Categorias
Empreendedorismo Marketing

Dicas para montar uma estratégia de Marketing no Whatsapp

Buscando uma estratégia de Marketing que atinja um público gigante e ainda gastar pouco? Saiba mais sobre o Marketing no WhatsApp Business.

Empresas de pequeno porte poderão se beneficiar e muito dos serviços do WhatsApp Business, também chamado de WhatsApp Comercial. No texto de hoje vamos mergulhar fundo dentro deste aplicativo e ensinar você como incluir ele em suas campanhas de Marketing.

Sendo um aplicativo perfeito para angariar novos clientes, trazendo maiores vendas e lucros para as empresas. Pela sua praticidade e facilidade, ele será uma ferramenta com alto poder de fala para seu negócio. 

WhatsApp Comercial 

O WhatsApp é um dos mais famosos aplicativos de mensagens do mundo, tendo sido criado em 2009. Através dele as pessoas conseguem enviar e receber mensagens de texto, imagens, vídeo chamadas, ligações via internet e áudios. Tudo isso de forma gratuita, necessitando apenas de contato com internet.

Mudando completamente as interações onlines, ele trouxe as principais vantagens de outros aplicativos famosos como o Skype e o MSN Messenger, em um só. Devido a sua fama, ele foi comprado pelo Facebook em 2014 pelo incrível valor de 22 bilhões de dólares.

Pelo seu engajamento, ele passou a ser usado por empresas para divulgar, vender e buscar novos clientes. Em 2017 foi criado o WhatsApp Business (Comercial) para atender de forma mais organizada e completa as necessidades das empresas. 

Para as empresas que possuem um número no WhatsApp comum, é possível fazer a mudança para a versão Business. Mas não é só isso, ele traz algumas outras funcionalidades que se encaixam com o perfil de empresas de todos os tamanhos.

Funcionalidades do WhatsApp Business (Comercial)

WhatsApp Business

O WhatsApp Business traz algumas opções extra em relação ao WhatsApp comum. Para as empresas isso é excelente, pois irá possibilitar acrescentar informações como: endereço, horários de atendimento, site, e-mails, etc. Garantindo dados completos e importantes sobre sua empresa.

Esses dados são o cartão de visita online da sua empresa, tome cuidado para preencher eles de forma correta. Outro ponto muito importante é que ele pode mandar mensagens para o WhatsApp convencional e para contas Business, garantindo acesso a todos os usuários.

Além disso, o WhatsApp Business garante mensagens instantâneas para os clientes (comunicação extremamente rápida), também será possível criar tags para facilitar a comunicação e organização das conversas, além de trazer métricas importantes para avaliar se as mensagens estão chegando para os clientes e se estão sendo visualizadas. 

Vantagens do WhatsApp Comercial 

Vamos trazer três das principais vantagens em usar o WhatsApp Comercial como uma ferramenta poderosa de divulgação, além de ser muito mais barato que outras modalidades de divulgação (sendo uma excelente aposta para empresas de pequeno porte, que não dispõe de tanto capital).

Familiaridade

Vale lembrar, que o WhatsApp é visto centenas de vezes por dia. É uma ferramenta de trabalho e de interação, sendo usado por, praticamente, todas as faixas etárias. Trazendo uma familiaridade muito grande entre o público e o aplicativo.

É um aplicativo que praticamente todo mundo tem e que todos sabem usar. Campanhas por WhatsApp, tem um nível muito maior de visualização que o e-mail, por exemplo, dessa forma será excelente para uso em estratégias de Marketing.

Rapidez

Sendo extremamente versátil e muito engajado, é sem dúvida um dos aplicativos mais usados do dia a dia, pelo menos no Brasil. Além de ser muito usado, é um aplicativo que as pessoas verificam a cada curtos períodos de tempo, todo mundo está sempre conferindo o WhatsApp.

A rapidez entre o envio, o recebimento e a visualização, é uma arma poderosa. Ter uma boa estratégia para o WhatsApp, aliado a rapidez, trará resultados muito mais rápidos. 

Comodidade

A comodidade também é um diferencial do WhatsApp, a sua praticidade garante um bom retorno, sem ter uma comunicação cheia de ruídos. A mensagem via WhatsApp, quando bem feita, trará uma taxa muito grande de aprovação.

Afinal, poucas ferramentas têm a vantagem de resolver tudo em poucos cliques, garantindo ao cliente um conforto muito amplo, seja para tirar dúvidas ou adquirir (sendo excelente para vendas por WhatsApp) um produto/serviço.

Marketing no WhatsApp 

Para criar uma estratégia muito boa de Marketing no WhatsApp, é preciso ter algumas ações muito claras. Para vender e divulgar via WhatsApp todo um planejamento precisa ser feito.

É preciso ter claro qual é o objetivo por trás da campanha, a forma que será feito e qual é o retorno que se espera. Com essas três perguntas simples, será possível entender os rumos que precisam ser tomados, possibilitando uma passagem de mensagem muito clara ao seu cliente/público alvo.

Com um Marketing bem elaborado, via WhatsApp, será possível melhorar o relacionamento com os clientes, dar um suporte maior para os consumidores, e apresentar novos produtos/serviços para seu público alvo. Tudo isso, com uma taxa gigante de visualizações.

Vamos trazer algumas dicas que são essenciais para o Marketing no WhatsApp, para você incluir nas campanhas da sua empresa (seja do porte que for):

  • Seja a mais pessoal possível;
  • Não encha seus contatos com spam/propagandas desnecessárias; 
  • Utilize também de outros canais de divulgação (sites e outras redes sociais, por exemplo) para fortalecer ainda mais;
  • Sempre tenho um planejamento estratégico;
  • Conecte-se também com que já é seu cliente, foque em novos, mas não esqueça dos que você já conquistou;
  • Tenha um SAC (Serviço de Atendimento ao Cliente) via WhatsApp;
  • Faça vendas diretas pelo WhatsApp;
  • Tenha um excelente pós-venda;
  • Sempre envie mensagens de forma personalizada, isso irá engajar ainda mais os consumidores.

Conclusão

No artigo de hoje aprendemos sobre o WhatsApp Business, suas vantagens e funcionalidades extras em relação ao WhatsApp normal. 

Sendo uma ferramenta poderosa para estratégias de vendas e campanhas de Marketing. Além disso, trouxemos dicas excelentes para novos (e pequenos) empreendedores incluírem em suas empresas, para ter uma divulgação e engajamento mais amplo.

Para mais artigos sobre empreendedorismo e Marketing, continue lendo nosso blog. Para você que busca ainda mais conteúdos relacionados, pode se inscrever no nosso canal no Youtube e não perder nenhuma novidade.

Agradecemos a leitura e nos vemos em breve.

Categorias
Marketing Produtividade

Aprenda como migrar uma empresa offline para online em 5 passos

Pensado em migrar (ou abrir) sua empresa offline para o mundo online? Este artigo é para você!

A internet veio para ficar, dessa forma, é uma ótima ideia trabalhar online. Seja para trabalhar como profissional independente, com uma pequena empresa, ou independente do porte que ela tiver. 

Desde vendas até serviços, muitas coisas funcionam tão bem no online quanto no offline, algumas coisas onlines já superaram as off, e outros tipos de serviços simplesmente enterraram o mercado online. Os serviços de streaming, por exemplo, decretaram o fim de praticamente todas as locadoras.

Para empresas que buscam surfar nessa onda, migrar para o mundo online será um caminho interessante.

Por que optar pelo modelo online? 

Porque muitas empresas estão optando pelo modelo online? Como sabemos as vendas onlines, seja de produtos ou serviços, tem crescido muito nesse século, principalmente na última década. 

Com isso, é comum que o crescimento de lojas onlines esteja ocorrendo. Mas não é pura e simplesmente por isso, empresas que trabalham online tem algumas vantagens. Entender essas vantagens é fundamental para entender o porquê é interessante optar por sair de uma empresa offline para uma empresa online.

Dentre as vantagens podemos destacar

  • O mercado amplo: quando o seu atendimento é online, os limites territoriais tendem a desaparecer, diferente de uma loja física, aonde vai depender do endereço para ter sucesso. Uma empresa online está aberta a clientes de vários estados e países.
  • Segmentação: com uma empresa online, a segmentação será muito mais ampla, alcançando um contingente bem maior. Seu público alvo será maior, aumentarão e muitas as chances de mais vendas e lucros maiores.
  • Marketing Digital: a voz da sua empresa será ouvida por mais pessoas na internet. Com o advento das redes sociais, ficou mais fácil falar diretamente com seu público alvo, além de também ser mais barato que o Marketing “tradicional”. Gastando menos e apostando na criatividade vai ser possível ter sucesso com o Marketing Digital.
  • Facilidade: quase tudo está sendo resolvido com poucos cliques, para as compras não seria diferente. Cada vez menos as pessoas estão indo até lojas físicas, com a pandemia diminuiu ainda mais. Oferecer um produto ou serviço, que a pessoa possa escolher diretamente do computador ou celular e receber em casa fará muito diferença.
  • Economia: muitas empresas são offlines e onlines, mas estamos falando de grandes marcas. Para pequenas e/ou novas empresas, sem tanto dinheiro para investir, o mundo online poderá trazer uma economia gigante. 

Desde aluguel até com funcionários, uma empresa online poderá cortar muitos custos. Muitas empresas online têm um endereço fiscal na própria casa do dono, sendo usada também como estoque e escritório. 

Tudo poderá ser resolvido pelo computador e no máximo será necessário ir até o correio para enviar algum produto. Empresas onlines podem ser de grande porte também, bem como de médio. No exemplo, mostramos que com a facilidade do mundo online, muitos pequenos negócios estão se beneficiando disso para ter maiores lucros.

Existem inúmeros outros benefícios que poderíamos citar, mas preferimos focar nos principais. No próximo item vamos trazer seis passos para criar ou migrar sua empresa para um modelo online.

5 passos para migrar uma empresa offline para online

Vamos apresentar cinco passos para migrar sua empresa para o modelo online:

Conheça seu mercado

Antes de mais nada, antes mesmo de abrir uma empresa, seja online ou física, será necessário conhecer o seu mercado e segmentar corretamente seu público alvo. Para ter um produto/serviço útil que resolva os problemas das pessoas

Através de pesquisas e prospecções de clientes, será possível entender os rumos que a sua empresa deverá seguir para chegar até os consumidores. Dessa forma, com o mundo online não seria diferente, comece pesquisando sobre seu mercado.

Registre um domínio

empresa offline

O domínio é o coração do seu negócio online, o domínio será o endereço do seu site. Dessa forma, o domínio será uma propriedade importante da sua empresa. Para garantir exclusividade sobre um endereço online e evitar dor de cabeça com empresas com nomes ou domínios parecidos, ainda mais se o domínio que você deseja já estiver sendo usado. 

Pode ser interessante pensar em um outro nome, para consolidar a sua marca com única, também poderá ser interessante utilizar alguma palavra-chave sobre seu ramo de atuação, para conseguir mais acessos e consolidação da marca.

Por exemplo: se a sua empresa trabalhar com venda de peças para moto online, e ela se chamar “Forte”, pode ser melhor registar o domínio: “www.fortepecasparamotos.com.br”, do que simplesmente: “www.forte.com.br”.

Criar um site

Após ter um bom domínio totalmente registrado, é o momento de criar um site. Como sua empresa será online (exclusivamente online ou online e offline) será muito importante investir no site. Desde o design até as ferramentas, tudo deverá ser bem pensado e muito bem executado. 

Antes de tudo será necessário hospedar seu site. Depois disso será necessário um bom profissional para deixar o site do jeito que você quer, com um design bonito e intuitivo para agradar aos seus consumidores.seu site. Lembre que o site será sua loja/empresa, dessa forma será necessário passar uma boa impressão, então é um ponto que, definitivamente, vale o investimento.

Simplificação na venda e no pagamento

Um ponto muito importante, é garantir que seu site tenha um bom sistema para garantir uma venda rápida e com o pagamento ágil. Afinal, nenhum cliente gosta de comprar em um site cheio de “impeditivos” para escolher e para pagar. Nesse caso, menos é mais.  

Crie uma estratégia de Marketing

Depois de tudo organizado, site criado e tudo funcionando perfeitamente, utilize do Marketing Digital para fazer seu negócio bombar. Aqui é hora de usar toda a criatividade e falar diretamente com seu público. 

Como já listamos, conheça seu cliente para saber o que ele  gosta de ouvir e o que ele precisa.

Conclusão

No artigo de hoje, ensinamos algumas dicas para quem busca migrar sua empresa para o mundo online. Garantindo inúmeros benefícios para o seu negócio. Desde a criação do site até nas campanhas de Marketing, para funcionar tudo tem que estar em perfeita sintonia.

Para mais conteúdos sobre marketing e empreendedorismo, de modo geral, continue acompanhando nosso blog. Você também nos encontra no YouTube, através do nosso canal, temos ótimos vídeos para agregar conhecimento.

Agradecemos sua leitura e nos vemos em um próximo artigo. 

Categorias
Finanças

Descubra quais são os 7 erros ao fazer o fluxo de caixa da sua empresa

Sua empresa está fazendo o fluxo de caixa da maneira correta? Descubra 7 erros que você pode estar cometendo.

No texto de hoje vamos entender a importância do fluxo de caixa. Pequenas empresas, em sua maioria, têm dificuldades na gestão financeira, e muito disso passa pelo fluxo de caixa. Sem um fluxo de caixa correto e completo a empresa terá grandes dificuldades com suas questões financeiras.

Alguns erros parecem simples, mas podem estar minando totalmente o seu controle. No texto de hoje vamos ajudar empreendedores a não cometer esses erros, dessa forma, conseguindo um fluxo de caixa bastante fluído.

O que é fluxo de caixa?

O fluxo de caixa é uma ferramenta que serve para organizar as entradas e saídas de uma empresa, 

Dessa forma, ele garantirá que informações sobre as entradas e saídas sejam precisas, em determinado período. Para que o fluxo de caixa seja feito de forma eficiente, será necessário que os lançamentos sejam feitos de forma correta.

Qual a sua importância para uma empresa?

O fluxo de caixa irá gerar diversas informações, será através dele que a empresa poderá ter uma gestão financeira eficiente. Sendo fundamental para empresas de todos os tamanhos. 

Afinal, será através desses dados que a empresa terá a noção verdadeira se ela está ou não saudável financeiramente.

Tipos de fluxo de caixa 

Vamos conhecer alguns dos tipos de fluxo de caixa:

  • Fluxo de caixa projetado: são as projeções dos valores para o futuro do caixa da empresa;
  • Fluxo de caixa operacional: identifica o fluxo das receitas e das despesas operacionais, dentro de um determinado período;
  • Fluxo de caixa direto: onde ocorre os registos dos recebimentos, de forma bruta, sem os descontos aplicáveis;
  • Fluxo de caixa descontado: nesse tipo será possível projetar as riquezas (lucros) que a empresa terá condição de conseguir no futuro;
  • Fluxo de caixa para investimentos: através dele será possível analisar as melhores opções de investimentos para a empresa;
  • Fluxo de caixa livre: será através dele que será possível entender se a empresa terá ou não, capacidade para gerar saldo livre positivo no curto, médio e/ou do longo prazo.

7 erros ao fazer um fluxo de caixa 

Vamos conhecer agora 7 dos principais erros ao desenvolver um fluxo de caixa na sua empresa:

Não controlar direito o seu fluxo de caixa

Um erro de todo empreendimento é não controlar seu fluxo de caixa. Sem esse conhecimento do setor financeiro, será impossível manter a sua empresa saudável.

Ter controle de entradas e saídas será fundamental para saber o seu lucro real. Dessa forma, será possível entender, manter e investir o seu lucro, além de pagar todas as contas e ter dados verdadeiros sobre o seu caixa.

Não atualizar diariamente o fluxo de caixa 

Um erro que ocorre muito é não atualizar o fluxo de caixa diariamente, e apenas fazer isso no final do mês (principalmente em empresas de pequeno porte). 

Agir dessa forma, irá aumentar as chances de erros. Se algo não for lançado, já irá alterar a conta. 

Ter os lançamentos feitos de forma diária e organizada irá evitar surpresa e tudo que estiver lançado terá uma chance gigantesca de estar correto, garantindo novamente, dados reais para análise da empresa.

Não categorizar as suas contas

Na organização de uma empresa, será muito bem-vinda a categorização das contas, garantindo um gerenciamento mais fácil e organizado. Dessa forma, não haverá mistura de informações sobre a origem ou finalidade do dinheiro.

Separar os impostos dos salários dos colaboradores, irá ajudar na hora de organizar os pagamentos, por exemplo. Também será possível elencar níveis de prioridade, organizando da forma que seja mais efetivo para o andamento da empresa.

Não estabelecer um controle financeiro

O controle financeiro usará de indicadores para entender o andamento da empresa. Dessa forma, será possível entender o desempenho do empreendimento. 

Além disso, será através de bons indicadores que a empresa poderá corrigir problemas e maximizar o uso do dinheiro para investimentos. O mesmo vale para o fluxo de caixa, que terá dados mais precisos.

Misturar as contas pessoais com as contas da empresa

Esse já foi um assunto tratado aqui, porém, vale a pena ressaltar neste também. É um fato que muitas empresas em seu começo costumam misturar as contas da empresa com as contas no empreendedor (pessoa física).

Isso é totalmente desaconselhável, para ter um controle (total e de fluxo de caixa) e o trabalho não interferir em casa (o contrário também ocorre), saiba sempre separar as contas da pessoa física com as da pessoa jurídica. 

Não utilizar um software para a gestão financeira

Isso é algo que irá ajudar qualquer empresa a ganhar tempo. Empresas pequenas (e algumas, um pouco maiores também), muitas vezes, utilizam de planilhas (do Excel) para fazer todo o controle financeiro da empresa.

Por mais que seja possível organizar dessa forma, os dados estarão suscetíveis, além de não ter aplicações para ter um controle completo. Aposte em um programa, ainda que básico, para ajudar na gestão financeira, garantindo mais eficiência e dados precisos. 

Entradas e saídas ficarão muito mais organizadas fazendo seu fluxo de caixa em um programa adequado.

Superestimar as previsões de lucros

A regra aqui é ser realista. Tenha sempre uma previsão real sobre seus lucros. Jogar muito para baixo ou muito para cima, poderá trazer um impacto negativo para os negócios. Dessa forma, é preciso ser bastante preciso no controle (e na categorização) do fluxo de entradas e saídas, evitando lacunas, para ter uma visão verdadeira.

Conclusão

No artigo de hoje, aprendemos sobre o que é fluxo de caixa, a sua importância e seus principais erros. Com isso será possível corrigir os erros que estão ocorrendo na sua empresa. 

Novos (e pequenos) empresários, geralmente, passam por dificuldades na hora de elaborar um fluxo de caixa. Dessa forma, devem sempre buscar cada vez mais conhecimento sobre. 

Continue lendo nosso blog para mais artigos úteis, e acesse nosso canal no YouTube, temos diversos vídeos e podcasts sobre assunto do cotidiano de um empreendimento. Não perca!

Agradecemos a leitura e nos vemos em breve.

Categorias
Empreendedorismo Marketing

Como realizar uma estratégia de Marketing Digital para pequenas empresas?

Está começando uma empresa e não tem ideia de como realizar seu Marketing Digital? Esse artigo é perfeito para você!

O Marketing é um dos pontos mais trabalhados nas empresas, foi através dele que muito do mercado foi desenvolvido. O Marketing é a voz da empresa para as outras pessoas.

O Marketing Digital por lidar com a internet é um dos grandes pontos a ser explorado. As pessoas estão cada vez mais conectadas, dessa forma a sua empresa precisa ter uma presença digital muito boa. Para isso será necessário criar uma estratégia eficiente. 

Descubra como o Marketing Digital irá ajudar pequenas empresas a crescer.

O que é o Marketing Digital? 

Podemos explicar o Marketing Digital como um conjunto de estratégias que visam promover de forma positiva, uma marca na Internet. As suas ações (e informações) serão executadas através de diferentes canais de meios digitais.

Outra característica que vai diferenciar o Marketing Digital, será a sua análise praticamente em tempo real, de informações e resultados de suas estratégias.

Os principais meios utilizados pelo Marketing Digital são: através de sites, blogs, redes sociais, apps, serviços de e-mail, banners, entre outros. Através dos quais o Marketing Digital irá atrair valor a sua marca junto aos seus clientes.

Com a internet se consolidando cada dia mais, é praticamente impossível uma empresa ter sucesso sem apostar no Marketing Digital. Dessa forma, tornou-se quase uma obrigação dentro dos negócios. E não é por menos, a atuação digital/online rende excelentes frutos para as empresa, que sabem como desempenhar.

Se você está iniciando um negócio, saiba que existem excelentes estratégias de marketing e formas de você utilizar do Marketing Digital para ter sucesso com o seu novo empreendimento.

Vamos mostrar os benefícios desse tipo de Marketing, sendo um excelente marketing para pequenas empresas que não possuem um grande aporte financeiro. E também algumas dificuldades, mas fique tranquilo vamos te explicar como usar elas ao seu favor.

Desafios das pequenas empresas com marketing digital

Vamos começar pelos desafios, para já de cara você ter noção do que poderá encontrar.

Por qual motivo o cliente comprará o seu produto/serviço?

Esse pode ser um dos primeiros desafios que uma empresa irá encontrar para trabalhar com Marketing Digital. A empresa possui um produto/serviço e está tentando vender mais, através do Marketing isso será possível, porém para isso a empresa vai ter que entender o que motiva seu cliente, e que tipo de problemas o seu produto/serviço resolverá para ele.

Entendendo claramente os problemas que seu produto/serviço resolve, será mais fácil para transmitir para o público. 

Lembre de apostar em um produto de qualidade ou Marketing nenhum conseguirá trazer sucesso para sua empresa.

Qual é o seu cliente ideal?

Pequenas e novas empresas, deverão ter em mente qual será seu público-alvo antes mesmo de iniciar com o empreendimento. Só com isso definido será possível aplicar estratégias com o Marketing Digital.

Para que ele funcione será necessário saber com quem está conversando e mais do que isso, saber onde essas pessoas vivem, qual sua faixa etária, qual é a sua condição financeira, entre outras dúvidas importantes.

Vender um produto que ninguém quer

Essa é uma dificuldade que aparecerá, caso a sua empresa não lide com os problemas anteriores. Sem saber quais problemas o seu produtos resolve e qual é seu público, será muito difícil convencer as pessoas a comprarem.  

Caso chegue a esse ponto, o mais indicado será focar em produzir um produto que resolva os problemas das pessoas, e através do Marketing Digital comunicar a essas pessoas que seu produto existe.

Estou cobrando o valor correto? Ele é justo?

Se você está iniciando, pode ser que tenha dificuldade em cobrar um valor correto por seu produto/serviço. Dessa forma, pode ocorrer de você cobrar demais e não ter mercado ou cobrar de menos e não cobrir seus gastos.

Marketing digital

Uma das funções do Marketing é justamente lidar com a precificação, através de pesquisas de mercado, análise de concorrentes e demais dados relevantes será possível entender qual valor será justo para interessar ao cliente e ao mesmo tempo trazer o resultado que a empresa espera. 

Eu estou mostrando meu produto para o mercado?

Um dos pontos chaves para vender é divulgar, se você tiver medo ou receio de mostrar/oferecer seu produto, dificilmente os clientes terão interesse ou sequer conhecem sua marca e produtos.

Outra vez a inexperiência pode travar o seu sucesso, o medo de vender é mais comum do que imaginamos.

Se esse for seu caso, a resposta é o Marketing Digital, pois ele atua diretamente com as redes sociais (por exemplo), ele é rápido e prático, e da forma certa apresentará o seu produto para centenas (milhares, milhões, vai depender do seu tipo de produto/serviço.  

Esses são alguns dos principais desafios que as pequenas empresas poderão encontrar. Todos esses desafios do Marketing Digital, poderão ser resolvidos por ele, mesmo. E isso é mais um excelente motivo para apostar suas fichas nele.

Depois de mostrar alguns desafios vamos focar nos benefícios do  marketing para pequenas empresas, se você possui algum outro desafio que não apareceu na lista, ele com certeza poderá ser superado com os benefícios que vamos citar.

Benefícios do marketing digital

Vamos citar alguns dos principais benefícios que o Marketing Digital trará para as pequenas empresa (e para as grandes também):

  1. O Marketing Digital garantirá uma presença online para sua empresa, facilitando assim dela ser encontrada;
  2. O Marketing Digital trará um maior engajamento de público e de consumidores; 
  3. O Marketing Digital ajudará a sua marca a fidelizar seus clientes, com justamente uma presença e um engajamento online;
  4. Também ajudará a sua marca a conquistar autoridade. Campanhas bem feitas farão a sua empresa ganhar pontos com a sociedade e clientes, dessa forma ela irá crescer, se tornando cada vez mais consolidada;
  5. O Marketing Digital colocará a empresa em pé de igualdade com concorrentes e com empresas maiores, dessa forma será possível conquistar muito do público com uma divulgação diferenciada e focada onde as pessoas mais estão, na internet. Também será possível personalizar ofertas ficando sempre um passo à frente. Empresas grandes estão a mais tempo no mercado e é normal que elas dominem as maiores partes das vendas, o objetivo não é vender mais que elas, mas conquistar uma fatia importante das vendas;
  6. O Marketing Digital será excelente para segmentar o público, separando dados importantes, será possível chegar no seu público alvo de maneira muito mais eficiente.
  7. O Marketing Digital garantirá a obtenção de resultados ao longo prazo, sendo que tudo praticamente existe na internet por um tempo interminável;
  8. Com o marketing digital será possível mensurar com o máximo de precisão, os resultados da sua empresa e o melhor de tudo, em tempo real.

Dicas para começar no Marketing Digital 

Agora é chegado o momento de te explicar na prática como iniciar com o Marketing Digital. Vamos focar em investimentos mais suaves com maiores chances de resultados no curto prazo.

Vamos usar um exemplo para que tudo fique mais fácil:

Leonardo é um jovem empreendedor que está começando a vender joias online, pelo Instagram, ele busca maximizar suas vendas, porém não possui um grande capital para investir. De que forma o Marketing Digital poderá ajudar ele?

Ele mora na cidade X e busca atender as cidades: X, Y e Z, são cidades pequenas que são muito próximas, no máximo 40km entre elas.

Ele já possui uma rede social, como ele planeja atender cidades próximas será interessante ele segmentar seu público.

No exemplo: Suas joias são para homens e mulheres na faixa dos 18 aos 30 anos.

Dessa forma, ele deverá focar em seguir esse público alvo, bem como trabalhar com posts que converse com esse público. Ele poderá utilizar páginas semelhantes da sua região, para encontrar pessoas que têm interesse nesse tipo de produto.

Ele já identificou seu público e seguiu ele, como ele imaginou muitas pessoas seguiram de volta, pois se interessam pelo produto.

Ele já respondeu a uma das primeiras perguntas dos desafios, que tipo de problema seu produto resolve? Nesse caso, as suas jóias serão compradas por pessoas que gostam de utilizá-las, sendo algo relevante para elas e que estão dispostas a pagar.

No Instagram é comum parcerias com influenciadores, Leonardo pode focar em pessoas que tem grande engajamento dentro da sua região, neste caso não será com pessoas famosas (ele não tem dinheiro para isso), ele poderá encontrar pessoas locais com grande influência, ter sua marca divulgada por pessoas influentes levará mais pessoas a se interessarem pelo seu produto.

Como maximizar ainda mais as vendas?

Ele já está conversando com seu público-alvo, possui um produto que tem demanda de venda, possui pessoas que comprar produtos do mesmo seguimento, com isso já será esperado que ele esteja vendendo uma boa quantidade, mas talvez não seja o suficiente. 

Dentro do Instagram existe a possibilidade de patrocinar e promover posts, dessa forma, com um investimento baixo e poderá chegar a mais pessoas. Uma dica valiosa para ele será investir em produtos de qualidade, com nota fiscal, e garantia de fábrica.

Com pesquisas e enquetes com seu público ele poderá entender melhor como seu público pensa, que tipos de produtos que ele não tem as pessoas estão procurando.

Dentro desse artigo existem inúmeras dicas que ajudarão Leonardo (e você) a vender mais, através do Marketing digital. 

Conclusão

No artigo de hoje nos aprofundamos no Marketing Digital, além de entender como ele funciona, explicamos como utilizá-lo, principalmente se estiver começando uma empresa e não tiver tantos recursos.

O Marketing Digital será uma forma de tornar sua empresa conhecida e competitiva. Utilize as nossas dicas para conseguir se destacar no cenário online.

Para mais dicas sobre Marketing e empreendedorismo, continue lendo nosso blog. Também temos um canal no YouTube com ótimos vídeos para você aprender ainda mais.

Agradecemos a leitura e nos vemos em breve.

Categorias
Finanças

Esses são os 9 pontos sobre Gestão Financeira para pequenas empresas

Sua empresa possui uma Gestão Financeira eficiente? No artigo de hoje, traremos excelentes dicas de como pequenas empresas poderão melhorar a sua gestão.

A Gestão Financeira será a base para qualquer empresa poder buscar o lucro. As grandes empresas de sucesso, começam a partir de uma gestão financeira extremamente elaborada. Dessa forma, as pequenas empresas deverão se espelhar nelas e buscar a excelência em sua gestão.

Nesse artigo vamos entender o conceito da Gestão Financeira, seus tipos e focar em 9 pontos fundamentais para uma boa Gestão Financeira.

O que é Gestão Financeira? 

Gestão Financeira são ações que irão lidar com planejamento e controle do dinheiro. Podendo ser aplicado em empresas e para pessoas físicas. Gestão Financeira em seu sentido empresarial, será a forma de administrar o dinheiro, visando sempre a maximização do lucro.

Novos empresários e/ou de pequenas empresas, precisam aprender desde cedo a importância de ter uma Gestão Financeira eficiente. No texto de hoje vamos focar em ajudar empresários de pequenas empresas e aplicar a Gestão Financeira de forma eficiente em suas empresas.  

Tipos de gestão

Basicamente, a Gestão Financeira separa-se em três tipos: gestão do caixa no dia a dia, gestão de investimentos e gestão de crise:

  • Gestão do caixa no dia a dia: são as ações diárias ligadas a entrada e saída de recursos financeiros, oriundo de vendas, serviços, pagamentos e etc.;
  • Gestão de investimentos: como o nome sugere são as ações ligadas a investimentos, quando a empresa visa expansão (seja aumentando a empresa, modernizando ou mesmo abrindo outra unidade, entre outras formas de investimento);
  • Gestão de crises: são as estratégias financeiras que a empresa irá empregar para livrar-se de momentos difíceis financeiramente, seja através de renegociação ou pagamento de algum protesto, por exemplo.

Saiba alguns pontos sobre a Gestão Financeira 

Vamos apresentar 9 pontos que você deve ficar atento para ter uma boa Gestão Financeira:

Uma educação financeira de qualidade será essencial

Além de ser essencial para sua vida financeira fora da empresa, refletirá também na forma que você lida com os recursos financeiros da sua empresa.

Sua empresa deverá ter uma conta bancária somente para ela

Logo de cara, novos empreendedores já deverão desassociar sua conta pessoal da sua conta empresarial. Sendo esse um erro muito comum, juntar tudo em uma só conta.

Dessa forma, toda a gestão financeira será prejudicada, tanto a familiar, quanto a da empresa. Caso seja seu caso, pare com isso imediatamente e separe as contas.

Saiba quais são os custos do seu negócio 

Gestão financeira

Esse é o básico de toda gestão, porém é negligenciado por muitos. Não cometa esse erro. Tenha sempre o controle de tudo que envolva dinheiro na sua empresa. Os dados devem ser verdadeiros e precisos, para evitar surpresas desagradáveis. 

O cartão de crédito corporativo deverá ser usado apenas para assuntos relacionados a empresa

Mesmo que seja um processo lento e burocrático, obter um cartão de crédito corporativo será fundamental. Nunca use seu próprio cartão de crédito para contas da empresa. Isso poderá se tornar um caminho sem volta. Além de dificultar todo o controle financeiro. 

Efetuar os pagamentos de forma online, será a opção mais rápida e eficiente

A tecnologia nos possibilitou abandonar os papéis de contas ou ter um responsável só para ir ao banco. De forma online é extremamente rápido e bastante seguro efetuar o pagamento.

Além de possibilitar também recebimentos e demais operações financeiras, como pagamento de salário, por exemplo. Tudo em poucos cliques.

Será essencial que a empresa tenha um responsável para cuidar do financeiro da empresa

Caso seja o próprio empreendedor, ele deverá saber o que está fazendo, se você possuir uma empresa, mas não entende de gestão, será essencial ter alguém que entenda para te ajudar.

Sobra ou falta de dinheiro no caixa não significa lucro, ou prejuízo

O caixa deverá sempre fechar de forma exata, a falta ou sobra só significará que o responsável não tomou a atenção devida.

Corte de custos e redução de despesas

Uma boa gestão deverá avaliar sempre que possível os seus gastos, para saber se algo poderá ser reduzido ou cortado. Vale lembrar que muitos gastos são necessários, com isso, cortar gastos sem motivo agira contra a empresa, gerando prejuízos.

Estudar e aprender termos e conceitos financeiros será fundamental

Todo empreendedor deve estudar e buscar aprender mais com a educação financeira, afinal será o conhecimento que também irá garantir o sucesso da empresa. Abrimos e fechamos a lista batendo nessa tecla, devido a sua grande importância.

Conclusão

No artigo de hoje, aprendemos a importância de uma Gestão Financeira eficiente para pequenas empresas. 

Com as dicas de hoje ficará muito mais fácil não cometer alguns erros comuns que podem estar prejudicando os seus negócios, garantindo mais saúde financeira e evitando problemas mais sérios.

Para mais dicas sobre finanças e empreendedorismo, continue acompanhando nosso blog. Acesse também nosso canal no YouTube, para vídeos com conteúdos relevantes para você e sua empresa.

Agradecemos sua leitura e nos vemos no próximo artigo.

Categorias
Administração Empreendedorismo Produtividade

As 5 melhores técnicas de gestão empresarial para otimizar seus resultados

Procurando formas de melhorar o andamento da sua empresa? Descubra as 5 melhores técnicas de gestão empresarial, para incluir na rotina do seu empreendimento.

Empreendedores procuram formas de otimizar os processos em suas empresas, para ganhar tempo, gerando um aumento do desempenho. Uma empresa bem equilibrada em seus processos, terá muito mais chances de alcançar os seus objetivos.

E não só isso, trará maior qualidade e motivação para os colaboradores. Através de técnicas de gestão será possível alcançar novos patamares no empreendedorismo. Otimizando resultados e possibilitando maiores rendimentos.

Por que devo utilizar técnicas de gestão empresarial? 

Vamos imaginar as técnicas de gestão empresarial como formas de otimizar os resultados. Dessa forma, uma empresa estará muito mais preparada, utilizando de técnicas que facilite o seu trabalho.

Com técnicas bem aplicadas será possível melhorar a forma que os trabalhos são executados, os processos irão ocorrer de uma maneira muito mais facilitada, além de simplificar os procedimentos.

Com isso em mente, fica mais fácil de entender porque empreendedores devem incluir técnicas de gestão em suas empresas, serão ferramentas muito úteis para a organização e para obter sucesso maximizado. 

Além disso, trarão uma análise bastante detalhada sobre o desempenho e a qualidade, além de melhorar a rotina de todos no empreendimento e motivação para toda a equipe.

Ferramenta de gestão empresarial 

Para auxiliar a gestão, existem ferramentas que executam técnicas de gestão empresarial. São ferramentas com vários recursos inclusos na sua interface, possibilitando aos gestores um maior controle e facilidade para obter dados precisos.

Com as informações contidas nesses programas, será possível entender todo o funcionamento da empresa, e baseado nelas será possível melhorar todo o desempenho. 

Uma boa ferramenta fará um controle total sobre tudo de relevante que ocorre na empresa.

Para pequenos e/ou novos empreendedores uma ferramenta de gestão vai ajudar a otimizar os processos, auxiliando em etapas importantes. 

Empresas grandes, em sua maioria, já possuem (ou deveriam possuir) excelentes ferramentas de gestão, garantindo um trabalho mais completo em menos tempo.

Existem muitas opções de ferramentas, dessa forma possuem valores distintos, algumas ferramentas mais básicas possuem um valor baixo, enquanto sistemas completos podem ter um valor bastante elevado. 

Antes de escolher um, será necessário entender o funcionamento da empresa, para saber quais ferramentas são mais necessárias para o perfil da empresa. 

5 técnicas de gestão empresarial

Vamos apresentar 5 das principais técnicas para gestão empresarial: 

Transparência nas informações

Uma técnica simples, mas que fará muita diferença para toda a equipe, será a transparência nas informações. Não só pelo teor prático, de todos ficarem cientes do andamento da empresa, mas também pelo engajamento e motivação que vai gerar na equipe.

Quando o colaborador sente-se parte importante da empresa, ele terá outra visão sobre seu trabalho e sobre a empresa. E isso engloba saber coisas “boas” e coisas “ruins”, para poder comemorar nas vitórias e poder ajudar com ideias e estratégias para superar problemas. 

Estabelecer de metas

Estabelecer metas é uma forma de potencializar o trabalho, sendo uma técnica muito difundida em empresas grandes e pequenas. Quando bem aplicado, o estabelecimento de metas para maximizar o crescimento da empresa.

Será necessário ter muita clareza na hora de definir as metas, para não ter o efeito contrário, trazendo problemas para toda a equipe. Ter um direcionamento claro, também garantirá um potencial crescimento e desenvolvimento empresarial.

Para os colaboradores, metas contribuirão para o seu desempenho, sendo um fator importante para todos andarem na direção correta. Trazendo um foco para toda a equipe que refletirá para toda a empresa.

Análise de indicadores

Gestão empresarial

Os indicadores são a realidade da empresa. Serão eles que mostrarão onde as coisas estão funcionando e onde elas estão dando errado. Além disso, suas métricas irão auxiliar para entender o andamento da empresa. 

Com essas informações muito poderá ser feito, maximizando o que está funcionando e trazer estratégias para vencer os desafios. Também mostrará o desempenho dos colaboradores.

Os indicadores são o “raio-x” da empresa, dados completos pelos quais uma boa gestão irá trabalhar. 

Para novos empreendedores será fundamental a análise dos indicadores, para mais cedo entrar no caminho certo, garantindo uma empresa mais inteligente na sua gestão. Sendo fundamentais para as decisões do empreendedor/gestor.

Integração dos sistemas

Como tratado em outro item, os sistemas cobrem partes cruciais de uma empresa. 

Dessa forma, uma integração entre sistemas será muito importante, ainda mais em empresas onde não existe um sistema total, que tudo fique dentro dele e não precise de programas auxiliares.

A importação dos dados é muito grande, quando parte do trabalho é desenvolvido em uma plataforma e terá que ser transferido para outra, se não houver uma comunicação clara e correta, esses dados poderão sofrer danos que prejudicarão no mínimo dois colaboradores.

Com sistemas integrados e funcionando perfeitamente haverá um ganho incrível de tempo, a tecnologia é muito importante e ajudará muito as empresas, não usá-las é pedir para ser ultrapassado e sabemos que no mundo dos negócios isso significa perda de dinheiro.

Automatizar tarefas repetitivas

Ainda de encontro com a crescente da tecnologia, automatizar processos repetitivos irá trazer uma autonomia e ganho de tempo incrível. Muitos processos repetitivos são fundamentais para o andamento da empresa.

Desde notas fiscais até horário dos colaboradores, muitos processos podem ser facilitados com o uso da tecnologia. De uma forma “manual” eles levarão muito tempo, além de se tornar maçante para quem desenvolve. 

Esse processo pode ser encurtado de uma forma muito grande, garantindo agilidade e otimização nas operações com uso de sistemas modernos, que além de muito eficientes, serão seguros e práticos para quem utiliza.

Conclusão

No artigo de hoje entendemos a importância de incluir técnicas de gestão empresarial, para potencializar o desempenho de toda a empresa. 

Além disso, apontamos 5 excelentes técnicas para empreendedores incluírem em seus negócios, garantindo ganhos em praticamente todos os setores.

Para continuar aprendendo sobre empreendedorismo, continue lendo nosso blog. Temos um excelente livro para indicar, “O Empreendedor Smart”, para empreendedores que buscam uma forma mais inteligente de empreender.

Agradecemos a leitura e nos vemos em breve.

Categorias
Empreendedorismo Marketing

Você realmente sabe o que é marketing? Descubra se sim, com a gente

No texto de hoje, vamos mergulhar fundo, descobrindo tudo sobre o Marketing para as empresas.

O Marketing é algo intrínseco nas empresas, mas será que sempre foi assim? Você sabe como e quando o Marketing surgiu? De que forma ele se tornou o que é hoje? Essas e muitas outras respostas, você vai encontrar no artigo de hoje.

Criamos um guia completo sobre o Marketing para você aprender e se inspirar em pôr em prática no seu empreendimento. 

Vamos viajar entre a história e chegar nos dias de hoje, mostrando o que o Marketing foi e o que ele é, além de explicar os diferentes tipos.

Tudo sobre o Marketing

O que é marketing? 

Marketing pode ser entendido como uma área e até mesmo uma arte, que tem por finalidade criar, comunicar, entregar, satisfazer, explorar e atribuir valor para suprir a necessidade do consumidor (seu público alvo) através de produtos/serviços que sejam do seu interesse. 

O Marketing visa atribuir valor e chamar a atenção do mercado, para entregar o que os consumidores precisam (ou acham que precisam), gerando lucro para empresa e satisfação para o cliente. 

O Marketing também é um estudo sobre o mercado, focado em pontos importantes, como a segmentação de mercado, divulgação e relacionamento com os clientes. Marketing é todo o processo criativo que visa aumentar as vendas.

O Marketing pode ser usado de uma forma a não buscar o lucro, quando seu objetivo for engajar, chamar atenção para algo, comunicar e/ou fortalecer a marca, como ocorre com organizações sem fins lucrativos, por exemplo.

Existem vários tipos de Marketing, que vamos explicar mais detalhadamente ao longo do texto.

A Origem do Marketing 

Não existe uma data exata para o surgimento/criação do Marketing. Ele surgiu de forma empírica, desde as formações das primeiras civilizações. Sendo mais intensificada após o fim da idade média, com o aumento de comércios entre as cidades.

Séculos depois, com a Revolução Industrial a sociedade mudou radicalmente, influenciando diretamente no modo de viver e na economia. 

Com as fábricas, logo buscaram-se métodos para melhorar a produtividade e encontrar demanda para os produtos (devido às altas produções).

Com isso, práticas de logística e de vendas se iniciaram, e aqui é o momento que o conceito de Marketing começa a se formar (em seu sentido comercial). Sendo apenas no século XX, com a economia de mercado mais consolidada, onde ocorre seu firmamento

Nesse momento, surgiu uma necessidade maior de uma relação mais estreita entre empresa e consumidor, estimulando a demanda pelos produtos. Ainda nessa época, o Marketing foi se tornando uma disciplina de estudo. 

O Marketing ainda estava “engatinhando”, sendo bastante diferente do que é hoje. Nessa época, o objetivo do Marketing era apenas vender. Com o tempo foram se introduzindo conceitos como, segmentação de mercado, conhecer seu público e satisfazê-lo, entre muitos outros pontos.

Objetivos do Marketing 

Podemos listar alguns dos objetivos do Marketing:

  1. Como em sua origem, vender cada vez mais;
  2. Conquistar o cliente, fidelizando-o;
  3. Tornar a marca/empresa/produto mais visível ao mercado;
  4. Todo o gerenciamento ao redor do estabelecimento da marca;
  5. A construção de boas relações entre empresas, mercado e consumidores;
  6. Ensinar ao mercado, trazendo informações relevantes sobre seus produtos/serviços. Conversando diretamente com seu público, por sites, blogs, redes sociais, etc.; 
  7. Trazer engajamento entre os colaboradores.

Tipos de Marketing 

Vamos apresentar os tipos mais usados de Marketing da atualidade:

Inbound Marketing

Inbound Marketing pode ser entendido como marketing de atração, nele a empresa não vai atrás dos clientes, mas sim atrair interessados para se tornarem leads (contatos que demonstraram interesse por algum tipo de produto/serviço), para só depois os converter em clientes.

Outbound Marketing

Outbound Marketing é uma abordagem ativa para encontrar clientes. Nele a empresa identifica seu público alvo e utiliza de vários canais (banners, anúncios, ligações, etc) para chegar até essas pessoas.

Marketing de Conteúdo

Marketing de Conteúdo visa a produção de material relevante pela empresa, para seus consumidores, agregando conhecimento, entre outros benefícios.

Marketing Digital

O Marketing digital utiliza de estratégias aplicadas com o mundo digital. Através de canais como sites, apps, blogs, e-mails, redes sociais, etc., uma empresa poderá criar seu Marketing Digital

O mundo online trouxe incríveis possibilidades para as empresas terem informações sobre seu mercado consumidor, através de dados mais precisos, segmentação e mensuração de resultados.

Marketing Interativo

O Marketing Interativo é focado em conteúdos interativos, para uma maior interação entre os consumidores e a empresa. Gerando engajamento e experiência entre ambos. Também será excelente para coletar dados relevantes sobre os consumidores, para aplicar em outras estratégias.

Marketing Direto

São estratégias de Marketing que falam diretamente com a pessoa, seja por telefone ou por meios digitais (como e-mail, por exemplo).

Marketing Indireto

Refere-se às formas de divulgar a marca, sem que se pareça com propagandas ou ações de marketing intencionais.

Marketing Pessoal

O Marketing pessoal serve para as pessoas (marca pessoal) desenvolverem, reforçarem e transmitirem seus valores, habilidades, características e princípios para o mundo.

Endomarketing

Uma empresa deve ter um bom relacionamento com seus clientes, mas também com seus colaboradores. É nisso que se baseia o Endomarketing, estratégias para engajamento dos colaboradores, criando um ambiente melhor para o trabalho.

Marketing de Relacionamento

São estratégias com a intenção de estreitar laços com seu público alvo, mostrando que a empresa está interessada no cliente e não apenas em vender (lucro). Utilizando de conteúdos relevantes e interessantes, fazendo o cliente ficar mais próximo da marca.

Trade Marketing

No Trade Marketing as estratégias são focadas na logística dos produtos pelos seus canais de venda, garantindo que os produtos cheguem aos pontos de vendas, ficando disponível para o cliente.

Marketing nas Redes Sociais

Esse é um dos tipos de Marketing mais presentes nos dias de hoje, com o mundo cada vez mais conectado, faz muito sentido que o Marketing esteja presente nas redes sociais. Isso trará uma cara mais humanizada para a marca, aproximando mais os clientes. Seja através de anúncios ou desenvolvimento de conteúdo nas redes sociais, por exemplo.

Marketing de Guerrilha

No Marketing de Guerrilha é onde muitas ideias criativas, provocativas e ousadas aparecem. Causando um grande impacto sobre o mercado, quando bem executado. Dessa forma, é um tipo de Marketing mais “difícil” de ser feito, mas que poderá trazer grandes resultados e estampar a marca em muitos lugares.

Marketing Social

No Marketing Social as estratégias devem visar a geração de impacto positivo na sociedade, reforçando as virtudes da marca, gerando identificação. Porém, será necessário não ficar apenas na teoria, será necessário desenvolver isso, na prática.

Marketing de Produto

Como o nome sugere, é um tipo de Marketing focado em um produto. Analisando o mercado, a empresa irá desenvolver estratégias para criar um diferencial no produto (através de preço, publicidades, entre outras), tornando-o mais vendido.

Marketing Multinível

É baseado em criar uma rede de revenda, onde os revendedores deverão encontrar novos revendedores, ampliando assim o seu lucro, pois irão receber uma parte sobre todas vendas dos novos revendedores que conquistaram.

Conclusão

Aprendemos sobre a histórias do marketing e de que forma ele vem ajudando empresas a se desenvolverem. 

Vimos seus diferentes tipos e o que cada um possui como foco. Marketing se tornou muito mais do que apenas vender, se tornou algo grandioso que visa cada vez mais uma parceria entre as empresas e seus consumidores.

Para mais artigos sobre Marketing e sobre empreendedorismo de modo geral, continue lendo nosso blog. Você também irá nos encontrar no YouTube com vídeos inéditos e completos para o sucesso na sua empresa ou negócio.

Agradecemos a leitura e nos vem em breve.

Categorias
Administração Empreendedorismo Produtividade

O que é coleta de dados, e por que você deve utilizá-la em seu negócio?

Procurando formas de potencializar as campanhas de marketing da sua empresa? Este artigo é para você, nele vamos esplicar como funciona e como gerir a coleta de dados.

No artigo de hoje, vamos entender o conceito de coleta de dados (nos negócios). Além disso, vamos buscar detalhes muito relevantes que te farão se aprofundar ainda mais no assunto.

Utilizar esse conceito fará sua empresa se destacar das demais, por utilizar de informações privilegiadas que estão disponíveis na internet. Que irão alimentar a equipe de marketing e de vendas, para chegar a um público maior e conquistar maiores números de vendas.

O que é coleta de dados? 

Coleta de dados em negócios pode ser entendida como um procedimento que visa captar conteúdos de forma estratégica utilizando ferramentas de pesquisa, softwares e outros modos de encontrar dados.

Através disso, a empresa conhecerá mais a fundo o mercado, concorrência, consumidores e desempenho. É uma atividade muito comum nas empresas para ter um feedback e formular estratégias comerciais (marketing e vendas).

Essas informações são muito úteis e valiosas, porque trazem consigo resultados acerca da empresa, e percepção sobre seus produtos e/ou serviços. Será através desses dados, que a empresa poderá entender o impacto de sua marca.

Em um mundo cada vez mais globalizado e online, essas informações estão presentes em toda parte e são facilmente entendidas através da interação de clientes com relação à empresa, através de pesquisas online, visitas no site e interação em redes sociais.

A importância da coleta de dados

A coleta de dados em negócios será fundamental para que a empresa entenda o mercado a sua volta. Com o online sendo cada vez mais o foco, entender esses dados possibilitará a equipe de marketing que desenvolva estratégias.

Com os dados, além de planejar um marketing adequado, será possível maximizar ações, entender o que o público acha da sua empresa, e criar estratégias que irão possibilitar melhorias.

“Ouvir” esses dados possibilitará a empresa entender e agir, com isso ela irá conseguir:

  • Definir e alimentar KPIs (são indicadores para monitorar métricas importantes em relação à empresa) estratégicos;
  • Detectar ações e avaliar a satisfação do público;
  • Desenvolver um relacionamento melhor junto ao cliente;
  • Estruturar campanhas e ações de uma forma maximizada.

Ferramentas para coletar dados 

coleta-de-dados

Ferramentas especializadas serão essenciais para a coleta de dados. Vamos apresentar algumas das mais usadas:

Google Analytics

Essa ferramenta do Google é gratuita e oferece muitas informações úteis, além disso, ele será capaz de ser conectado com softwares de Marketing. Possibilitando a equipe de marketing utilizar essas informações de uma forma muito flexível. 

É uma ferramenta bastante simples e traz métricas importantes para definir estratégias de Marketing. Como ela será possível pesquisar por períodos específicos, além de palavras-chave, trazendo uma base de dados, do site mais acessado do mundo.

Formulários

Formulários são ferramentas excelentes para entender a avaliação do cliente em relação à empresa. De uma forma simples, com perguntas adequadas será possível definir diretrizes e através delas entender a percepção dos clientes:

De forma geral, os formulários visam:

  • Avaliar a experiência do cliente no site;
  • Avaliar a satisfação do cliente junto a produtos/serviços e promoções;
  • Conhecer as expectativas do seu público-alvo.

Ion

Com o Ion será possível focar na produção de materiais voltados para a interação com o público. Através dele será possível possibilitar controle total sobre os dados aplicados em seus materiais de interação.

UpMiner

Este é um software avançado para mineração de dados, captando informações de diferentes fontes (UpMiner possui mais de 1.900 diferentes fontes) na internet. Essa pesquisa é feita a partir de palavras-chave, criando parâmetros importantes para decisões da equipe de Marketing.

Benefícios da coleta de dados 

Se a empresa criar uma estratégia de coleta de dados, a partir de planejamento coerente, com as diretrizes corretas, será possível recolher inúmeras informações que beneficiarão a empresa de muitas formas.

Os benefícios poderão gerar economia de dinheiro e maximização de estratégias de Marketing. 

Além de potencializar a experiência junto ao cliente, entender a mente do seu público alvo e converter a coleta de dados em (através de um marketing de vendas bem aplicado) vendas, gerando uma receita maior e obtendo lucro.

Conclusão

No artigo de hoje aprendemos o conceito de coleta de dados dentro de uma empresa para estratégias de marketing. Apontamos seus benefícios e importância, além de trazer dicas de ferramentas para potencializar ainda mais os resultados.

Ficando claro que através de uma coleta de dados bem feita, será possível entender o cliente e com isso conseguir conquistá-los, gerando inúmeros benefícios para a empresa, conquistando um seu público alvo.

Para maiores dicas e artigos úteis para empresas e empreendedores, continue lendo nosso blog. 

Para ampliar ainda mais as suas fontes de conhecimento, visite nosso canal no YouTube, ele possui excelentes vídeos e podcasts de assuntos relevantes sobre empreendedorismo.

Agradecemos a leitura e nos vemos em breve.

Categorias
Coworking Escritórios

Quais as vantagens do Coworking para empresas de Marketing?

Será que um coworking para empresas de Marketing é vantajoso? Vou te responder no artigo de hoje essa e várias outras dúvidas sobre o tema.

Se você já acompanha nosso blog há algum tempo, já sabe o que é um espaço de Coworking. Caso seja sua primeira vez aqui, fique tranquilo, nós vamos te explicar.

Além dessa explicação, vamos focar hoje em empresas de marketing e que vantagens elas terão em trabalhar em um espaço de Coworking. Venha conosco e descubra!

O que é e como funciona o coworking?

Coworking pode ser entendido como salas compartilhadas em um trabalho remoto. São salas onde profissionais de várias áreas dividem o mesmo espaço comum. É bastante indicado para trabalhadores independentes e agências, como de marketing, por exemplo.

Um coworking basicamente é composto de:

  • Um ambiente completo com escritórios compostos de mesas, cadeiras, acesso à internet e demais equipamentos de escritório;
  • Salas para reuniões, garantindo um local para conversas com seus clientes e parceiros ou para os colaboradores;
  • Também será comum em coworking, uma recepção, banheiros e espaço de cozinha.

Vantagens do coworking para empresas de Marketing

Com o advento do marketing digital, muitas empresas desse setor tiveram que se reinventar. Com o trabalho cada vez mais online, agências de marketing tiveram que parar de focar apenas no offline e abrir o leque para o mundo digital.

Coworking-para-empresas-de-Marketing

Dessa forma, é comum que existam empresas de Marketing com um atendimento totalmente online (potencializado pela pandemia de COVID-19) ou com atendimentos em sua maioria online, ficando apenas com reuniões em locais presenciais.

O Coworking pode se encaixar “como uma luva” para esse tipo de empresa, trazendo excelentes benefícios. 

Caso a sua empresa de Marketing precise de um local para o escritório funcionar em horário comercial, o Coworking também será excelente para isso, só citamos os modos de trabalho remotos, pois são os mais convencionais.

Economia de dinheiro

Como no Coworking o local é compartilhado, os custos serão extremamente menores, muitos serviços de Coworking trabalham com uma parcela fixa (extremamente baixa, se comparado a um aluguel convencional), dessa forma você irá economizar com aluguel, IPTU, limpeza, manutenção, água, energia elétrica, entre outros gastos essenciais.

Essa economia será excelente, sendo ainda melhor para novas empresas, que não possuem tanto capital. Essa economia garantirá investimentos em outros setores na empresa.

Local privilegiado

Outro fator muito comum em salas de Coworking, será o endereço, geralmente, são localizados em excelentes endereços, que serão um chamariz para clientes e investidores. Para uma empresa de marketing, ter esse marketing extra será excelente.

Endereço fiscal e comercial

Caso precise de um endereço fiscal e/ou comercial você poderá localizá-los no endereço da Coworking. Também será útil para materiais de divulgação, ter um endereço definido.

Otimização do tempo e flexibilidade

O profissional poderá atuar remotamente de outro local e utilizar o Coworking para reuniões e outros benefícios de ter um escritório. Seja sozinho ou em equipe, o Coworking te dará liberdade de fazer seu horário e utilizar as suas imediações da forma que for melhor.

Networking e Benchmarking

Como citamos, no Coworking existem profissionais de diferentes áreas. O que todas elas têm em comum é que precisam de divulgação e empresas de marketing. Trabalhando ao lado delas, facilitará e muito o contato, garantindo inúmeros potenciais clientes.

Com o Coworking você terá acesso a muitos outros profissionais, além das possibilidades de clientes, ainda terão trocas de informações e experiências que terão muita utilidade.

Espaço para trabalho e reuniões 

Um dos pontos mais importantes, como explicamos acima, um espaço de Coworking garantirá um local para profissionais e empresas darem vida aos seus empreendimentos. 

A sua empresa terá acesso a um escritório completo, seja para trabalhar com horário definido ou não, remoto e/ou presencial, são questões que ficarão a cargo da empresa definir, passando pela parte organizacional da empresa.

E o melhor de tudo, terá um espaço para receber clientes, fazer reuniões, enfim um espaço completo para sua empresa de Marketing (ou de outros setores) pode funcionar e conquistar seu espaço/sucesso. 

Diferença entre coworking e home office

Ambas as modalidades são bem diferentes, enquanto no home office toda a estrutura de trabalho será feita e desempenhada de casa. Já no Coworking, a empresa (ou profissional) terá toda a estrutura e endereço dentro do Coworking.

Saiba como escolher um coworking para sua empresa de Marketing

Agora que já entendemos o conceito de Coworking, vamos te ajudar no que focar na hora de escolher um ambiente de Coworking e como conduzir a sua equipe de marketing:

  1. Será necessário ter a certeza, que o local escolhido comporte a estrutura da sua empresa. 
  2. Será necessário trabalhar a cultura organizacional na empresa, para que a equipe entenda que no trabalho em Coworking ele estará trabalhando em uma empresa e não como um freelancer.
  3. Para que tudo funcione será necessário definir um cronograma, com metas e objetivos realistas e palpáveis. Dessa forma, não será necessário ter um controle tão rígido, apenas um acompanhamento das atividades. Todos já saberão o que fazer, como fazer e quando fazer.
  4. Faça valer o networking, não deixe sua equipe fechada, deixe-a expandir o conhecimento com intercâmbio de ideias com outros profissionais que trabalham no mesmo espaço de Coworking.
  5. Tenha uma rotina de reuniões frequentes, elas não precisam ser longas, funcionando como um feedback entre todos os colaboradores e o gestor (ou gestores). Ter o diálogo afiado com a equipe será um benefício que as empresas não devem abrir mão. Conseguindo assim com que todos estejam em sintonia com os objetivos da empresa.

Conclusão 

No artigo de hoje entendemos o funcionamento de um espaço de Coworking e de que forma empresas de marketing podem se beneficiar dessa modalidade. O Coworking é uma excelente forma de dar vida a uma empresa, pelas suas facilidades e preço extremamente reduzido, será uma forma muito positiva de abrir ou transferir a sua empresa (e equipe).

Para você que procura um excelente serviço de coworking (com todos os benefícios listados neste texto) com mensalidade que fica abaixo de R$3,50 por dia, recomendamos a Smart Escritórios Inteligentes (visite o site, confira os endereços e saiba mais).

Agradecemos a sua leitura e nos vemos em um próximo artigo.

Categorias
Administração

Entenda o que é, e como aplicar em seu negócio a liderança 360º

Buscando melhorar a liderança na sua empresa? Com a Liderança 360º isso será possível. No artigo de hoje, vamos aprender sobre ela!

Um líder é o maestro por trás de uma equipe, será ele o responsável por conduzir a equipe. Com isso, um líder deverá ser extremamente capaz. A vida em uma empresa é sempre uma surpresa, estar pronto para lidar com problemas será necessário.

Liderança 360º irá trazer um feedback com informações completas sobre os líderes e gestores. A empresa terá em mãos importantes dados que refletirão sobre estratégias e planos que a empresa deverá seguir.

Vamos descobrir de que forma o conceito de liderança 360º irá melhorar a forma como líderes atuam dentro das empresas, visando sempre uma liderança melhor e mais completa. 

O que é a liderança 360º e qual sua importância? 

Podemos entender a liderança 360º como uma análise voltada para os cargos de liderança de uma empresa. Através da qual teremos uma avaliação de pontos como: habilidades de gestão, eficácia e influência, do líder (ou líderes) em questão.

Esse feedback é feito para além de avaliar seus líderes e gestores, a empresa também consiga encontrar pontos importantes onde seja possível melhorar. Dessa forma, o conceito de liderança 360º servirá como parâmetro e também como potencializador de melhorias aplicáveis. 

Quais são as definições da liderança 360º? 

Está análise citada acima, baseia-se em observar algumas qualidades e competência, dessa forma medindo a habilidade, influência e eficácia do gestor/líder. Vamos citar alguns pontos importantes que o gestor será avaliado:

  • Identificação de seus pontos fortes;
  • Sua comunicação de forma ampla (formal e informal, individual e conjunta);
  • Sua capacidade em lidar com problemas e dificuldades;
  • Sua habilidade em ouvir;
  • Se é eficaz e eficiente em treinamentos;
  • Se possui mente aberta para ideias, sugestões e conselhos;
  • Capacidade em motivar colaboradores e equipe;
  • Capacidade administrativa;
  • A forma que gerencia desempenho;
  • Sua habilidade de planejar e estabelecer metas (viáveis);
  • Sua forma de liderança.

Esses são pontos avaliados (além de outros e que podem variar de empresa para empresa) em uma liderança 360º. 

Vale lembrar que essas definições não são uma exigência, e que nem todos os líderes ou gestores têm que cumprir tudo com 100%, porém são informações e detalhes que irão facilitar o conhecimento da empresa e que trarão caminhos de melhorar cada vez mais a liderança e gestão dos envolvidos. 

É como um “raio-x” da forma de liderar, onde terão informações reais e mensuráveis que podem ser usadas como parâmetros para melhorias na empresa (individual e coletivamente). 

Isso servirá como uma autocrítica para os líderes se aperfeiçoarem cada vez mais, superando problemas e obstáculos e sendo um líder melhor.

Características da liderança 360º 

Dentro da liderança 360º, temos o conceito de líder 360º, que podemos entender como uma forma excelente e completa de liderar uma equipe, esse tipo de líder possui algumas características que todo líder deve saber e que sempre deve tentar incluir na sua forma de liderar, para também ser um líder 360º. Vamos a elas:

Autoliderança

Servirá como motivação para toda a equipe, um líder 360º deve ter uma liderança pessoal, que contemple a sua própria vida e que sirva de inspiração para os demais. 

Coragem

Podemos definir coragem de uma forma, físico e/ou moral. Para o nosso conceito nas empresas, é necessário que um líder 360º tenha uma coragem moral invejável (no bom sentido), que lute e defenda sempre seus valores e convicções e que sempre assuma seu papel e ações.

Cuidado

Um bom líder é aquele que se preocupa com os seus liderados, que deve ter empatia, respeito, consideração e demais sentimentos positivos para uma relação boa com seus comandados.

Porém, um bom líder também não deve “passar a mão na cabeça” para atitudes ruins dos colaboradores, um bom líder não poderá tolerar desonestidade, atitudes e ações que vão contra a política da empresa. 

Além de sempre cobrar quando o desempenho estiver abaixo do esperado, um líder deve ser um líder nos bons e maus momentos e deverá lidar com isso da melhor forma possível.

Otimismo

Outra característica muito importante é o otimismo, um líder otimista vai passar essa confiança para toda equipe e terá como consequência disso, uma equipe muito mais focada e em busca de resultados positivos.

Comunicação: Um líder deverá saber se comunicar, liderar é algo que anda junto com a oratória. Uma liderança 360º deve focar muito na comunicação, para ter uma comunicação clara e precisa e chegar sempre sem ruído. O líder é a voz por trás do sucesso (ou insucesso) de uma empresa.

Conhecimento

Buscar conhecimento é a forma mais inteligente de lidar com o seu trabalho, com a liderança isso não é diferente. Um líder 360º será aquele que tem o conhecimento, mas não só isso, que esteja sempre se aperfeiçoando e aprendendo coisas novas. 

Hoje em dia tudo muda muito rápido, ficar “sentado” em cima de um conhecimento de tempos atrás, te deixará atrasado em relação a tudo.

Respeito

Para esse item vamos ser objetivos, um líder só será um verdadeiro líder se sempre trabalhar baseado no respeito.

Visão

O líder deve ter visão, para saber e estar sempre um passo à frente. Um líder com visão, conseguirá convencer a sua equipe a seguir o seu planejamento, por apresentar um caminho que eles “comprem a ideia”.

Atitude

A atitude de um líder deve ser sempre positiva, o líder deve ter atitudes condizentes a sua liderança, e será através delas que o líder irá conquistar a sua equipe (ou também perdê-la caso tenha atitudes negativas e ruins). 

Como aplicar no seu negócio 

Agora que já entendemos o conceito, pontos a se avaliar e características importantes sobre liderança 360º, vamos trabalhar com formas de como aplicar isso em sua empresa/liderança.

Planejamento

Para aplicar o conceito da liderança 360º, será necessário planejar de uma forma a definir um dia para a avaliação e implementação de ações. Além disso, é preciso estar de acordo com a administração da empresa, caso tenha superiores e pessoas que precisam autorizar.

Definir objetivos e estratégias

Dentro de planejar, será necessário ir mais além. Para que tudo funcione é preciso ter objetivos claros definidos, para que em cima disso seja possível planejar estratégias para poder tudo isso em prática. 

É preciso ter em mente que tipo de problema precisa de resolução, se ele é prioritário, além de detalhes cruciais como quem deverá passar pela análise 360º e de que forma essas informações poderão ajudar a melhorar o desempenho. 

Quando tiver isso definido também será necessário mensurar que tipos de resultados as estratégias (que serão definidas) trarão. 

Traga confiança

Explique para a equipe sobre de que forma essas informações serão relevantes e como elas poderão trazer benefícios não só para a empresa, mas para eles também.

Não deixe a análise com cara de interrogatório e nem torne o clima pesado. Será necessário que eles dêem um feedback verdadeiro e autêntico.

Seja claro (é necessário que todos entendam que o que está ocorrendo é uma avaliação) e traga a confiança para toda a equipe. Esclareça dúvidas e tenha sempre certeza sobre como está o andamento da avaliação.

Foco na criação do plano

Tudo deve ser feito com base em um planejamento bem feito, a eficiência e eficácia dos resultados irá depender disso. Tenha foco em cada parte do processo (começo, meio, fim e aplicação de melhorias) da liderança 360º, sempre tendo a certeza que tudo está encaixado. 

O plano de desenvolvimento precisará ser claro e feito por profissionais qualificados. Assim como a liderança 360º é ampla e completa deverá ser a exceção da análise.

Conclusão

No artigo de hoje, entendemos um conceito que está muito em alta nas empresas de sucesso, o conceito de liderança 360º. Além disso, entendemos pontos importantes sobre, e ainda trouxemos um exemplo de como pôr isso em prática.

Através de medidas inteligentes e planejadas, todas as empresas poderão se desenvolver de maneira positiva. Um líder 360º é um líder do futuro, que saberá como lidar com os colaboradores (em diversos âmbitos), terá sempre visão acerca de tudo que acontece na empresa, além de ter um otimismo e atitudes que irão conquistar a equipe e trazê-la para perto. 

Busque sempre líderes e gestores 360º e caso você atue como líder, busque cada vez mais conhecimento, para ser um líder atualizado. A empresa será o reflexo do trabalho dos seus líderes, para se tornar um líder 360º será necessário sempre ser profissional, respeitando e demais e sendo decisivo na hora das tomadas de decisões.

Para mais informações sobre liderança e demais áreas ligadas ao empreendedorismo, continue lendo nosso blog, temos excelentes artigos que ajudarão líderes, gestores e empreendedores. 

Vamos deixar alguns ligados a liderança alguns para você ler: Liderança na Crise, Desenvolvimento de Liderança e Liderança Feminina. Além disso, temos um canal no YouTube com muitos vídeos de qualidade, assista!

Agradecemos sua leitura e esperamos que nosso texto tenha ajudado e aumentado seu conhecimento.

Nos vemos em breve, em mais um artigo.