Categorias
Coworking

Smart Niterói: Quando é vantajoso migrar sua empresa para um coworking?

Pensando em migrar sua empresa para um coworking? Descubra quando é o momento certo, no texto de hoje. Siga comigo! 

Empresas buscam cada vez mais formas modernas de resolver problemas comuns. Felizmente, vivemos um momento da história onde muitas coisas são possíveis. Por exemplo, antigamente para ter um escritório/empresa era preciso gastar centenas de reais em construções ou em aluguéis.

Hoje é possível ter seu escritório/empresa em um ambiente de coworking pagando uma mensalidade extremamente baixa. Trazendo um contraste gritante, se comparado a anos atrás, onde o aluguel era um grande impedimento para novos empreendedores.

Com a possibilidade do coworking é comum que empreendedores tenham dúvidas de quando migrar sua empresa para um coworking. Nesse artigo, vou justamente tratar sobre isso. Para você descobrir se seu negócio pode funcionar em um ambiente de coworking e quando.

Entendendo o conceito de escritórios compartilhados (coworkings)

Os escritórios compartilhados surgiram para atender empresas e profissionais que buscavam um local com economia compartilhada, onde seria possível coexistirem diversas empresas (e profissionais), gastando pouquíssimo.

Essa boa ideia logo se tornou um sucesso nos Estados Unidos e Europa e não demoraria até chegar ao Brasil. Onde cada vez mais escritórios compartilhados existem. Por justamente possibilitar uma grande economia e outras vantagens.

Vantagens para migrar sua empresa para um coworking 

Agora, que entendemos o conceito por trás dos coworkings é hora de focar em algumas vantagens que uma empresa terá ao utilizar um (excelente) ambiente de coworking:

Endereço privilegiado: a maioria das melhores empresas especializadas em coworking tem suas salas em um importante centro comercial de sua cidade. Trazendo todas as vantagens que um bom endereço traz para seu negócio.

Desde ser uma vitrine para novos clientes, desde representar valor para sua empresa entre outras empresas e o mercado. Estar entre os grandes, vai facilitar o sucesso do seu negócio.

Economia gigantesca de dinheiro: imagine ter uma mensalidade abaixo dos R$100,00 e ter os seguintes benefícios inclusos:

  • Aluguel;
  • Internet Wi-Fi de altíssima velocidade;
  • IPTU;
  • Condomínio;
  • Energia elétrica;
  • Água;
  • Serviço de recepção;
  • Estacionamento;
  • Manutenção;
  • Limpeza;
  • Banheiros e cozinha completa;
  • Sala de reuniões;
  • Áreas de comum acesso entre os membros;
  • Entre demais gastos intrínsecos em manter um escritório funcionando.

Esse é o ponto que ganha a maioria dos empreendedores, tendo em vista que é possível economizar bem mais do que 90% de gastos que teria utilizando um espaço convencional, onde teria que pagar aluguel, ter uma recepcionista, entre os demais gastos que citei.

Ambiente moderno e completo: se você está pensando que por ser bastante barato os serviços de coworking teriam uma qualidade reduzida em outros pontos? Se você imaginou isso, não poderia estar mais errado.

Lembrando, que estou batendo na tecla das empresas realmente especializadas em coworking, sendo que é preciso ficar bastante atento a isso, quando for buscar um serviço de coworking.

Coworkings trazem o que há de mais moderno em equipamentos para escritório, garantindo um local extremamente completo, onde empresas, escritórios e profissionais independentes possam desempenhar seu trabalho da melhor forma.

Possibilidade de networking: dividir o espaço com outras empresas e profissionais, garante contatos diários para ampliar ainda mais seu networking. Tendo em vista que terá um contato com o lado humano das empresas e que irá facilitar muito uma boa relação.

Sendo que empresas e profissionais que possuem um bom networking, contam com muitas vantagens no mercado, frente a outros que não se preocupam com esse detalhe.

Em sua grande maioria, quem utiliza um ambiente de coworking, são pessoas que buscam modernidade e certamente estão abertas a relações com outras empresas e profissionais. Tornando o ambiente propício para isso.

Demais vantagens: as vantagens não param por aí, tendo em vista que os coworking trazem ainda mais possibilidades, sendo uma excelente opção para pessoas que trabalham em sua maioria remotamente e em momentos precisam de um espaço para receber seus clientes (tendo planos especiais para esses casos).

Traz ainda a opção de ser o endereço fiscal e/ou comercial do seu negócio. Garantindo realmente, uma experiência completa para quem migrar para esse tipo de local.

Além dessas, existem outras vantagens que você só irá perceber no dia a dia, trabalhando em um ambiente compartilhado. Onde vai perceber que escolher um coworking é uma das melhores decisões que alguém pode tomar para seus negócios.

Quais empresas podem funcionar em um ambiente de coworking?

Depois de entender todas essas vantagens, deve estar se perguntando se a sua empresa ou futura empresa poderá migrar/funcionar em um ambiente de coworking.

Basicamente, todas as empresas e atividades que possam ser executadas em um escritório podem facilmente utilizar um ambiente de coworking. Nisso, ficam inclusas: e-commerces, contabilidades, escritórios de advocacia, designers, freelancers, escritores, entre milhares de outras funções e serviços.

Sua empresa não se encaixa em um ambiente de coworking? Ainda assim é possível aproveitar essas vantagens. Te explico como!

Algo que ocorre com empresas maiores dentro dos coworkings, é estar movendo um ou mais setores da empresa para essa modalidade. Que são justamente os setores, que podem funcionar dentro de um escritório, como contabilidade, financeiro, recursos humanos, gerência, entre outros.

Com isso, empresas que possuem partes operacionais podem se beneficiar dos coworkings, migrando parte da empresa para esse local e mantendo os colaboradores operacionais em outro endereço. Tendo em vista que com a internet é muito fácil para os setores conversarem remotamente. 

Essa manobra é bastante válida, pois irá significar que a empresa poderá contar com um espaço menor ao invés de ter que ter um local gigantesco para abrigar todos os setores.

Qual o momento certo para migrar sua empresa para um coworking?

É preciso fazer uma reflexão sobre quando é o momento certo para migrar sua empresa para um coworking.

A grosso modo, se a sua empresa ou parte dela está habilitada a funcionar em um coworking, não tem porque esperar mais por isso. Então, se você está iniciando uma empresa, já poderá iniciar em um coworking (tendo em vista que o coworking pode ser seu endereço fiscal e/ou comercial).

E você que já possui uma empresa em outro endereço, em poucos dias (até em menos de 24 horas, em muitos casos) poderá falar com uma empresa de coworking e fazer a mudança.

Onde o único dos empecilhos pode ser sobre contrato de locação, onde sair antes poderá ocasionar em multas e outras sanções. Se o prejuízo for apenas financeiro, no fim das contas poderá valer a pena, dependendo do valor, pelo fato da mensalidade ser muito pequena em um coworking.

O que poderá significar que mesmo pagando uma multa poderá economizar bem mais do que cumprir o contrato até o fim. Agora, se você prefere cumprir o contrato, não terá problemas, poderá migrar para um coworking assim que o contrato encerrar.

Conheça a Smart Niterói (e demais endereços)

A Smart Coworking é o melhor coworking do Brasil, e conta com dois planos: Plano Smart Fiscal (apenas R$79,90 por mês) para quem precisa apenas de um endereço, e o Plano Smart Black, onde poderá contar com todos os benefícios listados (R$99,90 por mês).

Se você está localizado próximo a Niterói, te convido a conhecer a nossa unidade. Caso não, também temos mais uma unidade em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. Saindo do Rio, você encontra a Smart em Brasília, na Asa Norte e Asa Sul e em São Paulo na região da Berrini.

Conclusão

No artigo de hoje, ajudei empreendedores e profissionais independentes a entenderem quando migrar sua empresa para um coworking. Para que com isso, eles possam aproveitar todos os benefícios de se trabalhar em um ambiente de coworking.

Esse tipo de espaço casa muito bem com atividades que possam funcionar em escritórios, dessa forma, empreendedores e profissionais independentes, podem facilmente adaptar suas atividades em um espaço compartilhado.

Também mostrei que é possível adaptar setores de empresas para funcionarem em coworkings, o que possibilitará para essas empresas, encontrar um lugar menor (onde irá funcionar apenas o operacional) e consequentemente economizar bastante seus recursos financeiros. 

Para você que se interessou no assunto, vou deixar mais 3 artigos que tem tudo a ver:

Compartilhe esse artigo em suas redes sociais para que mais empreendedores aprendam o momento certo de migrar sua empresa para um coworking. Agradeço a sua leitura e se tiver um assunto que não encontrou no blog, não deixe de pedir através dos comentários.

Saulo Da Rós

Por Saulo Da Rós

Saulo Da Rós é Autor do Método O Empreendedor Smart, CEO e Founder do Coworking SMART. Pós-graduado em Planejamento e Gestão pela Universidade Federal do Paraná – UFPR e Master Coach FEBRACIS. Criador do Método Empresa Smart, ensina um passo a passo detalhado e comprovado para reduzir os custos e a burocracia dos negócios de seus clientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *