Categorias
Destaque

Desenvolvimento de liderança: esse é o caminho para se aprimorar como líder!

Qual a melhor forma de desenvolver a liderança? No artigo de hoje, mostraremos o caminho!

A liderança será o motor por trás de toda a empresa, o líder é um dos membros mais importante de toda a equipe, será ele que irá tomar as decisões e guiar a empresa para os rumos esperados. Um líder ruim, irá afundar qualquer empresa.

Com isso, fica evidente que todo empreendedor ou futuro empreendedor deverá desenvolver sua liderança. No artigo de hoje traremos excelentes dicas para o desenvolvimento de liderança. 

O que é desenvolvimento de liderança?

Vamos entender o desenvolvimento de liderança como um conceito. Dessa forma o desenvolvimento de liderança deverá ser uma constante para qualquer líder e empresa.

O desenvolvimento de liderança será imprescindível para a evolução da empresa, da equipe e do próprio líder. Só com o desenvolvimento de liderança será possível lidar com todos os problemas que terão diariamente na empresa.

De forma objetiva, o desenvolvimento da liderança será a busca de evolução que o líder irá traçar. Aperfeiçoando-se cada dia mais para ser um líder melhor.

desenvolver-líder

Dicas para desenvolver a liderança

Seguem dicas que ajudaram no desenvolvimento de liderança:

Comece entendendo seu estilo de liderança e que tipo de líder quer ser

Antes de mais nada, para poder desenvolver a sua liderança, será necessário identificar o tipo de líder que você é e também entender o tipo de líder que gostaria de ser.

Temos diferentes tipos de líderes, dentre os quais podemos listar:

Líder autocrático

Esse é o líder que foi estereotipado, que é ele o único que toma as decisões e todos terão que seguir à risca as suas ordens. Dessa forma, ignorando completamente opiniões contrárias e (na maioria das vezes) não levando em conta as opiniões dos colaboradores. 

Observação: esse tipo de líder costuma não ser muito querido pela equipe e muitas vezes são temidos, porém existem muitos líderes autocráticos que tiveram muito sucesso. Ser autocrático não significa estar errado em suas escolhas, porém será muito mais saudável ser um líder admirado e respeitado. Dessa forma fica a reflexão de até que ponto esse tipo de liderança pode funcionar e você gostaria de ser um líder assim.

Líder democrático

O líder democrático é o oposto do autocrático, sendo aberto ao diálogo e estimulando que os seus colaboradores deixem a sua opinião sobre os projetos e afins. Preocupando-se bastante com a motivação e felicidade da equipe. Esse tipo de líder costuma conquistar toda a equipe, trazendo ela para perto.

Líder liberal

O líder liberal é o tipo de líder que delega as funções, confiando e atribuindo responsabilidades para a equipe. Dessa forma, a empresa terá vários “líderes” de seus setores. Esse tipo de liderança estimula o amadurecimento da equipe, tornando-a mais capaz de tomar decisões.

Líder coach/técnico

O líder coach/técnico como o nome sugere, é o tipo de líder que se concentra em desenvolver os membros da equipe. Identificando pontos fortes e fracos de cada um, ele irá sempre fazer com que os colaboradores se aperfeiçoem no seu trabalho e estejam no setor que mais poderão ajudar. Ele costuma ser respeitado por toda equipe, por conhecer tecnicamente todos na empresa.

Líder motivador

O líder motivador trabalha muito o lado emocional e com a motivação da equipe. Inflando a equipe a sempre buscar o bem comum e crescimento da empresa. 

Líder carismático

O líder carismático consegue conquistar as pessoas pelo seu carisma e jeito de ser. Esse tipo de líder faz as pessoas “lutarem” por ele, por ter um alto grau de persuasão.

Qual o melhor líder?

Listamos diferentes tipos de líderes, todos tem suas próprias características e modo de liderança. Todas as formas tem seu lado positivo e seu lado negativo, dessa forma além de apenas liderar o líder deverá desenvolver a sua capacidade de empreender e gerir, para dessa forma, com seu estilo de liderança, poder colar a equipe no rumo certo.  

Vale lembrar que esses são tipos baseados em características, um líder pode liderar de diferentes formas em diferentes contextos, dessa forma, não ficando preso a um estereótipo. 

O importante é sempre buscar desenvolver a sua liderança, de modo a tornar a sua empresa melhor, evidenciando a boa relação entre o líder e a equipe. Vamos para mais dicas (práticas) que ajudarão no desenvolvimento do líder.

Incentive a criatividade e seja criativo!

A criatividade é responsável por todo o desenvolvimento que temos hoje. Dessa forma o líder deve estimular a própria criatividade, bem como, a criatividade de toda a equipe.

Assim, todos irão se desenvolver e se tornarão membros mais valiosos para a empresa.

Seja um modelo!

O bom líder é aquele que fará toda a equipe se espelhar nele, como um modelo positivo de liderança. Quando a equipe ver no líder um modelo, tudo ficará mais fácil, eles vão respeitar cada vez mais as escolhas de líder e irão admirar sua liderança.

Demonstre as qualidades que você busca na sua equipe!

Tenha amor pelo seu trabalho!

Esse é um ponto importantíssimo para todo o desenvolvimento de liderança. Se o líder tiver amor pelo seu trabalho, tudo ficará mais fácil e orgânico e irá demonstrar para a equipe que o líder se importa verdadeiramente com eles e com a empresa.

Saiba ouvir e se comunicar!

Um líder deve saber passar com muita clareza a mensagem que quer que a equipe ouça. Com uma comunicação cheia de ruídos não será possível que a equipe absorva, da forma desejada, as informações.

Além de saber se comunicar, uma forma de desenvolver cada vez mais a liderança, será em saber ouvir a equipe, para junto deles tomar as melhores decisões.

Muitas vezes o líder terá que corrigir e/ou chamar a atenção de algum membro da equipe, isso é normal dentro de qualquer empresa, o estranho será quando não houver nenhum tipo de atrito.

O bom líder, precisa saber conversar e lidar com os membros da equipe, para o desenvolvimento da liderança será um dos pontos mais importantes. O bom líder precisa desenvolver (e muito) a sua forma de se expressar. 

Evite chamar a atenção ou explanar os problemas de um membro da equipe, na frente de todos. Conversar com cada um no particular, para poder lidar da melhor forma, sem expor ninguém. Caso precise demitir um membro, também lidar com isso da forma mais profissional e humana possível. 

Seja positivo!

Ser um líder positivo será de grande influência sobre a equipe, o bom líder sabe lidar com os problemas da melhor forma possível. Negatividade só irá fazer mal para o ambiente de trabalho. Trabalhar sobre uma redoma de positividade fará tudo ficar mais leve e fácil de lidar, principalmente com os problemas.

Incentive e motive a sua equipe!

O bom líder é aquele que incentiva a sua equipe, seja com ideias ou outras contribuições. Fazer o colaborador se sentir útil e valorizado, fará com que ele trabalhe melhor e também com que ele evolua e contribua cada vez mais.

A motivação é o combustível dentro de qualquer negócio, pessoas motivadas renderão muito mais. O bom líder deverá encontrar formas de manter a equipe sempre motivada.

Recompense e reconheça

Seguindo a linha do incentivo e da motivação, também será ótimo para o líder recompensar e reconhecer a equipe. 

O bom líder é aquele, que não só aponta erros, mas que reconhece quando o trabalho é bom feito. O colaborador é um elo importante da empresa, o líder sempre deve deixar a equipe ciente disso.

Recompensas financeiras serão muito bem-vindas quando a equipe executar um trabalho acima do esperado e/ou quando alcançar a meta proposta. Dessa forma, o líder garante que o colaborador queira continuar na empresa, sempre ajudando-a a crescer.

Evolua cada vez mais!

O líder não deverá ficar estagnado. Ele deve buscar se desenvolver cada vez mais. Estudar e buscar conhecimento devem ser diretrizes seguidas por todos os líderes. Não se pode parar no tempo, ou o mercado irá passar por cima do líder e da empresa. 

Seja diferente dos demais, evolua juntamente com toda a equipe, para a empresa poder evoluir também. As empresas são reflexos dos seus líderes, dessa forma o líder deverá sempre estar em constante evolução, para poder colher os frutos de todo seu trabalho e esforço.

Conclusão

No artigo de hoje aprendemos sobre o desenvolvimento de liderança. Trouxemos exemplos de formas de liderar, mostrando características e tipos de líderes mais comuns em empresas. Além disso, trouxemos dicas excelentes que ajudarão empreendedores a desenvolver cada vez mais seu espírito de liderança.

Como forma de conclusão, vamos revisar alguns pontos muito importantes para qualquer líder e entender os rumos que um bom líder deverá tomar. O líder deverá buscar sempre o seu desenvolvimento, capacitando-se cada vez mais, deverá liderar sempre respeitando, incentivando e valorizando a sua equipe, também deverá se preocupar com o desenvolvimentos de seus colaboradores, porque com eles evoluindo e motivados a empresa terá elos extremamente fortes. 

Os bons líderes do futuro, serão líderes que buscarão cada vez mais a evolução constante de todos os setores e colaboradores da empresa. Para com isso a empresa crescer e evoluir cada vez mais.

Para mais dicas e artigos relevantes sobre liderança e empreendimento, continue lendo nosso blog. Para desenvolver ainda mais suas habilidades de líder e empreendedor leia o livro “O Empreendedor Smart”, ele trará exemplos práticos para seguir. Visite também nosso canal no YouTube.

Agradecemos a sua leitura e nos vemos em um próximo artigo.

Categorias
Destaque

Comece 2021 com tudo! 7 dicas para ser mais feliz todos os 365 dias do ano.

Faça de 2021 o melhor ano da sua vida! Acompanhe nossas 7 dicas para ser mais feliz o ano todo.

Ao que tudo indica, 2021 será um ano atípico como 2020 foi para todos nós, porém, isso não quer dizer que precisa ser um ano desagradável.

Você precisa ter a iniciativa para fazer a diferença e transformar 2021 no melhor ano da sua vida.

Hoje separamos para você 7 exercícios diários, para você se tornar uma pessoa mais feliz e animada.

Venha conferir!

1 – Faça todo dia algo para si mesmo.

Não precisa ser um grande feito, você pode escolher uma pequena coisa por dia para fazer por você que torne o seu dia melhor.

Pode ser um banho relaxante, uma rotina de cuidados pessoais, um momento de leitura, você escolhe!

Dessa forma, você sempre estará disposto a vencer o dia e ter o seu momentinho de descanso.

2 – Aprenda a se desculpar.

O auto perdão pode ser uma atitude muito difícil de se tomar, mas de passinho em passinho, você aprende.

Não se culpe tanto por seus erros, ache uma maneira de entender que os erros são parte do seu aprendizado e está tudo bem.

Ninguém nasce sabendo tudo, todo mundo erra, use seu erro como motivação para buscar sempre o melhor e não seja sempre tão duro consigo mesmo.

3 – Respire!

Quando sentir que você está muito irritado com tudo, tire um momento só para você.

Pode ser um final de semana, um dia de folga, a vida não precisa ser vivida no pique o tempo inteiro.

É de extrema importância que você entenda o seu próprio limite, e o tempo em que você deve parar, respirar, tranquilizar, para poder continuar.

4 – Priorize a sua saúde.

Parece conselho de mãe, e esses são os melhores.

Cuide muito bem da sua saúde, mantenha sempre uma alimentação saudável e balanceada, e busque praticar algum tipo de exercício.

Nós, no início de carreira, com a faculdade, trabalho, filhos e tudo mais, esquecemos de cuidar de nós mesmos, e isso é fundamental para uma vida mais saudável e feliz.

5 – Afaste-se de pessoas negativas.

Pode parecer bobeira, mas se afastar de pessoas negativas é a melhor atitude que você poderá adotar no seu dia a dia.

Às vezes nem nos damos conta, mas pessoas negativas acabam nos tornando negativas, e dessa forma, parece que nunca nada dá certo nas nossas vidas.

Busque estar sempre voltado para pessoas positivas, desse modo, você perceberá a mudança que isso trará para a sua vida.

Os pensamentos e desejos são muito importantes, sempre cuide disso.

6- Tome um pouco de sol diariamente.

Um pouco de vitamina D pode fazer total diferença na sua vida!

Estudos comprovam que tomar sol pelo menos 5 minutos por dia pode ser essencial para combater depressões leves.

Então, sempre tire um tempinho do seu dia para ficar um pouco ao sol.

7- Trabalhe com o que você gosta!

É um ano perfeito para dar início naquele seu projeto guardado no fundo da gaveta, não é mesmo?

2021 é o ano perfeito para você iniciar a sua vida no empreendedorismo! Então, comece a se planejar hoje mesmo sobre como você poderá colocar a sua empresa nova em prática.

Trabalhar com o que gosta e com o que te anima é com certeza um dos principais fatores para você ser mais feliz na sua vida, tanto pessoal, como profissional.

E como a Smart pode lhe ajudar?

A Smart Escritórios Inteligentes é uma empresa referência no ramo de coworking no Brasil e está localizada no centro de grandes cidades brasileiras.

A Smart disponibiliza para você o melhor em escritórios compartilhados por um preço super em conta para o seu bolso, chegando até 100 reais mensais, para você possuir seu endereço fiscal em um edifício de alto padrão executivo.

Além do espaço, a Smart também disponibiliza outros serviços, como secretária executiva para a sua empresa, e também a locação de salas de reuniões para que você possa ter contato com seus clientes da melhor forma.

Venha fazer parte da Smart Escritórios Inteligentes e deixe a inovação fazer o seu negócio prosperar!

Conclusão:

E aí, conseguiu entender quais atitudes você precisa ter para tornar o seu dia a dia mais feliz e saudável?

São poucas as mudanças que você precisará para ser mais feliz e prosperar ainda mais na sua vida.

E lembre, se precisar de um escritório inovador para seus planos, a Smart é perfeita para você.

Compartilhe essa dica com seus amigos, e fique ligado nas novidades.

Um grande abraço, e até a próxima!

Categorias
Administração Destaque

Saiba como combater o racismo em sua empresa

O racismo é uma ferida aberta no corpo social brasileiro. A discriminação é notável no setor empresarial, e é hora de fazer algo.

As empresas devem ter outros indicadores de crescimento que possam ir além dos recordes econômicos e de produtividade. Participar de demandas próprias da sociedade é um exemplo, como combater o racismo.

O racismo é uma ferida aberta no corpo social brasileiro, é algo que nos deveria envergonhar profundamente, mas que, infelizmente, tem sido alvo do negacionismo nos últimos anos.

“Somos todos iguais”, dizem algumas pessoas que gostam de afirmar que o racismo não existe; mas que, no entanto, muitas vezes trabalham em empresas que não têm sequer um funcionário negro. Contraditório, não acha?

Em primeiro plano, antes de falar sobre como combater o racismo no ambiente empresarial, vamos apresentar rapidamente alguns dados que devem servir para nos alertar sobre a situação.

Estatísticas que comprovam o racismo estrutural

Tomamos como fonte para este artigo, o Pequeno manual antirracista de autoria de Djamila Ribeiro, filósofa e escritora brasileira. O livro, publicado no fim de 2019, foi um sucesso de vendas no ano passado.

Djamila consegue – de modo genial, diríamos – apresentar, em relativamente poucas páginas, algumas pistas para entender a discriminação racial como algo estrutural na sociedade, além – e esse ponto é fundamental – de propor caminhos para que assumamos a responsabilidade para transformar essa realidade.

Para começar, consideremos alguns dados alarmantes que a autora apresenta no manual:

“Uma pesquisa do Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdades (Ceert)—organização indispensável para a luta antirracista, criada por Cida Bento, em 1990—, em parceria com a Aliança Jurídica pela Equidade Racial, apontou que pessoas negras não somam 1% entre advogados e sócios de escritórios de advocacia.”

A seguir, a filósofa indica que “entre estagiários, não chega a 10%. O estudo, de 2019, ouviu 3624 pessoas em nove das maiores bancas de São Paulo e demonstra como os números refletem a necessidade de discutir desigualdades, oportunidades e diversidade no mercado de trabalho”.

Além do trabalho de Djamila, tivemos acesso a uma pesquisa do Instituto Ethos – que trabalha com empresas sobre temas de responsabilidade social – que indicou que apenas 5% de pessoas negras trabalham como executivos de 117 grandes empresas.

Como notamos, a questão é séria e o setor de negócios do Brasil deve ser agente de transformação, adicionando a seus projetos meios para combater o racismo.

Além das razões relacionadas à responsabilidade social, lutar contra esse câncer na sociedade é também uma forma de descobrir novos talentos que, por causa do racismo, acabam não sendo valorizados.

“Quantos talentos o Brasil perde todos os dias por causa do racismo?”, pergunta Djamila, que logo enfatiza a condição ainda mais absurda que sofrem as mulheres negras: “A situação é ainda mais grave para mulheres negras, que são muitas vezes destinadas ao subemprego: quantas físicas, biólogas, juízas, sociólogas etc. estamos perdendo?”

A filósofa especialista em temas sociais e em negritude apresenta um horizonte para começar a solucionar o problema: “Políticas que obrigam as empresas a pensar e criar ações antirracistas poderiam reverter esse quadro”.

Uma questão legal

O Pequeno manual antirracista enfatiza ainda que, “no Brasil, a Lei de Cotas para o Serviço Público Federal visa diminuir desigualdades. Declarada constitucional pelo Supremo Tribunal Federal em 2017, ficou estipulado que:

‘A desequiparação promovida pela política de ação afirmativa em questão está em consonância com o princípio da isonomia. Ela se funda na necessidade de superar o racismo estrutural e institucional ainda existente na sociedade brasileira, e garantir a igualdade material entre os cidadãos, por meio da distribuição mais equitativa de bens sociais e da promoção do reconhecimento da população afrodescendente’”.

Como vemos, combater o racismo no Serviço Público Federal já é algo inclusive amparado por lei; no entanto, ainda há um longo caminho a ser percorrido.

É evidente que o tema deve ser tratado já, e que não basta apenas constatar a realidade dessa ferida social. Por isso, passamos agora a indicar algumas formas para combater o racismo em sua empresa.

Como combater o racismo em sua empresa

Vamos agora considerar algumas indicações práticas para dar passos concretos a fim de combater o racismo.

1. Diálogo aberto, sério e respeitoso no interior das organizações sobre o tema;

2. Combater com dureza atos racistas e discriminação: é inaceitável que funcionários façam piadas racistas ou tenham comportamentos ainda mais graves, como rejeitar a presença de companheiros negros. O racismo ainda deve ser eliminado em atitudes que visam restringir a expressividade da cultura negra. Ainda ocorre, por exemplo, que funcionárias negras sejam pressionadas a alisar os cabelos. Isso é racismo e é inaceitável em qualquer empresa;

3. Eliminação do racismo velado, geralmente presente em barreiras que dificultam a ascensão de pessoas negras a cargos de gerência;

4. Tomada de medidas de proporcionalidade, considerando a necessidade de dar oportunidades a mais negros nos próximos processos de contratação;

5. Investimento em marketing para difusão de campanhas antirracismo, e que publicitem medidas reais tomadas pela empresa para combatê-lo;

6. Maior consideração da população negra na hora de elaborar o público alvo de produtos e serviços.

Conclusão

Embora negado por muitas pessoas – por má-fé ou desconhecimento – o racismo é uma ferida que continua sangrando no corpo social brasileiro.

A questão é vista, entre outras coisas, pela falta de inclusão de pessoas negras no mercado de trabalho, sendo que a causa se agrava ainda mais quando considerados os vergonhosos números de negros ocupando cargos administrativos.

Não é possível falar do tema sem considerar ainda o duplo problema que enfrentam as mulheres negras que, além de sofrerem discriminação por serem mulheres, são inferiorizadas pela cor.

Como visto, é evidente que algo precisa ser feito e que as empresas podem ser agentes de mudança sempre e quando começam a fazer o seu dever de casa.

Medidas como a inflexibilidade ante atos racistas e a eliminação de quaisquer formas de discriminação são um começo. Mas, ainda assim é insuficiente.

As empresas devem adotar programas de contratação de profissionais negros e caminhar em direção a uma real política de proporcionalidade.

Nesse caminho, também os negócios surgidos há pouco devem se posicionar.

Se você chegou até aqui, já adquiriu um pouco mais de conhecimento sobre a discriminação racial no nosso país e já sabe algumas estratégias que pode pôr em prática para estar na linha de frente ao combate ao racismo no setor empresarial.

Não deixe de visitar nosso blog para saber como montar um time Smart campeão

Categorias
Destaque

SMART NITERÓI: Secretaria Municipal de Defesa Civil e Geotecnia lançam previsão do tempo em libras

A previsão do tempo de Niterói agora é disponibilizada com intérprete em Libras.

Niterói tem uma boa notícia sobre inclusão e acessibilidade para a população surdo-muda da cidade. 

A Secretaria Municipal de Defesa Civil e Geotecnia começou a disponibilizar materiais com interpretação em Libras.

A partir de agora, os vídeos disponibilizados pela Secretaria no Instagram e no Facebook contam com um intérprete para Libras.

O material é com a previsão do tempo para o fim de semana, e é disponibilizado todas as sextas-feiras.

previsão do tempo

Através das redes sociais do organismo é possível ter informações sobre a previsão do tempo. 

As páginas disponibilizam também vídeos sobre queimadas, chuvas de verão e instruções sobre o modo a agir em caso de queda de árvores ou deslizamentos.

Todo o conteúdo disponibilizado pode ser acessado pelos links:

instagram.com/defesacivilniteroi

facebook.com/defesacivilniteroi

O monitoramento meteorológico da Defesa Civil municipal funciona 24 horas em esquema de plantão.

Em caso de emergência, a recomendação é ligar para os telefones da instituição: 199 ou 2620-0199. 

Além do contato, é imprescindível que os moradores saiam o antes possível de áreas com risco de deslizamento.

Veja no nosso blog: 30% das empresas devem manter home office após a pandemia

O país precisa de mais acessibilidade

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 5% da população brasileira é formada por pessoas surdas. 

Considerando que a nossa população é de mais de 209 milhões de pessoas, o número de cidadãos surdos é de mais de 10 milhões de pessoas.

Ainda segundo o instituto, 2,7 milhões de pessoas possuem surdez profunda; ou seja, não escutam absolutamente nada.

previsão do tempo

Essas e outras razões justificam a importância da tomada de iniciativas para aumentar a inclusão e a acessibilidade dessa população.

Medidas como a da Secretaria Municipal de Defesa Civil – de oferecer a previsão do tempo em vídeos que contam com intérpretes em Libras –, embora pareçam sem importância, na verdade, expressam algum esforço dos órgãos públicos em oferecer mais possibilidades para a população surdo-muda. 

Novidade: ferramenta para videochamadas pelo WhatsApp Web

Causas da surdez

A deficiência auditiva nem sempre é congênita (perda auditiva adquirida por bebês ainda durante o período de gestação). 

Na verdade, a perda auditiva muitas vezes está relacionada ao envelhecimento.

A OMS (Organização Mundial da Saúde) estima que até 2050 900 milhões de pessoas podem desenvolver problemas auditivos.

O que muita gente não sabe é que a surdez possui graus diferentes. 

No Brasil, a maioria da população com dificuldades auditivas faz parte do chamado grupo de surdos oralizados, que são aqueles que usam aparelhos auditivos para amplificar os sons ou aqueles que conseguem fazer leitura labial.

Esse grupo, no entanto, embora passe por dificuldades provenientes da deficiência, não chega a passar pelas dificuldades de comunicação e pelas exclusões que são cotidianas entre aqueles cuja deficiência auditiva é total.

Língua Brasileira de Sinais

A LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) é o principal meio de comunicação das comunidades surdas do Brasil. É reconhecida como a segunda língua oficial do país, de acordo com a Lei 10.436.

Alguns dos benefícios da LIBRAS são:

  • Eliminação de algumas barreiras de comunicação;
  • Melhor integração no ambiente social e educacional;
  • Mais oportunidades para pessoas e profissionais.

A Língua Brasileira de Sinais faz parte da grade curricular de estudantes de algumas graduações no Brasil.

Algumas igrejas do país também passaram a contar com intérpretes em Libras, o que representa algum avanço; mas ainda há muito a ser feito a fim de aumentar a inclusão da população com deficiência auditiva.

Conclusão

A população com deficiência auditiva ainda sofre muitos preconceitos no Brasil. As faltas de iniciativas de acessibilidade acabam impedindo a inclusão dessas pessoas.

Nesse sentido, ainda que pareça uma notícia sem maiores implicações, o anúncio da Secretaria Municipal de Defesa Civil e Geotecnia, que passou a publicar seus vídeos semanais com a previsão do tempo contando com a participação de intérprete em Libras, representa um verdadeiro avanço nas políticas a favor da população surdo-muda.

O conteúdo divulgado pela Secretária é disponibilizado todas as sextas-feiras.

É válido o apoio a medidas de inclusão como essa. Nesse sentido, te convidamos também a aproveitar a oportunidade – especial para as mulheres – de se inscrever no curso “Empreendedorismo digital – autonomia para mulheres frente aos novos tempos” da Coordenadoria de Direitos da Mulher (Codim). 

Veja mais nesse artigo.

Por último, incentivamos à população da região de Niterói a estar atenta aos alertas enviados pela Defesa Civil, especialmente na temporada de chuvas.

Nas páginas da Defesa Civil no Facebook e no Instagram é possível acessar a previsão do tempo, vídeos sobre queimadas, chuvas de verão (que podem ser altamente perigosas) e as orientações sobre o que fazer em situações de risco provocadas por deslizamentos de terra e quedas de árvores.

Em caso de emergência, a Defesa Civil atende nos números 199 ou 2620-0199.

A Smart Escritórios Inteligentes pode te ajudar a ser um empreendedor de sucesso. Clique e veja!

Categorias
Administração Coworking Destaque Empreendedorismo Endereço Fiscal Sem categoria

A EMPRESA INTELIGENTE: MENOS CUSTOS E MAIS RESULTADOS!

Por muitos anos, era preciso ser uma grande empresa para adotar as últimas tendências de inovação, principalmente pelo alto custo. Além disso, o conhecimento de ponta em gestão ficava restrito às grandes universidades e às empresas multinacionais. Veja nesse artigo o porquê felizmente isso mudou e como está cada vez mais ao seu alcance a possibilidade de transformar o seu negócio em uma EMPRESA INTELIGENTE: com MENOS custos e MAIS resultados!

Hoje o cenário mudou: pequenas e médias empresas são capazes de inovar e testar novosrecursos com a agilidade que falta às grandes organizações. Em poucas semanas, por exemplo, é possível adotar o modelo home office com sucesso. Ou, então, passar a usar uma nova tecnologia para atendimento automatizado aos clientes.

O grande ganho disso tudo está na capacidade de encontrar os melhores caminhos para o crescimento e para manter os pequenos e médios negócios competitivos.

Neste Guia, vamos compartilhar 10 lições para reduzir custos e otimizar recursos, com base no que nós da SMART aprendemos estudando profundamente sobre gestão e acompanhando mais de 5 mil negócios de pequeno e médio porte ao longo dos últimos 6 anos.

Esperamos com esse material ajudar a sua empresa a sair do papel com o pé direito ou, caso já seja empresário, contribuir para que tenha ainda mais sucesso nas suas operações.

 SEGREDO PARA CRESCER

Neste material, decidimos focar em redução de custos e otimização de recursos por um motivo muito simples. Diariamente, ouvimos depoimentos de empreendedores que precisaram desistir de seu sonho de negócio por causado custo de manutenção até chegar ao chamado breakeven, quando uma empresa começa de fato a gerar lucro.

Também acompanhamos  empresas  consolidadas  no mercado que precisaram fechar as portas devido à crise econômica. Você certamente leu muito sobre isso nos jornais nos últimos anos…

De toda forma, acreditamos que, mesmo com todas as dificuldades de se empreender no Brasil em meio a tanta instabilidade econômica, existam caminhos para aprimorar a eficiência do negócio, fazendo mais com menos investimentos e,  assim,  atingindo  a  tão  sonhada competitividade no mercado.

Sabemos,porém, que  não  é tarefa  simples.  Todo empreendedor que já precisou realizar cortes ou enxugar custosemmomentosdedificuldadessabeoquantoissoé penoso.

Nossa ideia, então, é compartilhar alguns caminhos para que você possa diminuir as despesas e aumentar a performance sem precisar diminuir o contingente, pausar projetos e deixar de inovar.

E,como além  de  sermos apaixonados  por empreendedorismo, também adoramos estudar e testar novas tendências, nossas dicas serão baseadas no que háde mais moderno no mundo dos negócios hoje!

O QUE HÁ DE MAIS MODERNO NO MUNDO DOS NEGÓCIOS?

Como falamos no início deste guia, antigamente era preciso ser uma grande organização para “bancar” boa parte das tendências que surgiam no mercado. Hoje, felizmente, temos a cesso fácil a práticas e tecnologias de ponta, podendo conhecê-las e testá-las enquanto evoluem.

Abaixo listamos 4 conceitos que têm ganho mais e mais destaque no mercado para que você construa sua Empresa Inteligente com menos custos e mais resultados! Elas fazem parte de boa parte das estratégias que estão surgindo no mundo para gestão dos negócios… e podem começar a fazer parte da sua empresa!

1) USO DE TECNOLOGIA: INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E MUITO MAIS!

Quando falamos em tecnologia, sem dúvidas o que merece maior destaque hoje é a Inteligência Artificial (IA) e todos os avanços que serão possibilitados por ela.

Mas o que é Inteligência Artificial? O termo foi criado em 1956, mas só se popularizou atualmente graças aos crescentes volumes de dados disponíveis, algoritmos avançados e melhorias no poder e no armazenamento dos computadores.

A IA possibilita que máquinas aprendam com experiências (Machine Learning), se ajustem a novas entradas de dados eperformem tarefas como seres humanos. Isso envolve outras tecnologias, como Deep Learning e processamento de lingua- gem natural. Com esses avanços, os computadores podemser treinadosparacumprirtarefasespecíficasaoprocessargran- des quantidades de dados e reconhecer padrões a partir deles.

O resultado? São as máquinas cada vez mais avançadas com as quais começamos a conviver: carros autônomos, robôs que cozinham como chefs e softwares cada vez mais avançados, capazes de prever ações e intenções.

E, embora isso ainda pareça tão distante da nossa realidade, já existem muitas empresas utilizando IA em suas estratégias. Conforme as previsões, isso deve se tornar cada vez mais aces- sível nos próximos anos e também assumir uma escala de cres- cimento vertiginosa.

Para entender melhor, basta olhar este gráfico da Business Insi- der com a data esperada para que os robôs consigam realizar determinadas tarefas:

2) ECONOMIA DE COMPARTILHAMENTO

A economia compartilhada, também conhecida como economia de compartilhamento ou economia colaborativa, é um modelo no qual existe uma inversão de prioridades entre possuir e utilizar um bem. Como exemplo, em vez de você comprar seu próprio carro, você utiliza o de outra pessoa quando precisa, contando com o serviço das plataformas de ride-sharing, como Uber e Cabify.

Desta forma, dois objetivos principais são alcançados: o da eficiência no uso dos bens e o da otimização dos custos. Esta é uma lógica que prevê um consumo mais consciente e que traz ganhos tanto para quem é o proprietário de determinado bem ou objeto, quanto para quem precisa utilizá-lo de maneira pontual.

Outras empresas que fazem parte deste conceito são Airbnb, Coworking SMART,  Enjoei, WeDoLogos, Green, Rappi… e todas as demais que estimulem o compartilhamento em troca do consumo.

Como empreendedor, especialmente se estiver à frente de um pequeno ou médio negócio, você pode aproveitar serviços e modelos de contratação que estão dentro deste cenário, alcançando eficiência e economia.

3) TRABALHO REMOTO

Como o nome já indica, trabalho remoto é aquele exercido à distância, sem a necessidade da presença física dos colaboradores. A modalidade mais conhecida de trabalho remoto é a do home office, quando o funcionário exerce as atividades a partir de sua própria casa. No caso de em sua residência não ser possível o registro de seu CNPJ, uma solução inteligente e barata é a contratação do serviço de Endereço Fiscal.

No entanto, o trabalho remoto pode ser realizado de qualquer lugar, a partir de escritórios compartilhados, cafés, espaços públicos ou onde mais houver um espaço de trabalho adequado e com acesso à internet.

É claro, o trabalho remoto é beneficiado por outras tendências, como a computação em nuvem e o BYOD (bring your own device, ou traga seu  próprio  dispositivo,  na tradução para o português). Com a portabilidade de sistemas, plataformas, arqui- vos e dispositivos como tablets e computadores, realmente se torna mais fácil trabalhar e colaborar à distância.

E, para os mais conservadores em relação à necessidade de se estar no mesmo ambiente físico, vale a pena considerar os dados do estudo Global Evolving Work force, conduzido pela Intel e pela Dell.

As vantagens do trabalho remoto

O efeito em colaboradores que atuam em modelo home office:

4) METODOLOGIA LEAN

Termos como Metodologia Lean, Lean Startup e Gestão Lean fazem parte do vocabulário da moda entre os líderes de startup. Mas a sua empresa não precisa necessariamente ser uma para aproveitar essa tendência para reduzir custos e otimizar recursos.

Traduzindo de forma literal, lean pode ser entendido como enxuto. Ou seja, quando falamos em metodologia lean, estamos falando sobre um método que institui apenas os recursos necessários para a realização do trabalho, etapa ou processo, evitando desperdícios.

Apesar de ser um conceito que remete à década de 1980, foi recentemente que ele se tornou popular como método para qualquer tipo de empresa, a partir do trabalho desenvolvido por Eric Ries, autor do livro A Startup Enxuta. Com uma metodologia mais universal, negócios de diferentes portes podem aplicar a Metodologia Lean para enxugar processos e melhorar os resultados da organização.

OK, E NA PRÁTICA? COMO REDUZIR CUSTOS E OTIMIZAR RECURSOS?

Ok, vimos quatro conceitos e tendências que estão ganhando o mundo e modernizando as organiza- ções na hora de enxugar custos. Mas como isso pode ser aplicado na prática em uma pequena ou média empresa?

Existem muitos caminhos para que você construa sua EMPRESA INTELIGENTE com MENOS custos e MAIS RESULTADOS. Na medida em que você começa a estudar e conhecer aplicações práticas, começa também a vislumbrar inovações que podeaplicar em sua própria empresa para crescer de forma mais acelerada e sustentável.

Para começar, separamos 10 aplicações para que comece a transformar a sua gestão hoje mesmo, sem altos e investimentos e com excelente retorno para as suas operações. Mas, isso fica para o próximo artigo! Por enquanto você pode conhecer uma das soluções inteligentes já citadas aqui: o Coworking SMART!

Presente no mercado brasiliense a seis anos, a SMART Escritórios Inteligentes deu início a um plano de expansão que levará a marca para outras unidades da federação. Em 2019 foi inaugurada a primeira unidade fora de Brasília, em Teresina, capital do Piauí. Este ano, a marca chega em Curitiba (PR). 

A marca traz soluções flexíveis e inovadoras para os empresários, com estrutura para atender empreendimentos de todos os portes, profissionais liberais e autônomos em regime de home office. Serviços personalizados de acordo com suas necessidades, com contratos avulsos ou fixos. Os principais serviços oferecidos são: escritório virtual; endereço fiscal para o registro de empresas; locação de salas executivas, de reuniões e treinamentos; atendimento telefônico e outros.

Você pode salvar a sua empresa agora mesmo! Para se cadastrar, basta falar com um de nossos consultores pelo WhatsApp. Eles estarão prontos para tirar suas dúvidas e conversar com você para encontrar o plano ideal para suas necessidades. Depois, você preencherá sua ficha cadastral, enviará os seus documentos e o resto é com a gente! Em menos de 24h, você poderá retomar as suas atividades, coordenando a sua equipe para manter a motivação e o incentivo de um time que com certeza precisa da sua gestão.

Conheça nossos serviços e escolha o plano mais adequado às suas necessidades. Você segue com o sonho da sua empresa agora para colher os frutos do seu sucesso em breve!

A partir de R$79 mensais você poderá economizar muito com os seguintes serviços:

  • ENDEREÇO FISCAL
  • COWORKING
  • SECRETÁRIA COMPARTILHADA
  • CONTABILIDADE ONLINE
  • CERTIFICADO DIGITAL com 50% de desconto
  • GESTOR FINANCEIRO
  • CLUBE DE NETWORKING

CADASTRE-SE AGORA e nossos consultores farão seu atendimento 100% da sua casa! Como são muitos empreendedores vivendo esta situação, as VAGAS são LIMITADAS de acordo com nossa capacidade de atendimento.

Existe o jeito antigo de trabalhar e existe o jeito SMART!

Hoje a SMART é considerado o MELHOR COWORKING de BRASÍLIA pelo melhor custo-benefício com alto padrão e contratação mais ágil. Você pode até se dar ao luxo de pesquisar, mas, voltará a ele pela certeza de que não encontrou nada igual. Aqui temos certeza que você consolidará a sua EMPRESA INTELIGENTE com MENOS custos e MAIS RESULTADOS!

Quer ter o seu coworking e endereço fiscal em Brasília? Entre em contato com a SMART e faça sua empresa crescer!

Brasília – Asa Sul
​Av. W3 Sul CRS 502 Bl C Loja 37

Brasília – Asa Norte
Av. W3 Norte SEP/N 504 Bl A 3º Andar

Teresina/PI
Av. Homero Castelo Branco, nº 383​, Jóquei​

Categorias
Administração Destaque Empreendedorismo Escritórios Virtuais Produtividade

Endereço fiscal: o que é, como funciona e porque um empreendedor deve ter um

Endereço fiscal: o que é, como funciona e porque um empreendedor deve ter um

Na hora de abrir uma empresa, uma das exigências é que seja apresentado o endereço fiscal do novo negócio. Mas você sabe exatamente o que é essa informação?

Como o nome já sugere, trata-se do endereço que prova a existência física e jurídica do empreendimento perante as autoridade.

Portanto,mserá ele que aparecerá em todos os documentos oficiais, como é o caso de alvará, das nota fiscais e do CNPJ.

Toda a comunicação com o fisco (presencial ou por correspondência) será feita nesse endereço.

É importante ressaltar que o endereço fiscal não necessariamente é o mesmo local em que a empresa funciona, o que chamamos de endereço comercial.

O primeiro é utilizado exclusivamente para objetivos tributários e oficiais.

Enquanto o segundo diz respeito apenas ao lugar em que o negócio funciona sendo, portanto, o que aparece nos cartões de visitas, nos sites e materiais de divulgação.

Isso significa que uma mesma empresa pode ter dois endereços, caso seja necessário. Vamos explicar melhor.

O endereço fiscal não precisa ser igual ao endereço comercial

Empresas que têm um grande capital inicial, normalmente conseguem definir um lugar para iniciar suas atividades.

Com isso, na hora de fazer o registro já apresentam o endereço do lugar em que funcionam, de modo que o endereço fiscal e o comercial são o mesmo.

Essa mesma situação acontece, por exemplo, com microempreendedores que, por questões de praticidade e economia, utilizam o próprio endereço residencial para os dois casos.

No entanto, essa não é a realidade de todos.

Nem sempre o endereço fiscal corresponde a um local atrativo e positivo para os negócios, de modo que o empreendedor opta por transferir as atividades da empresa para outro local.

Como funciona na prática:

Essa mudança não exige a atualização do cadastro na Prefeitura, de modo que a empresa pode ter um endereço diferente para cada situação.

Uma solução cada vez mais utilizada por microempreendedores ou profissionais liberais, principalmente prestadores de serviço, são os coworking ou escritórios virtuais.

Além de oferecerem um local de trabalho mais adequado e toda a estrutura necessária para as atividades da empresa, muitos também oferecem o serviço de endereço fiscal.

Assim, paga-se uma taxa mensal para utilizar tanto o endereço fiscal quanto o comercial desses espaços, de modo que toda correspondência oficial também é enviada para o coworking.

de modo que toda correspondência oficial também é enviada para o coworking.

As vantagens de ter um endereço fiscal para sua empresa

Contratar esse tipo de serviço tem ajudado muitos empreendedores a iniciarem um negócio de forma mais rápida, simples, econômica e segura.

Ao fazer isso, o endereço fiscal pode ser utilizado também como comercial.

Desse modo, o dono da empresa poderá fazer reuniões e receber suas correspondências no próprio coworking.

Dependendo do que for acordado, também é possível contratar o serviço de secretárias e de atendimento junto ao serviço do endereço.

Mas essas não são as únicas vantagens. A seguir listamos alguns pontos que provam porque todo empreendedor deve ter um endereço fiscal:

Regularização garantida


O endereço fiscal é essencial para que a empresa seja regularizada junto aos órgãos competentes.


Com ele, será possível tirar o CNPJ e fazer o cadastro na junta comercial, por exemplo.

Ao contratar o serviço, esse processo torna-se mais fácil e rápido, evitando dores de cabeça para encontrar um local apropriado para sua empresa.

Burocracia reduzida

São vários os processos necessários para se abrir uma empresa e toda a burocracia pode prejudicar o início das atividades.

Com o serviço de endereço fiscal, a preocupação em encontrar um local apropriado e cujo preço caiba em seu bolso não existirá mais.

Afinal, você terá acesso a toda estrutura necessária para montar seu negócio.

Garantindo, portanto, a credibilidade necessária a ele por um preço acessível.

Custos menores

Alugar um espaço comercial não é das opções mais baratas para quem está começando um negócio.

Ainda mais quando se acrescenta a isso toda a estrutura necessária para que ele funcione.

Por outro lado, o aluguel de um endereço fiscal oferece tudo o que você precisa por bem menos, de modo que o custo se torna menor.

Networking

Ter contato com as pessoas certas é essencial para gerar mais negócios e impulsionar sua empresa.

E, isso, é facilmente adquirido no espaço de coworking.

Esse tipo de local reúne pessoas criativas de diversas áreas, possibilitando uma verdadeira troca de ideias e indicações para grandes oportunidades de negócio.

Ter um endereço fiscal é uma excelente forma de dar os primeiros passos da empresa.

Passos esse com segurança e economia, sendo indispensável para o sucesso da sua empresa.

Se você não faz ideia das inúmeras vantagens de ter um endereço fiscal e usufruir das instalações de escritórios inteligentes?

A Smart pode te ajudar com planos que cabem no seu bolso. Além de te ajudam a ganhar mais tempo para você e a sua empresa.

Clique aqui e conheça nossos planos e descubra um mundo novo de possibilidades.

Categorias
Destaque Empreendedorismo Produtividade

Técnicas para aliviar o estresse na rotina empreendedora

Todo empreendedor já passou por algum momento de ansiedade e de angústia, mesmo quando tudo parecia estar indo bem com o negócio. Não é por acaso, o peso de levar nos ombros um empreendimento pode se tornar excessivo, mesmo para quem se preparou para isso. O risco maior é que esse estado leve a alguma consequência física, como depressão, acidentes vasculares, problemas no coração, entre outros. Nada melhor, então, do que aprender como aliviar o estresse na vida como gestor.

Como aliviar o estresse na vida como empreendedor?

Existem inúmeras técnicas, práticas e ferramentas que podem ajudar a aliviar o estresse no dia a dia. O mais importante é que você conheça a si mesmo para testar e entender o que pode ser mais efetivo, trazendo mais tranquilidade para a sua rotina e dando novas forças para encarar os desafios que virão pela frente.

Abaixo, listamos algumas das técnicas mais comuns entre os empreendedores:

1. Exercício Físico

Praticar exercícios físicos é uma excelente forma de colocar a energia no lugar certo e, além disso, liberar hormônios como adrenalina e endorfina. Boas opções para quem deseja aumentar o foco e a concentração podem ser escalada, alongamento e natação. Para quem quer liberar energia, corrida e dança podem ser boas alternativas!

Uma dica é reservar um tempo para a prática de esportes e exercícios logo no início da manhã. Assim, fica mais difícil este momento perder espaço para algum compromisso profissional.

2. Meditação

Meditação é outra prática bastante recomendada para empreendedores que desejam aliviar o estresse na rotina. E não precisa ser especialista para começar a sentir os efeitos. Meditações guiadas de 10 a 15 minutos por dia, ao acordar ou antes de dormir, ajudam a manter a calma para agir com mais precisão. Se quiser testar, aplicativos para celular como Calm podem ser um bom primeiro passo!

3. Mindfulness

Bastante relacionada à meditação tradicional, a técnica de Mindfulness propõe viver o momento presente – algo essencial para reduzir a ansiedade. As principais premissas são realizar uma atividade de cada vez, ter consciência do que está fazendo e conectar-se ao presente. Pode parecer difícil para um empreendedor que vive rodeado por inúmeros estímulos, mas prever algumas horas por dia dentro desse modelo pode fazer toda a diferença!

4. Acompanhamento psicológico

Ainda existe certo tabu no Brasil em torno de acompanhamento psicológico. Uma bobagem, afinal, fazer terapia regularmente pode ser essencial para que o empreendedor possa lidar melhor com todos os desafios de seu cotidiano. Especialmente se trouxermos para a discussão o fato de o gestor estar sempre em uma posição solitária, em que dificilmente pode compartilhar seus receios com o restante das pessoas que fazem parte do negócio.

5. Mentoria e aconselhamento

Além da terapia, contar com a mentoria ou o aconselhamento de um profissional mais experiente pode ser uma forma interessante de conhecer a visão de quem já passou pelo mesmo tipo de situações estressantes. Seja de maneira formal ou por meio de grupos de empreendedores, esta troca é importante para que você não se sinta tão sozinho.

6. Respiração

Fale a verdade, em um dia com alta intensidade de trabalho, você lembra de respirar? Aquela respiração profunda antes de tomar qualquer decisão ou reagir a um problema pode ter mais valor do que você imagina. Por isso, em momentos de muita ansiedade, pare por cinco minutos e controle sua respiração, respirando profundamente e pausadamente. Os efeitos são bastante positivos para reduzir o estresse!

7. Pausas regulares

Já que falamos em parar 5 minutos para respirar, é importante que você valorize aquelas pautas para dar uma volta no quarteirão, sair para almoçar ou simplesmente tomar um cafezinho. Caminhar e desviar a atenção do trabalho ajudam a oxigenar o cérebro, aguçar a criatividade e podem ser a chave para a resolução de problemas.

O que funciona para aliviar o seu estresse?

Aqui você leu sobre algumas técnicas bastante utilizadas por empreendedores na hora de reduzir a ansiedade, evitar o estresse e lidar de forma mais tranquila com os diversos percalços que fazem parte da rotina de um empreendedor. Como falamos anteriormente, entretanto, o que importa é você conhecer a si mesmo e descobrir o que irá funcionar ou não para o seu estilo de vida. Que tal começar a testar a partir da nossa lista?

Categorias
Destaque Empreendedorismo Marketing

Marketing Digital para pequenas empresas: por que investir?

Empreendedores que estão à frente de negócios de pequeno porte sabem muito bem como é necessário coordenar o orçamento minuciosamente para garantir o crescimento sem comprometer o faturamento, com margens geralmente bastante apertadas. Diante disso, muitas vezes, o investimento em Marketing Digital para pequenas empresas deixa de ser uma prioridade essencial.

Custos fixos, escritório, recursos humanos e investimentos diretamente relacionados à produção ou à prestação de serviços precisam permanecer em primeiro lugar. Mesmo assim, os investimentos em Marketing e, prioritariamente em Marketing Digital, devem ser considerados para manter a sustentabilidade e a competitividade da empresa.

Por que investimentos em Marketing devem ser feitos?

É comum que pequenos empresários façam investimentos baixos ou sequer destinem verbas para Marketing, devido aos poucos recursos disponíveis para a contratação de um profissional interno ou de uma agência parceira.

Investir nesta área, entretanto, é essencial para garantir o crescimento do número de clientes para além da rede de relacionamentos do empreendedor e sem demandar alto esforço comercial na prospecção fria de potenciais compradores.

Felizmente, nos últimos anos, o Marketing Digital para pequenas empresas tem permitido que ações sejam realizadas com menor custo inicial e com maior facilidade de mensuração do que no Marketing tradicional.

Marketing Digital para pequenas empresas: 5 razões para investir

Começar a realizar ações de Marketing Digital para pequenas empresas não precisa envolver grandes orçamentos e complexas campanhas. Veja abaixo os principais motivos pelos quais empreendedores devem considerar esta área em seus orçamentos:

1. Baixo investimento

Ao contrário do Marketing tradicional, que remete a altos custos quando pensamos em anúncios e materiais gráficos, com o Marketing Digital é possível começar com investimentos bem mais baixos. Não é por acaso que o Facebook tenha se tornado uma ferramenta tão importante para as pequenas empresas brasileiras.

Com uma página nesta rede e auxílio de anúncios, é possível impulsionar vendas antes mesmo de ter um bom site no ar. O investimento em mídia paga também não precisa ser exorbitante nos primeiros passos, podendo ser facilmente ajustado conforme a verba disponível em cada período do ano.

2. Alcance de público amplo e preciso

O Marketing Digital também é bastante efetivo para atingir o público ideal para a empresa, desde que bem direcionado. Ao contrário dos anúncios tradicionais em revistas, jornais, entre outros, em ferramentas como Google Ads, Facebook Ads e LinkedIn Ads, é possível segmentar quem verá a publicidade de acordo com fatores como comportamento e perfil demográfico.

3. Avaliação de resultados e retorno sobre investimento

Assim como é possível ser bastante preciso na segmentação do público, você consegue avaliar assertivamente o resultado de cada ação, analisando o retorno do investimento em cada uma delas. Isso é possível graças às ferramentas de mensuração das mídias digitais, que permitem inclusive definir o objetivo para a campanha e direcionar o orçamento para maximização dos resultados.

4. Fácil adoção de tendências

O Marketing Digital também permite aderir a tendências de forma mais rápida e sem significar altos investimentos. Com uma boa câmera de celular, por exemplo, é possível iniciar a produção de conteúdos em vídeo, uma das principais apostas atualmente. Outros exemplos são ferramentas para criação de sites, robôs de atendimento (chatbots), automação de mensagens de e-mails, entre outros.

5. Escalabilidade

Por fim, o Marketing Digital para pequenas empresas também permite escalar facilmente os resultados comerciais, de acordo com o investimento que for aportado. Isso permite que você possa começar aos poucos e, conforme tiver retorno, possa ampliar seu orçamento em Marketing, inclusive diversificando ações.

O que falta para a sua empresa investir mais em Marketing Digital?

O Marketing Digital para pequenas empresas tem sido um aliado importante para o crescimento, sem exigir alto investimento inicial ou sofisticadas campanhas. Diante disso, nossa dica é que não adie o início das atividades nesta área, mesmo que o orçamento esteja apertado. Tente iniciar com ações de baixo custo (ou até mesmo gratuitas) para depois, aos poucos, ampliar o que for possível. Lembre-se, sem Marketing suas vendas serão sempre limitadas!

Categorias
Destaque Empreendedorismo Escritórios

Dicas para tirar a sua empresa do papel

Apesar da crise econômica, ou até mesmo motivado por ela, o empreendedorismo não para de crescer no Brasil. No último ano, o número de novas empresas criadas no país foi o maior dos últimos 8 anos, ultrapassando 2 milhões de novos empreendimentos (Serasa Experian).

A nossa cultura empreendedora, entretanto, nem sempre é suficiente para manter os negócios abertos, como bem sabemos devido à alta taxa de empresas que encerram as atividades logo nos seus primeiros anos.

Por esta razão, se realizar o sonho de abrir o próprio empreendimento faz parte dos seus sonhos, neste artigo vamos dar dicas essenciais para a fase de planejamento, que irão ajudar a tirar a sua empresa do papel com menos risco!

8 Dicas para tirar a sua empresa do papel

Confira abaixo alguns passos fundamentais que precisa dar antes de começar a vender seu produto ou serviço e de colocar a sua empresa no mercado!

1. Compartilhe sua ideia com quem pode ajudar

Embora a gente sinta, muitas vezes, que as boas ideias devem ser guardadas como um tesouro escondido, os empreendedores percebem que há cada vez mais valor em compartilhá-las com quem pode ajudar a tirar a sua empresa do papel.

Se tem já uma boa ideia de negócio, prepare uma boa apresentação sobre ela, liste as suas principais dúvidas e busque suporte da sua família, de empreendedores mais experiências, de potenciais investidores e de instituições como o Sebrae. Assim, pode receber inputs valiosos do que precisa ser aprimorado em seu planejamento antes de começar a atuar como empresário.

2. Estude o mercado, profundamente

Antes de colocar um negócio para rodar, tenha certeza de que possui um mercado potencial interessante e com possibilidades de escalar resultados. Para isso, busque ferramentas de inteligência de mercado ou, até mesmo, contrate um consultor para realizar um estudo mais completo.

3. Fale com potenciais clientes

Criar um produto ou serviço sem ter certeza de que o público-alvo estará interessado em pagar por ele pode ser um tiro no pé. Felizmente, com a internet é fácil de obter informações sobre o interesse de potenciais clientes, tanto por meio de dados estruturados quanto pela realização de pesquisas quantitativas.

Mas não se esqueça também de realizar conversas aprofundadas para afinar sua oferta a esse mercado específico!

4. Encontre possíveis colaboradores e sócios

Muitos empreendedores pensam que só será necessário estruturar a equipe após o negócio estar rodando e  a demanda ter aumentado. Este pode ser um perigoso engano, principalmente se houver habilidades e competências essenciais ao negócio que não fazem parte do seu perfil.

Por exemplo, se você tem intenção de começar um negócio que envolve desenvolvimento tecnológico, precisará desde os primeiros passos contar com um bom líder para esta área.

Isso não significa, entretanto, começar desde o primeiro dia com uma gorda folha de pagamento. Apenas comece a conversar com seus potenciais sócios e colaboradores e tenha cartas na manga para quando for necessário crescer o time.

5. Tenha um plano financeiro

Falta de planejamento financeiro é um dos principais motivos para empresas encerrarem suas atividades em seus primeiros anos. Por isso, antes mesmo de solicitar a criação de um CNPJ, estruture muito bem seu plano de investimentos até que a empresa comece a dar lucro e possa caminhar com as próprias pernas. Estabelecer um plano de reinvestimento no negócio, da mesma forma, é importante para a sustentabilidade financeira.

6. Elabore a estratégia de Marketing e Vendas

Além do planejamento financeiro, outro plano muito importante a ser realizado antes de tirar a sua empresa do papel é o que diz respeito às áreas de Marketing e Vendas. Definir estratégias e ações principais para gerar reconhecimento de marca, atrair potenciais clientes e fechar negócios deve ser prioridade antes mesmo de começar a desenvolver o produto ou serviço em questão.

7 . Conte com o suporte de um contador

Não são poucas as especificidades envolvidas na hora de tirar a sua empresa do papel. Legislação, tributação, normas municipais… Por isso, nossa recomendação é não deixar de consultar o especialista desde o princípio, para tomada de decisão assertiva em relação aos processos de abertura de um negócio.

8. Encontre o escritório ideal

Independente se a sua empresa possui ponto de venda fixo ou presta serviços a partir de um escritório, é importante contar com um bom endereço comercial como sede. No segundo caso, entretanto, os novos negócios contam com a opção econômica e sob demanda dos coworkings e escritórios virtuais, o que pode representar uma boa economia nos primeiros passos.

Não se esqueça: teste e depois teste novamente!

Neste artigo, você conheceu elementos principais para tirar a sua empresa do papel correndo menos riscos e seguindo de forma mais direta ao sucesso como empreendedor. Tem uma dica, entretanto, que será constante ao longo de toda a sua jornada: fazer testes do seu modelo de negócio.

Desde o modelo de negócio inicial, na abertura da empresa, até checagens contínuas ao longo dos anos. É assim que estará preparado para ajustar a rota e para ter sempre um produto ou serviço relevante para o mercado!