Categorias
Sem categoria

Smart Niterói: Já ouviu falar em Ticket médio? Saiba o que é, e qual a sua importância para sua empresa

Conheça esse importante indicador: o ticket médio. Siga comigo nesse artigo e descubra tudo sobre ele!

A sua empresa precisa analisar alguns indicadores, para entender realmente, o que precisa modificar ou continuar fazendo para conseguir ter cada vez mais resultados, ou ainda conseguir superar pontos negativos.

Uma empresa que não analisa seus números é uma empresa que está fadada ao fracasso. Quando falamos de empreendimentos, também estamos falando de números/dados. Por isso, não interpretar os números e não utilizá-los como fontes para estratégias é um erro que ninguém deve cometer.

No texto de hoje, mostrarei o conceito e a importância do ticket médio. Além disso, vou ensinar como calcular e analisar de forma correta. Tudo para você poder usá-lo corretamente, e trazer resultados satisfatórios para o seu negócio.

Mas afinal, o que é ticket médio?

O ticket médio é a média de gastos em pedidos, ou seja, quanto maior for esse valor, mais os seus clientes gastam com seus produtos/serviços. 

Além disso, o ticket médio pode ser usado como um importante indicador de comportamentos dos seus clientes em relação a sua marca, podendo ajudar a entender a satisfação do cliente com a empresa.

O ticket médio é representado através de um número que demonstra o valor de compra que cada cliente gasta em média. Podendo ser levantado de forma ampla ou através de um, ou mais produtos/serviços.

Desse modo, se o valor do ticket médio aumenta, a quantidade de lucro tem fortes chances de aumentar. E não necessariamente, terá que conseguir mais clientes para ter mais lucro, mas sim, aumentar a quantidade gasta por quem já é cliente. 

Ticket médio: qual é a sua importância?

Ter a informação correta do ticket médio é muito importante, uma vez que ele é considerado como uma das métricas de maior importância para entender seu negócio e buscar maximizar os seus resultados.

Ele irá fornecer informações importantes para a gestão da empresa, sendo muito útil para elaborar estratégias e planejar as vendas, onde o objetivo final é aumentar o lucro através dos resultados. 

Toda essa importância se dá, pelo fato de ser mais fácil buscar formas de vender mais para quem já é cliente, do que encontrar propriamente novos compradores. Por exemplo, poderá oferecer desconto para os melhores clientes e ainda assim lucrar, por estar vendendo mais, mesmo com desconto.

Também irá precisar de menos investimento, tendo em vista que quem já é cliente, conhece e confia nos produtos ou serviços. Mas isso não significa que a empresa não deva buscar novos clientes, inclusive existem diversas formas de aumentar os resultados, veja 5 estratégias de vendas nesse outro artigo.

Visto o tamanho de sua importância, é preciso entender também como fazer a análise correta, para ter dados reais, nos quais será possível criar planos sólidos. O que nos leva para o próximo ponto.

Como fazer a análise do ticket médio?

Esses são alguns pontos importantes sobre como deverá ser a análise correta do ticket médio:

  • Não analise o ticket médio de uma maneira isolado, sempre utilize um histórico de análises. Uma vez que fazer uma análise sazonal, poderá criar dados irreais. Por isso, acompanhe de maneira ampla;
  • Analise o ticket médio da sua empresa com base nela mesmo, e no que ela vende. Uma vez que diferentes produtos e serviços têm valores diferentes o que gerará tickets médios diferentes (onde nem sempre um maior, significa que a empresa terá mais resultados);
  • Analisando o histórico e comparando os resultados atuais com seus anteriores, será possível entender se aumentaram ou não. Por isso, faça comparações mês a mês, semestre a semestre, e ano a ano, assim você terá resultados reais;
  • O ticket médio é um importante indicador, porém não o utilize como a única métrica de análise financeira da sua empresa. É importante manter a análise em outros indicadores, tais como: lucro, renda, margem de contribuição, entre outros.

Como calcular o ticket médio?

Basicamente existem duas formas de calcular o ticket médio, com base nos números de vendas e com base na quantidade de clientes. Vou falar sobre cada uma delas.

Calcular ticket médio tendo por base o número de vendas

Para calcular esse tipo de ticket médio, vamos seguir a seguinte fórmula:

TM(V) = VT / V

Onde:

TM(V) = Ticket Médio de Vendas

VT = Volume total de vendas no período escolhido

V = Quantidade de vendas realizadas

Vou usar o exemplo da empresa fictícia ELEVEN, para podermos entender. Dessa forma, vamos usar os seguintes valores:

Volume total de vendas da empresa ELEVEN : R$1.000.000,00

Quantidade de vendas realizadas: 250

Usando a  fórmula:

TM(V) = 1.000.000 / 250

TM(V) = 4.000

Dessa maneira, o ticket médio de vendas no período estipulado é de R$4.000,00. Então, a empresa poderá buscar formas de aumentar o valor do ticket médio. Aqui é onde a equipe de vendas deverá estudar formas de fazer os clientes gastarem mais (aumentando o ticket médio).

Com isso, mesmo que mantenha as 250 vendas no período, poderá ter um total de vendas bem maior. Veja, se o ticket médio aumentar para R$4.100,00 (estamos falando de apenas R$100,00), teremos o seguinte cenário:

VT = TM(V) * V

Onde:

TM(V) = R$4.100,00

V = 250

Aplicando a fórmula:

VT = 4.100 * 250

VT = 1.025.000

Se a empresa ELEVEN aumentar o TM em apenas R$100,00, o valor total irá subir R$25.000,00, sem ter que aumentar o número de vendas, apenas criando um modo de fazer cada cliente gastar um pouco mais em cada contrato.

Verifique com a sua equipe, a possibilidade de incluir produtos ou serviços que não alterem tanto o valor final da compra do cliente, tornando a inclusão um acréscimo em algo que ajude nas necessidades do cliente (que ele vai adquirir pelo baixo custo) e ainda garantir para sua empresa um aumento no TM.

Como calcular ticket médio tendo por base a quantidade de clientes

Outro método bastante comum de calcular o ticket médio é utilizando a quantidade de clientes. Onde será possível entender quais são os seus melhores clientes (que dão mais lucro), quais são clientes normais e quais menos contribuem com o montante de vendas.

Para esse exemplo prático, vou usar novamente a fictícia empresa ELEVEN. Agora, a fórmula é bastante parecida, mas será preciso utilizar outro dado chave, a quantidade de clientes. Veja:

TM(C) = VT / C

Onde:

TM(C) = Ticket Médio por cliente

VT = Continua sendo volume total de vendas no período escolhido (vou continuar com o VT igual ao exemplo anterior)

C = Quantidade de clientes (que nesse exemplo será de 142 clientes)

Aplicando a fórmula:

TM(C) = 1.000.000 / 142

TM(C) = 7.042,25352

Na ELEVEN o ticket médio por cliente no período analisado é de R$7.042,25. Com esse número será possível identificar quais são os melhores clientes, onde a quantidade de vendas estão bem acima dos R$7.042,25. E quais clientes são os piores, onde as vendas estão bem abaixo dos R$7.042,25.

Para os melhores da lista, dá-se o nome do clientes-chaves (em inglês key accounts). Os clientes-chave ou key accounts, geralmente são os que representam os 20% com mais valor gasto atribuído. 

Por exemplo:

O cliente X gastou (no período avaliado) R$20.000,00

Já o cliente Y (no período avaliado) gastou R$3.500,00.

Dessa forma, o cliente X gastou quase 3 vezes mais do valor do TM, enquanto o cliente Y gastou menos da metade do valor do TM. Para agregar ainda mais, será muito importante a sua empresa entender o quanto ela gasta para manter um cliente.

Assim poderá focar nos clientes que mais contribuem, dando descontos, criando promoções, entre outras formas de fidelizar sua carteira. Dessa forma, tendo clientes com gastos muitos maiores que o TM, e obterá lucros cada vez maiores.

Conclusão

Após explicar o conceito, a importância e como fazer os cálculos para encontrar o ticket médio, é chegada a hora de aplicar o conceito em sua empresa, e assim conseguir tirar o máximo de proveito dessa importante métrica. 

Se não conhecia o conceito de ticket médio, releia este artigo até conseguir captar todas as nuances. Além é claro, de seguir à risca o tópico de como fazer a análise do ticket médio, com isso, as chances de sucesso serão bem maiores.

Aqui no blog, você encontra dezenas de artigos interessantes, onde vai entender importantes aspectos e características do empreendedorismo. Vou deixar dois artigos para complementa a leitura atual: 

Não deixe de compartilhar esse texto nos seus grupos de WhatsApp, para que mais pessoas se familiarizem e apliquem o conceito de ticket médio. 

Agradeço a sua leitura e nos vemos em breve!

Categorias
Sem categoria

Pensando em empreender? Esses são os desafios da mulher empreendedora

As mulheres enfrentam muitos desafios em nossa sociedade, com o empreendedorismo (infelizmente) não seria diferente. No artigo de hoje, vamos apresentar os desafios que toda empreendedora enfrenta.

As mulheres tiveram que lutar muito para conquistar o seu espaço na sociedade, felizmente houve uma grande evolução nesse sentido, nas últimas décadas. Embora grande, essa evolução ainda é pouca comparada aos desafios

Pensando do ponto de vista do empreendedorismo, esse desafio é ainda maior. Embora o desafio seja grande, acreditamos que toda mulher que deseja empreender, deve investir no seu sonho. 

Esses desafios são apenas degraus que as mulheres estão e vão continuar superando. Acreditar nos seus objetivos fará com que as mulheres derrubem cada vez mais preconceitos, que existem nas empresas e na sociedade em geral.

Principais desafios que as mulheres empreendedoras enfrentam

Empreender tem os seus desafios, por isso vamos focar nos que as empreendedoras enfrentam simplesmente por serem mulheres, dessa forma, alguns desafios comuns do empreendedorismo não irão aparecer nesse texto, pois são aplicados a todo mundo que deseja empreender, tanto homens quanto, mulheres. 

empreendedora

Nosso foco é evidenciar que as mulheres, infelizmente, enfrentam além dos desafios tradicionais do empreendedorismo, os desafios por simplesmente serem mulheres tentando empreender ou empreendendo.

Preconceito

Não dá para separar os problemas que já são evidenciados da sociedade, para a realidade das empresas. Com isso, as mulheres carregam a “herança” de todo machismo e sexismo que construiu a sociedade em que vivemos.

“Verdades” como “lugar de mulher é em casa, cuidando dos filhos e do marido” e “lugar de mulher não é trabalhando”, entre muitas outras frases prontas, infelizmente se tornam verdades sem aspas na cabeça de pessoas que não conseguem evoluir.

Até pouco tempo atrás (se pensarmos como sociedade) mulheres não tinham direito nem ao voto, não podiam cursar faculdades e muito menos expor a sua opinião. Foi um desafio muito grande apenas para elas começarem a trabalhar. Imagine os desafios que elas enfrentam para empreender, por conta de todo esse preconceito.

Para as mulheres que estão lendo, devem vir à mente muitas coisas que já tiveram que enfrentar e lutar para conseguir conquistar algo, em uma sociedade assim. 

E para quem acha que esse preconceito não existe mais, uma pesquisa recente mostrou que a maioria das pessoas (entre homens e mulheres) não se sentem confortáveis em serem lideradas por uma mulher. Isso só mostra quanto o preconceito é o maior desafio que as mulheres vão enfrentar para poder empreender.

Importante! Esse preconceito nas empresas, não se aplica apenas às mulheres, outros grupos tidos como minorias (negros, indígenas, homoafetivos, entre outros), enfrentam muitos problemas em empreender.

Múltipla jornada

Com a ideia de que “lugar de mulher é na cozinha, cuidando dos filhos”, criou-se outro desafio para as mulheres, a de enfrentar uma jornada múltipla. É preciso deixar claro que existem mulheres que preferem ser donas de casas e não tem nenhum problema nisso, caso seja da vontade delas.

Porém, nosso foco são as mulheres empreendedoras, que precisam conciliar a árdua tarefa de administrar uma empresa e ainda encontrar tempo para cuidar dos filhos e da casa.

Muitos têm uma visão que todo empreendedor é alguém muito bem-sucedido, que vive em mansões e tem dezenas de empregados. Isso está longe de ser verdade, principalmente em nosso país.

Muitas mulheres possuem as suas empresas e ainda no fim do dia precisam cuidar dos filhos e organizar a casa nas suas (poucas) horas de folga. Esse é um desafio sem tamanho, a mulher acaba não tendo tempo para viver. Ter um empreendimento pode ser muito desgastante.

Não é incomum que mulheres desistam do sonho de empreender, por simplesmente não ter tempo para fazer tudo o que precisam. Ou ainda, mulheres que empreendem e desistem de objetivos pessoais, como ter filhos, fazer algum curso, mudar de pais e/ou casar, entre muitos outros.

Felizmente, muitas mulheres com ajuda de seus companheiros ou companheiras, lutam diariamente para empreender e ainda conseguem cuidar da casa e da família. Cuidar da casa e dos filhos é tarefa para os pais, não apenas para a mulher. 

Não é o objetivo do texto, mas vale para todas as mulheres que pretendem construir uma vida com alguém, saiba escolher alguém que te entenda, te respeite, esteja ao seu lado, acredite em você e te ajude.

Falta de incentivo

Outro fato decorrente do preconceito, a falta de incentivo para as mulheres empreenderem. Seja muitas vezes, na própria família, por parte de investidores e até mesmo dos bancos, a vida da empreendedora costuma ser bem mais difícil.

Até mesmo as empreendedoras que alcançaram muito sucesso relatam grandes dificuldades na hora de ter um incentivo. Tendo que lutar contra tudo e contra todos para chegar ao tão sonhado sucesso. 

Mas são com essas e outras mulheres empreendedoras de sucesso, que aprendemos que mulheres podem e devem empreender. O que nos leva para nosso próximo ponto.

Mulheres: vale a pena empreender?

A resposta é SIM! Mesmo com todos esses desafios (e muitos outros), toda mulher que desejar e sonhar empreender deve buscar isso, com todas as suas forças. Parece clichê, mas é uma verdade absoluta: mulheres podem ser o que elas quiserem.

Em nosso país, cresce cada dia mais o número de mulheres empreendedoras. E é através delas que aprendemos cada vez mais, que as mulheres devem empreender e poderão ter muito sucesso

As mulheres por natureza são lutadoras, caso você seja mulher e deseje empreender, não desista dos seus sonhos. Caso seja homem, e a sua esposa, mãe, irmã, amiga ou filha tenha esse sonho, lutem ao lado delas para que elas tenham sucesso.

As porcentagens de mulheres que estão fazendo faculdade, compreende cerca de 60% do total de estudantes. Isso mostra que as mulheres estão se capacitando cada vez mais, não só para empreender, mas também em diferentes áreas de atuação. 

E se ainda não se convenceu se vale a pena, vamos trazer uma informação muito importante. Será com cada vez mais mulheres ocupando cargos importantes que a sociedade vai, finalmente, abandonar todo o preconceito. 

Todo esse preconceito institucionalizado dentro das empresas vai se dissipar, com mulheres sendo empreendedoras e liderando equipes para o sucesso.

O processo é lento, porém será mais rápido se a sociedade entender que eles e elas são iguais. Que todas e todos podem ter sucesso independente da área que escolherem trabalhar. O que deve importar não será seu gênero e sim a qualidade do seu trabalho e seu esforço.

Conclusão

Reuni alguns dos muitos desafios que as mulheres enfrentam no mundo do empreendedorismo. Meu desejo é que esses desafios logo acabem e que hoje sirvam de motivação para que as mulheres conquistem cada vez mais o seu espaço, vencendo o preconceito e o machismo que ainda está vivo.

Deixo aqui o meu apoio, para todas as mulheres que desejam empreender. Será pelo trabalho e luta de cada uma delas que a nossa sociedade vai conseguir evoluir, se tornando um ambiente livre para todos, independente de cor, orientação sexual e gênero. 

Outras dicas de empreendedorismo (para homens e mulheres) você também encontra aqui em nosso blog. Para quem gosta de vídeos sobre esse tema, recomendamos nosso canal no YouTube.

Compartilhe esse texto com as mulheres da sua vida, e para as mulheres que estão lendo, desejo força para continuarem na luta. 

Grande abraço, e até a próxima. 

Categorias
Sem categoria

O que é marketing empresarial? Aprenda a aplicar em seu negócio

Utilizar as estratégias certas para atrair e encantar clientes é um diferencial. Saiba como o marketing empresarial pode alavancar o seu negócio.

Muitos fatores colaboram para o crescimento de uma empresa. Planejamento financeiro, uma boa gestão de equipe e investimentos estratégicos são questões importantes para que um negócio se sustente.

Porém, existe um outro fator fundamental que garante o sucesso de uma marca: o marketing empresarial. O marketing é um dos pilares de qualquer negócio ou carreira. 

Não importa se você está pensando em abrir um negócio, ou já tem um produto/serviço consolidado no mercado. Mesmo com pouco dinheiro para investir, você ainda poderá se beneficiar dele.

Vamos falar como o marketing empresarial pode impactar o seu negócio.

Entenda o que é marketing empresarial

O marketing empresarial envolve todas as práticas que envolvem captação e relacionamento com o cliente. É um processo que pensa desde a elaboração do produto até a venda para o cliente.

Ele considera quais são as estratégias que podem ser mais eficazes na hora de divulgar o seu negócio e/ou apresentar o seu produto ao cliente.

Para quem é indicado o marketing empresarial?

Não importa em qual estágio o seu negócio está, se você tem o objetivo de aumentar suas vendas e conquistar novos clientes, você precisa investir em estratégias de marketing empresarial.

Essas práticas funcionam muito bem para pequenas empresas e microempreendedores individuais. Tudo irá depender de encontrar uma estratégia, que melhor se adeque a realidade da sua empresa e que funcione com os seus clientes.

Iniciando a estratégia de marketing empresarial

Antes de  começar qualquer estratégia de marketing empresarial, existem alguns elementos que precisam ser considerados. Para isso, vamos conhecer os 4 P do marketing:

Produto: esse P refere-se ao serviço/produto desenvolvido por sua empresa. É desenvolvido de acordo com os desejos e necessidades do seu público-alvo, a fim de resolver os problemas e solucionar as dores da sua persona

Importante: lembre que não basta apenas vender produtos ou serviços para os clientes, mas é necessário proporcionar soluções e experiências que os encantem. Dessa maneira, você poderá garantir que sua empresa tenha um diferencial e mostrar para o cliente que a sua empresa se importa com a satisfação dele.

Preço: o preço nada mais é do que o valor monetário que o cliente precisa investir para contratar os serviços ou adquirir os produtos da sua empresa. 

Nessa etapa, é preciso ponderar quais são os objetivos do seu negócio e qual é a imagem que sua empresa deseja passar. 

Preços mais baixos certamente são um atrativo para muitos consumidores e podem aumentar muito suas vendas. Porém, preços mais altos costumam passar a ideia de qualidade do produto e credibilidade da empresa.

Por isso, é preciso definir bem o que é viável para seu negócio e também para o cliente. Encontrar um equilíbrio é o ideal para que ambas as partes saiam satisfeitas.

Praça: o terceiro P representa o ponto comercial em que seu produto/serviço será divulgado e comercializado. Isso não significa necessariamente, um local fixo, mas em qual plataforma o cliente pode visualizar os produtos e chegar até eles. Seja uma loja física, um e-commerce ou até mesmo um catálogo, é necessário que tudo seja bem organizado e de fácil acesso para proporcionar uma experiência agradável ao cliente.

Promoção: a promoção não diz respeito a descontos ou ofertas, mas a formas de promover o seu produto. Nesse ponto, é preciso desenvolver estratégias inteligentes para divulgar o seu negócio e atrair ou alcançar os clientes para o seu negócio. 

Seja a partir de marketing digital ou formas tradicionais de divulgação, é necessário utilizar os canais que alcancem o seu público alvo a fim de possibilitar uma comunicação eficaz.

Os melhores canais de atuação

É preciso saber em quais canais o seu público-alvo está presente para poder apresentar suas soluções a ele. Se você quer investir em marketing de conteúdo, por exemplo, alimentar blogs e redes sociais com artigos relevantes é uma estratégia interessante.

Mas também é importante investir em outras plataformas, como e-mail marketing, por exemplo, e otimizar suas páginas de web com as técnicas de SEO.

Coworking

Uma boa opção para quem está começando um negócio e tem pouco dinheiro para investir em um bom ponto comercial é usar um coworking. 

O Coworking, pode ser entendido como um espaço compartilhado entre várias empresas, onde as mesmas dividem as despesas e a área de acesso comum, também podem ter compartilhamento criativo, ajudando no desenvolvimento geral.

Nesse modelo, sua equipe pode contar com uma infraestrutura de alto nível que proporciona conforto e prestação de serviços necessários, como recepção, serviço de copa e manutenção.

Entre em contato com a Smart Coworking, ela oferece mais do que uma estação de trabalho, ou locação de salas, ele é uma coworking com muitos benefícios para o empreendedor, desde clube de vantagens, até plataformas com conteúdos exclusivos. 

A Smart também disponibiliza o serviço de endereço fiscal. Permitindo que a sua empresa tenha o endereço de CNPJ na própria Smart. 

Com planos a partir de R$79,90 (sem multa de cancelamento), você terá o seu escritório pronto em até 24 horas. Além de contar com recepcionista, assistente virtual e serviço de gestão de correspondência, em localização estratégica. 

Vale o investimento, acredite.

Conheça os planos e descubra uma nova forma de trabalhar, o jeito Smart de fazer negócios! 

Conclusão

Nesse artigo, aprendemos sobre marketing empresarial e formas de aplicar na sua empresa. Seguindo nossas dicas, você que está começando terá uma grande ajuda.

Trouxemos também uma excelente dica, os serviços da Smart Coworking, vale a pena conferir.

Obrigado pela leitura e em breve nos vemos em outro artigo.

Categorias
Sem categoria

Isso é o que todo empreendedor smart deve saber

Um empreendedor Smart precisa ter algumas características extremamente importantes e, é sobre elas que vamos falar hoje.

Se você já possui um negócio e busca aprimora-lo, entenda que antes de mais nada, precisa melhorar a parte de liderança.

Um empreendedor precisa ter algumas características essenciais para que possa “comandar” sua empresa com sucesso, uma delas é entender a importância de saber liderar.

Todo empreendedor precisa saber ser líder, independente se você tem ou não funcionários, é líder da mesma forma porque você está se liderando, e liderando a empresa.

Com isso, se faz necessário alcançar a máxima excelência para que seu negócio chegue onde almeja. É nesse momento que a liderança Smart entra para ajudar a entender o que você precisa ter para ser um líder Smart.

Existem características específicas, que essa liderança apresenta, por isso listamos as principais:

Características de um líder smart

Não adianta ter um ótimo time se tem um líder que não exerce seu papel corretamente. É como ter uma Ferrari e não saber dirigir. 

Por isso, para que você seja um ótimo “condutor”, separamos as principais  características desse tipo de  líder.

Ser Justo:

Um líder justo não é aquele carrasco que todos temem, mas aquele que define limites para todos de forma extremamente justa e clara.

Por exemplo, elaborar um manual do colaborador é uma boa alternativa porque é possível pontuar o que vai ser aceito e o que não vai ser aceito na empresa.

Dessa forma, o colaborador não poderá afirmar que não tem conhecimento desses limites, pois ele terá o manual do colaborador com tudo claramente escrito.

Um líder Smart precisa usar sua inteligência para manter a ordem, de uma forma que a própria equipe desenvolva o senso de responsabilidade sobre as regras e acima de tudo sobre suas responsabilidades.

Ser Coerente:

Ser um líder coerente é importante porque todos confiam na sua palavra, não adianta você falar algo e fazer algo totalmente diferente, você estará sendo incoerente.

Sendo um líder incoerente pode trazer algumas situações desagradáveis por exemplo, na sua equipe alguém se tornar o líder pelas suas costas, mas você continua acreditando que exerce esse papel muito bem mas na verdade, já substituíram você.

Por fim, com uma boa coerência a sua equipe terá mais confiança e segurança em tudo na empresa.

Ser Flexível:

Obviamente que você deva ser totalmente duro com seus funcionários, mas é preciso ter firmeza para conseguir fazer o negócio crescer.

Mas, ter a flexibilidade é bom até para criar boas relações, mas não seja tão flexível a ponto de prejudicar a empresa.

Seja amigo dos seus colaboradores, esteja aberto para esclarecer dúvidas e faça com que o ambiente de trabalho seja um lugar legal.

Por fim, no momento de cobrar, cobre mas sem grosseria ou seja, tenha a flexibilidade.

Empreendedor smart

Independente se a sua empresa é registrada ou não, você precisa pensar lá no final, que é o seu lucro.

É nesse momento que entra a parte de quanto você vai investir e por quanto você vai vender.

Entenda que a empresa que deve servir o empreendedor, mas saiba que no início não é assim porque é aquele treinamento, após esse início lembre-se dessa frase que citamos.

Dessa forma, o lucro é o seu ponto principal a ser pensado, porque sem o lucro, qual o motivo de continuar com a empresa?

Entenda que a empresa é geradora de lucros, para conseguir esses lucros é necessário ter certeza que esse produto ou serviço que você escolheu, interessa as pessoas e qual o público se interessa mais.

Tudo isso é algo importante a se pensar para não ficar no prejuízo e ter que acabar fechando seu negócio por falta de lucro.

Para identificar se dá dinheiro, utilize a técnica do porco-espinho que é essa:

  • O que eu gosto?
  • Dá lucro?
  • Você sabe fazer bem?

Com essas perguntas vai ser mais identificar seu ramo e se isso interessará as pessoas para realizar a aquisição seja do seu produto ou serviço.

Porque sabemos que não dará muito lucro, se você escolher algo que gosta mas não sabe fazer, lembre-se que a qualidade é importante em qualquer área.

Mas se é o seu desejo fazer parte dessa área que é boa financeiramente, comece a se preparar, pesquise ou faça cursos.

E não pense que apenas pensar nos lucros é errado, na verdade, é uma questão de sobrevivência, porque o empreendedor não tem aposentadoria, ou seja, tudo que ele ganha hoje é importante guardar um pouco para não passar por situações desagradáveis.

Com isso, entenda que a procura do lucro não é a ganância mas é uma busca necessária.

Por isso é importante ser um empreendedor smart porque é possível observar onde é a sua fonte de lucro e ainda é um diferencial ser esse tipo de empreendedor.

Dessa forma, observe seu lucro e analise se o que você está oferecendo para as pessoas é interessante ou não.

Por fim, estude sua empresa, faça cursos se necessário e não esqueça das características que são essenciais para um líder smart.

Conclusão

Esperamos que esse conteúdo tenha esclarecido todas as suas dúvidas e não esqueça de compartilhar para todos.

Se ficou alguma dúvida, deixe nos comentários ou entre em contato conosco pelas redes sociais.

Até o próximo artigo!

Categorias
Sem categoria

Veja como a empresa Mundi Projetos Esportivos reduziu 90% dos seus custos

Se você já conhece o coworking, mas não sabe como aplicá-lo em sua empresa para reduzir custos, entenda como isso é possível no artigo de hoje.

Seja você um empreendedor que está começando agora o seu negócio ou um empresário que já tem uma empresa consolidada no mercado, temos certeza de que você tem um objetivo em mente: reduzir custos.

Em qualquer setor, existem passos importantes para organizar as finanças e diminuir aqueles gastos excessivos ou desnecessários. Se você está buscando por outras alternativas para ter um resultado ainda melhor nesse processo, saiba que o Coworking é uma opção que pode reduzir seus custos de forma significativa.

Esse novo modelo de negócio pode abrir portas para que sua empresa continue crescendo e se desenvolvendo.

É uma estratégia que proporciona uma melhor gestão financeira dos seus recursos, praticidade no que diz respeito à infraestrutura e otimização da rotina de sua empresa.

Por que aderir ao coworking imediatamente?

Independente do estágio em que o seu negócio esteja nesse momento, é preciso que haja uma estrutura adequada para que você desenvolva suas atividades.

É necessário investir em recursos básicos, como luz, internet de alta velocidade, equipamentos de qualidade, como computadores, notebooks e aparelhos celulares, além de ter um mínimo de privacidade para poder produzir bem.

Se você tem um time, os gastos são ainda maiores. Nesse caso, seus custos envolvem aluguel de salas e auditórios, além de ter um gasto significativo com copeira, faxineira, luz, água, internet e manutenções para manter tudo funcionando. 

Essas questões consomem tempo e energia. E somando tudo isso às burocracias fiscais, trabalhistas e de gestão, você ainda pode perder dinheiro. 

Foi exatamente isso que o empresário Carlos Eduardo Cabral, da empresa Mundi Projetos Esportivos, estava vivendo.

Depois de passar oito anos em um escritório físico, com toda uma infraestrutura planejada e montada que demandou um grande investimento, ele resolveu experimentar um novo modelo de negócio.

A decisão de fazer a transição de um escritório próprio para um modelo inteligente foi impulsionada pelas diversas vantagens que o coworking oferece, como recepcionista, serviço de copa, clubes de vantagens e descontos e networking.

Existem várias formas de reduzir despesas com a infraestrutura de uma empresa. Carlos Eduardo Cabral analisou e percebeu que o coworking era a alternativa mais vantajosa.

Além da economia significativa com gastos de infraestrutura, ele teria mais tempo para investir no que realmente importa na gestão do seu negócio, e consequentemente, gerar mais lucro para a empresa.

É uma alternativa que possibilita Inclusive a conquista de novos clientes e parceiros em seu novo ambiente de trabalho.

O relacionamento com outros profissionais em um ambiente de trabalho compartilhado era uma forma de trocar experiências, expandir seus contatos e ainda divulgar o seu trabalho.

Além de ter sido uma experiência muito vantajosa para o empresário, o coworking o aproximou de ideais como a cooperação entre profissionais nesse ambiente compartilhado e a valorização dos novos modelos de trabalho.

Entretanto, o maior benefício foi percebido no bolso, com certeza. Depois de um ano e meio nesse modelo de negócio, a Mundi Projetos Esportivos reduziu em 90% seus gastos com infraestrutura!

Uma mudança estratégica, muito bem sucedida e com resultados impressionantes.

Como o coworking ajuda a reduzir custos?

reduzir_custos

Depois de conhecer a história do Carlos Eduardo Cabral e de seu negócio, você deve estar se perguntando: como um escritório inteligente pode me fazer gastar menos?

A resposta é simples: Você não precisa imobilizar seu capital!

A maioria dos coworking não exigem cauções ou fiadores, tem contratação rápida em até 24 horas e não possuem taxa de cancelamento.

Com planos mensais a partir de R$ 79,90, você pode ter uma estação de trabalho e toda a estrutura para seu negócio disponível para uso no mesmo dia da contratação.

Sabemos o quanto é difícil começar um negócio tendo que investir em um escritório, aluguel, arquiteto, reforma, móveis novos, entre outros gastos.

Por isso, é importante que o novo empreendedor busque estratégias para reduzir ao máximo esses custos. Quanto mais prático e ágil for esse processo, maiores são os benefícios para os empresários.

Empresas de todos os portes se beneficiam de escritórios compartilhados. Desde estudantes, profissionais liberais, autônomos, até grandes empresas, como é o caso de grandes marcas como Uber, Google e Microsoft. 

O coworking é um modelo de negócio que permite flexibilidade, praticidade e economia compartilhada. 

Ou seja, além de reduzir custos, o empresário tem mais tempo livre e mais qualidade em seu dia a dia. 

Isso significa tirar da sua rotina os detalhes que antes causavam estresse e preocupação, diminuindo a ansiedade e o esgotamento. Uma solução inteligente e vantajosa para quem busca simplificar o dia a dia.

Se interessou? Conheça nossos planos e faça parte dessa nova forma de trabalhar, experimente o jeito Smart de fazer negócios!

Categorias
Sem categoria

[SMART BRASÍLIA] Conheça os 8 melhores aplicativos para organizar a tão sonhada viagem pós-quarentena

Após a quarentena a maioria das pessoas deseja fazer aquela viagem para se distrair e relaxar, por isso é importante organizar tudo, conheça alguns aplicativos que vão te ajudar.

A parte de turismo foi uma das áreas mais prejudicadas com a pandemia, já que inúmeras passagens foram adiadas por conta do novo Coranavírus. 

Uma grande quantidade de hotéis e fronteiras foram fechadas.

Por isso, enquanto esperamos tudo se normalizar, podemos nos  organizar é preparar  uma viagem pós-quarentena para deixar tudo isso de lado. Por isso, selecionamos alguns aplicativos que vão te ajudar nessa organização.

Melhores aplicativos para organizar sua viagem

  1. Sygic Travel Maps:

Com esse aplicativo é possível encontrar onde está acontecendo as melhores atrações, comprar ingressos, reservar hotéis e muitos outros recursos.

Para facilitar ainda mais, quando você não estiver com r acesso à internet, o aplicativo permite que você acesse aos mapas de forma offline.

E claro, é compatível com IOS e Andoid.

  1. Tripadvisor:

Esse é ideal para você que vai conhecer um lugar totalmente novo e deseja saber a opinião sincera de quem já esteve lá.

Esse aplicativo te permite conferir as avaliações dos viajantes do local, dos hotéis, restaurantes, museus e assim por diante.

Com essa plataforma é possível comparar o valor das passagens, ingressos de museus, hotéis e ainda realizar reservas.

Por fim, está disponível para IOS e Android.

  1. Kayak:

Perfeito para comparar os preços de tudo relacionado a viagens. Tudo bem que existem outros aplicativos com essa função, mas esse é considerado o melhor.

Nas comparações estão os valores de aluguéis de carros, hotéis e passagens. Está disponível para Android e IOS.

  1. Triplit:

Um ótimo planejador de viagem, com ele é possível checar os horários dos voos, conferir as reservas, encontrar endereços e coletar informações importantes do itinerário.

Todas essas informações são criadas de formas automática e enviada para o seu e-mail, dessa forma, é possível ter acesso de forma offline.

Essa programação pode ser sincronizada com a sua agenda para evitar atrasos e esquecimentos.

Disponível para IOS e Android.

  1. Tripsy:

Esse aplicativo te ajuda a organizar seus passeios e possibilita a você compartilhar sua programação com seus amigos e familiares.

É possível receber alerta de voos, salvar os documentos para conseguir acessar em qualquer momento e está disponível tanto para Android, como para IOS.

  1. RentalCars:

Esse aplicativo é perfeito para você que vai para lugares que o Uber ou táxi não vão, o RentalCars vai te ajudar com o aluguel de carros.

Com esse aplicativo é possível comparar o valor de mais de 100 locadoras no local.

O pagamento pode ser feito em reais mesmo a viagem sendo no exterior e está disponível para IOS e Android.

  1. SplitWise:

Uma plataforma perfeita para aquela viagem em grupo onde você precisará fazer aquela divisão de despesas.

Ele possibilita colocar os valores em outras moedas e associar exclusivamente algumas pessoas do grupo a despesas específicas.

Extremamente útil! Disponível para IOS e Android.

  1. Buser:

Esse é para quem prefere as viagens de ônibus, a Buser permite que sua passagem de ônibus seja 60% mais barata.

E a maioria das passagens disponíveis é para viajar de uma forma confortável, a maioria são passagens para leitos, cama, etc.

Com uma segurança sensacional, para realizar a reserva que é feita pelo próprio aplicativo sem enfrentar filas na rodoviária é uma opção sensacional.

E para viajar basta apenas apresentar seu RG, disponível em IOS e Android.

[Bônus] Dicas para a próxima viagem pós-quarentena

Para as próximas viagens o ideal é você optar por lugares dentro do seu país, porque outros países podem ainda estar com certas restrições.

Opte também por voos curtos para não ficar em lugares com  aglomeração.

Escolha locais que tenham atrações ao ar livre para novamente, evitar as aglomerações.

Hospedagens pequenas são perfeitas para a sua primeira viagem pós-quarentena, porque não concentrara muitas pessoas.

Cidades pequenas são uma ótima escolha também para começar com as viagens.

Por fim, pesquise bastante sobre os locais, você pode utilizar os aplicativos que citamos para te ajudar a organizar tudo com tranquilidade.

Conclusão

O ano de 2020 foi bem difícil com o cancelamento das reservas de viagens e 2021 não está muito diferente, mas calma que quando acabar essa onda do Covid, você vai poder viajar bastante, por isso é importante se organizar.

Agora você sabe como organizar sua viagem pós-quarentena para tudo dar certo, é aproveitar a baixa para garantir ótimos descontos

Escolha seu aplicativo ideal, aquele que vai te ajudar tanto com a organização da viagem, como com a compra das passagens.

Por fim, só realize a reserva quando acabar a quarentena e todos estiverem vacinados, e mesmo assim continue tomando cuidado.

Esperamos que o conteúdo tenha esclarecido todas as suas dúvidas, e não esqueça de compartilhar.

Se ficou alguma dúvida, deixe nos comentários..

Até o próximo artigo!

Categorias
Sem categoria

SMART BRASÍLIA: Ambev cria programa de cocriação para startups

Programa é criado para auxiliar empreendedores no processo de desenvolvimento de startups

startups

Nas últimas semanas, a companhia produtora de cervejas Ambev deu início às inscrições para quem deseja participar do programa Além, formado para incentivar e auxiliar o desenvolvimento de empresas startups em todo o Brasil.

O objetivo da empresa com a ação também é abrir os caminhos para a inovação, a fim de gerar benefícios não apenas para a companhia, como para os pequenos negócios que fizerem parte deste desenvolvimento em conjunto.

Sendo assim, trata-se de uma ótima oportunidade para quem deseja resultados maiores e melhores na sua própria empresa através de uma aliança. 

Desse modo, a empresa pode não só pensar no crescimento individual, como investir em uma oportunidade para a expansão de outras. 

É uma ótima iniciativa, até mesmo para auxiliar quem está começando e deseja impulsionar as startups de forma positiva, além de gerar visibilidade. 

Isso porque, principalmente em um cenário de crise na economia, esse fator pode contribuir para a expansão de empresas emergentes, e por consequência, para a geração de empregos.

O Programa ‘Além’ 

A ideia principal do programa é chamar pequenos empreendedores para manter a conexão de propósito em suas startups com a Ambev. 

A instituição, que deseja lançar uma nova companhia, precisa de negócios inovadores e que proporcionem soluções para os seus problemas. 

Para isso, possui a assistência do Distrito, uma das maiores referências em inovação; e Innoscience, empresa de consultoria na mesma área.

Sendo assim, esse alinhamento de ideias promete surgir a partir não só desta resolução de problemas, mas da correlação na produção, detalhes que envolvem o público e muito mais. 

Além disso, um dos principais requisitos de participação é a capacidade de explorar bem as possibilidades e desenvolver o foco em aspectos práticos e fortes para o mercado, não só para potencializar de início, mas para abrir o caminho dos testes e ir além do retorno financeiro. 

Isso equivale, principalmente, ao fato de que as startups têm alcançado um espaço cada vez maior na sociedade. 

Um exemplo disso é a startups de alimentos do Ex-Ceo da Disney, que gerou uma série de oportunidades com o seu negócio.

Como funciona o Programa

O Além ocorrerá de forma digital, ou seja, todo o processo e acompanhamento será realizado pela internet. 

Isso porque, o uso da tecnologia deverá ser utilizado como um dos principais instrumentos para o alcance de resultados positivos para a população.

O material necessário para a participação das empresas esteve no site da instituição até o dia 31 de janeiro. Contudo, não existe um limite ou quantidade certa para entrar no processo de seleção. 

No entanto, é importante lançar uma proposta realmente atrativa e com base na ideia do projeto para a escolha da empresa. 

Além disso, é importante que as startups participantes realizem vendas com frequência, e já possuam um produto concluído. 

Outro aspecto a ser considerado é a necessidade de que haja um total de, pelo menos, dois sócios para se dedicar inteiramente ao projeto, já que demanda tempo e atenção. 

De acordo com Gustavo Araújo, o profissional CEO do Distrito, a empresa possui alta capacidade na formação de oportunidades para pequenos empreendedores, que ao fazerem parte da ideia, poderão ser ainda mais vistos e promovidos e crescer no segmento em questão.

Além disso, em sua fala, o responsável pela Innoscience, Maximiliano Carlomagno, afirmou que em sua jornada, a empresa Ambev já possui um histórico de auxiliar no crescimento de outros negócios a partir das suas ações. 

O objetivo geral que a empresa possui é gerar impacto em todo o mundo com as ações envolvidas em conjunto com as startups. 

Seja um empreendedor Smart

startups

É muito importante validar que ações como a da Ambev estão presentes em todo o mercado para dar oportunidade para que empresas emergentes façam apostas inovadoras e mantenham a sua imagem potencializada diante do mercado.

Se você deseja abrir ou desenvolver o seu negócio, é preciso conhecer essas oportunidades que o mercado oferece para facilitar a sua trajetória. 

A Smart Coworking oferece as melhores soluções para desenvolver as suas ideias em um espaço completo.

Oferecemos soluções para reduzir os custos, e aumentar a sua produtividade, além de uma série de benefícios que podem levar a sua empresa ao topo. 

Além disso, você garante um espaço para receber clientes e fazer reuniões para a sua startup.

Nosso escritório oferece não só conforto e modernidade, mas a chance de que oportunidades como a da Ambev cheguem aos seus ouvidos e possam fazer a diferença no futuro na sua startups. 

Ademais, a geração de Networking é ainda maior por ser um espaço compartilhado entre profissionais das mais diversas áreas. 

Acesse a nossa página inicial agora mesmo, entre em contato conosco e saiba mais sobre os nossos planos exclusivos em Brasília. Vem ser Smart!

Categorias
Sem categoria

O que é Cultura Forte e como aplicá-la em sua empresa?

A sociedade possuí elementos que as identificam; as empresas, também. Veja o que significa Cultura Forte e sua importância na gestão empresarial.

No uso comum da linguagem, uma das conotações que a palavra cultura tem, é a de conjunto de elementos próprios de uma pessoa ou sociedade, que fazem parte da identificação pessoal ou comunitária.

Nesse sentido, a cosmovisão, as manifestações artísticas, a literatura, a linguagem e uma série de outros elementos conformam uma cultura.

No âmbito empresarial a coisa não muda tanto. 

Uma cultura forte é o conjunto de elementos que dão identidade a uma empresa, ao mesmo tempo, em que constroem a sua base.

A cultura nesse contexto refere-se ao conjunto de elementos próprios de uma instituição, que lhe dão identidade.

Em O Empreendedor Smart, o empresário e mentor de negócios Saulo Da Rós destaca a profunda ligação entre a cultura de uma empresa com as metas e anseios do empreendedor.  

Sendo assim, uma coisa espelha a outra: um empreendedor que sonha alto e constrói com os pés bem firmes no chão, é o responsável pela formação de uma empresa com bases estáveis e com metas elevadas, mas realizáveis.

A cultura empresarial é a responsável pelo êxito ou pelo fracasso de uma empresa, e é ela que dá as pautas da relação dos colaboradores entre si, e entre a empresa e os clientes.

Por isso que uma cultura forte é fundamental para uma empresa, porque é através dela que um negócio pode diferenciar-se dos demais. 

O Empreendedor Smart traz uma série de dicas muito boas quanto à importância de uma cultura forte. 

O blog também está recheado de dicas superinteressantes. Não deixe de acessar.

A construção de tudo isso está intimamente ligada às aspirações do empreendedor. E nesse processo de forjar uma cultura empresarial, a busca por conhecimento é imprescindível.

Aqui vale a pena lembrar-se a máxima dita pelo velho filósofo Epiteto: 

É impossível um homem aprender aquilo que ele acha que sabe”. 

Isso quer dizer que todo aquele que se propõe metas, deve estar continuamente aberto para novos aprendizados, e para reformular, a partir deles, as próprias estratégias quantas vezes forem necessárias.

Contudo, a abertura à novidade não significa abrir mão dos objetivos. 

O importante é reconhecer que a arrogância e a prepotência não são, de maneira nenhuma, boas ferramentas de crescimento. 

Pelo contrário, a chave do Empreendedor Smart é a humildade.

Então, tenha claro que formação não é gasto, é investimento. 

E felizmente, atualmente até mesmo na Netflix podemos encontrar séries que podem ajudar na gestão empresarial.

Quais elementos fazem parte da formação de uma cultura forte?

Cultura Forte

Vamos agora conhecer os elementos que formam uma cultura forte e são fundamentais para uma boa gestão institucional:

1. A formulação de diretrizes internas: isso ajudará a organizar o funcionamento da empresa. 

Chame-o como preferir, código de ética ou regimento interno, mas esse decálogo interno deve apresentar os princípios sobre os quais se construirá a instituição, e como devem respeitar-se os seus membros.

2. Liderança: sem um capitão que dê ânimo ao grupo, e que ajude a discernir a rota em meio ao mar revolto e nos momentos de incerteza, é muito provável que ocorra um naufrágio. 

Não se trata de alguém que dá ordens a partir de uma cadeira confortável em uma sala com ar condicionado. Não. 

O líder deve ser alguém que sabe com clareza aonde a empresa quer chegar, e motiva a equipe a alcançar esse objetivo. 

A motivação organizacional ajuda e muito, por isso o líder deve conhecer seus benefícios e saber aplicá-la.

3. O ritmo: é importante que uma cultura forte esteja marcada pela execução sistemática de elementos que formam parte da empresa. Mantenha o ritmo que ele manterá a empresa. 

    Lembre-se da dimensão profundamente ritual que marca a existência das culturas. Também as empresas devem ter alguns protocolos estabelecidos. 

     Contudo, o respeito a tais protocolos não devem representar jamais um abafamento da proatividade. O equilíbrio é fundamental.  

4. Cultive a dimensão simbólica: a presença de algo que remeta à empresa ajuda, e muito, a que a cultura forte seja estável, e continuamente construída. A identidade é fundante em qualquer cultura.

Bases firmes para uma construção sólida

Uma cultura empresarial forte deve contar com três componentes imprescindíveis: missão, visão e valores.

1. Missão: diz respeito ao propósito. Quem caminha sem um destino, não chega em lugar nenhum, ou a todo momento pensa que já chegou. Ter uma missão clara ajuda a investir energia e recursos de maneira focada.

2. Visão: não basta saber aonde se quer chegar, é importante metas claras e estratégias para isso. A visão de uma empresa deve ser a que indica com precisão o caminho e os prazos: 

     “Onde estou, aonde quero chegar, como e quando? ”. 

    Os colaboradores de uma empresa devem ser partícipes dessa visão. Um exemplo de um grande empresário que se preocupa por isso é o de Jeff Bezos. 

     Embora já seja bilionário, o fundador da Amazon ainda participa da seleção de colaboradores.

3. Valores: são os princípios e as qualidades irrenunciáveis. Uma       empresa pode ser muito cara, mas pouco valiosa. 

    Aqui cabe lembrar que nem só de resultados financeiros se constrói uma empresa de sucesso. Os valores pessoais podem e devem ser uma contribuição à construção dos valores institucionais.

 

Conclusão

Vamos agora apresentar em poucas palavras tudo aquilo que desenvolvemos ao longo deste artigo.

Uma cultura forte refere-se aos pilares de uma empresa, e a tudo aquilo que dá identidade a ela.

As diretrizes são fundamentais para organizar-se. A liderança não se encarrega de dar ordens, mas ajuda a manter o ânimo da equipe. 

O ritmo permite que o processo de desenvolvimento seja contínuo. 

E a dimensão simbólica permite que a empresa seja perenemente recordada por aqueles que a conformam e por seus clientes.

Ademais, as bases imprescindíveis de uma empresa são construídas a partir da definição clara de uma missão, uma visão e dos valores.

Categorias
Sem categoria

A importância do pensamento estratégico na sua empresa

Isso pode fazer com que a sua empresa atinja outro patamar de forma consolidada, confira.

O que é um pensamento estratégico?

Para que você consiga entender de forma rica, acreditamos que seja importante entender o significado da palavra.

Estratégico deriva de estratégia e essa, deriva da palavra strategia, palavra latina que significa a astúcia de desenvolver habilidades que farão com que você enfrente problema de forma assertiva.

Ou seja, basicamente, o pensamento estratégico é você ter um mindset que consiga antecipar possíveis contra tempos futuros e construir um planejamento no presente, para que quando eles cheguem você esteja preparado.

Talvez possa parecer confuso, mas calma que você irá entender e assim se aproveitar dessa estratégia que fará com que você se destaque de todos os seus concorrentes.

Como ter o melhor pensamento estratégico?

pensamento estratégico

Como viu anteriormente, esta forma de pensar é responsável por permitir com que você consiga estar preparado para as dificuldades que podem surgir no futuro.

Considerando que pesquisas demonstram que os brasileiros possuem a característica de não se planejarem para possíveis adversidades no futuro, você acaba de se destacar da massa se tornando especial, ou seja, um vencedor.

Sobreviva a tempos difíceis

Construindo o pensamento estratégico  

Para que você consiga se consolidar de fato essa forma de pensar é necessário que conheça o passo a passo responsável por forma o pensamento estratégico, os passos a seguir foram resultados da nossa pesquisa em conjunto com especialistas consolidados na área empresarial nacional e internacional.

PL para Ação

Como o próprio nome já evidencia, tudo começa pela construção do Plano de Ação, uma vez que ele será responsável por fazer com que você consiga se destacar de todos os outros indivíduos na hora mais critica que sua empresa pode enfrentar.

Foco

Nossa pesquisa apontou que este é um ponto que costuma ser subestimado por uma porcentagem gigantesca dos indivíduos que possuem o desejo de dominar essa forma de ver o mundo tão avançada, mas que não estão verdadeiramente dispostos a pagar o preço.

Foco é ter a clareza de onde você quer chegar, nesse momento você esquece do ponto de partida e direciona seu olhar apena para onde você quer chegar, inclusive, segundo especialistas para onde o seu foco é direcionado a coisa tende a expandir.

O que alerta para existência da possibilidade de você ter que reformular o seu foco por já ter atingindo-o, sem foco não há movimento.

Planejamento

Aqui você traça o que caminho que você precisa percorrer para chegar naquilo que foi colocado como foco (alvo).

Uma dica é sempre colocar as atividades, ações ou tarefas que você precisa realizar de forma gradativa e interligadas, ou seja, o passo anterior precisa estar ligado ao passo futuro, isto é regra!

Para você que possui uma empresa, é agora que você adiciona mais três pontos em cada passo dessa caminhada, são eles:

  • Quem ficará com a responsabilidade de realizar este determinado passo
  • Quanto de recurso humano você necessita
  • Quanto de capital será necessário investi

Ação

Esse ponto é de extrema importância, uma vez que ele é responsável por fazer com que você se coloque em movimento.

Nossos estudos, demonstram que aqueles que conseguem construir o foco, ou seja, seu ponto de chegada, mas não se colocam em ação, são frustrados com sua realidade.

Porque eles ficam em um estado onde apenas pensam em como vai ser essa chegada em seu foco, ao invés, de buscar fazer com que o sonho seja realidade, por isso, seja um indivíduo de ação e não de ilusão.

Como planejar-se para o próximo ano.

Bônus

O conteúdo passado acima representa uma pequena porcentagem do que você pode aprender se optar fazer a escolha assertiva de aprender com um especialista.

No livro O Empreendedor Smart, Saulo Da Rós traço todo o caminho que um empreendedor em busca de sucesso através de um pensamento estratégico precisa saber.

Indo de O segredo para Criar um Negócio de Sucesso até Como se Torna um Empresário Smart, na prática.

Conclusão

Agora quero saber de você, curtiu as dicas? Acreditamos que sim, mas esperamos primeiro que você tenha visto como é de extrema importância ter a favor do seu negócio o pensamento estratégico.

Como você viu é possível saber tudo sobre essa forma de pensa assertiva!

é necessário levar nossas dicas em consideração, elas foram feitas reunindo o máximo de pesquisa e informações de especialistas. 

Categorias
Sem categoria

Smart Niterói: Empreendedor da cidade pode recorrer à crédito emergencial

Saiba tudo sobre as linhas de crédito emergencial que estão disponíveis para os moradores da cidade

Niterói vem se destacando durante a pandemia com os cuidados especiais dispostos a sua população. As medidas emergenciais não são somente para a área da saúde, mas também abarcam a economia local.

Em uma parceria com o Governo do Estado através da Agência Estadual de Fomento (AgeRio), foi lançado um novo programa de auxílio de crédito emergencial, o Supera Mais.

Com o objetivo de ampliar a oferta de crédito em condições especiais para empreendedores individuais, micro e pequenas empresas, o programa está disponível para os cariocas desde julho deste ano.

É importante lembrar que o governo da cidade já havia criado, através de lei municipal, o programa Niterói Supera em abril. O novo programa vem para complementar o que já estava vigente. 

Se você é empreendedor em Niterói e região e ainda não sabia sobre esta linha de crédito emergencial, você poderá encontrar neste artigo tudo o que você precisa saber para seguir empreendendo na Cidade Sorriso.

Programa Niterói Supera

Crédito emergencial

Em abril deste ano, após o primeiro mês de isolamento social devido à pandemia do COVID19, a prefeitura municipal lançou o programa Niterói Supera, para reduzir os impactos sociais e econômicos.

Por meio do programa, a prefeitura está pagando integralmente os juros dos empréstimos feitos pelo público-alvo junto às instituições cadastradas.

Estão autorizadas a participar do programa de crédito emergencial as micro e as pequenas empresas de pequeno porte, cooperativas ou associações de produção, além de profissionais liberais e trabalhadores autônomos.

O fundo tem os seguintes limites para financiamento de Capital de Giro:

até R$ 25 mil para profissionais autônomos e liberais;

até R$ 50 mil para microempresas;

até R$ 150 mil para cooperativas e empresa de pequeno porte com faturamento de até R$ 2,4 milhões;

até R$ 250 mil para empresa de pequeno porte com faturamento superior a R$ 2,4 milhões.

Algumas das condições básicas de financiamento são o prazo de 36 meses, carência de 6 meses, taxa de juros máxima de 2,0% ao mês (que fica a cargo da prefeitura), aceitação de aval e a fiança.

Programa Supera Mais

O programa de crédito emergencial Supera Mais chegou no mês de julho para complementar o programa Niterói Supera.

Visando garantir o acesso a crédito emergencial aos profissionais autônomos, das empresas de pequeno porte e microempresas com faturamento de até 1 milhão de reais, o programa será custeado pelo Fundo de Crédito Emergencial do Município de Niterói.

O Niterói Supera Mais terá as seguintes linhas de incentivo para capital de giro:

até R$ 20 mil para profissionais autônomos e liberais;

até R$ 50 mil para microempresas;

até R$ 80 mil para empresa de pequeno porte, sociedade de advogados e sociedades unipessoais de advocacia com faturamento de até R$ 1,0 milhão de reais.

Esta medida integra o Plano de Retomada Econômica de Niterói anunciado em julho de 2020 pela Prefeitura da cidade.

Ela dá continuidade ao Plano de Mitigação dos Impactos Econômicos e Sociais criados durante o período de isolamento social para contenção do novo Coronavírus.

Outras medidas municipais

O governo de Niterói tem se destacado no combate a pandemia com diversas ações sociais de prevenção e auxílio emergencial.

Ainda no mês de janeiro, quando a crise passava longe do Brasil, a prefeitura criou um grupo de resposta rápida que estudou os possíveis cenários, os seus impactos e quais medidas seriam tomadas para cada um deles.

A prefeitura criou um hospital especial dedicado apenas para os cuidados nos casos de COVID19, além de comprar 40 mil testes. Por estas medidas prematuras, a cidade conseguiu controlar os impactos na saúde.

Nas áreas sociais também houve incentivos financeiros e linhas de crédito emergencial. Além de um auxílio de 500 reais a seus moradores vulneráveis, o governo municipal disponibilizou diversos cursos online grátis.

Estas medidas fizeram com que a economia não parasse e as pessoas seguissem se capacitando. 

Em total, são mais de R$ 30 milhões em recursos disponibilizados pela prefeitura para a concessão de créditos emergenciais através da AgeRio somente na cidade de Niterói.

Por estes motivos, Niterói supera a crise e apostando no setor empreendedor, com cada vez mais empresas abrindo no município e profissionais se capacitando.

Empreendendo em Niterói

Quem investe na Cidade Sorriso sabe que ela é sinônimo de inovação.

Por isso, cada vez mais empreendedores aproveitam a crise econômica para se reinventar e se atualizar.

Em negócios competitivos, você precisa estar de acordo com as evoluções e conhecer todas as ferramentas para poder concorrer no mercado.

Dica Smart: Para isso, uma dica diferenciada para estar à frente dos seus competidores é passar o seu negócio para um coworking!

Compartilhando espaço você não só vai economizar nos gastos fixos, mas também vai poder trocar experiências, conhecimento e aumentar a sua rede de contatos.

E para você que é de Niterói e região, indicamos o coworking que mais cresce no Brasil!

Conheça hoje mesmo a unidade da Smart Coworking Niterói e passe a fazer parte de uma escolha inteligente.

Com seus escritórios executivos, salas de reuniões de alto nível e estações de trabalho, a Smart Coworking está preparada para receber desde o microempresário até o grupo de trabalho empresarial.

Tome agora mesmo uma decisão inteligente e passe seu negócio para a Smart Coworking!