Categorias
Empreendedorismo

[SMART BRASÍLIA] Aprenda como aplicar a gestão de crise em sua empresa

Quer aprender a aplicar a gestão de crise na sua empresa? Nós vamos ajudar você.

Em um ano tumultuado como 2020, houveram pouquíssimas empresas que não passaram por uma crise.

Assim como houveram muitas mudanças dentro de um curto espaço de tempo, muitas empresas sofreram por crises que nunca imaginaram passar. 

Por isso, hoje vamos auxiliar você a aplicar a famosa gestão de crise na sua empresa, para que você possa sair dessa de uma forma eficaz.

Então vem com a gente.

O que é uma gestão de crise?

A gestão de crise, nada mais é que o plano instaurado na empresa, no momento em que os estudos demonstram uma crise futura.

O principal foco dessa gestão é impedir que essa crise aconteça dentro da sua empresa, assim, ela auxilia a sair de possíveis crises que possam vir a acontecer em sua empresa.

Porém, como nem sempre é possível escapar dessas situações, a gestão de crise também estuda a melhor forma da empresa passar por esses momentos sem sofrer muitos danos.

Ou seja, a gestão de crise é uma forma de planejamento estratégico que deve ser sempre avaliada com o máximo de cuidado para evitar possíveis problemas.

Dessa forma, você evita que a sua empresa passe por maus momentos, por causa de uma crise que poderia ser evitada, ou que causaria menos danos caso você estivesse preparado para ela.

5 dicas para aplicar a gestão de crise na sua empresa

Veja a seguir as 5 melhores formas de atuação da gestão de crise na sua empresa:

1 – Antecipe os cenários

Como falamos antes, é necessário que o cenário seja sempre avaliado,  caso ocorra algum tipo de crise futura.

Também é importante que a empresa já tenha um plano principal arquitetado em casos de crises severas, visto que nenhuma empresa está livre delas.

Então, antecipar cenários é o primeiro passo para uma gestão de crise eficiente.

2 – Prepare o seu time

Quando você fizer a pesquisa de cenários, e encontrar uma possível crise à frente, é interessante que você prepare os seus colaboradores para esse momento.

Claro que não estamos falando de assustar a todos com possíveis demissões, mas sim, ser claro sobre as situações, e informalos sobre as formas ideias para superar a crise.

Dessa forma, você ainda terá o apoio do seu time para passar por esses momentos.

3 – Conte com o auxílio de uma assessoria

Uma boa assessoria pode fazer toda a diferença no momento de uma crise na sua empresa.

Um contador qualificado trabalhando ao seu favor pode ser fundamental para que a sua empresa possua a melhor ação contra as crises futuras ou atuais.

Assim, você poderá contar com a ajuda de especialistas para retomar a normalidade da sua empresa de uma maneira mais rápida e com a confiança de que um profissional está a frente do problema.

4 – Trabalhe com fatos

Nesse momento, você deverá ser o mais fiel possível ao que está realmente acontecendo com a sua empresa.

Uma decisão tomada de forma errônea nesse momento pode ser decisiva para que a sua empresa tenha um futuro pouco promissor, trabalhando com a realidade que se enfrenta no momento.

Então, busque sempre trabalhar com fatos reais, e que sejam concretos, para que você não tome decisões infundadas que podem acabar prejudicando muito a sua empresa.

5 – Comunique seus parceiros

Comunicar seus parceiros de negócios também é uma forma de manter seus negócios da melhor forma.


Então, tenha uma relação transparente que demonstre os problemas que estão passando, dessa forma você passará mais confiança para os seus parceiros continuarem lhe apoiando.

Como a Smart pode ajudar no seu início como empreendedor?

gestão-de-crise

A Smart é uma empresa referência em coworking, e possui vários escritórios compartilhados em edifícios de padrão executivo, localizados em pontos chaves de grandes cidades brasileiras.

E, em momentos de crises extremas, talvez seja necessário diminuir o maior número de despesas possíveis, e isso pode incluir o seu escritório.

Mas, como em 2020 tivemos o famoso home office, que foi muito utilizado já que muitos escritórios não poderiam abrir, possuir um endereço fiscal em um coworking é uma boa opção.

Dessa forma, com um valor muito abaixo do que você pagaria para manter um escritório de médio padrão, você poderá ter acesso a todos os serviços da Smart.

Então, conte com a Smart para  auxiliar o seu negócio com o maior estilo em momentos de crise extrema, além de ter a sua carreira de empreendedor de sucesso!

Conclusão

E aí, conseguiu entender mais sobre gestão de crise, e como aplicar na sua empresa? 

Conte com a Smart em todos os momentos para apoiar seu crescimento!

Um grande abraço.

Categorias
Empreendedorismo

[SMART FORTALEZA] Você é um investidor ou empreendedor?

No artigo de hoje você vai entender a diferença de um investidor e um empreendedor, e saiba em qual desses você se enquadra.

É normal existir uma certa confusão sobre o assunto, mas apesar do empreendedor e o investidor possuírem muitas coisas em comum, existem também muitas diferenças.

Dependendo, você pode ser um empreendedor e investidor ao mesmo tempo. Hoje você vai entender a diferença, e em qual você faz parte.

Você vai entender que é possível manter um perfil investidor e empreendedor juntos, vamos te explicar como nesse artigo:

Qual a diferença de um investidor e um empreendedor?

Antes de tudo, o empreendedor é aquele que abri o seu próprio negócio, que não apenas coloca suas ideais no papel, como também as tira do papel, esses são os empreendedores.

O investidor é aquele que busca formas do seu dinheiro crescer ainda mais através de investimentos, e dependendo do seu perfil de investidor pode optar por investir em startups.

Por fim, a diferença do empreendedor e do investir é que atuam em áreas diferentes e realizam funções diferentes.

Investidor anjo

São as pessoas físicas que investem nas startups que estão começando, são os empreendedores com experiência e querem ajudar as novas startups.

Temos um artigo falando mais a fundo sobre o investidor anjo, vale a penas conferir.

Como escolher entre empreender e investir?

Vai depender o que você deseja fazer: sonha em liderar um negócio tomando decisões? Financiar alguns projetos sem se envolver muito?

Vamos separar alguns tópicos para considerar sobre empreender e investir.

Empreender

Vantagens em empreender

Você tem seu próprio negócio o que é ótimo! Afinal é possível investir em algo que você gosta e tem uma certa habilidade.

Em um negócio próprio você poderá ser seu próprio chefe, poderá agir do seu jeito, fazer as coisas do seu jeito e ter liberdade e flexibilidade.

Desvantagens de empreender

Precisa de muito comprometimento e responsabilidade, é normal você trabalhar mais de 8 horas e até trabalhar nos feriados.

Por isso, não se iluda pensando que você vai abrir um negócio e logo vai estar lucrando horrores.

Investidor

Vantagens de investir

Uma das vantagens que mais chama atenção é não se envolver tanto em um determinado negócio.

Você não precisa de tanto tempo e com isso, não precisará mudar sua rotina.

O investir não trabalha em apenas uma coisa, você poderá investir em áreas diferentes e com isso, pode variar a sua carteira de investimento.

Desvantagens de investir

Uma desvantagem de investir que pesa bastante é que você não poderá investir apenas em coisas que você gosta, vai ter coisas fora da sua área.

Alguns investimentos podem não ter uma rentabilidade grande, investimentos com baixo risco podem dar um retorno bem baixo.

E os investimentos de grande risco podem causar uma perda extremamente alta.

Como ser um empreendedor investidor

Caso seja interessante para você, opte por se tornar um empreendedor investidor, isso mesmo, os dois ao mesmo tempo! Veja algumas dicas:

  1. Boas características, habilidades natas:

A liderança é importante para observar e tomar decisões, essas são características de um bom investidor empreendedor.

  1. Conhecimento técnico:

Para conseguir bons resultados é importante você ter o conhecimento técnico sobre a área que você deseja, conhecer o mercado é muito importante também, além de entender as suas expectativas.

  1. Teoria na prática:

É muito mais do que saber cuidar de números e estatísticas, o empreendedor investidor precisa entender tudo sobre a teoria na prática.

É importante saber traduzir e interpretar as observações do mercado, isso é uma habilidade que complementa tanto seu lado empreendedor como o investidor.

  1. Calcular riscos:

Os riscos são sempre bem-vindos na hora de empreender e investir, em qualquer dessas duas é preciso calcular os riscos para saber como você arriscar.

Para ser um bom empreendedor investidor é extremamente importante dar o melhor de si, explorar o seu conhecimento o máximo possível. 

Dedique seu tempo para cada tarefa, pois isso dará bons resultados tanto para o empreendedor para o investidor.

Independente do que você escolher, não arrisque tanto no começo, pois isso pode causar prejuízos para você.

Analise bastante qual é a melhor opção para você, ser empreendedor ou investidor, e qual a melhor opção para você começar.

Conclusão

Esperamos que você tenha tirado todas as suas dúvidas sobre investidores e empreendedores.

Aproveite e conheça nossos outros artigos.

Se ficou alguma dúvida, deixe nos comentários ou entre em contato conosco que vamos adorar te ajudar. 

Até próximo artigo!

Categorias
Empreendedorismo

[SMART BRASÍLIA:] Conservador, moderado ou arrojado? Descubra qual o seu perfil de investidor

Para começar seus investimentos é importante saber qual o seu perfil de investidor. No artigo de hoje vamos te ajudar a descobrir.

Sabemos que existem inúmeras formas de fazer investimentos, mas também não podemos esquecer dos tipos de perfis de um investidor.

O investidor é uma pessoa que realiza uma aplicação de capital com a expectativa de um benefício futuro.

Com isso, está buscando maiores rendimentos sobre o seu dinheiro.

Perfil investidor

Trata-se de uma análise que consegue identificar suas preferências e expectativas com os seus investimentos.

Para identificar seu perfil, basta responder algumas perguntas. Veja quais são:

  • Qual sua tolerância de risco?
  • Quanto tempo deseja investir?

Respondidas essas perguntas é importante entender que a base do investidor é composta por três requisitos:

  • Rentabilidade
  • Segurança
  • Liquidez

Respondendo às perguntas você terá um norte sobre o seu tipo de perfil.

Se você é um investidor com medo de se arriscar, mas deseja realizar um investimento a longo prazo, o ideal serão ativos de renda fixa.

A bolsa de valores é ideal para os investidores que não tem medo de arriscar e estão em busca de retornos maiores.

Perfis de investidores

  1. Conservador:

É o tipo de investidor que não gosta de correr riscos, não quer perder nada, é basicamente quem deseja um caminho mais seguro e tranquilo.

  1. Moderado:

Esse tipo de investidor é o que varia, está no meio-termo, consegue arriscar, mas sempre sendo conservador para não perder tudo.

  1. Arrojado:

Esse é considerado o mais ousado, não tem medo de arriscar e acredita que todo investimento realizado dará resultado positivo.

Tipos de investimentos:

Existem uma variedade de investimentos, é importante você entender os tipos antes de aplicar.

  1. Renda variável:

Esse investimento não tem muita rentabilidade garantida, mas existem chances de ter um bom retorno a longo prazo.

Esse é um investimento de risco, perfeito para o perfil arrojado.

  1. Ações:

Investimento de risco médio, perfeito para quem tem um perfil moderado e tem retorno a longo prazo.

  1. Investimentos em ações:

Um investimento de dois prazos que são, em médio e longo prazo e os fundos podem variar de acordo com o mercado.

São impactados pela política e as economias nacionais e internacionais.

  1. Renda fixa:

Esse investimento como o nome já explica, gera uma renda fixa e pode acontecer de forma prefixada ou pós fixada.

Alguns exemplos de renda fixa são o CBD e tesouro direto.

  1. Tesouro direto:

Esse investimento é perfeito para o perfil conservador, porque é de baixo risco. Os investimentos são disponibilizados pelo governo federal.

Carteira de investimento para cada perfil

  • Investidor conservador:

Por você que não gosta de correr riscos, uma boa opção de carteira de investimento para você é uma que priorize a segurança.

O investidor conservador deve apostar em investimentos de renda fixa como o tesouro direto, por isso vamos deixar claro: atualmente a renda fixa não vem dando bons resultados.

Nossa dica é estudar mais o mercado e tentar começar a correr certos riscos.

  • Investidor moderado:

Para um investidor que gosta de correr riscos para ter bons benefícios, o ideal é investir 40% em renda fixa e 60% em ações variáveis.

Essa variação é bom para correr riscos na medida e mesmo assim dando resultados para você.

  • Investidor arrojado:

Para esse investidor, o ideal é apostar nas bolsas de valores que sempre estão variando.

A maioria dos investidores arrojados vivem apenas da bolsa de valores, você pode investir em moedas, como o dólar.

Até os fundos de investimentos são uma ótima opção para você optar, não precisa fugir da renda fixa, investir nela também é válido.

Investidor anjo

Esses investidores investem como pessoa física em startups que estão começando no mercado.

Os investidores anjo, são aqueles que tem experiências em determinada área e desejam investir no que conhece.

É um ótimo investimento, você pode ser esse tipo de investidor e aplicar o seu dinheiro ajudando uma empresa, que dará certo.

[Bônus: O seu perfil de investidor pode mudar]

É possível mudar o seu perfil de investidor, atualmente você pode ter um perfil conservador e daqui a alguns meses mudar para o arrojado.

E não encare isso como uma coisa ruim, isso só significa que você está enxergando o mundo dos investimentos de uma forma diferente.

Conclusão

Esperamos que nosso artigo tenha ficado claro e que agora você entenda qual o seu perfil de investidor. 

E claro, não esqueça de compartilhar em suas redes sociais para que seus amigos possam descobrir seu perfil de investidor e qual o investimento será o ideal.

Se ficou alguma dúvida, deixe nos comentários ou entre em contato conosco que vamos adorar te ajudar.

Até o próximo artigo!

Categorias
Vendas

[SMART RIO] A venda online pode ser a sua saída na pandemia!

[SMART RIO] A venda online pode ser a sua saída na pandemia! 

A pandemia limitou um pouco a área de vendas, mas tem uma forma de vender online que atualmente ganhou mais espaço.

O número de vendas online tem crescido muito nos últimos meses, e isso vem acontecendo em várias áreas como saúde, alimentação e esporte.

Com situação atual do mundo, a saída dos consumidores é realizar suas compras online, o que também ajuda o comércio a se manter em tempos de crise.

Até os supermercados estão possibilitando realizar as compras online e realizando a entrega em casa.

E obviamente o vendedor precisa ser justo, nada de cobrar um valor maior do que o normal só porque estamos no meio de uma pandemia, esse é o momento de nos ajudar e não se aproveitar.

Investimento em venda online

Se você tem um negócio, mas não sabe como começar a venda online, vamos te ajudar com algumas dicas.

  • Comece com um meio de comunicação para realizar as vendas, o WhatsApp pode seu uma opção, o melhor dos mundos é tero próprio site.
  • Crie uma comunicação visual dos seus produtos para ajudar seus clientes na hora da compra.
  • Se aproxime do cliente, tenha um bom relacionamento.
  • Pense em premiações, algo para mostrar que seus clientes são importantes.
  • Planeje como você vai divulgar seus produtos nas redes sociais.
  • Observe quais produtos estão sendo mais adquiridos, pesquise as preferências, marcas, etc.
  • Utilize imagens com boa qualidade e boa resolução.
  • Observe sua área de vendas.

Outra forma que está ganhando mais espaço são os delivery’s, como mencionamos anteriormente.

Agora vamos te dar algumas dicas para começar as vendas online:

  1. Formas de pagamento:

É totalmente importante você ter disponível todas as formas de pagamentos para ajudar os dois lados.

Todos os tipos de cartões de débito e crédito, transferências bancárias e boletos.

  1. Horários:

Não defina só um horário para as entregas, seja flexível e dê várias opções para  clientes.

  1. Entrega:

No início aposte em entregas nos bairros mais próximos, e com o tempo suas entregas vão engrenando, e com o tempo você pode aumentar o raio de atendimento. 

  1. Taxas:

A sua taxa de entrega precisa ser justa com a distância do cliente, nada de tentar cobrar mais caro, isso pode gerar uma imagem negativa com seu cliente de injusto.

  1. Intervalo:

Defina um tempo realista para que não aconteçam atrasos, afinal não é nada bom criar uma imagem dessas com sua clientela. Defina intervalos com tempo realistas para os seus colaboradores, mas que também não seja tão longo para o seu cliente. 

  1. Avaliação:

Coloque um sistema de avaliações em estrelas para os clientes avaliarem seu produto e a sua entrega, isso ajudará a saber o que precisa melhorar e o que está agradando seus clientes.

  1. Estratégias caras:

Para as vendas online, é preciso focar estratégias simples, não precisa ser algo muito escandaloso e nem caro.

No início é normal começar com um valor de investimento bem baixo, o que é normal. Comece com pouco, mas comece!

Dicas de negócios para venda online

  • Acessórios:

Os acessórios nunca saem de moda, e diferente do que você pode estar pensando quem está comprando mais são os homens, que cada dia que passa, estão mais preocupados com a aparência.

Por isso, é interessante não se limitar apenas ao público feminino, invista no público masculino também que está crescendo demais.

  • Quadros:

Essa é uma das coisas que tem um dos valores de investimento mais baixos. O mercado de quadros personalizadas estão ganhando cada dia mais o coração de todos.

  • Comida fitness:

Vender comida é o mais comum, entretanto atualmente esse é um nicho que vem crescendo exponencialmente

Se você tem habilidade na cozinha e sobre alimentação saudável, aposte nessa área que tem tudo para dar  certo. 

  • Curso online:

Esse é um mercado super conhecido, se você tem habilidade de ensinar, e tem algum conhecimento a ser compartilhado pode começar a vender cursos online.

Existem algumas plataformas focadas apenas nisso, e dão todo o apoio que você precisa para construir um novo negócio. 

  • Produção de conteúdo:

É ideal para você que gosta de escrever, tem tempo para trabalhar com isso e ama estar em constante aprendizado sobre marketing e demais áreas.

Você pode começar buscando trabalhos em plataformas freelancer’s onde poderá oferecer seus serviços para várias empresas.

Você pode fazer seu horário e ainda pegar projetos que você tenha mais habilidade para produzir.

  • Cosméticos:

Essa é uma área extremamente promissora.

Você pode começar com poucos produtos e ir aos pouquinhos, até engrenar de vez.

Os produtos de maquiagens são os mais solicitados, sugiro que comece com esses produtos e claro coisas como, cremes, perfumes, acessórios, também são ótimas opções.

Antes de começar faça uma pesquisa de mercado, que te ajudará a entender quais os produtos mais buscados, para que seu investimento seja assertivo.

Conclusão

E aí curtiu conhecer mais sobre as vendas online durante a pandemia? Espero que tenha ficado tudo claro.

Conheça nosso coworking que pode te ajudar a reduzir custos durante esse período.

Se ficou alguma dúvida, deixe aqui nos comentários.

Até o próximo artigo!

Categorias
Empreendedorismo

Aprenda como ser uma pessoa mais interessante na hora do networking

Ouvir essa palavra: networking pode causar um apavoro em muita gente, por isso hoje vou te ajudar a entender como ser uma pessoa mais interessante no networking.

Para fazer um bom networking e ser uma pessoa mais interessante na hora de realizar essa estratégia, é importante entender tudo o que você precisa fazer nesse momento tão importante.

Sabemos que manter e conseguir uma boa lista de contatos é um pouco complicado, mas não é algo impossível.

O networking é ótimo para quem quer criar relações e aprender novas coisas sobre a sua área.

Mas antes de ir direto ao ponto e tudo acabar ficando confuso, vamos começar do início. 

Como começar um networking?

Saber fazer networking, é importante para tentar elevar sua carreira, acontece que nem todo mundo tem a facilidade de fazer novas amizade. 

Se você é uma dessas pessoas precisa aprender como ser uma pessoa mais interessante.

A definição para a palavra networking, é: rede de contatos, e o objetivo central é ser bem relacionado para gerar novas oportunidades.

Ele é ótimo para conhecer pessoas da sua área e até de outras áreas, afinal sabemos que no mercado de trabalho, ter contatos é extremamente importante.

Atualmente é mais comum construir sua rede online, inicialmente pelo comportamento digital, e agora ainda mais devido à pandemia.

Quais pessoas devo ter na minha rede de contatos?

  • Colegas do seu atual ou antigo trabalho.
  • Gestores da sua e de outras empresas.
  • Executivos que te inspiram.
  • Pessoas que você já contratou ou já contrataram você.
  • Certos recrutadores que você quer trabalhar.
  • Amigos ou familiares que estão na mesma área.

Dicas para elevar a sua rede de contatos

  1. Decida o que quer:

Para começar o seu networking, é preciso definir o que você quer e aonde pretende chegar.

Por exemplo, conseguir bons contatos para fazer que a sua empresa seja conhecida.

  1. Marca pessoal:

Crie uma marca pessoal para realizar seu networking com bastante excelência e utilidade.

A sua marca pessoal precisa ser bem pensada para conseguir se destacar no mercado e claro, na sua lista de contatos.

Dependendo da sua marca, precisará de uma boa estratégia para dar mais certo ainda.

Opte também por investir na sua identidade visual, que são os cartões de vista com a sua marca, assinatura de e-mail, redes sociais, etc.

  1. Público alvo:

Descubra quais são e priorize os contatos que vão te ajudar a crescer seu negócio.

Não é vantajoso ter uma rede de contatos gigante e não ter nenhuma oportunidade para ambas as partes.

Não pense que seus contatos têm a obrigação de te ajudar, vice e versa, precisa ser uma relação natural e recíproca.

  1. LinkedIn:

É importante criar um perfil no LinkedIn, conhecida como a rede social dos negócios.

Essa rede social é ótima para manter a sua rede e até conhecer novos contatos.

Ótimo para compartilhar seus conteúdos de forma mais prática e ter ótimas interações.

Com isso, separe um tempo para sempre estar atualizando o seu perfil para promover sua imagem e preencher mais ainda seu perfil.

networking
  1. Lugares certos:

Atualmente a presença digital é importante, mas a presença física é bem mais importante para encontrar seus futuros contatos.

Mas só vá pessoalmente quando não estiver mais acontecendo essa pandemia, por segurança própria e das pessoas.

Com isso, quando isso acabar, participe dos eventos para firmar a sua presença com sua rede de contatos.

  1. Algo para oferecer:

Novamente, o networking precisa ser uma relação de mão dupla, se a pessoa te oferecer algo, é importante você oferecer algo para quem te ajudou.

Qualquer oportunidade que você tenha para oferecer algo para os seus contatos, ofereça, dessa forma, vão saber que você se importa com eles.

Pode ser qualquer coisa, uma dica ou fazendo aquele preço amigo para o seu contato. No networking é importante ter essa troca para ser bem equilibrado.

  1. Humildade:

Humildade é importante em qualquer parte da nossa vida e nessa área não seria diferente. É necessário também, ser bem paciente.

Respeite todos os limites dos contatos e de qualquer pessoa da sua empresa, sempre mostre que você não está ali apenas para pedir algo, experimente oferecer também.

Só fale sobre suas habilidades e sobre o seu trabalho no momento certo, e sempre mostrando humildade.

Mostre que você está disposto a aprender coisas novas ou ensinar algo para eles.

9. Ativo:

Você precisa sempre estar ativo com seus contatos, não adianta você manter só as redes sociais ativas e a comunicação totalmente solta.

Não deixe os contatos esquecerem de você, uma boa ideia é ter um blog e mandar e-mails quando surgir novidades.

Conclusão

E aí, conseguiu entender mais sobre como ser uma pessoa mais interessante? 

Não esqueça de conferir outros artigos aqui no blog.

Se ficou alguma dúvida, deixe nos comentários,vou adorar te ajudar.

Até o próximo artigo!

Categorias
Empreendedorismo

[SMART FORTALEZA] Qual o seu papel como líder da sua empresa?

Entenda no artigo de hoje  qual o seu papel como líder.

Em um negócio, o líder é extremamente importante para ajudar no engajamento dos projetos e do negócio em si.

Um líder que sabe exercer a liderança de forma correta, faz toda a diferença no negócio.

Ele é um dos principais formadores de opinião na equipe, e é considerado o exemplo da empresa, por isso precisa tomar cuidado na hora das decisões e exercer muito bem esse papel.

Como um líder deve agir em um momento de crise?

Atualmente estamos no meio de uma pandemia, mas o líder precisa continuar exercendo seu papel o melhor possível.

O líder é responsável por tomar certas decisões, ainda mais nesta situação, a tomada de decisões ficam bem mais sérias.

Nessa pandemia é preciso definir as prioridades com clareza, como líder você precisa enxergar mais a frente porque essa visão para o futuro, vai te ajudar a lidar com a nova economia.

Já deixamos claro que não existe um roteiro para seguir na pandemia, mas existem alguns pontos que devem ser considerados:

  • Compartilhe informações verdadeiras com seus funcionários, sem sensacionalismo.
  • Tenha flexibilidade,é necessário se adaptar com o home office.
  • Traga a tona seu lado humana, entenda que é necessário ter muito cuidado com sua equipe.
  • Aumente a motivação da sua equipe.
  • Mantenha uma comunicação intensa e crie outras conexões.
  • Tenha calma e entenda esse novo normal que estamos vivendo.

Liderança

Um bom líder precisa entender a diferença entre motivação e engajamento.

O engajamento é movido pela sua motivação interna, pelo prazer e o entusiasmo. O senso de realização neste caso fala mais alto, e para quem gosta de desafios tudo fica ainda mais intenso.

A motivação é movida pelos fatores internos e pessoais, todas as pessoas têm o seu próprio senso motivacional.

Abaixo estão algumas características de um verdadeiro líder:

  • Organização
  • Empatia
  • Ponderação antes de realizar uma ação
  • Transparência
  • Equilíbrio

Se você tem essas características, sua equipe vai notar seu espírito de liderança de longe.

É de suma importância ter uma boa estratégia de comunicação na manga caso aconteça algum problema.

Após isso você deve sempre lembrar que o papel do líder é motivar todos para que juntos consigam alcançar os objetivos da empresa

Responsabilidades de um bom líder

  1. Estar sem atualizado:

A tecnologia evolui diariamente, então um bom líder precisa sempre estar se atualizando e não apenas em sua área, mas em qualquer outra que possa impactar você e sua equipe.

Até porque se você for um líder atualizado, sempre que surgir uma nova ferramenta é interessante que sua empresa tenha a novidade antes da concorrência.

  1. Comunicações:

Já falamos por cima sobre ter uma estratégia de comunicação, se você pensa que só precisa se comunicar com a equipe para verificar os projetos, está errado.

Um bom líder se comunica também para engajae e motivar importantes para aumentar a produção da equipe.

Você que irá decidir se vai ser uma comunicação verbal, online ou escrita.

  1. Atuar na produção:

Um bom líder não fica apenas gerenciando os projetos, mas está junto e ajuda a produzir, ensina, etc.

E precisa sem dúvidas ter objetivos bem definidos e bem claros para todos compreenderem.

Os objetivos não podem ser coisas inalcançáveis, fique no meio-termo, com os pés no chão, mas sem perder a ambição.

Para ser algo mais interessante, peça a opinião da equipe para definir as metas da semana, do mês, e até do ano.

  1. Indicadores:

É um ótimo investimento optar pelos indicadores de performance, são úteis para o líder acompanhar como a equipe está se saindo com os projetos.

Os indicadores são bons para saber quantas horas foram utilizadas para realizar aquela tarefa, se foi finalizada, quantas pessoas trabalharam na tarefa e se foi possível alcançar o resultado desejado.

Outra vantagem dos indicadores, é que permite você dar feedbacks para a equipe, por isso sempre que conseguir pegar os feedbacks passe para os seus colaboradores.

  1. Produtividade:

Após cumprir todas as obrigações, a produtividade é apenas um bônus para a sua empresa, mas é importante você como líder sempre que puder observá-la.

Para aumentar a produtividade é importante ter uma boa comunicação. As plataformas de gestão são perfeitas para isso.

Essas plataformas possibilitam controlar e organizar as suas tarefas.

Além disso, essas plataformas permitem obter feedbacks e acompanhar todos os processos possíveis através dos relatórios.

Conclusão

Agora que você sabe exatamente como um líder deve agir e quais são suas principais características é hora de colocar as atitude em prática. E não esqueça que todas as responsabilidades podem ser treinadas diariamente.

Espero muito que o artigo tenha ficado claro e não esqueça de compartilhar em suas redes sociais.

Conheça outros artigos sobre vários temas interessantes que podem ajudar seu negócio.

Se ficou alguma dúvida, deixe nos comentários ou entre em contato conosco que vamos adorar te ajudar.

Até o próximo artigo!

Categorias
Covid-19

[SMART NITERÓI] Como você deve agir com a nova economia?

O momento atual ainda é de dúvidas em relação ao futuro. No entanto, algo já pode ser vislumbrado: uma nova economia. Entenda e antecipe-se.

Ano passado, depois de alguns meses no contexto de pandemia, os meios de comunicação começaram a falar de um “novo normal”. 

Com a expressão, a mídia geralmente se referia às mudanças de costumes que a pandemia imporia sobre as pessoas. 

No entanto, esse “novo normal” não se refere apenas às importantes mudanças de hábitos que a sociedade precisa aderir a fim de sair desse caos. 

O mundo está também diante do surgimento de uma nova economia.

Nesse sentido, seria possível fazer uma lista com as significativas mudanças que começaram a ocorrer há um ano, quando os meios de comunicação informaram que um novo vírus estava contaminando humanos e causando a doença que seria chamada de Covid-19.

Entre as principais mudanças que ocorreram os destaques foram:

  • Milhares de trabalhadores deixaram o espaço formal de trabalho e aderiram ao home office;
  • Os comércios de diversos setores tiveram que fechar as portas – durante vários dias e em mais de uma vez – a fim de diminuir os níveis de contágios
  • As vendas por internet cresceram exponencialmente em um ano.

4 dicas para lidar com a nova economia após a crise da Covid-19

Ainda é incerto quando o país começará a sair da atual crise em que se encontra. 

Neste momento, tudo depende da agilidade com que as autoridades conseguirão vacinar a população, para, assim, diminuir os tristes números de mortes e de pessoas hospitalizadas com a doença.

Por outro lado, sabemos que os indicadores econômicos poderão demorar para novamente indicar que o país está em trajeto rumo ao crescimento. 

Além de tudo isso, a crise política nacional parece não estar próxima do fim, o que gera instabilidade e preocupação para vários setores da sociedade.

No entanto, embora as notícias não pareçam nada animadoras, o contexto atual também oferece oportunidades para os negócios. 

Para alguns, a oportunidade está precisamente no meio da crise; para outros, a crise é o momento de antecipar-se e estar preparado para o que virá depois. 

Por isso, a seguir serão apresentadas 4 dicas de como lidar com a nova economia.

1. Investir em uma plataforma online

Hoje, independentemente da crise sanitária e econômica, ter uma presença digital é um elemento diferencial. 

Essa presença na web pode ser através de um site ou uma rede social com informações de contato, isso dependerá do tipo de negócio.

Após garantida a presença digital, a próxima etapa é desenvolver maneiras de entregar os produtos e serviços oferecidos e atender às necessidades dos clientes.

2. Priorizar a comunicação

São os clientes que sustentam um negócio. No entanto, a pandemia afetou a todos, empresários e clientes. O que pode ser feito para que os dois lados sejam ajudados? 

A resposta está nas ofertas, novos horários de atendimento, planos de crédito ou refinanciamento de dívidas.

Nesse sentido, uma comunicação próxima e assertiva é a única coisa que pode manter uma marca próxima de clientes fiéis e ajudá-la a chega a novos consumidores.

Por outro lado, dentro da empresa também é muito importante manter as informações atualizadas. Agora é importante que as empresas tenham mecanismos de comunicação eficazes.

3. Coletar informações antes de agir

A melhor forma de elaborar projetos sobre um negócio no curto e no longo prazo é através da análise aprofundada das informações. 

Nesse sentido, não é possível estabelecer totalmente qual será o caminho a seguir até que o país de fato comece a sair da crise. Por isso, ainda não é o momento de se precipitar em grandiosos projetos.

O melhor para o momento é concentrar- na solução das necessidades imediatas, tanto da empresa como dos clientes e dos colaboradores, antes de propor qualquer estratégia de mudança permanente.

Veja até quando você precisará se reinventar nos negócios

4. Proteger a saúde e o bem-estar dos trabalhadores para a nova economia

É importante estabelecer as medidas para identificar as potenciais fontes de infecção, os protocolos para tratá-las e proteger o resto do pessoal, a manutenção e monitorização dos grupos de pessoas em risco, a comunicação interna sobre a crise e as ações de segurança que a organização segue.

O próximo passo é estabelecer protocolos para que o pessoal possa trabalhar com segurança, como o uso de máscaras, procedimentos de desinfecção periódica e controle do número de pessoas que ingressam em lojas físicas.

Por outro lado, a pandemia não tem afetado só a saúde física das pessoas. 

Muita gente vem apresentando sinais de estresse, ansiedade e outras questões ligadas à saúde mental. Por isso, esta também é a hora oferecer meios para que os colaboradores estejam psicologicamente e emocionalmente bem.

Conclusão

O momento atual ainda é de dúvidas em relação ao futuro. 

Nesse sentido, as decisões tomadas pelos empresários devem considerar que não há uma previsão crível de quando o país começará a sair da complicada situação que enfrenta.

Por isso, como parte do “novo normal”, quem tem em mãos a responsabilidade sobre um negócio deve estar construindo estratégias para enfrentar a nova economia que emerge em meio à crise. 

Como elemento fundamental para isso, estar informado sobre a situação não só do Brasil, mas do mundo é uma ferramenta importante.

Por outro lado, para que, de fato, a nova economia comece a operar alguns fatores deverão ser considerados como a vacinação em massa e a redução dos níveis de contágios.

Clique e veja como ganhar tempo e optimizar processos com as plataformas de gestão de projetos

Categorias
Covid-19

[SMART NITERÓI] Como o Coronavírus mudou o comportamento de consumo

Entenda como o comportamento de consumo mudou devido ao Coronavírus 

Em 2020, com o início da pandemia mundial do coronavírus, houveram muitas mudanças na vida de todos nós.

Porém, o que mais mudou realmente, foi a parte empresarial, que precisou se reinventar nessa época de lock down e bandeiras pretas, onde ficou inviável se trabalhar da mesma forma que antes.

Hoje então, vamos falar um pouco sobre as mudanças no comportamento de consumo dos brasileiros em época de pandemia mundial.

Além de entender, como o cenário foi o ponta pé inicial para o início de tantas empresas, e o remanejamento de tantas outras.

Então, vem com a gente!

O que é comportamento de consumo?

Comportamento de consumo nada mais é que, o estudo sobre o comportamento de compras dos consumidores, e o que leva eles a seguirem esse padrão de comportamento.

Sendo assim, sempre que alguma mudança ocorre, principalmente no mercado financeiro, ocorrem mudanças no comportamento de consumo das pessoas.

Elas podem parar de consumir, consumir mais, mudar a forma de comprar, etc. Essas são ações que precisam ser estudadas com atenção por todo empreendedor, para que entenda qual o momento certo de mudar.

Isso quer dizer que o comportamento de consumo é um item chave para auxiliar empreendedores a tomarem decisões corretas de mudanças no momento da venda ou divulgação.

Bons empreendedores buscam estar sempre em dia com a pesquisa de comportamento de consumo, afinal ela é um bom auxiliar no processo decisório.

Quais as mudanças no comportamento de consumo durante a pandemia?

Como a pandemia mundial mudou muito a economia não só no país, mas no mundo, o comportamento do consumidor mudou drasticamente.

E não apenas pela economia, mas também pelas mudanças drásticas que tivemos durante o ano, o famoso Lockdown, as bandeiras pretas que tivemos em todos os estados do Brasil, o medo de sair de casa por causa da doença.

E com a redução de pessoas na rua, e do número de lojas abertas, as vendas online dispararam em 2020, que foi considerado um ano histórico para as vendas online;

Isso tudo junto se tornou uma cadeia que fez o mercado mudar de uma forma radical, e faz com que todos se concentrassem em um só lugar: a internet.

As empresas que criaram suas lojas online dispararam em 2020, e tudo indica que isso irá continuar em 2021.

Assim, como o comportamento do consumidor mudou muito, as empresas, lojas, e demais foram obrigados a também se colocarem de uma forma diferente, fazendo o mercado atual se transformar.

Também tivemos um grande aumento no número de lojas online que foram desenvolvidas neste ano, para dar um suporte ainda maior para as vendas online pelo país inteiro.

Até mesmo supermercados começaram a fazer parte dessa nova modalidade, com compras pela internet e entregas que são feitas na casa do consumidor.

Assim, muitos empreendedores, grandes ou pequenos, se adaptam melhor ao home office, e acabam desistindo dos seus escritórios ou lojas físicas, tornando o virtual sua melhor forma de venda.

E com o home office se tornando cada dia mais normal, muitos empreendedores vêm buscando a melhor forma de manter os seus escritórios funcionando, para ter um local para atender seus clientes e fornecedores da melhor forma.

E é nesse ponto que a Smart Escritórios Inteligentes age, para te ajudar da melhor forma.

Como a Smart pode auxiliar nessa mudança?

A Smart disponibiliza em grandes cidades do Brasil escritórios de grande porte executivo, em endereços fiscais extremamente conhecidos, e em pontos chaves da sua cidade.

E tudo isso, por parcelas de até 100 reais mensais, o que é muito abaixo do valor que você precisa para manter um escritório de nível médio a alto.

Como as empresas em constante mudança, o financeiro está passando por uma fase delicada. 

E a Smart pode ser a saída perfeita para você que quer trabalhar em Home Office com a sua equipe, mas quer ter um bom endereço fiscal, ou um ambiente para reuniões, ou treinamentos.

Você poderá ter acesso a todos esses serviços, além de uma secretária executiva para a sua empresa.

A Smart pode ser a solução perfeita para você que busca o reduzir custos diante do novo comportamento de consumo do seu consumidor.

Conclusão

No artigo de hoje explicamos um pouco mais sobre as mudanças que aconteceram no comportamento do consumidor, e como isso afetou o mercado como um todo.

Esse é um estudo muito importante para o processo decisório da sua empresa, para que você possa potencializar ainda mais as suas vendas.

Um grande abraço!

Categorias
Finanças

5 ideias de renda extra para 2021

Que tal aproveitar a terrível situação que estamos vivendo para abrir um novo negócio? Vamos te dar algumas ideais para ganhar dinheiro extra, saiba como no artigo de hoje.

Nessas horas ideias para ganhar dinheiro extra é muito bom. Atualmente, com a economia complicada do jeito que está, tudo tem ficado cada vez mais caro.

Se você também está em busca de uma renda extra, vamos ajudar você a dar um passo à frente nessa conquista.

Para isso, separamos 5 ideias para ganhar dinheiro com uma renda extra.

Vem com a gente.

Porque pensar em gerar uma renda extra?

renda-extra-online

Um dinheiro a mais no mês é sempre bom, não é mesmo? Com uma renda extra você poderá fazer muitas coisas.

Mas não só pensando em dinheiro, você poderá tirar do papel aquele sonho de um negócio com algo que realmente ama fazer, começando como um hobbie e com o tempo se tornando um negócio.


Dessa forma, você trabalhará com o que gosta, ou seja, ganhar dinheiro “sem trabalhar”, o que pode ser positivo em muitos aspectos.

Separamos alguns hobbies que podem se tornar ótimas formas de renda extra:

1 – Doces

Muitas pessoas no país são completamente apaixonadas por doces, e isso se tornou um empreendimento bacana para várias pessoas.

Então, se você adora cozinhar, essa é uma ótima forma de abrir um novo empreendimento.

Em épocas festivas, as pessoas buscam muito por doces, então além de trabalhar com o que você gosta, e começar um novo negócio, você poderá gerar uma boa renda com isso.

2 – Marketing

O Marketing vem crescendo cada dia mais, e se tornou uma ótima forma de renda extra para várias pessoas.

Existem vários tipos de marketing para você trabalhar, já que é uma área muito ampla.

Além de tudo, você também poderá trabalhar de casa, sem precisar de um endereço fixo.

3 – Revenda de produtos importados

A revenda de produtos também vem crescendo muito nos últimos anos, principalmente em 2020, que foi um ano que o mercado se desenvolveu muito.

Por isso, a revenda de produtos importados pode ser uma boa escolha para você que gosta desse nicho.

Você poderá intermediar compras e vendas, escolhendo a melhor forma de trabalhar diariamente.

4 – Redação

A procura por redatores vem crescendo cada vez, tudo graças a expansão da internet e avanço do marketing. Se você gosta de escrever e curte sempre estar se atualizando (estudando), pode ser uma ótima opção.

Você poderá procurar parcerias com empresas para desenvolvimento de conteúdo, que é um ramo muito legal do Marketing.

Você poderá trabalhar nas suas horas vagas e ainda ganhar um graninha boa.

5 – Crie um blog

Desapegue a imagem de ter um blog ao de “blogueirinha”, termo que ficou conhecido pelo bum das blogueiras de beleza que surgiram nesse meio.

Digamos que o ramo da internet e beleza esteja meio saturado, então você poderá escolher outras áreas para atuar com o seu blog.

Área de finanças, escolar, musical ou o que você decidir, as escolhas são extremamente amplas, e você pode se surpreender com as possibilidades.

Estamos fazendo nossa parte ajudando novos empreendedores

A Smart é referência em coworking no país, oferecendo escritórios compartilhados em edifícios de extremo padrão executivo, e localizados em pontos chaves de grandes cidades brasileiras.

Como manter um escritório de padrão de médio a alto custa muito ao nosso bolso, o coworking vem sendo a escolha ideal para empreendedores iniciantes.

Dessa forma, você pode ter acesso a todas as opções que um bom escritório precisa ter, mas pagando pouco por isso.

Com um valor muito abaixo quando comparado ao que você pagaria em um escritório de médio a alto padrão, você poderá ter acesso a todos os serviços da Smart.

Com secretária executiva e endereço fiscal, para que você possa colocar o endereço da sua empresa em um edifício executivo, e também ter uma secretária para receber suas cartas, encomendas e ligações.

Locação de salas de alto padrão executivo para reuniões com clientes e fornecedores, além da locação de salas para palestras ou treinamento da sua equipe.

Você também terá acesso ao escritório compartilhado, com fácil acesso ao centro da cidade e as principais vias.

Conte com a Smart para iniciar o seu negócio no maior estilo e economia com muita economia!

Conclusão

Conseguiu entender como iniciar um empreendimento para ter uma renda extra?

Esperamos que tenha gostado das nossas ideias para ganhar dinheiro e que coloque seu sonho em prática!

Fique por dentro das novidades, e não esqueça de compartilhar esse artigo em suas redes sociais.

Um grande abraço.

Categorias
Empreendedorismo

Aprenda lições para ter sucesso com essas mulheres vencedoras!

Atualmente é bem comum ter as mulheres no empreendedorismo, vamos mostrar algumas lições que elas nos ensinam.

O empreendedorismo feminino está em alta em todo o mundo, são mais ou menos 9 milhões de mulheres que comandam negócios no Brasil.

As mulheres, a cada dia que passa, estão conquistando mais e mais seus direitos, e o empreendedorismo é um ótimo passo.

É muito importante esses números estarem crescendo, até porque os empregos crescem também, e ainda temos muita mais para aprendermos com essas mulheres de sucesso.

Agora vamos para algumas lições que são necessárias e podem ser aprendidas com essas mulheres incríveis.

Lições para você aprender com essas mulheres de sucesso.

  1. Abertura de negócios:

O empreendedorismo feminino nos ensina que é muito importante você não gastar todo o seu dinheiro de reserva para abrir o seu negócio.

Pense no planejamento financeiro para te ajudar, imagine que sua reserva é apenas o seu fundo de emergência.

Esse dinheiro deve ser utilizado quando há algum problema e é uma necessidade.

Para evitar problemas, reserve uma quantia para se manter enquanto seu negócio não dá resultados de lucros.

Separe o capital para não ter confusão, isso te ajuda a não gastar todo o seu dinheiro antes mesmo de acabar o mês.

É  interessante deixar o seu fundo de emergência em um local de investimento que tenha bastante liquidez.

  1. Zona de conforto:

As mulheres são consideradas extremamente produtivas, por isso aprendemos com elas que sempre devemos fazer mais e além, mas é necessário sair da zona de conforto.

Por exemplo, se você não tem tanta habilidade na gestão de negócios, procure algo para aprimorar seu conhecimento sobre esse assunto e te ajudar.

Faça isso antes de abrir sua empresa, se você não sabe liderar, procure conhecimento e pense que isso é muito necessário para a sua empresa funcionar.

  1. Público-Alvo:

O público-alvo é extremamente importante para o seu negócio e não é apenas ter o seu ideal, mas sim conhecer bastante e ter intimidade.

É perfeito você entender seus clientes, o porquê eles gostam da sua empresa, entre outros pontos relevantes.

Mas você deve estar se perguntando: como conheço meu público-alvo? É simples: um bom ponto de partida é definir os pontos de região, gênero, idade, etc.

Após entender esses pontos, analise como o seu produto o ajudará em determinado momento.

  1. Projeto:

Ter o seu projeto definido é muito mais fácil, mas isso não basta, porque é necessário ter o planejamento e conseguir unir os dois.

Por isso é importante estudar a área que você deseja para ingressar com o pé direito.

As mulheres nos dão essa lição, com grande segurança, porque pensam em tudo antes e se planejam bastante.

  1. Paciência:

O empreendedorismo feminino deixa algo claro, primeiro tenha paciência em tudo.

O negócio leva um tempo para se desenvolver, então nada de querer apressar o processo.

Por isso, o planejamento é tão importante, planeje tudo para entender que tudo sairá como planejado e com calma.

Tenha bastante flexibilidade, isso é perfeito para quem deseja empreender porque o cenário dos negócios muda diariamente. E fique atualizado com relação a essas mudanças.

  1. Experiência:

Geralmente, quando uma pessoa quer abrir uma empresa, já desiste por não ter experiência ou por não conhecer a área, mas calma porque isso não é totalmente necessário.

Para qualquer área é necessário você pesquisar e ter um conhecimento sobre, por isso para abrir um negócio, automaticamente você estudará sobre todos os aspectos do setor em questão.

Você não precisa ser um especialista em gerenciar uma empresa, você pode muito bem buscar conhecimento ou alguém de confiança para te auxiliar.

  1. Experiências pessoais:

Conhecimento nunca é pouco, então, ainda que você domine o mínimo, será capaz de aproveitá-lo e acrescentar em algo.

Muitas coisas que você aprendeu ao longo da sua vida podem ser úteis para o seu negócio, seja alguma receita de comida, caso seu negócio seja relacionado a isso, etc.

E isso pode ser uma forma de tratar alguém, uma visão de algum produto ou de gestão em si para te ajudar.

Conclusão

Neste artigo você pode aprender lições com as mulheres de sucesso e conseguiu ver que o empreendedorismo feminino está ganhando espaço cada vez mais.

E aprendemos que é totalmente possível conseguir abrir seu próprio negócio, enfrentar todos os desafios possíveis, independente de qualquer pessoa e qualquer coisa.

E não é apenas optar pelo empreendedorismo feminino porque está em crescimento, mas também porque ele emprega outras pessoas, e claro, mulheres estão na lista. Agora é só aplicar essas dicas das mulheres de sucesso.

Visite nosso site e conheça outros artigos como esse que poderão ajudar bastante.

E se estiver interessado em um coworking, entre em contato conosco, a Smart tem os melhores coworkings.

Se ficou alguma dúvida, deixe nos comentários ou entre em contato conosco.

Até o próximo artigo!