do ramo da contabilidade estão deixando o aluguel caro e o home office para estar em um ambiente de trabalho moderno e com todas as ferramentas que este profissional precisa.

Mas muitos contadores têm dúvidas com respeito ao coworking, já que este é um modelo de trabalho inovador, plural e criativo, o que parece não encaixar com profissionais da área de exatas.

Neste artigo, vamos responder às perguntas que todos os contadores fazem quando pensam em coworking, mas ninguém soube explicar.

Antes disso, você contador já conhece a contabilidade online? Dê uma lida neste artigo para saber mais!

Vamos lá!

Posso ter a privacidade que necessito no coworking para contadores?

Sem dúvida!

coworking para contadores

O coworking para contadores oferece espaços compartilhados, que facilitam a troca de informação e o networking, mas também possui escritórios de trabalho com todo o conforto e privacidade necessária.

Além disso, os bons espaços de coworking contam com salas de reunião, onde o contador pode se reunir com as partes de um processo, empresários e demais clientes com toda a privacidade e profissionalismo.

Quais profissionais da contabilidade se encaixam melhor no coworking para contadores?

Se pararmos para analisar, todos os profissionais da contabilidade podem atuar em um espaço de coworking. Muitos escritórios e sindicatos de peritos contábeis já contam com este espaço gratuito para colaboradores e associados.

Em alguns processos, além do perito do juízo, as partes (tanto autor como réu) indicam outros assistentes técnicos. Por lei, o perito do juízo deve se reunir com estas partes para dar vista dos autos.

Neste caso, muitos peritos utilizam as salas de reuniões do coworking. Como o home office não transmite profissionalismo e segurança para estas reuniões, muitos preferem utilizar esta ferramenta.

O contador perito contábil, que geralmente é pessoa física, também encontra no coworking para contadores uma saída econômica e funcional, podendo utilizar as estações de serviço para pesquisar na internet leis, laudos e processos virtuais (que passaram a ser maioria).

Para o contador iniciante que realiza perícias judiciais e extrajudiciais, é muito útil, pois pode dispor de uma internet rápida e eficiente, para baixar grande volume de dados, que compõe o processo eletrônico.

O profissional também pode utilizar os programas de cálculos dos tribunais de forma online. O perito contábil só precisa estar cadastrado no tribunal que atua, com indicação de e-mail.

Este profissional tem o compromisso de acessar o site dos tribunais, para verificar suas nomeações, baixar o processo, realizar o seu trabalho e anexar o trabalho ao processo eletrônico.

Tudo isso se dá de forma online e, para isso, é importante que o contador conte com um computador de qualidade e uma internet rápida.

Além disso, se você é perito contábil sabe que muitas vezes é necessário fazer diligências em outras cidades.

Quando o profissional precisa ver documentos volumosos (como, por exemplo, notas fiscais) ele pode levar tudo para o coworking para contadores e trabalhar ali, evitando ter que levar uma pilha de documentação importante para o ambiente doméstico.

Como uma área de exatas se encaixa em um ambiente plural e criativo como o coworking para contadores?

Existem ambientes que podem servir de distração para um profissional das áreas de ciências exatas, como o home office. O mesmo não acontece no ambiente do coworking, pois este está voltado para o trabalho e à concentração.

Além disso, o contador pode aproveitar a experiência para estar conectado com novas formas de trabalhar, o que podem ajudá-lo a otimizar o seu tempo e focar-se no necessário.

Como eu posso aumentar minha rede de contatos no coworking para contadores?

Uma das grandes vantagens de estar em um coworking para contadores é o networking, ou seja, expandir a sua rede de contatos.

Muitos empresários e equipes de trabalho frequentam este ambiente, e o contador pode fechar parcerias, tirar dúvidas e até ser contratado.

É o caso, por exemplo, do contador controller, que faz a escrita contábil e a parte tributária de encargos de formulários para a receita. Ele também é responsável pelo planejamento financeiro de empresas.

Como escolher um espaço coworking para contadores?

Por tudo que dissemos neste artigo, não são todos os espaços que servem de coworking para contadores.

É importante para o profissional da contabilidade encontrar um ambiente que seja tranquilo e privativo, mas também possibilite a troca de informações e conhecimento.

É importante que tenha salas de reuniões, já que o contador precisa passar um aspecto profissional para os clientes, além de permitir um ambiente seguro e integrado as diferentes partes para leitura e interpretação dos autos.

Por isso que você, profissional contábil, deve conhecer o melhor coworking para contadores no Brasil!

Conheça hoje mesmo a Smart Coworking, e descubra que um ambiente diverso pode ter todas as ferramentas que você precisa para o seu trabalho!

Não importa se você é um profissional autônomo experimentado, contador iniciante ou se trabalha para uma empresa. Na Smart Coworking você encontra as melhores unidades em diversos pontos do país.

Além disso, você tem a opção de aceder ao Plano Smart Black por menos de R$ 100,00 por mês!Não perca mais tempo calculando! A solução inteligente é a Smart Coworkin!

Categorias
Coworking Escritórios Virtuais

Quais as vantagens de um coworking para startups?

Veja a seguir as inegáveis vantagens do coworking para startups, além de uma lista que comprava que um foi feito para o outro.

 Muita gente pensa ser uma boa ideia começar a sua startup na garagem de casa, no porão da casa da avó ou em um escritório pequeno no centro da cidade.

Estes empreendedores caem no conto lúdico de que os grandes inventores do mundo tecnológico começaram com pouca estrutura e quase nada de apoio técnico.

Isto é uma grande mentira.

Embora empresas como a HP tenham começado em uma garagem, só o fizeram porque eram lugares amplos, sem utilização e que contavam com todo o equipamento necessário para trabalhar.

É praticamente um milagre encontrar algum lugar assim atualmente.

O grande parceiro de Steve Jobs e cofundador da Apple, Steve Wozniak, afirmou que a Apple não foi criada em uma garagem, ao contrário do que muitos pensam.

Ele diz que, embora Steve Jobs tenha desenvolvido a sua parte inicial do projeto no seu quarto, eles não se reuniram em uma garagem nem para falar de negócios.

Ou seja, mesmo quando ainda eram jovens e inexperientes, uma coisa eles já sabiam: é preciso de infraestrutura para que um projeto importante consiga sair do papel e tenha o crescimento esperado.

Startups e o coworking

coworking para startups

A familiaridade entre às duas vai além da origem bretã dos seus nomes.

O primeiro coworking que se tem notícia foi criado em 2005 na cidade estadunidense de San Francisco. O local se chamava Hat Factory, e foi desenvolvido por Brad Neuberg.

Neste lugar alugado, trabalhavam três profissionais da tecnologia.

Como o local não era usado todos os dias da semana, Neuberg abria as portas do Hat Factory para outros profissionais (normalmente ligados à tecnologia) para poder pagar os serviços no fim do mês.

Desta forma, os coworking passaram a ser um lugar de trabalho compartilhado que conta com todas as ferramentas e equipamentos necessários para o trabalhador autônomo ou empresário.

Mas por que escolher um coworking para startups?

A seguir, vamos analisar algumas das vantagens.

Networking e troca de conhecimento

Uma das necessidades do profissional da tecnologia é estar sempre se atualizando e trocando informações. Para isso, nada melhor que um ambiente de coworking para startups.

O ambiente cooperativo incentiva a troca de conhecimento e aproxima diferentes tipos de profissionais em diferentes ramos, gerando uma rede de contatos que ajuda a todos os presentes.

 

Menos burocracia

O coworking descomplica os processos complicados de começar uma startup.

Assinar contratos, conseguir licenciamentos, solicitar alvarás na prefeitura, chamar e esperar por empresas de internet, telefone, luz, etc.

O profissional da tecnologia não precisa se preocupar com nada disso quando escolhe um coworking para startups.

Além disso, um espaço coworking é uma alternativa para o endereço fiscal da empresa, economizando também este gasto inicial.

Menos riscos

Eu sei que ninguém gosta de falar nos riscos e no possível fechamento da startup quando ela ainda nem começou, mas os perigos do mercado devem estar presentes na mente do empreendedor na hora de começar o negócio.

Ainda mais quando o assunto é um mercado tão inovador quanto o de startups!

É por isso que se comprometer com contratos longos e com o pagamento de serviços urbanos pode ser uma dor de cabeça que dure mais do que a própria empresa.

Se o profissional da tecnologia escolher um coworking para startups, minimiza os riscos de terminar o sonho de ter a sua marca conhecida mundialmente com uma pilha de contas para pagar todos os meses.

Reduz os custos

Outro grande problema, principalmente quando se está começando no mercado de startups, são os custos fixos.

Ter todos os meses uma larga conta para pagar quando você ainda nem começou a pagar a si mesmo é um grande desmotivador.

Lidar com aluguel, luz, água, internet, segurança, limpeza, além dos gastos iniciais com prestações de equipamentos e móveis, pode ser um fator de desgaste no desenvolvimento inicial da empresa.

Escolhendo um coworking para startups, nada disso será problema.

Estes serviços já estão incluídos na taxa de utilização.

Além disso, estes custos serão drasticamente menores, já que em vez de pagar pelo mês inteiro, o profissional só paga pelas horas de uso.

Localização

Outro ponto fundamental é a localização.

Você precisa passar aos seus clientes profissionalismo e mostrar-lhes que você trabalha em um ambiente de alto nível, o que é muito difícil quando você recém está começando.

Além disso, você deve estar em um lugar onde você se sinta cômodo e tenha a privacidade necessária para desenvolver a sua startup.

Existem os profissionais da tecnologia que gostariam de trabalhar no Vale do Silício brasileiro, enquanto outros preferem trabalhar próximo da praia.

Mas para todos existe uma saída inteligente!

A Smart Coworking conta com diversas unidades pelo Brasil para oferecer o melhor coworking para startups!

Se você ainda não conhece os escritórios de alto padrão executivo e as modernas estações de trabalho da Smart, clique aqui e veja onde está a unidade mais próxima a você!Fale hoje mesmo com os profissionais da Smart Coworking e dê o START na sua startup!

Categorias
Coworking Empreendedorismo

Smart Niterói: Cidade oferece cursos online gratuitos para todas as idades

Conheça os cursos online gratuitos do programa Niterói Digital e como participar deles.

 A cidade de Niterói é considerada uma apoiadora do empreendedor, e na capacitação não seria diferente.

O governo municipal vem se destacando no combate a crise financeira ocasionada pela pandemia do coronavírus e já ofereceu linhas de crédito e auxílio financeiro para empresas.

Além disso, a prefeitura também reformou o casarão antigo que havia abrigado o Ministério da Fazenda e o transformou no Núcleo de Atendimento ao Empreendedor.

Isso de todas as medidas para manter vivo o empreendedorismo local e auxiliar na criação de novas empresas, o governo municipal de Niterói está oferecendo cursos online gratuitos.

Estes cursos à distância têm como objetivo democratizar o mercado de tecnologias na cidade.

Neste artigo vamos conhecer um pouco mais sobre o programa Niterói Digital e como você pode fazer para participar destes cursos online gratuitos.

Programa Niterói Digital

A subsecretária de Ciência e Tecnologia de Niterói é o órgão responsável por formular e fomentar o programa Niterói Digital.

Ele tem o objetivo de permitir que a população tenha fácil acesso ao uso de tecnologias de informação e comunicação, especialmente nas regiões mais populares da cidade.

O Programa integra 13 telecentros, 2 Plataformas Urbanas Digitais e 1 Núcleo de Produção Digital. Além do Niterói Digital, a subsecretária conta com o projeto de Fomento à Ciência e o de Tecnologia Assistiva.

cursos online gratuitos

Cursos disponíveis

Mas apenas moradores de Niterói podem se inscrever nestes cursos online gratuitos?

Na verdade, não. Embora o curso seja voltado para o público da cidade, basta fazer o cadastro na página do governo municipal

Os cursos online gratuitos disponíveis vão desde a criação de aplicativos até a técnica de mapas mentais.

Além disso, existe um curso específico para maiores de 18 anos sobre as aeronaves não-tripuladas chamadas de “drones”. Esta tecnologia tem uma multifuncionalidade e aparece em mercados cada vez mais diferentes.

Alguns dos cursos destacados são:

Criando Aplicativos do Zero

Quer se tornar um desenvolvedor de aplicativos sem precisar aprender a programar? O MIT App Inventor 2 é uma ferramenta gratuita e online criada pelo Google e pelo MIT.

Você pode aprender do utilizar a ferramenta para criar aplicativos para Android em 10 aulas. Ele é uma plataforma online simples que permite aos usuários arrastar e soltar objetos visuais para criar um aplicativo.

Dica Smart: Como este curso não requer conhecimento prévio com programação, é uma excelente porta de entrada para quem quer entrar no mundo das startups!

Empreendedorismo Digital

Este curso direcionado apenas para maiores de 15 anos é voltado para quem deseja abrir o seu próprio negócio ou para quem já é empresário e precisa se capacitar no meio digital.

Para ser um empreendedor é preciso mais do que uma grande ideia, é necessário tino comercial e qualificações profissionais.

Dica Smart: este curso vai estimular as suas ideias e lhe preparar para dar o próximo passo no mundo do e-commerce.

Introdução à Edição com DaVinci Resolve

Hoje em dia, com a presença massiva nas redes sociais, cada pessoa é uma agência de marketing de mídia social dela mesma.

Por isso você certamente já deve ter gravado um vídeo para alguma das suas redes sociais. Mas como você fez para editar? Como ficou o resultado final?

Se você precisa produzir vídeos para o seu canal do YouTube, para aulas online ou mesmo uma apresentação para o trabalho, saiba que a edição é uma das partes mais importantes para um bom resultado.

É nesse processo que as cenas são selecionadas e organizadas para dar ritmo à narrativa.

Este curso é para que você aprenda a editar seus vídeos utilizando o software Da Vinci Resolve de maneira descomplicada.

Dica Smart: Um vídeo com uma edição de qualidade passa um aspecto mais profissional para você e para sua empresa.

Para conhecer mais cursos, visite a página do governo municipal de Niterói: https://cienciaetecnologia.niteroi.rj.gov.br/programacao/cursos-ead/

Estudo a distância: foco, concentração e privacidade

Estudar através da internet tem muitos benefícios, mas também pode ser um problema para quem não conta com o ambiente correto para isso.

A falta de ferramentas para o estudo de cursos online gratuitos pode ser uma barreira de entrada para quem quer ser parte deste mercado.

Primeiro, você precisa de um computador, tablet, notebook ou celular com uma boa conexão à internet, o que nem sempre está disponível em todos os bairros.

Outra necessidade é a privacidade para manter o foco. Você não precisa estar exatamente sozinho, mas estar em um ambiente propício para o estudo vai fazer com que você possa manter a concentração necessária.

Você pode usar ferramentas que ajudam a otimizar o seu tempo de estudo, como o método Pomodoro, ou fazer um planejamento semanal, mas nada disso vai servir se você não estiver no ambiente correto.

E é aqui que a Smart Coworking pode te ajudar, e vamos explicar como!

Se você é morador de Niterói ou região, primeiro você deve conhecer a unidade da Smart Coworking Niterói.

Localizada no belíssimo bairro de São Gonçalo, o local conta com 40 estações de trabalho para que você possa estudar com todo o equipamento necessário, além de poder fazer tarefas e trabalhos.

A unidade tem escritórios executivos, sala de reunião e até auditórios, além de espaços sociais e de relaxamento.

Então, não perca mais tempo!Venha se capacitar da maneira mais inteligente com a Smart Coworking!

Categorias
Coworking

5 vantagens em um coworking para arquitetos [O 2 é o principal!]

Entenda o que novos profissionais e antigos escritórios de arquitetura viram de vantajoso em mudar para um ambiente de coworking para arquitetos.

A carreira de arquiteto passa pelo sonho de ter o próprio escritório.

Ter a tranquilidade para a concentração necessária e o local inspirador e equipado para trabalhar é a equação que os arquitetos precisam solucionar para encontrar o lugar ideal de trabalho.

Para solucionar este problema, o coworking para arquitetos tem se mostrado uma excelente saída, aliando economia com qualidade de trabalho.

Levar o escritório para uma sala de coworking pode até gerar dúvidas no início, mas é uma tendência que está se popularizando entre escritórios de arquitetura e trabalhadores autônomos.

O coworking para arquitetos

coworking para arquitetos

Mas o coworking tem a privacidade necessária para o arquiteto poder trabalhar?

A resposta é sim.

Um bom coworking conta com salas para cada necessidade do arquiteto. Desde o escritório para desenhar os planos, passando pela sala de reuniões executiva, até auditórios para apresentar o projeto final.

Outra dúvida constante é: o coworking precisa ser adaptado para arquitetos?

Não necessariamente. Embora existam espaços desenhados para esta função, muitos escritórios em coworkings têm se adaptado às necessidades do profissional da arquitetura e edificação.

Os espaços disponíveis vão sendo alugados de acordo com a necessidade do profissional, funcionando de maneira independente para cada fase do projeto.

Se você ainda tem dúvidas, vale a pena ler este artigo para saber se o seu negócio se encaixa no modelo de coworking.

A seguir, vamos falar sobre algumas vantagens que o coworking para arquitetos oferece.

1. Economia

Quanto custa um escritório de arquitetura particular?

Primeiro de tudo, temos os gastos fixos: aluguel (ou prestação da compra), luz, água, limpeza, manutenção, etc. 

Este valor depende muito de cada região do Brasil, mas deve girar em torno de R$ 1.300,00 A R$ 1.500,00 por mês.

Além disso, o valor do aluguel cobre apenas o espaço. Para agregar computador, software de desenho, impressora, plotter, internet, telefone e toda a mobília, precisa-se de um investimento entre R$ 7.000,00 e R$ 10.000,00.

Esta realidade está completamente fora de cogitação para novos escritórios e trabalhadores autônomos.

No coworking para arquitetos, só há um valor fixo pelo tempo que o arquiteto precisa utilizar o espaço. O local já conta com a maioria dos materiais e equipamentos necessários para o trabalho.

Já os gastos como serviços, limpeza, internet, manutenção, etc. 

São por conta do próprio coworking, o que ajuda especialmente a profissionais iniciantes.

2. Organização

Sendo uma das principais características do profissional de arquitetura, a organização também é encontrada nos escritórios de coworking para arquitetos.

Seja para organizar seu tempo de trabalho ou para ter um escritório que atenda às necessidades do profissional, o coworking para arquitetos é a melhor opção organizacional.

Alugar o espaço que necessita para o tempo necessário faz com que o profissional da arquitetura se concentre mais e otimize seus horários de trabalho, gerando uma continuidade no desenvolvimento dos projetos.

Com a geração e o seguimento de um planejamento semanal, o arquiteto pode transformar aquelas horas que passa no escritório compartilhado em momentos de completa produtividade.

3. Inspiração

Outra característica do profissional de arquitetura é a criatividade e sensibilidade.

Para isso, nada melhor do que explorar novas ideias e pensamentos que são diferentes aos seus.

O contato com outros profissionais – sejam ou não da mesma área – é um dos grandes atrativos do coworking para arquitetos quando pensamos em buscar inspiração.

Ali o profissional tem a privacidade na medida certa, podendo optar por salas mais privativas e usando dos espaços comuns de convivência nas horas de descanso e relaxamento.

O compartilhamento do conhecimento pode se dar em qualquer momento quando você está cercado de outros colaboradores e empreendedores como você!

4. Flexibilidade

Uma das principais vantagens pela qual os profissionais da área escolhem o coworking para arquitetos.

Ter flexibilidade nos dias e horários de trabalho é fundamental para o profissional. Nada mais do velho escritório empoeirado pela falta de uso nos horários em que você não pode utilizar (mas ainda paga por eles).

Em um espaço de coworking para arquitetos, o profissional paga somente pelas horas utilizadas.

Esta também é uma das grandes vantagens frente ao home office.

Enquanto em casa você precisa se desdobrar para adaptar os seus horários de trabalho entre a reunião da sua equipe, o cliente que visita e a furadeira do vizinho, no coworking para arquitetos você divide a sua agenda e usa a sala que precisa nos horários que necessita.

5. Profissionalismo

Mas nada disso serve se você escolher um ambiente que não passa aquela aparência profissional que o arquiteto tem.

Na hora de receber um cliente, fazer uma reunião ou apresentar um projeto, é muito importante que o local não se pareça ao porão da casa da sua avó.

Logo, você deve escolher um coworking que se encaixe nestas necessidades do dia a dia do profissional de arquitetura.

E é por isso que você deve conhecer as unidades da Smart Coworking e os planos que ela oferece para você!

Você pode receber o seu cliente em escritórios de padrão executivo, fazer aquela reunião com o time nas melhores salas de reuniões e ainda apresentar o projeto em auditórios de alta qualidade.

Já pensou?Pois, não pense mais! Busque a unidade da Smart Coworking mais próxima a sua casa e comece a desenhar o seu maior projeto: você!

Categorias
Coworking

Quais as vantagens de um coworking para advogados?

Por que mais e mais profissionais estão passando ao ambiente coworking para advogados?

 Os espaços coworking foram criados em 1999 com a ideia de facilitar o trabalho colaborativo e os encontros empresariais.

No começo, utilizavam o coworking basicamente os profissionais das áreas da tecnologia, como desenvolvimento de startups e trabalhadores freelancers.

Hoje em dia, possui adeptos de todos os mercados por brindar um ambiente profissional aliado ao conhecimento compartilhado.  

Neste artigo vamos analisar por que uma das profissões mais clássicas do mundo deixou as salas frias e abarrotadas para o conforto do mundo do coworking.  

Vantagens do coworking para advogados

coworking para advogados

A ideia de que a advocacia é uma profissão sonolenta e repleta de livros e cadernos cheios de leis e números que só o advogado entende já foi soterrada com os filmes antigos de onde ela saiu.

A advocacia é, em realidade, uma profissão extremamente dinâmica que deixa pouco espaço para os expedientes do dia a dia. 

Resta pouco tempo na jornada de trabalho para cuidar da limpeza e manutenção do escritório, além do custo extra financeiro que gera.

Nos últimos anos, um número crescente de advogados autônomos, pequenos e médios escritórios têm encontrado no coworking um espaço ideal para trabalhar e atender clientes.

Longe daquela imagem antiga dos opulentos e carregados escritórios no último andar de um prédio antigo, que mais assusta do que atrai clientes, a ideia do coworking para advogados tem sido mais bem recebida pelos usuários.

Neste texto vamos analisar algumas vantagens específicas do coworking para advogados. Porém, se você quiser saber se a sua empresa se encaixa no coworking, basta clicar aqui.

Vantagem para o home office

Um dos erros mais comuns é pensar que coworking e home office são a mesma coisa.

Existe uma grande diferença em trabalhar por sua conta em local que está desenhado para isso e trabalhar por sua conta na sua casa, onde as distrações são inúmeras.

Começando por tudo que pode lhe gerar desatenção.

Dentro de casa, a pessoa está muito predisposta a ver os detalhes que necessitam de reparação ou limpeza, e o momento de trabalho termina dando errado.

E embora pareça reconfortante ter a família por perto, muitas vezes se necessita de concentração e privacidade, o que é muito difícil conseguir em casa.

Além disso, é necessária uma certa estrutura para se poder trabalhar e receber os clientes. Não dá para estar dividindo espaço com caixas, roupas e brinquedos velhos.

Já em um espaço de coworking para advogados, o profissional pode escolher os momentos que necessita privacidade para uma reunião, trabalhar em um escritório executivo e ainda com espaços para receber os clientes.

Expansão do networking

Uma das mais importantes ferramentas na advocacia é compartilhar conhecimento com outros profissionais, sejam ou não da mesma área.

Dentro de um ambiente de coworking, o profissional aproveita para se conectar com outros, ampliando assim o seu networking.

Profissionais autônomos podem utilizar as estações de serviço, desde que respeitem as regras de boa convivência para poder se concentrar e manter o foco no trabalho.

Ainda que o advogado prefira contratar um escritório particular para trabalhar, ainda existem espaços de convivência e socialização que o deixam mais próximo de colegas e futuro clientes.

Redução de custos

Além dos benefícios do ambiente moderno e equipado, o coworking para advogados é uma saída para driblar a crise.

Gastos com equipamento, limpeza e manutenção são alguns dos gastos fixos mais importantes para manter um escritório. Além disso, estão os gastos com aluguel e serviços.

É por isso que outra vantagem do coworking para advogados é a economia no início do mês.

No ambiente coworking, os gastos com serviços como água, luz, manutenção, mobília, internet, limpeza, etc. Já estão incluídos no valor total.

Além disso, a questão sanitária tem sido muito importante nestes tempos de pandemia. O cliente precisa se sentir seguro ao entrar em um centro comercial ou escritório, sabendo que o local segue as normas de saúde.

Da mesma forma, o profissional deve estar em um local onde ele sabe que vai estar seguro, sem ter que se preocupar todo o tempo com a limpeza e higiene.

Os ambientes de coworking estão trabalhando com todos os protocolos necessários e são os ambientes que se tornaram mais importantes durante a pandemia.

Qualidade e profissionalismo

Outro fator vantajoso do coworking para advogados é que o ambiente passa a certeza da qualidade e mostra o profissionalismo de quem trabalha ali.

O profissional pode escolher o ambiente que ele precisa, desde a sala de reuniões até a estação de trabalho para pesquisar sobre uma lei ou escrever um processo.

Receber um cliente em um escritório de alto nível ou tomar um cafezinho em algum dos espaços de convivência é uma vantagem com a que qualquer profissional da área, iniciante ou não, pode contar.

Mas, para isso, você tem que escolher o coworking certo. O coworking que atende às suas necessidades. 

Se você ainda não conhece os escritórios de alto padrão, salas de reuniões, auditórios e estações de trabalho das unidades da Smart Coworking, você está ficando para trás!

Fale com os profissionais da Smart Coworking e conheça hoje mesmo como você pode fazer para desfrutar todas as vantagens do coworking para advogados.

Dirija hoje mesmo a sua petição aos profissionais da Smart Coworking e ganhe seu habeas data ao melhor coworking do Brasil!

Categorias
Empreendedorismo

Conheça o Núcleo de Atendimento ao empreendedor na cidade de Niterói

Tudo o que você precisa saber sobre o novo empreendimento do município que vai ajudar o empresariado local.

 Uma casa no centro da cidade de Niterói vai ser o novo ponto de encontro dos empreendedores do Estado.

Com um trabalho exemplar no combate á crise causada pela pandemia, a prefeitura de Niterói segue abrindo possibilidades para o empreendedor local.

A bola da vez é o Núcleo de Atendimento ao Empreendedor, com o papel de fomentar o empreendedorismo na cidade e de incentivar a troca de conhecimento entre os empreendedores.

O espaço inspirador está localizado na Avenida Feliciano Sodré, em um casarão antigo e histórico do bairro central da cidade.

Em parceria com a Casa do Empreendedor, que já facilita a vida do empresariado local, o Núcleo de Atendimento ao Empreendedor vai ser um ponto de referência para administradores e colaboradores.

O local

Núcleo de Atendimento ao empreendedor

Localizado no coração da cidade, o Núcleo de Atendimento ao Empreendedor estará situado na Avenida Feliciano Sodré, 43.

O local foi reformado recentemente pela prefeitura e já abrigou uma unidade do Ministério da Fazenda. Com espaço suficiente para receber mais de uma dezena de pessoas, também foi pensado para o trabalhador autônomo.

A casa conta com um amplo espaço. 

Além de salas para realização de palestras e cursos, o lugar tem três salas de reunião, sala de atendimento e área de convivência, além de um laboratório para o desenvolvimento de startups.

Além disso, o terreno vai abarcar uma unidade da Casa do Artesão, que organiza feiras de artesanato com os trabalhos de artesãos locais, artistas plásticos, trabalhadores manuais e gastronômicos.

O Núcleo contará com uma agenda de eventos, workshops e palestras, além de um cadastro setorial com empreendedores locais e elaboração de programas de empreendedores.

Alguns dos parceiros comerciais mais importantes são a Federação da Indústria e a FIRJAN (Comércio do Estado do Rio de Janeiro), assim como o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

O espaço já havia sido pensado mesmo antes da pandemia, com o objetivo de dar apoio ao Microempreendedores Individuais (MEI), Microempresários (ME) e Empresas de Pequeno Porte (EPP).

Com a atual crise econômica, decidiu-se adiantar a sua abertura e funcionamento como outra medida do município para conter os problemas econômicos na cidade.

Os pilares do Núcleo de Atendimento ao Empreendedor

Segundo decreto municipal, O Núcleo de Atendimento ao Empreendedor – NAE visa incentivar, estimular, apoiar e promover o empreendedorismo na cidade de Niterói.

O mesmo está sustentado sobre quatro pilares:

  • Conhecimento

Estimular o conhecimento e a capacitação dos empresários e colaboradores é um dos principais objetivos do Núcleo de Atendimento ao Empreendedor de Niterói.

Isso será feito através de cursos de capacitação para empreendedores em parcerias estabelecidas e do estímulo da interação com o setor acadêmico em parceria com a Universidades.

Este incentivo se dará através da extensão, pesquisa, desenvolvimento e inovação de produtos e processos.

  • Criatividade

Uma das características marcantes do empreendedorismo de Niterói é o poder de se reinventar. Os empresários da região são conhecidos por oferecer novidades e produtos originais ao público.

Para isso o Núcleo vai incentivar projetos da indústria criativa de Niterói, assim como fomentar a produção dos artesãos locais.

  • Conexão

Todos sabemos a importância de compartilhar conhecimento para entender melhor o mercado.

Para fortalecer a conexão entre pessoas e empresas, o Núcleo de Atendimento ao Empreendedor vai fortalecer a rede de networking de cada empreendedor, fazendo o contato entre empresários e colaboradores locais.

  • Colaboração

Através da colaboração podemos dividir custos e tarefas, além de encontrar colaboradores mais qualificados para nos ajudar em determinado trabalho.

É por isso que o Núcleo de Atendimento ao Empreendedor vai incentivar o trabalho colaborado, em especial no coworkig.

Nos últimos anos o mercado de colaboração tem ido além das plataformas e aplicativos de compartilhamento.

Houve uma percepção de que o espaço de trabalho também pode ser compartilhado, gerando uma interação entre os trabalhadores e uma economia importante para as empresas.

Mas você sabe o que é coworking e como trabalhar de maneira compartilhada na região?

Trabalhando de maneira compartilhada da região

Já mostramos aqui no blog as vantagens de trabalhar perto da praia e os benefícios de trabalhar no bairro São Francisco, em Niterói.

Se você ainda não leu, vale a pena dar uma conferida!

Para trabalhar em um ambiente compartilhado, você primeiro precisa conhecer o coworking e entender as suas vantagens. Clique aqui para saber se o coworking se encaixa no seu negócio.

Agora que você já percebeu todos os benefícios esclarecidos nos artigos anteriormente mencionados, onde você vai conseguir um coworking na cidade de Niterói que esteja próximo da praia e no bairro de São Francisco?

Se você não sabe a resposta é porque ainda não conhece a unidade da Smart Coworking de Niterói.

O espaço conta com 40 unidades de coworking, além de salas executivas de alto nível, sala de reunião, treinamento e auditório.

Aproveite agora mesmo o Plano Smart Black e comece a economizar no aluguel e manutenção hoje!Não perca mais tempo! Fale com os profissionais da Smart Coworking e invista na colaboração da sua empresa no melhor coworking de Niterói!

Categorias
Administração Empreendedorismo Marketing

Piauiense está colhendo o sucesso de uma boa estratégia de marketing

Como uma jovem de 25 anos do Piauí revolucionou o mercado da consultoria de moda no Estado através de uma boa estratégia de marketing

 Com o avanço da tecnologia e a importância que as redes sociais tomaram nesta última década, todos os empreendedores precisam de uma boa estratégia de marketing digital.

Saber trabalhar o seu marketing nas redes sociais não é importante só para empresas que trabalham no e-commerce, mas também para todos aqueles que querem aumentar a sua visibilidade.

Para você que ainda não leu, vale a pena conferir antes este artigo sobre a importância do marketing para o seu negócio.

Para você que já sabe, vamos agora conhecer esta empreendedora piauiense que soube desenvolver uma estratégia de marketing nas suas redes sociais e agora atua em duas frentes diferentes de mercado.

Mas quem é este jovem talento de Teresina e como ela pode te ajudar a se inspirar a trabalhar melhor a sua estratégia de marketing?

Siga atentamente este artigo e você vai descobrir.

Quem é esta empreendedora?

A jovem piauiense de 25 anos se chama Ana Carolyne Rodrigues e é consultora de moda. Ela começou no empreendedorismo há cinco anos, quando lançou seu primeiro produto focado em consultoria de imagem.

Naquela época ela já experimentava um pouco do que seria o boom das redes sociais no Brasil, mas nada comparado com o efeito que elas têm agora na estratégia de marketing de uma empresa.

Carol lançou a Estilo Carol Rodrigues nasceu para atender clientes que queriam melhorar o seu estilo e receber consultoria de imagem personalizada.

Com a ajuda da estratégia de marketing nas redes sociais, a empresa recebeu tanta visibilidade que ela decidiu não só ensinar as pessoas como melhorar a sua imagem pessoal, mas também a serem consultoras como ela.

Foi assim que surgiu a escola para consultores Crie Imagem, com uma série de cursos destinados a ensinar sobre o mercado da consultoria de imagem.

Atualmente ela já conta com uma assessora de imprensa e cinco consultoras no seu time. Carolyne continua prestando consultoria para seus clientes, mas ela e sua equipe também profissionalizam estudantes para o mercado.

Apostando na estratégia de marketing e usando as redes sociais

estratégia de marketing

Foi com a ajuda de uma boa estratégia de marketing e utilizando as suas redes sociais que Ana Carolyne conseguiu atingir e fidelizar o seu público.

Em entrevista recente, ela disse que “as redes sociais foram fundamentais, uma vez que, quando você abre um negócio tão novo, as pessoas têm muita dificuldade de entender o que é e enxergar valor nisso”.

Esta é uma verdade conclusiva que muitos novos empreendedores estão ratificando cada vez mais e deve ser levada em conta desde o início do desenvolvimento de uma empresa ou marca.

A experiência passada pelo marketing em redes sociais aparece para o cliente antes mesmo dele comprar o produto ou serviço. Começa na fase de atração, passando por todo o processo de compra até chegar ao feedback e fidelização do cliente.

Com o distanciamento social implantado devido à pandemia do coronavírus, muitas empresas que já estão há muito tempo no mercado se viram obrigadas a adotar essa estratégia de marketing.

O e-commerce se transformou em uma solução para o empresário, e o marketing digital em redes sociais se converteu em uma ferramenta muito importante na hora de atrair novos clientes a distância.

É por isso que cada vez mais empreendedores estão usando esta estratégia de marketing nas suas empresas e você está perdendo tempo se ainda não a está usando.

Como você pode usar esta estratégia

Antes de criar uma boa estratégia de marketing, é importante saber quem é o seu público e onde você deve ir para encontrá-lo.

Investir em propaganda nas redes sociais é uma ferramenta certeira e de baixo custo que está disponível em quase todas as plataformas de socialização online.

Outra forma de publicitar nestes meios é através dos influenciadores digitais, que cobram um valor proporcional ao seu número de seguidores e alcance.

No caso da Ana Carolyne, ela mesma foi a sua influenciadora, divulgando seu próprio trabalho.

Para ter um alto nível de alcance nas redes sociais ou para desenvolver uma estratégia de marketing digital, você e sua equipe de trabalho precisam estar bem equipados.

Para isso, você deve contar com os escritórios inteligentes e as salas de reunião de alto nível da Smart Coworking. Se você é empreendedor em Teresina e região, já pode contar com o Plano Smart Black!

Conheça hoje mesmo a unidade de Teresina da Smart Coworking! Lá você também conta com 15 estações de coworking para que você possa trabalhar sem preocupação!

Localizada no melhor bairro de Teresina, às margens do Rio Poti, a Smart Coworking Teresina lhe oferece o melhor ambiente para trabalhar aliada a uma proximidade com a natureza e a facilidade de estar no complexo do Shopping Rio Poty.

Passe logo a sua empresa para a Smart Coworking e seja você o próximo ou próxima piauiense a ser destaque pelo empreendedorismo na região!

Categorias
Coworking Escritórios

Smart Niterói: Os benefícios de trabalhar em São Francisco

Conheça as vantagens de trabalhar em São Francisco, um dos melhores bairros da cidade!

 A cidade de Niterói tem se mostrado um exemplo de empreendedorismo nos últimos tempos.

Não só pelo seu intenso cuidado com a saúde e a economia durante a pandemia, mas também por sua história de cidade inovadora e empreendedora.

Mas há um bairro específico onde você pode aliar as melhores possibilidades de qualidade de trabalho a uma abundância natural de causar inveja em muitos bairros desta e de outras cidades do estado do Rio de Janeiro.

Com 2,76 Km2 e uma população de quase 10 mil pessoas, o bairro de São Francisco é um dos pontos que mais cresce no conceito de empreendedores da região.

É por isso que cada vez mais trabalhadores estão fazendo a escolha inteligente de levar a sua empresa para este bairro.

Mas é caro trabalhar em São Francisco?

Para saber a resposta para esta pergunta e conhecer todos os benefícios de trabalhar no bairro, leia este artigo até o final e descubra que trabalhar em São Francisco é possível, mesmo sem gastar muito dinheiro.

Vamos conhecer um pouco mais deste bairro que tem quase três séculos de história!

História do bairro

trabalhar em São Francisco

Desde o século XVII que já existem referências na literatura e em cartas geográficas sobre o bairro de São Francisco, no sul de Niterói.

Nestes remotos tempos, a região já era uma referência para pescadores, não só os indígenas como também os portugueses.

A pesca na enseada sempre foi um importante meio de sustento para os habitantes desta localidade e as informações sobre sua topografia aparecem desde o ano de 1833.

Outra localidade apontada nestes desenhos mais primórdios da região é a presença da Capela de São Francisco Xavier, que veio a dar nome ao bairro.

Ela segue no local recebendo visitantes de todas as partes do país, sendo uma referência no turismo da região.

Mas é somente a partir de 1836 que temos relatos de estradas ligando o São Francisco a outros bairros importantes da cidade. Antes disso, a chegada era feita através de embarcações, saindo principalmente do bairro Icaraí.

Uma importante ligação por terra veio com a construção da Estrada Fróes, custeada pelo então major Luis José de Menezes Fróes.

Ela foi construída para facilitar o escoamento da produção da fazenda Saco de São Francisco, situada na região.

Logo, essa estrada representaria um ponto de partida para o desenvolvimento da localidade.

Porém, até 1940 o bairro era pouco povoado, com uma paisagem típica de restinga e uma vegetação abundante por toda a encosta.

Foram os bondes elétricos que levaram a população a conhecer este bairro, já que o Lido Restaurante e Hotel era um dos pontos de encontro favoritos dos niteroienses pelo seu sossego e pela sua paisagem.

Com isso, muitos moradores decidiram viver na localidade, aumentando o fluxo de pessoas e movimentando a economia do bairro.

Nos dias de hoje, cada vez mais pessoas querem trabalhar em São Francisco, devido a sua localidade estratégica e às vantagens de trabalhar em contato com a natureza.

Se você ainda não conhece as principais vantagens de trabalhar perto da praia, dê uma lida neste artigo. Com certeza ele vai fazer você repensar o seu local de trabalho.

Características do bairro

Com seus exuberantes recantos naturais, o bairro tem uma característica primordialmente residencial, com diversas opções de lazer e gastronomia próximas à beira-mar.

Sua geografia é privilegiada, e contempla desde trilhas e miradouros nos morros até uma belíssima zona costeira, de onde se pode ver a cidade do Rio de Janeiro.

A avenida costeira Quintino Bocaiúva liga o bairro ao Porto de Niterói, sendo este um excelente incentivo para aqueles que buscam apostar no mercado de importação para trabalhar em São Francisco.

Além disso, existem uma gama de restaurantes e praças públicas onde quem escolhe trabalhar em São Francisco pode desfrutar dos momentos de relaxamento e intervalos de trabalho.

Empreendendo no bairro

Niterói é uma referência de empreendedorismo no Estado do Rio de Janeiro passando pelo seu caráter inovador, seus encontros de empreendedorismo, negócios e seu Núcleo de Atendimento a Empreendedores.

Além disso, nos últimos meses a prefeitura de Niterói lançou diversos programas de apoio ao empreendedorismo, com linhas de crédito e auxílio de gestão ao empresário.

Se você quer saber mais como a cidade de Niterói superou a crise causada pela pandemia do coronavírus, leia este artigo e se informe sobre as possibilidades de financiamento para a sua empresa.

Mais especificamente, o bairro de São Francisco é ideal para o micro e pequeno empresário.

Não só você vai estar em uma localização privilegiada, mas também vai poder diminuir os gastos fixos, otimizando seus horários de trabalho e dando toda a estrutura necessária ao seu time de colaboradores.

Dica Smart: Como fazer isso?

Descubra neste artigo as vantagens do coworking e porque a sua empresa deve passar hoje mesmo a este modelo inovador de trabalho.

Agora que você já tem todas as informações, temos uma notícia excelente para você empresario e trabalhador autônomo:

Já está disponível o Plano Smart Black da unidade Smart Coworking Niterói, situada neste belíssimo bairro de São Francisco!

Junte o útil de ter as melhores salas de reuniões e os escritórios inteligentes da Smart com o agradável de trabalhar em São Francisco. Fale hoje mesmo com os profissionais da Smart Coworking e seja mais um empreendedor smart!

Categorias
Administração Coworking Empreendedorismo

Niterói sem crise! Novas empresas surgem na cidade

A cidade se mostrou um exemplo em como cuidar da saúde e da economia durante a pandemia, incentivando novas empresas a abrirem na região.

Quem conhece Niterói sabe que quem investe lá acredita em novidades!

Niterói já havia sido eleita a melhor cidade do Rio de Janeiro para novas empresas em 2019. No ranking nacional, ocupava a 11ª posição.

Isso porque a cidade é considerada uma das melhores cidades do país para se fazer negócio, pois tem o IDHM mais alto do Estado e é o segundo município com maior média de renda domiciliar per capita mensal do país.

Além disso, é um exemplo no combate à pandemia, com grupos para acompanhar a evolução dos números e auxílio emergencial para a população mais carente.

Também com o foco de ajudar os empreendedores da cidade, a prefeitura disponibilizou um espaço especial para os empresários da região: o Núcleo de Atendimento ao Empreendedor.

Para aqueles que já gostavam de trabalhar próximos à natureza e bem perto da praia, encontraram vantagens econômicas para empreender em Niterói.

Por todos estes motivos afirmamos que Niterói passa à margem da crise financeira e mais do que nunca é o momento para novas empresas buscarem seu lugar ao sol!

Exemplo no combate à pandemia

Novas empresas

Foi no final do mês de janeiro, quando a crise econômica e a pandemia ainda estavam do outro lado do oceano pacífico, que a cidade começou a se preparar para o caso de o vírus chegar na região.

A prefeitura de Niterói criou um grupo de resposta rápida para estudar os possíveis cenários e impactos que a pandemia poderia trazer para a saúde e a economia.

Ainda no mês de março, o município criou o primeiro hospital exclusivo do país para tratar do vírus e comprou 40 mil testes de covid-19, buscando chegar ao dobro dos testes até o final do mês.

Mas além dos cuidados sanitários e da testagem em massa, a prefeitura foi rápida ao anunciar medidas de auxílio social e econômico.

No dia 18 de março a administração da cidade anunciou que pagaria uma bolsa de 500 reais a seus moradores mais vulneráveis, para aliviar os impactos econômicos das restrições sanitárias.

No mesmo estilo emergencial, a prefeitura criou o programa Empresa Cidadã, que no fim de abril já havia cadastrado mais 1.400 empresas e beneficiado mais de 5.400 trabalhadores.

Foi com esta ideia de ajudar a todos para que todos se ajudem que a prefeitura de Niterói conseguiu vencer a crise de maneira mais rápida que outras cidades do país, dando espaço para novas empresas surgirem na cidade.

Além destes, outros programas foram incluídos, como o Supera Mais Niterói e o Busca Ativa, beneficiando os mais variados tipos de empreendedores.

O Núcleo de Atendimento ao Empreendedor

Mas a prefeitura da cidade foi muito além dos benefícios e linhas de crédito.

Com o objetivo de fortalecer os negócios locais para a retomada econômica, foi disponibilizado para empreendedores do município o Núcleo de Atendimento ao Empreendedor.

O espaço é um ambiente inspirador para quem quer desenvolver a veia empresarial ou aprimorar seus conhecimentos sobre empreendedorismo. O lugar também abriga a Casa do Artesão, mostrando o contato com a cultura local.

O casarão na Avenida Feliciano Sodré foi todo reformado para criar uma atmosfera positiva, levando os empreendedores a contribuírem para o crescimento do seu negócio.

O espaço já havia sido planejado antes mesmo da pandemia, para dar apoio ao Microempreendedores Individuais (MEI) e Microempresários (ME) e Empresas de Pequeno Porte (EPP).

O núcleo incentiva não só as novas empresas, mas o empreendedorismo em geral. A ideia é que se desenvolvam ali programas empreendedores, criação de banco de oportunidades, estabelecimento de parcerias, etc.

O empresário pode fazer consultas sobre questões contábeis e administrativas, recebendo todas as orientações e suporte.

A consulta pode ser feita através das redes sociais, WhatsApp, telefone ou pessoalmente, com agendamento prévio.

Driblando a crise

Mas só com incentivos não se constrói uma empresa com uma cultura forte e um faturamento constante. As novas empresas que encontraram em Niterói um cenário ideal para empreender estão se adaptando à realidade de mercado.

Além de ter de aprender a trabalhar com restrições, muitas tiveram que investir forte na tecnologia para não perder mercado e seguirem competitivas.

Outras cortaram gastos fixos que acabavam atrapalhando nos seus lucros.  

Dica Smart para quem mora em Niterói

Uma dica para cortar gastos fixos é deixar de lado o aluguel.

Nestes atuais momentos de incerteza onde não sabemos até quando as medidas de distanciamento social vão seguir presentes, manter o aluguel de um escritório antiquado e quase sem uso se tornou um peso insustentável.

Já os empreendedores que tomaram a decisão de se mudar para a unidade da Smart Coworking em Niterói já estão experimentando um alivia financeiro mensal.

Se você ainda não conhece os escritórios inteligentes e salas de reunião de alto nível da Smart Coworking, você não está adiantado como a cidade de Niterói.

Tanto velhas como novas empresas podem encontrar um lugar para trocar experiências e se renovar diariamente, com todos os cuidados que o momento exige.

Não fique aí boiando! Consulte hoje mesmo os profissionais da Smart Coworking e levante as velas para navegar no mar do empreendedorismo inteligente!

Categorias
Empreendedorismo

Conheça o mercado de Importação: O que mais cresce em Niterói

Segundo dados do MDIC, o Brasil deve ser o 33º país do mundo em importação neste ano de 2020. Mas você sabe de verdade como funciona o mercado de importação no Brasil?

Certamente você empresario já pensou ou precisou importar, seja para cortar custos ou para melhorar o seu produto ou serviço.

Mesmo com a instabilidade comercial causada pela pandemia neste ano, o Brasil não deve perder muitas posições no ranking de países exportadores neste ano.

Em que pese a retração de 18,1% o país alcançará o patamar de US$ 145,255 bilhões e superávit comercial de US$ 47,466 bilhões, com aumento de 1,7% frente a 2019, segundo a Associação de Comercio Exterior.

É por isso que, apesar da crise econômica, o mercado de importação é um dos que mais cresce em Niterói.

Motivados pela oferta, baixos custos e preços diferenciados, muitos empreendedores da região decidiram apostar na mercadoria que vem de fora do país.

Mas antes de decidir que a sua empresa vai entrar no mercado da importação, leia este artigo que preparamos para você, empreendedor de Niterói.

O que é o mercado de importação?

mercado de Importação

Mesmo um país com um território continental e abundância de recursos e matéria-prima, como é o caso do Brasil, consegue ser autossuficiente.

Por isso é necessário importar produtos e mercadoria que este país não consegue ou encontra muito caro produzir.

O mercado de importação cuida de trazer este produto, mercadoria, bem o serviço de países estrangeiros para o Brasil, trazendo novidades em diversas áreas, desde comida até inovações tecnológicas.

Por exemplo, mesmo sendo um produtor de matéria-prima, o Brasil é um dos principais importadores de óleo combustível, representando 7,3% das importações brasileiras.

Outro produto presente no mercado de importação brasileiro são os adubos ou fertilizantes químicos. Mesmo o Brasil sendo um país abundante em riquezas naturais, muitos fertilizantes são compostos de material sintético.

Diferente do que muita gente pensa, a importação de produtos tecnológicos não está entre as maiores do Brasil.

O mercado de importação de tecnologia é bastante complicado porque estes produtos costumam apresentar mais defeitos e, muitas vezes, a garantia não é suficiente.  

Também há o problema da sazonalidade, já que muitos produtos tecnológicos são de vida curta, pois logo precisam de uma atualização ou surgem produtos que podem suplantar a sua necessidade.

Porém, a importação não passa apenas pela aquisição de produtos que encontramos com preços mais acessíveis em outros países.

Também é a responsável por trazer tecnologias, serviços e sabores que não encontramos deste lado do atlântico.

A compra de produtos asiáticos tem aumentado cada vez mais, seja para conseguir um tempero que não pode ser plantado por aqui ou uma tecnologia que ainda está engatinhando neste lado do continente.

Independente do motivo, a importação tem suas vantagens estratégicas.

Quais as vantagens do mercado de importação

 O mercado de importação e exportação sempre esteve aquecido no mundo devido a alguns fatores.

O preço mais baixo costuma ser um dos principais e mais discutidos. Para manter o mercado produtor local vivo, muitas barreiras comerciais e impostos internacionais são colocados.

Mas o valor mais acessível não é o único motivo.

A aquisição de produtos provenientes do mercado de importação também aumenta o portfólio de uma empresa, que passa a trabalhar com mais opções para os seus clientes.

Apresentar ao seu público produtos ainda inéditos no Brasil, pode ser uma vantagem competitiva muito grande dentro do mercado.

Quando se apresenta um novo produto ou novo estilo de serviço ao mercado a lucratividade aumenta, já que os seus preços podem ser mais vantajosos em relação às empresas concorrentes.

Isso também vai gerar mais visibilidade para a sua empresa, já que ela estará a frente de uma inovação de mercado, aumentando também a sua produtividade.

Também é inegável que a globalização influi diretamente na qualidade do produto. Alguns bens de consumo precisam de atualizações ou de artigos que não encontramos disponíveis em nosso país.

Seja qual for o ser motivo para entrar no mercado de importação, há algumas coisas que precisamos considerar antes de começar a importar.

O que eu preciso para começar a importar?

Podemos dividir o processo de importação em três estágios:

1.    Administrativo

É a fase em que você vai conseguir as autorizações necessárias para a sua importação, segundo a operação ou tipo de mercadoria.

Antes de entrar no mercado de importação você precisa procurar os órgãos competentes por gerar as licenças de importação necessárias.

Para isso você pode consultar a página do SEBRAE.

2.    Cambial

Para fazer negócio com um exportador você precisa estar atento á parte cambial. É necessário saber como e através de qual meio você vai fazer o pagamento, que deve ser cotado na moeda estrangeira.

3.    Fiscal

Esta é a fase de desembaraço alfandegário. Ela corresponde ao despacho aduaneiro da sua cidade, por meio de recolhimento de tributos.

Um dos principais portos do Brasil é o porto de Niterói, localizado na baía de Guanabara.

Ele abriga boa parte dos estaleiros nacionais e tem uma localização estratégica para atender as demandas das Bacias de Campos (RJ), Santos (SP) e Vitória (ES).

Se você é um empreendedor de Niterói ou vive nesta região carioca, você já deve conhecer o porto e as vantagens do mercado de importação.

Mas para aumentar ainda mais os seus rendimentos você deve pensar o mercado de importação forma inteligente.

Para isso você pode otimizar seu tempo e seus gastos mensais levando o seu escritório ou grupo de trabalho para a unidade Niterói da Smart Coworking!

Lá você vai ter acesso às melhores salas de reunião e os escritórios executivos mais modernos.Não deixe o navio das oportunidades passar! Embarque agora mesmo na Smart Coworking e navegue o seu negócio por outros mares!