Categorias
Administração Produtividade

Como a procrastinação pode levar seu negócio à falência? Descubra!

A procrastinação faz parte da sua vida (pessoal e empresarial)? Fuja dela quanto antes, ou poderá ser fatal!

A procrastinação é algo muito presente na sociedade. Imagine quantas horas as pessoas perdem ficando sem fazer nada. Agora, imagine se pessoas com grande potencial, tivessem deixado para depois suas ideias. É possível que ainda estivéssemos acendendo tochas para iluminar nossas casas e andando de carroças para chegar do ponto A, ao ponto B.

Você pode achar esse exemplo um tanto exagerado, e que a sua procrastinação não faz “mal” a ninguém. Mas é aí que mora o perigo da procrastinação. Ela parece tão irresistível justamente por criar essa ideia que produzir/desenvolver é algo chato que pode ser deixado para depois. 

Quando falamos de empresas, a procrastinação poderá causar a falência do seu negócio. Isso e muito mais, irei te apresentar no artigo de hoje. Venha comigo e use esse tempo para algo produtivo!

O que é procrastinação?

Antes de mais nada, precisamos entender o que é procrastinação. Podemos definir procrastinação como “deixar para depois o que pode ser feito agora”. É a não utilização do tempo ocioso para fazer algo útil. Em termos gerais, pode ser entendido como preguiça.

Quando não usamos o tempo atual para fazer o que é necessário, estamos trabalhando contra nosso eu do futuro. O problema da procrastinação é que é muito confortável deixar para depois.

Só não é muito confortável quando o depois chega. Pois, terá menos tempo para resolver. É nesse momento, que você irá sentir um arrependimento de não ter usado melhor seu tempo e ter executado a tarefa quando teve tempo. O problema maior, é que mesmo com essa experiência negativa com a procrastinação, ela tende a ocorrer novamente em uma situação parecida. 

Da mesma forma que procrastinar demais vai te atrapalhar, trabalhar demais também irá. Procrastinação não é o oposto de trabalhar e não tem o mesmo significado de descansar (que isso sim é bastante importante)

Procrastinar está ligado em fazer algo pouco relevante (no contexto de desenvolvimento) no lugar de uma tarefa importante, como ficar em redes sociais apenas olhando o que está acontecendo, no lugar de estar finalizando um relatório ou estudando.

Obviamente, todos nós em algum momento procrastinamos (já ouviu falar em preguiça boa?), o objetivo não é que a procrastinação nunca ocorra, mas sim que ocorra numa frequência bastante baixa. Caso sua ocorrência seja muito frequente, estará afetando seu desenvolvimento pessoal e poderá levar a sua empresa à falência.

Procrastinação na vida pessoal

Tempo é o bem mais precioso que temos. Será através dele que tudo irá ocorrer. É no tempo que nascemos, crescemos e morremos. Este texto não irá tratar das questões filosóficas envolvidas no tempo, porém essa afirmação sobre ele ser o bem mais precioso é extremamente válida para nossa conversa.

Muitas pessoas (talvez você seja uma delas) reclamam que nunca tem tempo para fazer algo produtivo (nesse ponto nosso foco é a sua vida pessoal, fora da empresa) como ler mais, estudar, fazer uma faculdade ou curso, praticar exercícios, entre outras atividades relevantes. Porém, essas mesmas pessoas, diariamente ficam horas sem fazer nada proveitoso.

Claro que jogar conversa fora, jogar videogame, etc., tem seu valor como laser. Não estou dizendo para não viver coisas em prol de apenas trabalhar e estudar. O foco é o tempo que você realmente fica sem fazer nada por pura preguiça. 

Utilize esse tempo para desenvolver algo relevante para sua vida, coisas que melhorem seu intelecto e sua saúde de forma geral. É vencendo a procrastinação que você irá descobrir que é possível encaixar atividades importantes no seu dia-a-dia.

Procrastinação no seu empreendimento

procrastinação

Chegamos no momento que definiu o título desse artigo. E não é nenhum sensacionalismo, a procrastinação tem um poder negativo imenso, nas empresas, podendo e sendo um fator muito determinante para a falência de um negócio.

Ambiente

Fatores como o ambiente também podem afetar o seu rendimento. Muitas pessoas tiveram dificuldade em vencer a procrastinação quando tiveram que atuar em home office (devido à pandemia)

Sair de um ambiente onde estava com uma mentalidade voltada para o trabalho e começar a trabalhar em casa (um ambiente visto como de descanso) pode ter trazido um desequilíbrio. 

Porém, é possível render da mesma forma em home office. É só uma questão de adaptação. O ambiente será muito importante, seja em casa ou na empresa, sempre tenha o cuidado de não ser afetado negativamente pelo ambiente que se encontrar, fugindo sempre de fatores que envolvem a procrastinação.

Os coworkings (escritórios compartilhados), por exemplo, são ambientes que trazem maior motivação e “quebra da rotina”, sendo uma excelente ferramenta para vencer a procrastinação. Quando você estiver motivado fazendo seu trabalho, pode ter certeza que não terá espaço para procrastinar.

Colaboradores

Algo muito importante dentro de um empreendimento é dividir as tarefas entre seus membros, além de focar em metas e prazos. Criando assim um ambiente que seja inóspito para o desenvolvimento de procrastinação. Se todos os colaboradores tiverem sua rotina definida, com seus projetos alinhados por prazos e metas, será muito mais difícil ter tempo livre para não fazer nada.

Se por exemplo, a sua empresa tem 10 colaboradores e 8 estiverem trabalhando de acordo e maximizando o tempo e apenas 2 em desacordo, será fácil lidar com isso, desde uma conversa séria, até a troca de pessoal. O problema maior é quando a própria empresa se torna um ambiente de procrastinação. O que nos leva direto para o próximo item.

Procrastinação “institucionalizada”

A procrastinação não vem apenas dos colaboradores, ela ocorre e muito com os empreendedores também. Se com os colaboradores já é algo perigoso, imagine só se for algo que tome conta de quem toma as decisões.

Será esse tipo de comportamento que levará a sua empresa à falência. Sem estar alinhado com tudo que ocorre na empresa, e estar longe do foco, decisões ruins serão tomadas. 

É preciso ser produtivo quando está gerindo seu empreendimento. Deixar tudo para depois, pode não ter mais volta. É preciso estar sempre atento e otimizando o tempo da melhor forma, aplicando medidas que melhorem todo o negócio.

Se essa organização e combate à procrastinação vier de “cima”, será muito mais fácil de introduzir na filosofia de todo o empreendimento. Contratando bons profissionais e ficando sempre em cima, para evitar que o tempo seja desperdiçado. São medidas excelentes para combater a procrastinação “institucional”.

Quando o empreendedor tratá seu negócio de qualquer jeito, com um desleixo grande em relação a assuntos importantes, utilizando o tempo para apenas “existir” ao invés de buscar formas de agregar e melhorar a empresa como um todo.  Além de lidar do jeito certo com problemas sérios, sem deixar eles sempre para depois. 

Nesse caso, esse depois, será a própria falência da empresa. Assuntos importantes devem ser tratados como prioridades, sendo resolvidos da forma mais rápida e eficiente, sem desperdiçar o tempo dos colaboradores e do empreendedor. Tempo esse que deve ser utilizado em prol do desenvolvimento da empresa.

Conclusão

No artigo de hoje, apresentei para você o conceito da procrastinação, tanto na sua vida pessoal, quanto no dia-a-dia da sua empresa. A procrastinação é muito perigosa e pode atrasar sua vida, além de poder, levar seu empreendimento à falência.

O texto, evidenciou a importância de não deixar para depois e que é possível fazer agora, ainda mais se esse tempo perdido for para algo irrelevante. A procrastinação é como uma “praga” nas empresas.

Cabendo ao  empreendedor tomar duas medidas, não ser “dominado” pela procrastinação e criar boas políticas na empresa, punindo e eliminando toda forma de procrastinação.

Para artigos relevantes sobre empreendedorismo, continue lendo o blog da Smart.

Gostou do conteúdo? Não deixe de compartilhar com seus amigos através das suas redes sociais.

Agradeço a leitura, e nos vemos em breve.

Saulo Da Rós

Por Saulo Da Rós

Saulo Da Rós é Autor do Método O Empreendedor Smart, CEO e Founder do Coworking SMART. Pós-graduado em Planejamento e Gestão pela Universidade Federal do Paraná – UFPR e Master Coach FEBRACIS. Criador do Método Empresa Smart, ensina um passo a passo detalhado e comprovado para reduzir os custos e a burocracia dos negócios de seus clientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *