Categorias
Empreendedorismo Finanças

Entenda como usar seu FGTS para abrir sua empresa hoje mesmo!

Sabia que você pode sacar seu FGTS para abrir o próprio negócio? Descubra mais no texto de hoje!

Muitos enxergam o FGTS como uma forma de seguridade ou um valor para depois da aposentadoria. Porém, pessoas com espírito empreendedor e sem um grande valor de recurso inicial para seu negócio, podem usar dessa possibilidade, como uma forma de conseguir mais recursos e investir para abrir sua empresa.

No artigo de hoje vou trazer uma explicação de como é possível sacar seu FGTS para abrir sua empresa. Além disso, vou trazer dicas relevantes para você fazer isso do jeito certo.

Posso sacar meu FGTS para abrir minha empresa?

Sim, é possível. Porém, para essa possibilidade existe uma regra: ser enquadrado como microempreendedor. Sendo uma excelente maneira de dar vida ao seu empreendimento, de forma mais organizada e segura.

Existem diversas áreas que cabem em uma MEI (microempresa individual) e que podem ajudar milhares de autônomos a formalizar e abrir sua empresa, tendo todos os benefícios de ser uma pessoa jurídica.

Dicas para quem pretende utilizar o FGTS para abrir uma empresa

Vou apresentar algumas dicas para você considerar na hora de decidir se utilizará o saque do FGTS ou não:

Não dependa apenas do valor do FGTS

Uma dica importante que você precisa seguir, é não depender unicamente do valor disponível no FGTS para abrir sua empresa. Esse valor deverá ser usado para completar os recursos que você já dispõe.

Abrir uma empresa, seja ela pequena ou grande, deve ter um processo de planejamento, para entender sobre o que é preciso para o empreendimento. O planejamento financeiro deverá ser feito antes de abri-la, para entender a real situação das finanças. Recomendo que tenha um capital de giro, para evitar problemas financeiros ao longo do tempo.

Por exemplo: você já possui o valor X (sendo X, um valor considerável) e precisa chegar ao valor Y, caso o FGTS represente esse valor que falta, será um bom momento para utilizar esse recurso. 

Valor disponível (para saque) de FGTS

O primeiro passo quando você planeja sacar o FGTS para abrir sua empresa, é saber o quanto de valor está disponível e quando você poderá sacar. Dessa forma, você terá como verificar se esse recurso será importante e se vale a pena ser sacado.

abrir sua empresa

Quando o assunto é empreender, ele deve ser feito da forma mais inteligente possível. Muitos pecam pela má administração dos recursos financeiros, para começar bem, faça sempre o possível para ser realista com valores. Caso precise de mais tempo para ter os recursos, não tenha pressa. Priorize sempre o planejamento.

Empreenda quando você tiver a certeza, que esse passo irá agregar na sua vida. Empreender é buscar liberdade, mas caso faça isso sem planejar ou pensar nas consequências, poderá estar jogando contra você mesmo.

Dito isso, caso o valor do FGTS seja o valor que faltava para você empreender, após ter considerado todos os fatores financeiros, aposte em você e empreenda. Abrir sua empresa, do jeito certo, trará muito sucesso para o empreendedor.

Conheça bem o mercado que pretende investir

Além de conhecer seus recursos e necessidades, será muito importante conhecer o mercado que pretende investir. Dessa forma, aposte em áreas que estão em alta, para ter mais chances de sucesso.

Considere também a experiência e conhecimento que você possui. Lembre sempre de abrir sua empresa em uma área que você tenha satisfação em trabalhar.

Empreender não é apenas sobre ganhar dinheiro, mas conquistar a liberdade financeira fazendo aquilo que agrega valor à sua vida (tanto profissional quanto pessoal).

Dica extra: economia com o aluguel

Pequenos empresários precisam ter cuidados extras com o gasto de dinheiro. Para isso, vou trazer uma excelente dica para quem pretende empreender e precisa de um escritório por menos de R$3,50 por dia. Sim, isso é possível, através do coworking.

A Smart Escritórios Inteligentes conta com coworkings (escritórios compartilhados) de extrema qualidade por um preço minúsculo. Sendo a economia a sua grande vantagem.

A economia não será apenas no aluguel, nos planos já estão inclusos: 

  • Serviço de recepção;
  • Internet de qualidade;
  • Manutenção;
  • Limpeza;
  • IPTU;
  • Energia elétrica;
  • Água, entre outros gastos comuns para manter um escritório. 

Existem planos que custam menos de R$3,50 ao dia, como é o caso do Plano Smart Fiscal por R$79,90/mês para quem precisa apenas de um endereço. Ou o Plano Smart Black que custa R$99,90/mês por TODOS os serviços Smart. Para os dois planos, você pode ganhar dois meses grátis se optar pelo plano anual. 

A Smart se localiza em sete endereços:

  • Asa Norte e Asa Sul em Brasília, 
  • Candelária em Natal, 
  • No Shopping Rio Poty em Teresina, 
  • Niterói e Jacarepaguá (Rio de Janeiro),
  • Berrini em São Paulo 

Quer saber mais? Clique aqui e descubra!

Com um serviço de coworking você terá um endereço (fiscal e comercial) para sua empresa, localizado em um endereço privilegiado. Além disso, terá a chance de networking com inúmeras empresas e profissionais, que possuem o empreendimento nesse mesmo endereço. Dentro de um escritório que atenda a sua necessidade. 

O próprio valor do FGTS, se utilizado para cobrir o aluguel, em um coworking poderá garantir anos para seu empreendimento. O escritório já está pronto, você não terá gastos extras com isso

Conclusão

No artigo de hoje trouxe uma “luz” acerca do saque do FGTS para abrir sua empresa. Mostrando que do jeito certo é uma excelente opção para futuros pequenos empresários. 

Vou apresentar uma lista de artigos para alguns profissionais independentes que têm a vontade de abrir sua empresa: 

Além disso, no blog existem inúmeros artigos sobre empreendedorismo, acompanhe!

Gostou? Não deixe de compartilhar nas suas redes sociais para que mais pessoas vejam.

Agradeço a leitura e nos vemos em breve.

Saulo Da Rós

Por Saulo Da Rós

Saulo Da Rós é Autor do Método O Empreendedor Smart, CEO e Founder do Coworking SMART. Pós-graduado em Planejamento e Gestão pela Universidade Federal do Paraná – UFPR e Master Coach FEBRACIS. Criador do Método Empresa Smart, ensina um passo a passo detalhado e comprovado para reduzir os custos e a burocracia dos negócios de seus clientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *