Smart Teresina: Conheça a linha de crédito para empresas de Teresina

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Em busca de linha de crédito para empresas? No artigo de hoje vamos te contar um pouco mais sobre o assunto, e explicar seu funcionamento. 

Por conta da pandemia de Covid-19, medidas restritivas e preventivas, incluindo o isolamento social, foram tomadas via decretos governamentais e das prefeituras em todo o país.

Em Teresina, capital piauiense, não foi diferente. 

As medidas impedem a movimentação nas ruas e estabelecimentos, escolas, universidades, comércios, entre outras coisas tiveram suas atividades interrompidas.

Dessa forma, a demanda dos empreendedores diminuiu, reduzindo também os faturamentos, o que fez muito negócio reduzir funcionários, produções e, às vezes, até fechar as portas.

Linha de crédito para Empresas

A Prefeitura de Teresina desenvolveu o Projeto tecnologia Comercial e Criativa, como um meio que dará aos empreendedores prejudicados pela pandemia, acesso a uma linha de crédito para empresas e a uma capacitação para fomentar seu negócio.

De acordo com declaração da Prefeitura, serão investidos R$1 milhão de reais em empresas que foram prejudicadas pela pandemia, como forma de suporte e apoio à esses pequenos negócios no momento em que vivemos.

Além da aplicação em dinheiro, também serão realizados cursos de capacitação para os autônomos e MEIs para prepará-los para realizar vendas e negócios pela internet, como uma opção viável para a queda do faturamento.

Essa habilitação acontecerá mediante três etapas. 

Primeiro será realizada uma capacitação por meio da Fundação Wall Ferraz, e, em seguida, o financiamento será através do Banco Popular.

A terceira etapa será o acompanhamento desses empreendedores, que poderão dispor de consultorias particulares para orientá-los durante o processo, e então terão o cadastramento de seus produtos no site Empreende THEch.

Os empreendedores terão diversas capacitações durante o processo, o intuito é que eles aprendam sobre muito mais do que empreendedorismo, como marketing, mídias sociais, sistema de e-commerce (compra e venda online) e aplicação do modo de negócio.

Tratando da parte física da empresa, eles terão acesso à R$ 4 mil de capital de giro, e até R$10 mil em equipamentos, mediante um financiamento desse dinheiro, ou seja, de maneira parecida ao financiamento empresarial.

Para participar do projeto, o micro ou pequeno empreendedor deve entrar em contato com a Secretaria Municipal de Economia Solidária, a SEMEST, por meio do telefone (86) 99480-0501.

Levantamento do SEBRAE

De acordo com os números levantados pela pesquisa realizada pelo SEBRAE, 58% dos empreendimentos do Piauí vão precisar de uma linha de crédito para empresas para impedir que fechem as portas.

A pesquisa realizada em abril aponta que no Piauí, 34% dos donos de negócio já haviam buscado algum tipo de financiamento

55% destes tiveram sua solicitação negada. 

A outra porcentagem são aqueles que foram aprovados ou ainda esperam resposta.

Apesar de algumas medidas de apoio à autônomos e MEIs terem sido tomadas pelo Governo, muitos dos empresários não têm conhecimento dessas medidas ou de como acessá-las.

O Governo Federal também adotou meios para minimizar o impacto negativo da pandemia de Coronavírus no setor empresarial, entre eles o Auxílio Emergencial para MEIs, autônomos, informais ou desempregados.

Outra opção também é a suspensão dos contratos de trabalho mediante redução da jornada de trabalho com redução salarial por parte do patrão, e recebimento do restante por meio do Governo.

Além disso, o pequeno empreendedor também pode contar com as linhas de crédito que oferecem redução de juros para pagar uma parte dos salários dos empregados, desde que não realizem a demissão.

O problema é que, grande parcela da população não têm conhecimento sobre esses decretos de medidas oferecidos pelo Estado que podem ajudá-los dando suporte e benefícios ao seu negócio, principalmente as linhas de crédito.

No Brasil, 29% das pessoas contatadas não conhecem essas medidas, e 57% ouviram falar brevemente sobre o assunto. 

Enquanto no Piauí apenas 17% dos empresários contatados tem conhecimento aprofundado sobre o tema.

Consequências da crise

Ainda segundo resultados da pesquisa realizada pelo SEBRAE, quase 90% dos entrevistados notaram uma queda de faturamento de, em média, 82% de lucro mensalmente.

O número é muito grande e representa uma falta de condições para que os empreendimentos continuem de portas abertas e funcionando.

O levantamento ainda mostra que, no Piauí, quase 80% das micro e pequenas empresas existentes foram obrigadas a cessar o funcionamento de seus negócios nos últimos meses, devido à crise gerada pelo Coronavírus.

E mesmo os 20% que ainda continuam abertos, precisaram adotar medidas de mudança de operação, incluindo atividades remotas, corte de gastos, de salários e demissão de funcionários.

Oportunidade de crescer

Hoje a Smart é considerada o MELHOR COWORKING do Brasil pelo melhor custo benefício com alto padrão e contratação mais ágil. 

E agora chegou a oportunidade de investir no seu negócio pelo menor preço de custo para seu ambiente de trabalho.

Você pode até se dar ao luxo de pesquisar, mas, voltará a ele pela certeza de que não encontrou nada igual.

Aqui temos certeza que você consolidará a sua EMPRESA INTELIGENTE com MENOS custos e MAIS RESULTADOS!

Entre em contato com a SMART e faça sua empresa crescer!

SMART TERESINA
Endereço: Av. Homero Castelo Branco, número 383 – H – Jóquei, Teresina – PI, 64048-385

logo_smart.png
  • (61) 3221-1000
  • (61) 98117-0468

Brasília – Asa Sul
​Av. W3 Sul CRS 502 Bl C Loja 37

Brasília – Asa Norte
Av. W3 Norte SEP/N 504 Bl A 3º Andar

TERESINA/PI
Av. Homero Castelo Branco, nº 383​, Jóquei​

CURITIBA/PR​
Rua Mateus Leme, nº 1245, São Francisco

  • Copyright 2020 Smart Escritórios Inteligentes - CNPJ: 19.611.273/0001-09