Categorias
Marketing

É assim que as redes sociais podem ajudar sua empresa a crescer

A internet tornou-se grande aliada da população no dia a dia. Apesar de ainda haver desigualdade entre classes brasileiras e com alto índice de exclusão digital, a navegação virtual tornou-se imprescindível na vida das pessoas. 

Devido à pandemia, estar em casa trabalhando no sistema home office ou utilizando a internet para estudar, acompanhar eventos e também como lazer, tornou-se uma grande válvula de escape na quarentena. 

E o mundo empresarial não ficou de fora. A cada dia, as empresas buscam inovar e trazer soluções através dos meios de comunicação digital, ajudando clientes e viabilizando mais negócios. 

As ferramentas digitais estão preparadas para ajudar sua empresa a crescer. Através de variados canais de comunicação, como as redes sociais por exemplo, sua empresa pode ganhar destaque entre a concorrência e atrair mais clientes em potencial. 

Parece ser algo extremamente complexo, mas não requer qualquer especialidade para colocar seus projetos digitais em prática.

Conheça mais sobre serviços digitais para sua empresa através do Blog Smart Escritórios Inteligentes. 

Dica de leitura

Conheça ferramentas digitais para sua empresa

Autonomia comercial

Por que utilizar as redes sociais pode ajudar a crescer sua empresa?

Em mercados altamente disputados, as empresas vêm adotando conceitos variados de atrair clientes e propulsionar produtos. 

As redes sociais tornaram-se grandes aliadas destas empresas, pois ajudam a divulgar seus produtos, atingindo milhões de usuários das redes e gerando maior expectativa de consumo. 

Redes sociais como Facebook, Instagram, Twitter e Youtube consomem horas de navegação por conteúdo entre seus usuários. Somente o Instagram, com mais de 400 milhões de inscritos em todo o mundo, tornou-se um grande shopping virtual, com centenas de milhares de produtos ofertados diariamente. 

Estudos apontam que a ideia de gerar conteúdo por aplicativos tende a ganhar mais fôlego, projetando e elevando números de metas alcançadas por seus anunciantes. 

Além do grande número de usuários, as redes sociais também contam com diversos recursos e funcionalidades que otimizam bastante o seu processo de vendas e de contato com o cliente.

Dica de leitura

Veja como as redes sociais podem implementar seu negócio.

Vamos a um exemplo claro de empreendedorismo, através de nosso personagem virtual, Leonardo.

Leonardo, empreendedor

Leonardo, 35 anos, empreendedor em busca de um espaço para profissionalizar seu negócio, com baixo investimento. Não é um grande empresário, e sim um empreendedor em início de carreira. Ele busca de forma online maneiras de expandir seu negócio, utilizando Youtube, blogs e redes sociais. 

Pois bem! O estudo sobre nosso personagem aponta um fator importante. Leonardo possui pouco capital para investir. 

Está iniciando seu negócio e necessita de um bom planejamento para divulgá-lo. Lembrou-se que as redes sociais podem ser suas grandes aliadas neste momento inicial. 

Então, Leonardo pode elaborar campanhas de anúncios pagos nas redes sociais e desenvolver sites ou blogs sobre seu negócio, de maneira a torná-lo conhecido e divulgado. 

Descobriu que a estratégia, apesar de exigir investimentos pequenos, moderados ou altos, pode atrair clientes em potencial e ajudar sua empresa a crescer.

Mais que fotos e vídeos

Como dizia o slogan de uma antiga campanha publicitária de uma marca de refrigerantes nos anos 80, “Imagem não é nada, sede é tudo!”

Porém, aqui a situação se reverte. A imagem é uma das principais peças para ajudar sua empresa a crescer. 

No objetivo de divulgar um produto, a empresa precisa, antes de tudo, entender que a imagem de um determinado produto será seu cartão de visitas na divulgação de suas metas e objetivos. 

A imagem atrai o cliente e o fará sentir-se seguro em adquirir determinado produto. Ela deve conter a capacidade de persuasão e clareza, suas principais características. 

A imagem é um ímã! Invista em seu negócio e busque a interatividade entre você e o mundo virtual. Conquiste o Brasil!

Dica de leitura

Conheça mais sobre imagem empresarial e suas definições.

Como criar engajamento com o público?

Não basta apenas você divulgar o produto na internet e esperar que seu público venha a você. 

É importante entender que é necessário saber conquistar seus clientes. 

Através das redes sociais, a interação deve ser constante. O cliente precisa saber que você existe. 

Interaja com seus clientes. Marque presença diária nas redes sociais. Impulsione suas imagens. 

Reserve um orçamento mensal para investir em campanhas de anúncios pagos. É importante obter curtidas, sinal que sua interação começa a demonstrar resultados, mas o melhor é atrair esses clientes a você. 

E lembre-se de priorizar as redes sociais em que seus futuros clientes mais se concentram. O instagram é uma excelente dica!

Quanto mais conteúdos você disparar, maiores são as chances de você se destacar. É uma indiscutível solução para ajudar sua empresa a crescer!

Consideração da solução: os potenciais clientes já estão cientes do problema e passam a buscar aprofundamentos e soluções. 

Pois bem! Chegamos até aqui na convicção de que estas orientações em nosso artigo, já fizeram você entender o “x” da questão. 

Muitos clientes ainda se sentem frustrados por não encontrarem mais informações sobre um determinado produto ou empresa. É praticamente impossível não haver um anúncio, por mais simples que seja, sobre uma determinada marca. 

Mas infelizmente ainda há exclusão digital entre empresas. 

Pensando nisso, uma boa solução que vem ocorrendo é a orientação de certos clientes sobre um negócio que ele julgue imprescindível em seu dia a dia. 

Com isso, além de ajudar no negócio, o próprio cliente terá, ao encontrar sua empresa favorita nas redes sociais, a oportunidade de conhecer antes os produtos e até adquiri-los no conforto de sua casa, ao invés de aguardar uma próxima visita para saber o que há de novidades. 

Conclusão

Este artigo teve como proposta mostrar como é possível e amplas, as oportunidades para você fazer seu negócio crescer em seu ramo.

Ao longo das décadas não era tão evidente a utilização de ferramentas de marketing para a divulgação de marcas. 

Com o passar dos anos, a era digital nos oferece, a cada ano, inúmeras possibilidades de interagir e divulgar.

As redes sociais são a grande prova de que um percentual do comércio físico tem nas redes sociais o oxigênio necessário para se manterem. 

Não deixe de aproveitar, caro leitor, estas oportunidades que seu ramo comercial lhe oferece. Mostre que você tem conhecimento e sabedoria para gerir sua empresa com responsabilidade, preocupação e satisfação. Mostre ao cliente que você o tem como aliado.

Entenda seu cliente e aproveite suas ideias, sugestões e críticas. Lembre-se, tudo é para o bem estar geral de todos.

Você precisa de seus clientes e eles precisam de você!

Se você tiver dificuldades, lembre-se que há consultores como o Blog Smart Escritórios Inteligentes. Eles podem te ajudar!

Esperamos ter lhe ajudado bastante com nossas informações!

Categorias
Sem categoria

O que é marketing empresarial? Aprenda a aplicar em seu negócio

Utilizar as estratégias certas para atrair e encantar clientes é um diferencial. Saiba como o marketing empresarial pode alavancar o seu negócio.

Muitos fatores colaboram para o crescimento de uma empresa. Planejamento financeiro, uma boa gestão de equipe e investimentos estratégicos são questões importantes para que um negócio se sustente.

Porém, existe um outro fator fundamental que garante o sucesso de uma marca: o marketing empresarial. O marketing é um dos pilares de qualquer negócio ou carreira. 

Não importa se você está pensando em abrir um negócio, ou já tem um produto/serviço consolidado no mercado. Mesmo com pouco dinheiro para investir, você ainda poderá se beneficiar dele.

Vamos falar como o marketing empresarial pode impactar o seu negócio.

Entenda o que é marketing empresarial

O marketing empresarial envolve todas as práticas que envolvem captação e relacionamento com o cliente. É um processo que pensa desde a elaboração do produto até a venda para o cliente.

Ele considera quais são as estratégias que podem ser mais eficazes na hora de divulgar o seu negócio e/ou apresentar o seu produto ao cliente.

Para quem é indicado o marketing empresarial?

Não importa em qual estágio o seu negócio está, se você tem o objetivo de aumentar suas vendas e conquistar novos clientes, você precisa investir em estratégias de marketing empresarial.

Essas práticas funcionam muito bem para pequenas empresas e microempreendedores individuais. Tudo irá depender de encontrar uma estratégia, que melhor se adeque a realidade da sua empresa e que funcione com os seus clientes.

Iniciando a estratégia de marketing empresarial

Antes de  começar qualquer estratégia de marketing empresarial, existem alguns elementos que precisam ser considerados. Para isso, vamos conhecer os 4 P do marketing:

Produto: esse P refere-se ao serviço/produto desenvolvido por sua empresa. É desenvolvido de acordo com os desejos e necessidades do seu público-alvo, a fim de resolver os problemas e solucionar as dores da sua persona

Importante: lembre que não basta apenas vender produtos ou serviços para os clientes, mas é necessário proporcionar soluções e experiências que os encantem. Dessa maneira, você poderá garantir que sua empresa tenha um diferencial e mostrar para o cliente que a sua empresa se importa com a satisfação dele.

Preço: o preço nada mais é do que o valor monetário que o cliente precisa investir para contratar os serviços ou adquirir os produtos da sua empresa. 

Nessa etapa, é preciso ponderar quais são os objetivos do seu negócio e qual é a imagem que sua empresa deseja passar. 

Preços mais baixos certamente são um atrativo para muitos consumidores e podem aumentar muito suas vendas. Porém, preços mais altos costumam passar a ideia de qualidade do produto e credibilidade da empresa.

Por isso, é preciso definir bem o que é viável para seu negócio e também para o cliente. Encontrar um equilíbrio é o ideal para que ambas as partes saiam satisfeitas.

Praça: o terceiro P representa o ponto comercial em que seu produto/serviço será divulgado e comercializado. Isso não significa necessariamente, um local fixo, mas em qual plataforma o cliente pode visualizar os produtos e chegar até eles. Seja uma loja física, um e-commerce ou até mesmo um catálogo, é necessário que tudo seja bem organizado e de fácil acesso para proporcionar uma experiência agradável ao cliente.

Promoção: a promoção não diz respeito a descontos ou ofertas, mas a formas de promover o seu produto. Nesse ponto, é preciso desenvolver estratégias inteligentes para divulgar o seu negócio e atrair ou alcançar os clientes para o seu negócio. 

Seja a partir de marketing digital ou formas tradicionais de divulgação, é necessário utilizar os canais que alcancem o seu público alvo a fim de possibilitar uma comunicação eficaz.

Os melhores canais de atuação

É preciso saber em quais canais o seu público-alvo está presente para poder apresentar suas soluções a ele. Se você quer investir em marketing de conteúdo, por exemplo, alimentar blogs e redes sociais com artigos relevantes é uma estratégia interessante.

Mas também é importante investir em outras plataformas, como e-mail marketing, por exemplo, e otimizar suas páginas de web com as técnicas de SEO.

Coworking

Uma boa opção para quem está começando um negócio e tem pouco dinheiro para investir em um bom ponto comercial é usar um coworking. 

O Coworking, pode ser entendido como um espaço compartilhado entre várias empresas, onde as mesmas dividem as despesas e a área de acesso comum, também podem ter compartilhamento criativo, ajudando no desenvolvimento geral.

Nesse modelo, sua equipe pode contar com uma infraestrutura de alto nível que proporciona conforto e prestação de serviços necessários, como recepção, serviço de copa e manutenção.

Entre em contato com a Smart Coworking, ela oferece mais do que uma estação de trabalho, ou locação de salas, ele é uma coworking com muitos benefícios para o empreendedor, desde clube de vantagens, até plataformas com conteúdos exclusivos. 

A Smart também disponibiliza o serviço de endereço fiscal. Permitindo que a sua empresa tenha o endereço de CNPJ na própria Smart. 

Com planos a partir de R$79,90 (sem multa de cancelamento), você terá o seu escritório pronto em até 24 horas. Além de contar com recepcionista, assistente virtual e serviço de gestão de correspondência, em localização estratégica. 

Vale o investimento, acredite.

Conheça os planos e descubra uma nova forma de trabalhar, o jeito Smart de fazer negócios! 

Conclusão

Nesse artigo, aprendemos sobre marketing empresarial e formas de aplicar na sua empresa. Seguindo nossas dicas, você que está começando terá uma grande ajuda.

Trouxemos também uma excelente dica, os serviços da Smart Coworking, vale a pena conferir.

Obrigado pela leitura e em breve nos vemos em outro artigo.

Categorias
Sem categoria

Isso é o que todo empreendedor smart deve saber

Um empreendedor Smart precisa ter algumas características extremamente importantes e, é sobre elas que vamos falar hoje.

Se você já possui um negócio e busca aprimora-lo, entenda que antes de mais nada, precisa melhorar a parte de liderança.

Um empreendedor precisa ter algumas características essenciais para que possa “comandar” sua empresa com sucesso, uma delas é entender a importância de saber liderar.

Todo empreendedor precisa saber ser líder, independente se você tem ou não funcionários, é líder da mesma forma porque você está se liderando, e liderando a empresa.

Com isso, se faz necessário alcançar a máxima excelência para que seu negócio chegue onde almeja. É nesse momento que a liderança Smart entra para ajudar a entender o que você precisa ter para ser um líder Smart.

Existem características específicas, que essa liderança apresenta, por isso listamos as principais:

Características de um líder smart

Não adianta ter um ótimo time se tem um líder que não exerce seu papel corretamente. É como ter uma Ferrari e não saber dirigir. 

Por isso, para que você seja um ótimo “condutor”, separamos as principais  características desse tipo de  líder.

Ser Justo:

Um líder justo não é aquele carrasco que todos temem, mas aquele que define limites para todos de forma extremamente justa e clara.

Por exemplo, elaborar um manual do colaborador é uma boa alternativa porque é possível pontuar o que vai ser aceito e o que não vai ser aceito na empresa.

Dessa forma, o colaborador não poderá afirmar que não tem conhecimento desses limites, pois ele terá o manual do colaborador com tudo claramente escrito.

Um líder Smart precisa usar sua inteligência para manter a ordem, de uma forma que a própria equipe desenvolva o senso de responsabilidade sobre as regras e acima de tudo sobre suas responsabilidades.

Ser Coerente:

Ser um líder coerente é importante porque todos confiam na sua palavra, não adianta você falar algo e fazer algo totalmente diferente, você estará sendo incoerente.

Sendo um líder incoerente pode trazer algumas situações desagradáveis por exemplo, na sua equipe alguém se tornar o líder pelas suas costas, mas você continua acreditando que exerce esse papel muito bem mas na verdade, já substituíram você.

Por fim, com uma boa coerência a sua equipe terá mais confiança e segurança em tudo na empresa.

Ser Flexível:

Obviamente que você deva ser totalmente duro com seus funcionários, mas é preciso ter firmeza para conseguir fazer o negócio crescer.

Mas, ter a flexibilidade é bom até para criar boas relações, mas não seja tão flexível a ponto de prejudicar a empresa.

Seja amigo dos seus colaboradores, esteja aberto para esclarecer dúvidas e faça com que o ambiente de trabalho seja um lugar legal.

Por fim, no momento de cobrar, cobre mas sem grosseria ou seja, tenha a flexibilidade.

Empreendedor smart

Independente se a sua empresa é registrada ou não, você precisa pensar lá no final, que é o seu lucro.

É nesse momento que entra a parte de quanto você vai investir e por quanto você vai vender.

Entenda que a empresa que deve servir o empreendedor, mas saiba que no início não é assim porque é aquele treinamento, após esse início lembre-se dessa frase que citamos.

Dessa forma, o lucro é o seu ponto principal a ser pensado, porque sem o lucro, qual o motivo de continuar com a empresa?

Entenda que a empresa é geradora de lucros, para conseguir esses lucros é necessário ter certeza que esse produto ou serviço que você escolheu, interessa as pessoas e qual o público se interessa mais.

Tudo isso é algo importante a se pensar para não ficar no prejuízo e ter que acabar fechando seu negócio por falta de lucro.

Para identificar se dá dinheiro, utilize a técnica do porco-espinho que é essa:

  • O que eu gosto?
  • Dá lucro?
  • Você sabe fazer bem?

Com essas perguntas vai ser mais identificar seu ramo e se isso interessará as pessoas para realizar a aquisição seja do seu produto ou serviço.

Porque sabemos que não dará muito lucro, se você escolher algo que gosta mas não sabe fazer, lembre-se que a qualidade é importante em qualquer área.

Mas se é o seu desejo fazer parte dessa área que é boa financeiramente, comece a se preparar, pesquise ou faça cursos.

E não pense que apenas pensar nos lucros é errado, na verdade, é uma questão de sobrevivência, porque o empreendedor não tem aposentadoria, ou seja, tudo que ele ganha hoje é importante guardar um pouco para não passar por situações desagradáveis.

Com isso, entenda que a procura do lucro não é a ganância mas é uma busca necessária.

Por isso é importante ser um empreendedor smart porque é possível observar onde é a sua fonte de lucro e ainda é um diferencial ser esse tipo de empreendedor.

Dessa forma, observe seu lucro e analise se o que você está oferecendo para as pessoas é interessante ou não.

Por fim, estude sua empresa, faça cursos se necessário e não esqueça das características que são essenciais para um líder smart.

Conclusão

Esperamos que esse conteúdo tenha esclarecido todas as suas dúvidas e não esqueça de compartilhar para todos.

Se ficou alguma dúvida, deixe nos comentários ou entre em contato conosco pelas redes sociais.

Até o próximo artigo!

Categorias
Sem categoria

Veja como a empresa Mundi Projetos Esportivos reduziu 90% dos seus custos

Se você já conhece o coworking, mas não sabe como aplicá-lo em sua empresa para reduzir custos, entenda como isso é possível no artigo de hoje.

Seja você um empreendedor que está começando agora o seu negócio ou um empresário que já tem uma empresa consolidada no mercado, temos certeza de que você tem um objetivo em mente: reduzir custos.

Em qualquer setor, existem passos importantes para organizar as finanças e diminuir aqueles gastos excessivos ou desnecessários. Se você está buscando por outras alternativas para ter um resultado ainda melhor nesse processo, saiba que o Coworking é uma opção que pode reduzir seus custos de forma significativa.

Esse novo modelo de negócio pode abrir portas para que sua empresa continue crescendo e se desenvolvendo.

É uma estratégia que proporciona uma melhor gestão financeira dos seus recursos, praticidade no que diz respeito à infraestrutura e otimização da rotina de sua empresa.

Por que aderir ao coworking imediatamente?

Independente do estágio em que o seu negócio esteja nesse momento, é preciso que haja uma estrutura adequada para que você desenvolva suas atividades.

É necessário investir em recursos básicos, como luz, internet de alta velocidade, equipamentos de qualidade, como computadores, notebooks e aparelhos celulares, além de ter um mínimo de privacidade para poder produzir bem.

Se você tem um time, os gastos são ainda maiores. Nesse caso, seus custos envolvem aluguel de salas e auditórios, além de ter um gasto significativo com copeira, faxineira, luz, água, internet e manutenções para manter tudo funcionando. 

Essas questões consomem tempo e energia. E somando tudo isso às burocracias fiscais, trabalhistas e de gestão, você ainda pode perder dinheiro. 

Foi exatamente isso que o empresário Carlos Eduardo Cabral, da empresa Mundi Projetos Esportivos, estava vivendo.

Depois de passar oito anos em um escritório físico, com toda uma infraestrutura planejada e montada que demandou um grande investimento, ele resolveu experimentar um novo modelo de negócio.

A decisão de fazer a transição de um escritório próprio para um modelo inteligente foi impulsionada pelas diversas vantagens que o coworking oferece, como recepcionista, serviço de copa, clubes de vantagens e descontos e networking.

Existem várias formas de reduzir despesas com a infraestrutura de uma empresa. Carlos Eduardo Cabral analisou e percebeu que o coworking era a alternativa mais vantajosa.

Além da economia significativa com gastos de infraestrutura, ele teria mais tempo para investir no que realmente importa na gestão do seu negócio, e consequentemente, gerar mais lucro para a empresa.

É uma alternativa que possibilita Inclusive a conquista de novos clientes e parceiros em seu novo ambiente de trabalho.

O relacionamento com outros profissionais em um ambiente de trabalho compartilhado era uma forma de trocar experiências, expandir seus contatos e ainda divulgar o seu trabalho.

Além de ter sido uma experiência muito vantajosa para o empresário, o coworking o aproximou de ideais como a cooperação entre profissionais nesse ambiente compartilhado e a valorização dos novos modelos de trabalho.

Entretanto, o maior benefício foi percebido no bolso, com certeza. Depois de um ano e meio nesse modelo de negócio, a Mundi Projetos Esportivos reduziu em 90% seus gastos com infraestrutura!

Uma mudança estratégica, muito bem sucedida e com resultados impressionantes.

Como o coworking ajuda a reduzir custos?

reduzir_custos

Depois de conhecer a história do Carlos Eduardo Cabral e de seu negócio, você deve estar se perguntando: como um escritório inteligente pode me fazer gastar menos?

A resposta é simples: Você não precisa imobilizar seu capital!

A maioria dos coworking não exigem cauções ou fiadores, tem contratação rápida em até 24 horas e não possuem taxa de cancelamento.

Com planos mensais a partir de R$ 79,90, você pode ter uma estação de trabalho e toda a estrutura para seu negócio disponível para uso no mesmo dia da contratação.

Sabemos o quanto é difícil começar um negócio tendo que investir em um escritório, aluguel, arquiteto, reforma, móveis novos, entre outros gastos.

Por isso, é importante que o novo empreendedor busque estratégias para reduzir ao máximo esses custos. Quanto mais prático e ágil for esse processo, maiores são os benefícios para os empresários.

Empresas de todos os portes se beneficiam de escritórios compartilhados. Desde estudantes, profissionais liberais, autônomos, até grandes empresas, como é o caso de grandes marcas como Uber, Google e Microsoft. 

O coworking é um modelo de negócio que permite flexibilidade, praticidade e economia compartilhada. 

Ou seja, além de reduzir custos, o empresário tem mais tempo livre e mais qualidade em seu dia a dia. 

Isso significa tirar da sua rotina os detalhes que antes causavam estresse e preocupação, diminuindo a ansiedade e o esgotamento. Uma solução inteligente e vantajosa para quem busca simplificar o dia a dia.

Se interessou? Conheça nossos planos e faça parte dessa nova forma de trabalhar, experimente o jeito Smart de fazer negócios!

Categorias
Administração

Listamos 6 passos importantes para reduzir os custos da sua empresa

No atual cenário que vivemos, algumas empresas precisaram reduzir custos, mas é difícil entender por onde começar, por isso vamos te ajudar no artigo de hoje. 

Se você simplesmente reduz os custos de qualquer setor e pronto, sem nem ao menos avaliar o que faz ou não sentido,  pode acabar gerando algo prejudicial, já que não foi feita uma análise, não feito um estudo do que deve ser cortado de fato.

Dessa forma, é preciso ter uma estratégia antes de tomar qualquer decisão de cortar os gastos, seja qual for o setor.

Para não cometer um erro e prejudicar sua empresa, analise tudo com atenção, tanto no quesito financeiro, como em todos os outros que envolvem sua empresa.

Nesse artigo, vamos pontuar algumas formas de reduzir os custos de forma segura, analisando todas as informações de modo a entender o quanto aquela redução de custo pode afetar ou não aquele setor.

Passos importantes para reduzir custos 

  1. Mais tecnologia e menos papel:

O uso do papel é algo que está extremamente ultrapassado, a tecnologia vem ocupando o seu lugar mantendo os seus documentos salvos e seguros. Sem contar que é muito mais fácil de organizar e  localizar.

Algumas pesquisas mostram que um empresário perde em torno de 1 mês por ano, apenas tentando localizar algum documento que é impresso e guardado em arquivos, ou semelhantes.

Fora que o gasto da impressão de papel não é pouco, e ainda tem o tempo gasto para coletar todas as assinaturas necessárias, por exemplo.

Utilizando a tecnologia você vai reduz os custos desnecessário nessa questão, por exemplo, utilizar uma plataforma para coletar assinaturas de forma online e simples.

Dessa forma é possível eliminar o custo do uso manual de arquivar documentos, envio de correios ou motoboys para coletar assinaturas, entre tantas outras coisas que envolvem os processos de documentação

Dicas para reduzir custos:

  • Opte por impressoras virtuais que geram PDF;
  • Escolha um bom sistema de gestão para documentos eletrônicos;
  • Elabore campanhas internas e escute a opinião de todos para reduzir os gastos desnecessários;
  • Realize apresentações online;
  • Utilize a tecnologia para passar informações importantes para os seus funcionários.
reuniões-custos
  1. Opiniões dos colaboradores:

Reuniões com a empresa, e com funcionários de cada setor são uma boa opção até para entender o ponto de vista deles.

Com essas reuniões é possível observar como simplificar os recursos que são utilizados nas tarefas do cotidiano.

Essas sugestões podem se tornar até um novo projeto que pode ajudar a empresa, simplificando essa interação, que é um importante canal de comunicação interno.

Você pode criar um e-mail exclusivo para funcionar como uma ouvidoria, elaborar uma rede social empresarial para divulgar suas ideias e melhorar a interação, por fim, você pode “brincar” com as possibilidades.

Por fim, opte pelo grupo de WhatsApp que é um meio de comunicação bem comum atualmente e que facilita muito a transmissão de sugestões.

  1. Evite demissões para reduzir os gastos: 

Uma demissão que acontece sem necessidade pode prejudicar sua empresa com os custos que devem ser pagos ao funcionário.

Por exemplo, virá os gastos com direitos trabalhistas que não são poucos, e ainda tem  os investimentos com treinamentos e capacitação, que acabará sendo perdido, se tornando assim, um grande desperdício.

Realizar a demissão não é a primeira alternativa, sempre opte por outras formas de reduzir os gastos.

  1. Revisão e automação:

Certas burocracias são um desperdício de gastos e tempo da pessoa que a realiza diariamente, mas esses custos não são notados facilmente.

Por isso, essa é  uma excelente alternativa de redução de custos, porque algumas dessas práticas estão ficando ultrapassadas, diferente da automação dessas funções,  que estão em constante atualizações, com o que há de mais novo no momento.

A solução para isso é observar os processos internos e verificar quais podem ser automatizados.

Para analisar isso, comece observando os setores de marketing, vendas, atendimento e veja o que pode ser automatizado.

Optar pela tecnologia é a melhor solução, já que está auxiliando muitas empresas a crescerem seus negócios. Não esqueça de estar em constante atualização com o mercado, assim você não fica em desvantagem em relação aos seus concorrentes.

  1. Planeje:

Para conseguir realizar uma boa redução de custos, o planejamento é extremamente necessário para se organizar e observar a empresa.

Nunca comece a redução de gastos antes de elaborar o seu planejamento e ouvir outras sugestões de quem de fato tem a vivência da sua empresa.

Por fim, se for necessário opte por alguma plataforma que te auxilie nessa parte de planejamento, mas apenas se de fato sentir a necessidade de ajuda,  pois o objetivo principal é manter gastos que realmente importam.

  1. Dívidas:

Para finalizar, tente negociar suas dívidas para evitar grandes taxas de juros, mas antes de fazer isso, tenha certeza que a empresa conseguirá arcar com essas despesas.

Sempre tome cuidado com o dinheiro da sua empresa para não cometer erros, como o de misturar as contas da empresa com as pessoais.

Conclusão

A redução de custos é importante para eliminar os gastos desnecessários. Observar o impacto que teria em determinados custos na sua empresa, quais seriam as consequências e quais os setores vão ser afetados é um importante passo desse processo.

Como pontuamos nesse conteúdo, é preciso se planejar, antes de realizar qualquer redução,  compreender realmente como está a saúde financeira da sua empresa.

Caso, você deseje diminuir o custo de aluguel e luz, por exemplo optar por um Coworking como o que oferecemos na Smart que é bem mais em conta quando comparados aos concorrentes.

Esperamos que esse conteúdo tenha esclarecido todas as suas dúvidas e se gostou, não esqueça de compartilhar em suas redes sociais.

Se ficou alguma dúvida, deixe nos comentários ou entre em contato conosco, teremos prazer em ajudar.

Até o próximo artigo!

Categorias
Empreendedorismo

[SMART FORTALEZA] Essas são as principais competências de líderes, segundo o CEO da SingularityU

Sabemos que um líder precisa ter algumas competências de líderes que são essenciais, por isso hoje você vai descubrir quais são essas competências.

Atualmente as empresas estão optando mais ainda, pela agenda ESG e isso foi graças a responsabilidade social.

Essa sigla se resume a práticas sociais, ambientais, governamentais e agora, mercado financeiro.

Na parte corporativa, esse tema é tão importante que chega á alta liderança, dessa forma, os profissionais começam a entrar em uma corrida para desenvolver certas competências para os negócios que estão por vir.

Para explicar melhor, a ESG serve para avaliar as empresas e as avezes até alguns países sobre critérios ambientais, sociais e governança para saber como estão.

Por isso, vamos mais a fundo sobre esse assunto que tem tanta coisa para abordar.

Principais competências de líderes

Conforme uma pesquisa, 70% das empresas estão aderindo aos critérios ESG para avaliações de desempenho e remuneração, mas com profissionais de nível sênior.

Essa mudança que é bastante recente não é nada por moda e sim por sobrevivência, principalmente para as empresas que tem a percepção de risco.

Mas, essa mudança só vai ser bem sucedida, se os profissionais estiverem abertos para realizar transformações sistemáticas e quebra de paradigmas.

Os critérios de ESG desperta bastante o interesse dos profissionais que desejam chegar a liderança.

Por isso, vamos falar algumas competências para bons líderes ESG.

  1. Interesse em dados:

Para os profissionais que desejam se transformar em um líder ESG, necessitam conseguir transformar os números em ações concretas.

Dessa forma, é preciso ter o costume e familiaridade em lidar com os dados e análises, e claro, compreender os impactos de curto, médio e longo prazo.

  1. Empatia e sensibilidade:

Não é apenas se importar com os dados, mas é preciso se importar e entender os impactos sociais de cada decisão estratégica.

É importante você conseguir unir a orientação dos dados e ter aquela visão mais sistêmica com orientação da sensibilidade comunitária.

É comum os profissionais cometerem esse erro, que é se importar apenas com o impacto financeiro que terão tomando determinada decisão.

  1. Poder de influência:

Para o ESG é preciso conseguir resistir a pressão e as mudanças frequentes, a mudança é comandada por profissionais com bastante resiliência e  compreensão sobre o engajamento.

Profissionais com resiliência e poder de influência são capazes de educar todos.

  1. Interdependência:

Uma boa parte do ESG é entender que os resultados positivos dependem do bem-estar de todos os envolvidos.

Representantes ESG são capazes de disseminar uma perspectiva multinível nas sociedades, deixando claro que uma boa performance financeira e compreensão positiva com os compradores depende exatamente do meio ambiente e também das comunidades do entorno.

  1. Inovação:

Ser capaz de inovar é extremamente importante porque a agenda se conclui em velocidade recorde.

Ter visão para a inovação é enxergar as oportunidades, escolher as metas e os objetivos audaciosos.

Entenda, que na parte corporativa você pode aprender a planejar, mas conseguir inovar, não é nada que se aprende.

Competências que vão exigir para alta liderança em empresas ESG

Existem  algumas competências que já estão sendo exigidas nesse tipo de empresa, são quatro dessas que citamos acima.

Mas, pesquisam apontam que os perfis de líderes que mais fazem sucesso são aqueles mais empáticos, com autenticidade e transparência.

Diante disso, basta conhecer às quatro competências mais exigidas em empresas ESG.

  • Pensamento sistêmico multinível: entender que é necessário ter postura abrangente com a ajuda das outras organizações, como o poder público.
  • Inclusão de stakeholders: ser capaz de incluir stakeholders em qualquer processo de mudança.
  • Inovação Disruptiva: conseguir desafiar abordagens convencionais
  • Pensamento de longo prazo: conseguir elaborar metas fortes e encontrar soluções.

Conclusão

Como percebemos os critérios ESG são como uma lista de produtos aproveitada por instituições ou pessoas que buscam fazer investimentos sérios e éticos. 

Isso une  desde a precaução de investidores no momento de adquirir valores até na escolha de um consumidor pelo produto/serviço de uma empresa em detrimento de outra.

Ao usarem os padrões de meio ambiente, sociais e de governança, a administração afirma sua responsabilidade com seus valores e suas relações, livremente de estar ou não passando por certa crise. 

Do mesmo costume, uma sociedade que se preocupa com sua equipe, compradores e meio ambiente, e que é bem dirigida, tem mais chances de conquistar seus iguais do que outra que não está em respeito com os elementos ESG.

Por fim, as empresas que optarem por ter os padrões ambientais, sociais e de governança, podem ter engajamento com algumas ações, por exemplo, diversidade em equipes, investimento em pesquisa e tecnologia, transparência em passar informações e assim por diante.

Esperamos que o conteúdo tenha esclarecido todas as suas dúvidas e se gostou não esqueça de compartilhar.

Se ficou alguma dúvida, deixe nos comentários ou acesse nossas redes sociais.

Até o próximo artigo!

Categorias
Sem categoria

[SMART BRASÍLIA] Conheça os 8 melhores aplicativos para organizar a tão sonhada viagem pós-quarentena

Após a quarentena a maioria das pessoas deseja fazer aquela viagem para se distrair e relaxar, por isso é importante organizar tudo, conheça alguns aplicativos que vão te ajudar.

A parte de turismo foi uma das áreas mais prejudicadas com a pandemia, já que inúmeras passagens foram adiadas por conta do novo Coranavírus. 

Uma grande quantidade de hotéis e fronteiras foram fechadas.

Por isso, enquanto esperamos tudo se normalizar, podemos nos  organizar é preparar  uma viagem pós-quarentena para deixar tudo isso de lado. Por isso, selecionamos alguns aplicativos que vão te ajudar nessa organização.

Melhores aplicativos para organizar sua viagem

  1. Sygic Travel Maps:

Com esse aplicativo é possível encontrar onde está acontecendo as melhores atrações, comprar ingressos, reservar hotéis e muitos outros recursos.

Para facilitar ainda mais, quando você não estiver com r acesso à internet, o aplicativo permite que você acesse aos mapas de forma offline.

E claro, é compatível com IOS e Andoid.

  1. Tripadvisor:

Esse é ideal para você que vai conhecer um lugar totalmente novo e deseja saber a opinião sincera de quem já esteve lá.

Esse aplicativo te permite conferir as avaliações dos viajantes do local, dos hotéis, restaurantes, museus e assim por diante.

Com essa plataforma é possível comparar o valor das passagens, ingressos de museus, hotéis e ainda realizar reservas.

Por fim, está disponível para IOS e Android.

  1. Kayak:

Perfeito para comparar os preços de tudo relacionado a viagens. Tudo bem que existem outros aplicativos com essa função, mas esse é considerado o melhor.

Nas comparações estão os valores de aluguéis de carros, hotéis e passagens. Está disponível para Android e IOS.

  1. Triplit:

Um ótimo planejador de viagem, com ele é possível checar os horários dos voos, conferir as reservas, encontrar endereços e coletar informações importantes do itinerário.

Todas essas informações são criadas de formas automática e enviada para o seu e-mail, dessa forma, é possível ter acesso de forma offline.

Essa programação pode ser sincronizada com a sua agenda para evitar atrasos e esquecimentos.

Disponível para IOS e Android.

  1. Tripsy:

Esse aplicativo te ajuda a organizar seus passeios e possibilita a você compartilhar sua programação com seus amigos e familiares.

É possível receber alerta de voos, salvar os documentos para conseguir acessar em qualquer momento e está disponível tanto para Android, como para IOS.

  1. RentalCars:

Esse aplicativo é perfeito para você que vai para lugares que o Uber ou táxi não vão, o RentalCars vai te ajudar com o aluguel de carros.

Com esse aplicativo é possível comparar o valor de mais de 100 locadoras no local.

O pagamento pode ser feito em reais mesmo a viagem sendo no exterior e está disponível para IOS e Android.

  1. SplitWise:

Uma plataforma perfeita para aquela viagem em grupo onde você precisará fazer aquela divisão de despesas.

Ele possibilita colocar os valores em outras moedas e associar exclusivamente algumas pessoas do grupo a despesas específicas.

Extremamente útil! Disponível para IOS e Android.

  1. Buser:

Esse é para quem prefere as viagens de ônibus, a Buser permite que sua passagem de ônibus seja 60% mais barata.

E a maioria das passagens disponíveis é para viajar de uma forma confortável, a maioria são passagens para leitos, cama, etc.

Com uma segurança sensacional, para realizar a reserva que é feita pelo próprio aplicativo sem enfrentar filas na rodoviária é uma opção sensacional.

E para viajar basta apenas apresentar seu RG, disponível em IOS e Android.

[Bônus] Dicas para a próxima viagem pós-quarentena

Para as próximas viagens o ideal é você optar por lugares dentro do seu país, porque outros países podem ainda estar com certas restrições.

Opte também por voos curtos para não ficar em lugares com  aglomeração.

Escolha locais que tenham atrações ao ar livre para novamente, evitar as aglomerações.

Hospedagens pequenas são perfeitas para a sua primeira viagem pós-quarentena, porque não concentrara muitas pessoas.

Cidades pequenas são uma ótima escolha também para começar com as viagens.

Por fim, pesquise bastante sobre os locais, você pode utilizar os aplicativos que citamos para te ajudar a organizar tudo com tranquilidade.

Conclusão

O ano de 2020 foi bem difícil com o cancelamento das reservas de viagens e 2021 não está muito diferente, mas calma que quando acabar essa onda do Covid, você vai poder viajar bastante, por isso é importante se organizar.

Agora você sabe como organizar sua viagem pós-quarentena para tudo dar certo, é aproveitar a baixa para garantir ótimos descontos

Escolha seu aplicativo ideal, aquele que vai te ajudar tanto com a organização da viagem, como com a compra das passagens.

Por fim, só realize a reserva quando acabar a quarentena e todos estiverem vacinados, e mesmo assim continue tomando cuidado.

Esperamos que o conteúdo tenha esclarecido todas as suas dúvidas, e não esqueça de compartilhar.

Se ficou alguma dúvida, deixe nos comentários..

Até o próximo artigo!

Categorias
Entretenimento

[SMART NITERÓ] Unisuam de Niterói-RJ, lança o primeiro laboratório 5G da Huawei

Vai ser o primeiro lugar dos 12 espaços que a gigante empresa asiática de tecnologia pretende instalar aqui no Brasil.

A Huamei a grande empresa asiática pretende lançar um laboratório de fibra óptica em Niterói – RJ, ou seja, laboratório 5G no Brasil.

Isso acontecerá em um polo de universidade, a Unisuam bem famosa na cidade maravilhosa.

E também já disponibilizou algumas datas para o 5G chegar aqui no Brasil, mais para frente falarei sobre isso.

Para entender mais sobre essa novidade, continue a leitura para ficar por dentro.

Primeiro laboratório de fibra óptica da Huawei no Brasil

Esse vai ser o primeiro laboratório 5G no Brasil dos 12 que estão programados para serem lançados.

Mas qual o objetivo? O objetivo da Huawei é ter uma certeza e conseguir construir uma mão de obra bem qualificada pensando no potencial do 5G.

Essa implementação acontecerá graças a uma parceria com o polo de inovação e associação comercial do Estado.

A empresa asiática tem bastante interesse no leilão que o governo planeja para implementar o 5G no Brasil.

Qual a diferença com o 5G?

A primeira diferença é que todos os smartphones precisam ser compatíveis com a tecnologia 5G.

Dessa forma, você precisará trocar o celular para conseguir utilizar o 5G, mas saiba que ainda não existem muitos modelos disponíveis que são compatíveis com a tecnologia.

A maior vantagem do 5G é a velocidade, atividades de entretenimento, compras pela internet e até home office serão otimizados, por conta da rapidez.

E a expectativa é que o 5G corra com a transformação da tão mencionada Internet das Coisas (IoT). A chance de conectar à internet, aos mais variados dispositivos e aparelhos, é vista como um objetivo fundamental para uma nova transformação tecnológica. 

Setores como a medicina e mobilidade urbana podem ter um upgrade facilitado por uma conexão mais rápido e eficaz.

A expectativa do impacto do 5G nos cofres do Brasil é de US$ 1,2 trilhão, isso entre 2021 e 2035.

A diferença do 4G e do 5G

Não é apenas uma diferença, são algumas, entre elas:

  • Mais velocidade;
  • Largura da banda larga é maior.

Os especialistas garantem que a internet 5G é 100 vezes mais rápida.

Por exemplo, pense que é possível baixar um filme em menos de 4 segundos ou determinada página carregar em 25 milissegundos, essa é a internet 5G.

As pessoas estarão muito mais conectadas e de forma mais veloz.

Na questão de banda larga, o 4G tem a possibilidade de ter 100 mil conexões por metro quadrado.

Mas o 5G tem a possibilidade 10 vezes maior, a nova onda tem uma conexão de mais de 1 milhão de aparelhos por metro quadrado.

Em quanto tempo o 5G chegará no Brasil?

De acordo com o ministro das comunicações, Fábio Faria, o 5G deverá estar acessível em todas as capitais brasileiras até julho de 2022. No entanto, em 2021, existe a chance de disponibilização de 20 pontos da internet no Brasil.

As operadoras de comunicação que ganharem o leilão da Anatel terão  condições a obedecer:

  • Nos municípios com mais de 500 mil habitantes, o 5G terá que ser realizado até em julho de 2025;
  • Municípios com 200 mil habitantes, seu prazo é até julho de 2026;
  • Os municípios que apresentarem uma população acima de 100 mil deverão ter o estado respondido pela internet até julho de 2027.

Dessa forma, é provável que 100% dos municípios com menos de 30 mil pessoas sejam atendidos até dezembro de 2029.

As operadoras podem ter alguns problemas com o prazo da implementação no Brasil. 

Mas a geração de receita pode significar bastante para o mercado, principalmente para o B2B.

Por que pode demorar tanto?

Conforme foi dito anteriormente, a suspeita é que o 5G esteja acessível em todas as capitais brasileiras até 2022. 

A justificativa desse prazo, no entanto, acontece devido ao leilão da Anatel estar previsto para o 1º semestre de 2021, é óbvia: a migração das parabólicas.

A operadora que adquirir o espectro 3,5 GHz terá que dar kits (contendo um receptor novo e uma antena parabólica) gratuitamente para todas as famílias de baixa renda participantes do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. O valor estimado é de R$ 2,5 bilhões.

Conclusão

Agora estamos loucos para que o 5G chegue no Brasil para aproveitarmos essa internet veloz, mas é um bom começo com o laboratório 5G no Brasil.

Ainda precisamos esperar um pouco, mas é interessante já pesquisar quais marcas de smartphones vão lançar modelos que serão compatíveis com a tecnologia.

Esperamos que tudo tenha sido esclarecido suas dúvidas e não esqueça de compartilhar se gostou do nosso conteúdo.

Se ficou alguma dúvida, deixe nos comentários ou acesse nossas  redes sociais.

Até o próximo artigo!

Categorias
Entretenimento

[SMART RIO] Mude o foco, produza mais endorfina para encontrar a alegria

A endorfina é o hormônio que é responsável para a sensação de alegria e bom humor, continue a leitura para entender tudo sobre. 

Por estarmos vivendo uma época bem triste e difícil por conta da pandemia, é extremamente importante ter foco e achar os pontos de alegria, e conseguir colocar a endorfina para dentro do seu corpo.

Se você não sabe, a endorfina é um hormônio que é produzido com a hipófise no cérebro. 

Existem alguns alimentos que ajudam a liberar o hormônio da alegria.

Saiba quais  são, além de várias curiosidades  sobre o hormônio, além de dicas para produzi-lo naturalmente.

Endorfina: Hormônio da alegria

Esse hormônio tem outros efeitos mas ainda não identificados a fundo através de estudos, mas o que sabem é que tem um grande poder analgésico, ainda ajuda a diminuir dores musculares, ajuda com a memória e o aprendizado, no apetite, e no ciclo menstrual.

Mas, é preciso tomar cuidado com algumas coisas que podem diminuir a produção, por exemplo, o excesso de exercício físico pode afetar e reduzir a produção de endorfina.

Existem algumas atividades que ajudam com a liberação do hormônio de forma correta, mais a frente vamos falar quais são elas.

Parceiros da Endorfina

Existem outros hormônios que ajudam na alegria, a dopamina é o que nos traz a sensação de prazer, também tem a ocitocina e a serotonina que trazem a sensação de bem-estar.

Uma informação extra: quando estamos apaixonados liberamos bastante endorfina.

Formas naturais de liberar endorfina

  1. Comer:

Alimentos que nos deixam mais alegres como a comida da mamãe, por exemplo, ou chocolate, são alimentos que ajudam a liberar o hormônio.

Isso porque o chocolate libera a endorfina e dá a sensação de bem-estar, isso pode acontecer porque estamos ingerindo algo que gostamos muito, ou temos uma lembrança boa e nos dá uma sensação agradável.

Por fim, você pode investir em alimentos que ajudam na produção de serotonina que vão te fazer alcançar a felicidade, esses alimentos são tomates, castanhas, vinho tinto, por exemplo.

  1. Rir:

Ficar com amigos e dar boas gargalhadas é uma forma bem simples e boa de liberar endorfina.

Pode ser até assistindo filmes ou séries, o que importa é dar boas risadas e isso é algo que deve acontecer frequentemente.

Dar risadas pode ser usado como uma terapia alternativa, a conhecida terapia do riso, que garante a sensação de bem-estar emocional e mental que precisamos.

  1. Ter contato com a natureza: 

Já percebeu que quando estamos fazendo um piquenique em um parque, um mergulho no mar ou uma caminhada em um local com várias árvores, nosso humor muda completamente.

A natureza é perfeita, e consegue acalmar, relaxar e proporcionar boas sensações no cotidiano.

Todas essas sensações ajudam a realizar a liberação do hormônio para o nosso corpo, dando a sensação de leveza e tranquilidade.

  1. Gratidão:

Seja gratidão pela vida, algo que conquistou recentemente, pela presença de pessoas que deixam você feliz ou pelo que você tem, isso nos deixa mais feliz.

Por isso, para manter essa rotina de agradecimento, vale criar o “pote da gratidão”,  onde você deve anotar tudo pelo que é grato, diariamente, e sempre que estiver desanimado, abra e leia em voz alta.

Vale também pegar um papelzinho do pote, e meditar pensando no motivo da sua gratidão. Isso vai te ajudar a criar um hábito.

Em pouquíssimo tempo, você vai observar a quantidade gigantesca de motivos para ser grato na vida.

  1. Planejar o futuro:

O ponto mais importante para o sucesso, é equilibrar o sonho e a realidade, sonhar é bom pois pode nos levar ao futuro, mas sempre mantendo os pés no chão.

Dessa forma, planeje seus sonhos mas encontre soluções para conseguir realizá-los, com isso, terá mais um motivo para agradecer, ou seja, alegria.

  1. Socialização:

Ter algumas atividades sociais e em grupo é importante pois vai ajudar a liberar a endorfina.

Socializar ajuda a ocupar a mente, ampliar seus conhecimentos e dá um pouco mais de motivação.

  1. Pense positivo:

O pensamento positivo vai te ajudar a liberar a endorfina, por isso, tente pensar em coisas boas e coisas que te deixam feliz.

Tente estimular bastante a endorfina dessa forma.

  1. Banho frio:

Essa é uma atividade do cotidiano que ajuda a estimular a endorfina, que é super simples, que é tomando um banho frio.

Dessa forma, seu corpo libera mais endorfina oque é bom para dar aquela acordada cheia de energia e bom humor.

Conclusão

Agora você sabe o quanto a endorfina é importante para o seu corpo e como estimular a sua produção.

Lembre-se dos parceiros do hormônio da felicidade que também são extremamente importantes.

Por fim, não esqueça que todas as atividades estimulantes são coisas simples do seu cotidiano que podem estimular a produção de endorfina.

Esperamos que esse conteúdo tenha esclarecido todas as dúvidas e não esqueça de compartilhar se gostou desse artigo.

Se ficou alguma dúvida, deixe nos comentários ou acesso nossas redes sociais.

Até o próximo artigo!