Será que você tem feeling corporativo?

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Descubra o que é feeling corporativo, a diferença para a decisão racional e como implementar no seu dia a dia de trabalho.

Escutamos muitas vezes no ambiente desportivo um treinador dizer: “coloquei esse jogador porque tive um feeling”. Mas o que exatamente significa isso e como você pode aplicar em seu ambiente de trabalho?

Neste artigo vamos analisar estas questões para entender melhor e saber como isso pode lhe ajudar a gerir melhor sua empresa ou grupo de trabalho e a reverter estas ideias em lucratividade.

O que é feeling corporativo?

Feeling é uma palavra em inglês que significa sentimento ou emoção. É uma evolução da palavra FELJAN do inglês arcaico, que significa perceber, sentir, tocar, ter uma experiência sensorial.

No ambiente corporativo, porém, tem um significado um pouco diferente. Refere-se a intuição ou pressentimento, algo sem explicação racional que faz com que você acredite em alguma decisão através da percepção.

Porém, o feeling corporativo não é apenas um palpite ou uma aposta. Ele nasce do somatório das nossas experiências, conhecimentos e informações. Quanto mais você sabe sobre algo melhor será o seu feeling para ele.

É por isso que compartilhar conhecimento é fundamental para crescer empresarialmente e aprender com experiências alheias. 

Como o feeling corporativo é um processo inconsciente de tomada de decisões, é preciso juntar o máximo de informação e conhecimento possível!

Na hora de tomar uma decisão há dezenas de fatores que o gestor considera, porém, o cérebro já tem a sua inclinação inicial sobre qual será o melhor caminho.

Esta inclinação se deve a um sinal do cérebro chamado de Potencial de Prontidão.

Potencial de Prontidão: Decisões tomadas pelo inconsciente

O Potencial de Prontidão é um sinal cerebral que ocorre uma fração de segundos antes de uma decisão consciente. 

Muitos processos cerebrais ocorrem antes da tomada de decisão e sem a ajuda da nossa consciência.

Foi estudado pelos cientistas do Instituto Max Planck Institute for Human Cognitive and Brain Sciences, em Leipzig, em colaboração com o Charite University Hospital e o Bernstein Center for Computational Neuroscience de Berlim.

Pela primeira vez foi estudado o que acontece antes da tomada de decisão, na fração de segundos que existe entre o problema apresentado e a decisão tomada.

Os pesquisadores colocaram as pessoas sentadas em frente a um botão e tudo o que eles deveriam fazer era decidir se o apertavam com a mão esquerda ou direita.

Eles descobriram que era possível saber, através de micro padrões de atividades no córtex frontopolar do cérebro, que tipo de decisão seria tomada antes mesmo da mesma ser tomada.

Portanto, concluímos que o feeling corporativo não é algo que ocorre por mero acaso ou por uma intervenção extra-sensorial, e sim um produto das decisões através dos conhecimentos do nosso cérebro.

Decisão intuitiva e decisão racional

Mas e então? Devo escolher tomar as decisões de maneira intuitiva ou analisar tudo de maneira racional?

A verdade é que seu cérebro já analisa os dados para você e já toma uma decisão subconscientemente.

Já reparou como muitas vezes alguém que diz que não lhe importa a decisão, que é só jogar uma moeda e decidir, termina extremamente desconfortável com a decisão? Isso é porque o cérebro já tinha tomado seu partido.

A decisão racional é a mais mecânica de todas. Analisa friamente os números e as informações disponíveis para concluir algo quase que matemático e em um mercado tão humanizado, esta não pode ser a regra.

Para saber como tomar decisões, você deve analisar a sua área de atuação, o seu cargo e como é o seu grupo de trabalho. Se precisar de uma ajuda, dê uma olhada neste artigo.

Implementando o feeling no ambiente corporativo

Agora que você decidiu escutar mais ao seu feeling corporativo, não significa que você vai jogar pela janela todos os dados e informações que são passados a você através da sua equipe. Pelo contrário!

Você deve se munir de toda a informação possível, ter todos os dados e escutar novas ideias ao mesmo tempo que se informa sobre experiências.

Recorra ao seu feeling corporativo quando, por exemplo, você tiver as mesmas informações sobre duas opções diferentes.

Quando você vai pedir comida de dois lugares desconhecidos e ambos levam o mesmo tempo de entrega e têm o mesmo preço, você decide através do seu pressentimento, certo?

Quando aparecer este tipo de caso no seu ambiente de trabalho você precisa usar seu feeling corporativo.

Escute os seus colaboradores! Mantenha uma porta aberta para ouvir, assim você terá mais informações para tomar a decisão de maneira cognitiva.

Um líder que sabe escutar está mais munido de armamentos para a guerra do mundo comercial. Se seus comandados têm uma ideia ou informação, escute antes de descartar.

Agora que você já tem as informações para desenvolver o seu feeling corporativo, você deve concentrar-se em ter os melhores profissionais a sua volta e as melhores ferramentas para que nada interfira nas decisões.

Se livras de preocupações é outra maneira inteligente de livrar a mente para o que realmente importa, e uma das principais dores de cabeça é com os gastos mensais.

Nesse ponto, podemos te ajudar. Você sabia que ao aderir ao coworking você pode economizar até 90% com seus custos mensais?

Pois é, várias empresas como Uber, Ifood, Zap e Unimed descobriram isso, e migraram para nosso espaço.

Tirando uma série de preocupações da sua cabeça, seu cérebro fica livre para a tomada de decisões.

Consultando os profissionais da Smart Coworking você já está dando o primeiro passo para trabalhar sem preocupações em escritórios executivos e salas de reuniões de alto nível.Descubra a unidade de coworking mais próxima a você! Eu tenho um feeling que você vai se apaixonar!

Saulo Da Rós

Saulo Da Rós

Saulo Da Rós é Autor do Método O Empreendedor Smart, CEO e Founder do Coworking SMART. Pós-graduado em Planejamento e Gestão pela Universidade Federal do Paraná – UFPR e Master Coach FEBRACIS. Criador do Método Empresa Smart, ensina um passo a passo detalhado e comprovado para reduzir os custos e a burocracia dos negócios de seus clientes.
logo_smart.png
  • (61) 3221-1000
  • (61) 98117-0468

Brasília – Asa Sul
​Av. W3 Sul CRS 502 Bl C Loja 37

Brasília – Asa Norte
Av. W3 Norte SEP/N 504 Bl A 3º Andar

TERESINA/PI
Av. Homero Castelo Branco, nº 383​, Jóquei​

CURITIBA/PR​
Rua Mateus Leme, nº 1245, São Francisco

  • Copyright 2020 Smart Escritórios Inteligentes - CNPJ: 19.611.273/0001-09