[SMART NITERÓI] Como você deve agir com a nova economia?

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O momento atual ainda é de dúvidas em relação ao futuro. No entanto, algo já pode ser vislumbrado: uma nova economia. Entenda e antecipe-se.

Ano passado, depois de alguns meses no contexto de pandemia, os meios de comunicação começaram a falar de um “novo normal”. 

Com a expressão, a mídia geralmente se referia às mudanças de costumes que a pandemia imporia sobre as pessoas. 

No entanto, esse “novo normal” não se refere apenas às importantes mudanças de hábitos que a sociedade precisa aderir a fim de sair desse caos. 

O mundo está também diante do surgimento de uma nova economia.

Nesse sentido, seria possível fazer uma lista com as significativas mudanças que começaram a ocorrer há um ano, quando os meios de comunicação informaram que um novo vírus estava contaminando humanos e causando a doença que seria chamada de Covid-19.

Entre as principais mudanças que ocorreram os destaques foram:

  • Milhares de trabalhadores deixaram o espaço formal de trabalho e aderiram ao home office;
  • Os comércios de diversos setores tiveram que fechar as portas – durante vários dias e em mais de uma vez – a fim de diminuir os níveis de contágios
  • As vendas por internet cresceram exponencialmente em um ano.

4 dicas para lidar com a nova economia após a crise da Covid-19

Ainda é incerto quando o país começará a sair da atual crise em que se encontra. 

Neste momento, tudo depende da agilidade com que as autoridades conseguirão vacinar a população, para, assim, diminuir os tristes números de mortes e de pessoas hospitalizadas com a doença.

Por outro lado, sabemos que os indicadores econômicos poderão demorar para novamente indicar que o país está em trajeto rumo ao crescimento. 

Além de tudo isso, a crise política nacional parece não estar próxima do fim, o que gera instabilidade e preocupação para vários setores da sociedade.

No entanto, embora as notícias não pareçam nada animadoras, o contexto atual também oferece oportunidades para os negócios. 

Para alguns, a oportunidade está precisamente no meio da crise; para outros, a crise é o momento de antecipar-se e estar preparado para o que virá depois. 

Por isso, a seguir serão apresentadas 4 dicas de como lidar com a nova economia.

1. Investir em uma plataforma online

Hoje, independentemente da crise sanitária e econômica, ter uma presença digital é um elemento diferencial. 

Essa presença na web pode ser através de um site ou uma rede social com informações de contato, isso dependerá do tipo de negócio.

Após garantida a presença digital, a próxima etapa é desenvolver maneiras de entregar os produtos e serviços oferecidos e atender às necessidades dos clientes.

2. Priorizar a comunicação

São os clientes que sustentam um negócio. No entanto, a pandemia afetou a todos, empresários e clientes. O que pode ser feito para que os dois lados sejam ajudados? 

A resposta está nas ofertas, novos horários de atendimento, planos de crédito ou refinanciamento de dívidas.

Nesse sentido, uma comunicação próxima e assertiva é a única coisa que pode manter uma marca próxima de clientes fiéis e ajudá-la a chega a novos consumidores.

Por outro lado, dentro da empresa também é muito importante manter as informações atualizadas. Agora é importante que as empresas tenham mecanismos de comunicação eficazes.

3. Coletar informações antes de agir

A melhor forma de elaborar projetos sobre um negócio no curto e no longo prazo é através da análise aprofundada das informações. 

Nesse sentido, não é possível estabelecer totalmente qual será o caminho a seguir até que o país de fato comece a sair da crise. Por isso, ainda não é o momento de se precipitar em grandiosos projetos.

O melhor para o momento é concentrar- na solução das necessidades imediatas, tanto da empresa como dos clientes e dos colaboradores, antes de propor qualquer estratégia de mudança permanente.

Veja até quando você precisará se reinventar nos negócios

4. Proteger a saúde e o bem-estar dos trabalhadores para a nova economia

É importante estabelecer as medidas para identificar as potenciais fontes de infecção, os protocolos para tratá-las e proteger o resto do pessoal, a manutenção e monitorização dos grupos de pessoas em risco, a comunicação interna sobre a crise e as ações de segurança que a organização segue.

O próximo passo é estabelecer protocolos para que o pessoal possa trabalhar com segurança, como o uso de máscaras, procedimentos de desinfecção periódica e controle do número de pessoas que ingressam em lojas físicas.

Por outro lado, a pandemia não tem afetado só a saúde física das pessoas. 

Muita gente vem apresentando sinais de estresse, ansiedade e outras questões ligadas à saúde mental. Por isso, esta também é a hora oferecer meios para que os colaboradores estejam psicologicamente e emocionalmente bem.

Conclusão

O momento atual ainda é de dúvidas em relação ao futuro. 

Nesse sentido, as decisões tomadas pelos empresários devem considerar que não há uma previsão crível de quando o país começará a sair da complicada situação que enfrenta.

Por isso, como parte do “novo normal”, quem tem em mãos a responsabilidade sobre um negócio deve estar construindo estratégias para enfrentar a nova economia que emerge em meio à crise. 

Como elemento fundamental para isso, estar informado sobre a situação não só do Brasil, mas do mundo é uma ferramenta importante.

Por outro lado, para que, de fato, a nova economia comece a operar alguns fatores deverão ser considerados como a vacinação em massa e a redução dos níveis de contágios.

Clique e veja como ganhar tempo e optimizar processos com as plataformas de gestão de projetos

Saulo Da Rós

Saulo Da Rós

Saulo Da Rós é Autor do Método O Empreendedor Smart, CEO e Founder do Coworking SMART. Pós-graduado em Planejamento e Gestão pela Universidade Federal do Paraná – UFPR e Master Coach FEBRACIS. Criador do Método Empresa Smart, ensina um passo a passo detalhado e comprovado para reduzir os custos e a burocracia dos negócios de seus clientes.
logo_smart.png
  • (61) 3221-1000
  • (61) 98117-0468

Brasília – Asa Sul
​Av. W3 Sul CRS 502 Bl C Loja 37

Brasília – Asa Norte
Av. W3 Norte SEP/N 504 Bl A 3º Andar

TERESINA/PI
Av. Homero Castelo Branco, nº 383​, Jóquei​

CURITIBA/PR​
Rua Mateus Leme, nº 1245, São Francisco

  • Copyright 2020 Smart Escritórios Inteligentes - CNPJ: 19.611.273/0001-09