SMART BRASÍLIA: Novo olhar sobre a diversidade e a inclusão durante a Covid-19

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A inclusão de pessoas afetadas pela pandemia da Covid-19 no mercado de trabalho é mais importante que nunca, veja os grupos mais afetados.

A desigualdade Social no Brasil, ficou mais visível durante a Pandemia mundial da Covid-19, e atualmente, está mais importante do que nunca o debate sobre a diversidade e inclusão de pessoas no mercado de trabalho.

Como a crise econômica causada pela pandemia abalou muitos negócios e empresas, muitas pessoas vista como inclusas no mercado se viram em uma situação complicada.

Também tivemos a questão do Home Office, que chegou em cheio em 2020, mas muitas empresas não estavam preparadas para isso, e acabaram demitindo muitas pessoas.

Então, com o retorno gradual da economia e das empresas, é importante criar um olhar sobre a diversidade e inclusão de pessoas no mercado, para tentar igualar essa desigualdade.

Pessoas que geralmente são afetadas pela desigualdade e estão mais ainda afetadas durante a pandemia são donas de casa que buscam novo local de trabalho, e que algumas vezes sofrem com violência doméstica.

Como também pessoas que desenvolveram problemas psicológicos durante a pandemia mundial da Covid-19.

Vamos entender um pouco mais sobre esses grupos abaixo.

Contratação de mulheres durante a pandemia

Sabemos que, o mercado de trabalho no Brasil, e em muitos lugares do mundo sempre foi mais injusto com as mulheres.

Seja com salários menores, seja pelos filhos, ou por ‘problemas femininos’ muitas mulheres se veem prejudicadas durante as entrevistas de emprego por fatos que não são decisivos na contratação de homens.

Atualmente, com o sistema de educação infantil prejudicado pela pandemia, esse empecilho se tornou cada vez maior, visto que as mães não terão onde deixar seus filhos.

O que acaba prejudicando e muito a inclusão de mulheres no mercado de trabalho, já que uma das principais perguntas feitas em entrevistas são sobre onde ficariam as crianças.

A questão sobre a Violência doméstica, também deve ser abordada e debatida com cuidado, já que, mulheres que sofrem esse tipo de violência necessitam de maior ajuda, já que podem vir acompanhadas de problemas psicológicos.

Vale ressaltar que, o índice de violência doméstica aumentou de forma repentina durante a pandemia, e o número de mulheres que sofrem desse mal apenas aumentou.

Buscar a inclusão de mulheres que são donas de casa e estão em busca de emprego, é uma ótima forma de inclusão desse grupo.

Contratação de pessoas com doenças psicológicas

No ano conturbado que 2020 foi para todos nós, o número de pessoas que desenvolveram algum tipo de doença psicológica dispararam no país e no mundo.

Doenças como ansiedade, deficit de atenção, alguns tipos de transtorno e principalmente a depressão está como os principais problemas atingindo o brasileiro durante a pandemia da Covid-19.

Porém, pessoas que desenvolvem esse tipo de doença, também precisam se encaixar de novo no mercado de trabalho.

Muitas pessoas acabam tendo problemas psicológicos por perderem seus empregos, e serem obrigadas a viver no limite e em isolamento social, o que é um princípio principal para as doenças.

Mas, a possibilidade de recuperação dessas pessoas é altíssima, e elas poderão muito bem-fazer o possível e o impossível no ambiente de trabalho, tão quando outras pessoas que poderiam ser contratadas.

Como o RH pode ajudar com a inclusão de pessoas no mercado de trabalho?

Covid-19

A função principal no RH no ramo empresarial, é o bom posicionamento e cuidado com as pessoas envolvidas na empresa.

E vendo dessa forma, é importante lembrar da importância da inclusão e diversificação de pessoas no ramo empresarial.

O RH pode sim e deve ser a peça principal no momento da inclusão de pessoas, e existem algumas formas de facilitar ainda mais essa inclusão, assim como também, auxiliar as pessoas que já estão no meio empresarial.

Às duas melhores formas de atingir de forma positiva ambos os grupos são:

  • Auxílio na educação infantil.
  • Plano de saúde que cubra profissionais da área psicológica e psiquiátrica.

Com um bom auxílio de educação infantil, ou o famoso auxílio creche, você estará beneficiando não apenas novas inclusões na empresa como também os seus funcionários mais antigos que também possuem filhos e essa preocupação.

E também, é importante ter na empresa um plano de saúde que cubra sessões de terapia, assim como consultas psicológicas e psiquiátricas.

Com essas pequenas mudanças, o RH poderá criar uma forma de inclusão de pessoas, além de também ser benéfica para os funcionários atuais. 

Junte-se ao nosso time!

O time Smart vem crescendo muito no país graças a ideia inovadora dos escritórios inteligentes, e é considerado atualmente, a maior empresa de Coworking do Brasil.

A Smart disponibiliza diversos tipos de serviços, como endereço fiscal, salas de reuniões, sala para receber clientes e parceiros, e até mesmo, uma secretária especialmente para a sua empresa!

Tudo isso com valores super em conta que você poderá encontrar no Site oficial da Smart.

Entenda mais sobre a Smart Coworking e como ela poderá ser positiva para você e para o seu negócio.

Entre em contato com a Smart Brasília e veja sua empresa crescer!

Saulo Da Rós

Saulo Da Rós

Saulo Da Rós é Autor do Método O Empreendedor Smart, CEO e Founder do Coworking SMART. Pós-graduado em Planejamento e Gestão pela Universidade Federal do Paraná – UFPR e Master Coach FEBRACIS. Criador do Método Empresa Smart, ensina um passo a passo detalhado e comprovado para reduzir os custos e a burocracia dos negócios de seus clientes.
logo_smart.png
  • (61) 3221-1000
  • (61) 98117-0468

Brasília – Asa Sul
​Av. W3 Sul CRS 502 Bl C Loja 37

Brasília – Asa Norte
Av. W3 Norte SEP/N 504 Bl A 3º Andar

TERESINA/PI
Av. Homero Castelo Branco, nº 383​, Jóquei​

CURITIBA/PR​
Rua Mateus Leme, nº 1245, São Francisco

  • Copyright 2020 Smart Escritórios Inteligentes - CNPJ: 19.611.273/0001-09