Categorias
Coworking Empreendedorismo

Como os novos empreendedores estão crescendo em coworkings?

Reunimos nesse artigo, motivos, histórias e dicas para novos empreendedores que desejam começar em um coworking.

O espaço de coworking é muito ligado a novos empreendedores. Mas por quê?

Está a obviedade dos espaços de coworking terem uma característica mais jovial e dinâmica, mas não é apenas isso.

Os empreendedores que começam a sua história em um coworking buscam experiências, inspiração e, claro, economia.

Neste artigo, vamos conhecer os motivos que levam os novos empreendedores a investir em um coworking.

Também vamos conhecer casos de empresas que começaram em um coworking e como este modelo de trabalho compartilhado funciona de maneira solidária, incentivando novos empreendedores.

Além disso, não perca as Dicas Smart para você, que é jovem empreendedor!

Vamos lá!

Porque os novos empreendedores começam no coworking?

É normal em jovens empreendedores uma ansiedade na hora de começar o primeiro negócio.

Querer ser o melhor em seu segmento em pouco tempo e estabelecer metas a curto prazo são algumas das características negativas destes novos empreendedores.

Porém, a barreira econômica normalmente se impõe frente eles.

Muitos ainda vivem na casa dos pais e não são responsáveis pela renda mensal, por isso, podem correr mais riscos.

Mas a necessidade de conseguir o capital inicial e de giro para seguir crescendo e ter um local com as ferramentas necessárias, passa a influir na hora do ingresso ao coworking por parte destes.

Sem ter nenhum tipo de renda fixa, é muito difícil para os novos empreendedores assumirem gastos mensais como aluguel, conta de água, luz, impostos e outros tipos de contratos.

Por isso o fator econômico pesa muito na hora da decisão de entrar no coworking.

Outro fator determinante está ligado à maneira como este negócio inicia.

Muitos jovens começam o projeto de empreendedorismo ainda na faculdade ou em cursos específicos, com a supervisão de professores e a participação de outros colegas – em sua maioria, estudantes da tecnologia da informação.

Logo que identificam que precisam de um ambiente mais profissional, privado e com mais ferramentas de trabalho, os novos empreendedores passam a frequentar o coworking.

Além disso, o coworking tem várias características admiradas pelos jovens.

A constante possibilidade de interação e a rotatividade dos tipos de profissionais agrada, já que há uma busca pela pluralidade na hora de atuar frente aos desafios empresariais.

O networking também é muito bem-visto pelos jovens, que acreditam plenamente na troca de conhecimento e experiências.

Além disso, os novos empreendedores não são amantes da rotina engessada do mercado de trabalho. Há possibilidade de trabalhar no horário que mais lhes favoreça é uma das buscas dos jovens.

Outro fator é a possibilidade de estar em vários lugares, pois o empreendedor não tem um ponto fixo para ir trabalhar, e pode contar com o coworking mais próximo de onde ele esteja.

Portanto, esta maneira leve e produtiva de trabalhar, aliada a economia financeira acaba determinando o ingresso de novos empreendedores no coworking.

Empreendedores que cresceram em um coworking

novos empreendedores

Segundo dados do Censo Coworking Brasil 2018, quase a metade dos novos empreendedores (48%) passa entre três meses e um ano no coworking.

Este foi o caso da Diálogo Logística, de Porto Alegre, que nasceu em um coworking em 2015.

Os sócios decidiram por este espaço compartilhado por uma questão econômica, além do ambiente que envolve inovação com tecnologia.

Foi só depois de cinco meses que a empresa cresceu além da sua capacidade e teve que se mudar a um local próprio para receber os seus clientes e fornecedores.

A Startup Agendor, fundada em 2012, é outro exemplo de novos empreendedores que começaram no coworking.

A empresa passou seus quatro primeiros anos de vida em duas unidades de coworking, em São Paulo.

Quando a empresa, que oferece uma plataforma de gestão comercial e de relacionamento com clientes, percebeu o crescimento dos negócios e da equipe de trabalho, se mudou para uma sede própria.

O coworking como apoio social

O coworking também encontra os novos empreendedores que querem aprender mais, trocar conhecimento e ter o seu local de trabalho sem ter que gastar as suas economias.

Em 2018, uma empresa abriu um espaço de coworking ao lado da USP, em São Paulo. O local conta com laboratórios para prototipagem e recursos de realidade virtual, além de salas individuais e estações compartilhadas.

Por estar tão próximo à universidade, é um local para colocar em prática aquilo que é aplicado em sala de aula, ajudando os novos empreendedores a desenvolverem seu talento.

Pensando em democratizar o empreendedorismo, a Ade Sampa, agência vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, inaugurou uma unidade de coworking na comunidade Heliópolis, na zona sul de São Paulo.

Esta já é a sétima unidade gratuita fornecida pelo governo municipal, e conta com um espaço amplo e multiuso para trabalho e eventos (como palestras, workshops, aulas, etc.) e uma sala de reunião para até seis pessoas.

Outro exemplo muito conhecido dedicado aos novos empreendedores é o Encontro Nacional de Empresas Juniores. O evento anual não parou nem devido à pandemia.

Se você quer saber mais sobre o encontro que ocorreu na cidade de Natal, basta conferir este artigo!

Dicas Smart para começar em um coworking

Já vimos as vantagens e os exemplos de novos empreendedores que começaram a sua vida em um coworking.

Mas o que você deve fazer antes de ingressar?

Aqui temos algumas Dicas Smart para você, jovem empreendedor!

  • Faça um cronograma de trabalho
  • Escolha os horários que se encaixam melhor para todos da equipe
  • Defina que tipo de tarefas serão executadas para saber que espaço se necessita
  • Pense nos horários de descanso e espaços de socialização
  • Escolha um coworking bem localizado e que cumpra com as suas expectativas

Antes de começar a procurar, sugerimos que você conheça a Smart Coworking, o coworking que mais cresce no Brasil.

Clique aqui e descubra a unidade mais próxima a você!

Mande agora mesmo um WhatsApp para os profissionais da Smart e venha hoje mesmo empreender com inteligência!

Saulo Da Rós

Por Saulo Da Rós

Saulo Da Rós é Autor do Método O Empreendedor Smart, CEO e Founder do Coworking SMART. Pós-graduado em Planejamento e Gestão pela Universidade Federal do Paraná – UFPR e Master Coach FEBRACIS. Criador do Método Empresa Smart, ensina um passo a passo detalhado e comprovado para reduzir os custos e a burocracia dos negócios de seus clientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *