Categorias
Empreendedorismo

Empreendedores que começaram com pouco: alguns com menos de R$300,00

Está com pouco dinheiro e tem medo de empreender? Conheça alguns empreendedores que começaram com pouco e tiveram enorme sucesso.

Um dos fatores que a maioria das pessoas usa como desculpa para não empreender, é a falta de dinheiro. Achando que sem um valor gigantesco não é possível iniciar um negócio de sucesso.

Se você tem esse pensamento, você está certamente enganado. E no texto de hoje, vou te mostrar exemplos vivos, que tiveram a coragem de investir, mesmo com pouco dinheiro disponível e tiveram muito sucesso. Siga comigo e descubra!

Empreendedores que começaram com pouco

Empreendedores que começaram com pouco

Os exemplos que vou te mostrar são de pessoas assim como você, que movidas por um sonho resolveram apostar suas “poucas fichas” em seus negócios. Vamos a eles!

Carla Castilho

Carla Castilho é a fundadora da Unius, que é uma agência de marketing que iniciou seus trabalhos em 2005 com um investimento de 10 mil reais. Embora em 2005 fosse um bom valor, estava longe de ser um capital inicial elevado. Já em 2021 a Unius presta seus serviços para empresas de grande porte.

Segundo Carla, é muito importante que você sempre busque inspiração em empresários de muito sucesso, aprendendo cada vez mais e colocando isso em prática. Como a sua empresa trabalha com marketing, ela ajuda muito empreendedores a entender o caminho certo para onde seguir.

Como lição para quem pretende empreender, ela diz para tomar muito cuidado ao planejar e investir seu dinheiro, sendo que muito desse dinheiro é perdido de forma desnecessária e sem dizer ao certo para onde foi.

André Krummenauer

Em 2008, André com apenas 20 anos, resolveu tentar algo que pudesse parecer loucura. Com apenas 100 reais para investir, ele se juntou com outros sócios e criou a Involves e essa aposta não podia ter dado mais certo.

A Involves é uma empresa que trabalha com soluções em tecnologia para gestão de marketing. Ele foi um visionário (junto com seus sócios), porque em 2008 ainda não se falava tanto do mundo da tecnologia e suas muitas possibilidades (não no Brasil, pelo menos).

Segundo ele, quando se tem um valor baixo para investir é necessário ter um planejamento bem feito e que possa trazer um resultado rápido. Dessa forma, o investimento rapidamente pode ser coberto e trazer lucro. Ele recomenda ter uma outra fonte de renda, caso o empreendimento fique um pouco estagnado.

Além disso, ele diz que o apoio de familiares e amigos foi fundamental para conseguir transformar seus sonhos em realidade. Dessa forma, ele evidencia que será excelente ter pessoas para te apoiar, financeira e emocionalmente.

Letícia Penna

Essa foi a história que me motivou a escrever esse artigo. Em 2011 Letícia com apenas 300 reais e muita coragem fundou a Sapatilha na Sacola. Hoje em 2021, ela está muito satisfeita e feliz por trabalhar com peças femininas e poder viver o seu sonho de sucesso.

Segundo ela, a coragem será determinante, ainda mais, se aliada a boas ideias e um excelente planejamento. Ter uma boa ideia e não buscar formas de desenvolvê-la, só vai te deixar sem empreender e caso resolva empreender, não saberá o que fazer se algo der errado.

Dessa forma, o empreendedor precisa de toda a informação que puder, para entender se o seu produto ou serviço terá um público que esteja interessado no que você tem a oferecer. Porque ter um produto que seja necessário, ajudará muito na hora de conquistar consumidores.

Felipe Dib

Esse foi o investimento mais alto da lista, mas mesmo assim 24 mil reais é muito pouco se comparado ao imaginário do que é preciso para empreender. Felipe criou uma empresa especializada em cursos de inglês de alta velocidade no aprendizado, a Você Aprende Agora.

Para ele, o mais importante é não perder tempo. O empreendedor deve encontrar uma necessidade e trabalhar ao máximo nela para ter sucesso com isso. Ele afirma que não existe o momento perfeito para empreender e que se você esperar por ele pode nunca empreender e ficar estagnado o resto da vida.

Gabriel e Bruno Passarelli

Gabriel e Bruno são irmãos, e eles criaram a Descubra o Mundo, uma empresa focada em programas de intercâmbio. Quando eles tinham para dar vida a esse projeto? Apenas 15 mil reais, que era o valor somado do que eles tinham na poupança.

Assim como a Letícia, eles focam que é importante encontrar seu público para poder investir. Porque segundo eles, não tem nada pior do que investir seu esforço e dinheiro, em um produto ou serviço que não resolva a necessidade de ninguém. 

Se você identificar seu público, as chances de retorno são muito maiores. Além disso, eles ressaltam que é muito importante não desistir e ter paciência na hora de gerir o seu negócio. Porque o sucesso não é fruto do acaso e não vem de um dia para o outro, pode levar algum tempo, o importante é não desistir.

Conclusão

No texto de hoje, te mostrei vários exemplos de pessoas que investiram pouco e tiveram um enorme sucesso. A mensagem que quero passar é que é possível acreditar nos seus sonhos, mesmo sem dispor de muito dinheiro.

Quando você empreende o dinheiro não é o único fator determinante. Ele ajuda, com toda certeza, mas a sua garra, perseverança, resiliência, busca por conhecimento e um espírito de empreender verdadeiro, valem mais que qualquer quantia de dinheiro.

Aliado é isso é de extrema importância, identificar um público alvo para o seu negócio e avaliar se o investimento nessa ideia será adquirido por pessoas reais com necessidades reais. Esse é o “passo 0” para todo investimento.

Neste blog, você encontra dezenas de artigos que irão te ajudar a empreender e a ser um empreendedor melhor. Vou separar três artigos para você ler e ter um horizonte ainda maior sobre empreender e ser um empreendedor: gestão de crise: lições importantes/; os novos empreendedores estão crescendo com coworkings e cursos online para empreendedores.

Agradeço a sua leitura, e nos vemos em breve!

Saulo Da Rós

Por Saulo Da Rós

Saulo Da Rós é Autor do Método O Empreendedor Smart, CEO e Founder do Coworking SMART. Pós-graduado em Planejamento e Gestão pela Universidade Federal do Paraná – UFPR e Master Coach FEBRACIS. Criador do Método Empresa Smart, ensina um passo a passo detalhado e comprovado para reduzir os custos e a burocracia dos negócios de seus clientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *