Smart Natal: Formalização de MEI cresceu 3,7% na pandemia no estado

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Entre os meses de março e maio deste ano, 4,6 mil negócios se formalizaram como MEI (Micro Empreendedor Individual).

 Fechamento de empresas e acesso a linhas de crédito. Estes são os dois principais motivos para a formalização de MEI no estado do Rio Grande do Norte.

Nestes últimos meses, acompanhamos o fechamento temporal de várias empresas sem data para reabertura. Devido à incerteza que o isolamento social trouxe, muitos empregados decidiram passar ao empreendedorismo.

Além disso, novas linhas de crédito estão disponíveis no país e no estado, como por exemplo a CredJovem, criada pela Agência de Fomento do Rio Grande do Norte.

Todos estes fatores estimularam a formalização de MEI no estado potiguar durante a crise econômica gerada pelo coronavírus. Em um cenário difícil de se imaginar, muitos estão encontrando no empreendedorismo a melhor saída.

Crise e oportunidade econômica

Formalização de MEI
Gold king in chess game with Concept for company strategy,business victory or decision the path to success.

Estamos passando (e todos esperamos que passe logo!) por um período em que todo o mundo econômico se pergunta para aonde ir. Estamos de frente a um momento chave onde uma mudança pode ser oportuna.

Apesar da crise econômica, a formalização de MEI cresceu 3,7% no estado do Rio Grande do Norte e 9,2 mil empresas abriram neste ano. O que explica este fenômeno empreendedor?

Sem dúvida um dos principais motivos é a crise econômica aliada ao distanciamento social. Diversas empresas fecharam as suas portas neste ano, seja pelo faturamento ter diminuído ou pela obrigação de fazê-lo por questões sanitárias.

Com a incerteza da reabertura dos negócios, muitos trabalhadores passaram a empreender por si só, seja pela necessidade ou por um projeto guardado.

Muitos apostaram em negócios familiares já existentes, enquanto outros decidiram seguir atuando no seu ofício, só que por conta própria, sem a necessidade de responder à empresa.

Outro fator que soma a esta estatística é a formalização de MEI de microempreendedores que já existiam previamente à pandemia. Estes empresários decidiram se formalizar perante o governo somente agora.

Isso ocorreu muito por causa das linhas de crédito disponíveis apenas para MEIs. Muitas linhas de financiamento foram criadas no contexto da pandemia para ajudar os microempreendedores a sobreviver a este cenário.

Clique aqui e descubra como seu negócio vai sobreviver à pandemia no Rio Grande do Norte!

Além disso, os três primeiros meses do DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional) foram passados para o fim do ano. Isso gerou uma corrida para antecipar a formalização do MEI em todo o país.

Portanto, os fatores associados à crise econômica juntamente com estas possibilidades de adquirir crédito influenciaram na tomada de decisão dos potiguares em entrar no mundo do empreendedorismo.

Se você já é um empresário da região e quer seguir crescendo ou se você está tomando a decisão de empreender, fique atento às oportunidades para não ficar de fora e seguir crescendo.

Empreendedorismo em Natal fomentado

Em junho deste ano, a Caixa Econômica Federal passou a operar uma linha de crédito do Programa de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte em todo o Brasil.

Tal auxílio foi criado junto ao governo para ajudar estas empresas durante a crise econômica causada pelo coronavírus.

Este oferece um empréstimo de até 30% da receita anual registrada em 2019 e dá isenção da cobrança da tarifa de abertura de crédito.

O crédito pode ser utilizado em investimentos e capital de giro, assim como para o pagamento de contas de água, luz, aluguel ou pagamento de salário de funcionários.

As parcelas do empréstimo deverão ser quitadas no prazo máximo de 36 meses, incluindo o período de carência, de até 8 meses. A taxa de juros anual é a Selic, atualmente em 3%, mais 1,25% sobre o valor concedido.

Além dos incentivos fiscais nacionais, os moradores de Natal e da região podem contar com empréstimos e financiamentos que foram criados para incentivar a economia local.

Como já mencionamos no início do artigo, o CredJovem é uma oportunidade para quem está começando no mundo do empreendedorismo ou para quem acaba de fazer a sua formalização de MEI.

Para ter acesso o jovem empreendedor deve ter um empreendimento em curso e estar livre de pendências financeiras em seu CPF e CNPJ. Com este crédito poderão obter financiamentos com valores que podem chegar até 12 mil reais.

O crédito tem uma carência de três meses e, se as parcelas forem pagas em dia, há uma bonificação pela adimplência de juro zero.

Dica Smart

Se você está começando no empreendedorismo ou acaba de fazer a sua formalização de MEI, temos uma dica que vai ajudar você a começar seu negócio de maneira inteligente.

Que tal começar economizando levando seu endereço fiscal para um coworking?

 O endereço fiscal (ou domicílio fiscal) é o local que você coloca na documentação da sua empresa como referência para questões legais, ligadas ao Fisco, contabilidade etc.

Para fazer a formalização de MEI é obrigatório que você apresente um endereço fiscal, e na Smart Coworking você pode ter o seu em até 24 horas!

Morador de Natal e região? Conheça hoje mesmo a unidade da Smart Coworking da capital potiguar e venha ser um empreendedor inteligente conosco!

Saulo Da Rós

Saulo Da Rós

Saulo Da Rós é Autor do Método O Empreendedor Smart, CEO e Founder do Coworking SMART. Pós-graduado em Planejamento e Gestão pela Universidade Federal do Paraná – UFPR e Master Coach FEBRACIS. Criador do Método Empresa Smart, ensina um passo a passo detalhado e comprovado para reduzir os custos e a burocracia dos negócios de seus clientes.
logo_smart.png
  • (61) 3221-1000
  • (61) 98117-0468

Brasília – Asa Sul
​Av. W3 Sul CRS 502 Bl C Loja 37

Brasília – Asa Norte
Av. W3 Norte SEP/N 504 Bl A 3º Andar

TERESINA/PI
Av. Homero Castelo Branco, nº 383​, Jóquei​

CURITIBA/PR​
Rua Mateus Leme, nº 1245, São Francisco

  • Copyright 2020 Smart Escritórios Inteligentes - CNPJ: 19.611.273/0001-09