O que é Cultura Forte e como aplicá-la em sua empresa?

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A sociedade possuí elementos que as identificam; as empresas, também. Veja o que significa Cultura Forte e sua importância na gestão empresarial.

No uso comum da linguagem, uma das conotações que a palavra cultura tem, é a de conjunto de elementos próprios de uma pessoa ou sociedade, que fazem parte da identificação pessoal ou comunitária.

Nesse sentido, a cosmovisão, as manifestações artísticas, a literatura, a linguagem e uma série de outros elementos conformam uma cultura.

No âmbito empresarial a coisa não muda tanto. 

Uma cultura forte é o conjunto de elementos que dão identidade a uma empresa, ao mesmo tempo, em que constroem a sua base.

A cultura nesse contexto refere-se ao conjunto de elementos próprios de uma instituição, que lhe dão identidade.

Em O Empreendedor Smart, o empresário e mentor de negócios Saulo Da Rós destaca a profunda ligação entre a cultura de uma empresa com as metas e anseios do empreendedor.  

Sendo assim, uma coisa espelha a outra: um empreendedor que sonha alto e constrói com os pés bem firmes no chão, é o responsável pela formação de uma empresa com bases estáveis e com metas elevadas, mas realizáveis.

A cultura empresarial é a responsável pelo êxito ou pelo fracasso de uma empresa, e é ela que dá as pautas da relação dos colaboradores entre si, e entre a empresa e os clientes.

Por isso que uma cultura forte é fundamental para uma empresa, porque é através dela que um negócio pode diferenciar-se dos demais. 

O Empreendedor Smart traz uma série de dicas muito boas quanto à importância de uma cultura forte. 

O blog também está recheado de dicas superinteressantes. Não deixe de acessar.

A construção de tudo isso está intimamente ligada às aspirações do empreendedor. E nesse processo de forjar uma cultura empresarial, a busca por conhecimento é imprescindível.

Aqui vale a pena lembrar-se a máxima dita pelo velho filósofo Epiteto: 

É impossível um homem aprender aquilo que ele acha que sabe”. 

Isso quer dizer que todo aquele que se propõe metas, deve estar continuamente aberto para novos aprendizados, e para reformular, a partir deles, as próprias estratégias quantas vezes forem necessárias.

Contudo, a abertura à novidade não significa abrir mão dos objetivos. 

O importante é reconhecer que a arrogância e a prepotência não são, de maneira nenhuma, boas ferramentas de crescimento. 

Pelo contrário, a chave do Empreendedor Smart é a humildade.

Então, tenha claro que formação não é gasto, é investimento. 

E felizmente, atualmente até mesmo na Netflix podemos encontrar séries que podem ajudar na gestão empresarial.

Quais elementos fazem parte da formação de uma cultura forte?

Cultura Forte

Vamos agora conhecer os elementos que formam uma cultura forte e são fundamentais para uma boa gestão institucional:

1. A formulação de diretrizes internas: isso ajudará a organizar o funcionamento da empresa. 

Chame-o como preferir, código de ética ou regimento interno, mas esse decálogo interno deve apresentar os princípios sobre os quais se construirá a instituição, e como devem respeitar-se os seus membros.

2. Liderança: sem um capitão que dê ânimo ao grupo, e que ajude a discernir a rota em meio ao mar revolto e nos momentos de incerteza, é muito provável que ocorra um naufrágio. 

Não se trata de alguém que dá ordens a partir de uma cadeira confortável em uma sala com ar condicionado. Não. 

O líder deve ser alguém que sabe com clareza aonde a empresa quer chegar, e motiva a equipe a alcançar esse objetivo. 

A motivação organizacional ajuda e muito, por isso o líder deve conhecer seus benefícios e saber aplicá-la.

3. O ritmo: é importante que uma cultura forte esteja marcada pela execução sistemática de elementos que formam parte da empresa. Mantenha o ritmo que ele manterá a empresa. 

    Lembre-se da dimensão profundamente ritual que marca a existência das culturas. Também as empresas devem ter alguns protocolos estabelecidos. 

     Contudo, o respeito a tais protocolos não devem representar jamais um abafamento da proatividade. O equilíbrio é fundamental.  

4. Cultive a dimensão simbólica: a presença de algo que remeta à empresa ajuda, e muito, a que a cultura forte seja estável, e continuamente construída. A identidade é fundante em qualquer cultura.

Bases firmes para uma construção sólida

Uma cultura empresarial forte deve contar com três componentes imprescindíveis: missão, visão e valores.

1. Missão: diz respeito ao propósito. Quem caminha sem um destino, não chega em lugar nenhum, ou a todo momento pensa que já chegou. Ter uma missão clara ajuda a investir energia e recursos de maneira focada.

2. Visão: não basta saber aonde se quer chegar, é importante metas claras e estratégias para isso. A visão de uma empresa deve ser a que indica com precisão o caminho e os prazos: 

     “Onde estou, aonde quero chegar, como e quando? ”. 

    Os colaboradores de uma empresa devem ser partícipes dessa visão. Um exemplo de um grande empresário que se preocupa por isso é o de Jeff Bezos. 

     Embora já seja bilionário, o fundador da Amazon ainda participa da seleção de colaboradores.

3. Valores: são os princípios e as qualidades irrenunciáveis. Uma       empresa pode ser muito cara, mas pouco valiosa. 

    Aqui cabe lembrar que nem só de resultados financeiros se constrói uma empresa de sucesso. Os valores pessoais podem e devem ser uma contribuição à construção dos valores institucionais.

 

Conclusão

Vamos agora apresentar em poucas palavras tudo aquilo que desenvolvemos ao longo deste artigo.

Uma cultura forte refere-se aos pilares de uma empresa, e a tudo aquilo que dá identidade a ela.

As diretrizes são fundamentais para organizar-se. A liderança não se encarrega de dar ordens, mas ajuda a manter o ânimo da equipe. 

O ritmo permite que o processo de desenvolvimento seja contínuo. 

E a dimensão simbólica permite que a empresa seja perenemente recordada por aqueles que a conformam e por seus clientes.

Ademais, as bases imprescindíveis de uma empresa são construídas a partir da definição clara de uma missão, uma visão e dos valores.

Saulo Da Rós

Saulo Da Rós

Saulo Da Rós é Autor do Método O Empreendedor Smart, CEO e Founder do Coworking SMART. Pós-graduado em Planejamento e Gestão pela Universidade Federal do Paraná – UFPR e Master Coach FEBRACIS. Criador do Método Empresa Smart, ensina um passo a passo detalhado e comprovado para reduzir os custos e a burocracia dos negócios de seus clientes.
logo_smart.png
  • (61) 3221-1000
  • (61) 98117-0468

Brasília – Asa Sul
​Av. W3 Sul CRS 502 Bl C Loja 37

Brasília – Asa Norte
Av. W3 Norte SEP/N 504 Bl A 3º Andar

TERESINA/PI
Av. Homero Castelo Branco, nº 383​, Jóquei​

CURITIBA/PR​
Rua Mateus Leme, nº 1245, São Francisco

  • Copyright 2020 Smart Escritórios Inteligentes - CNPJ: 19.611.273/0001-09