Categorias
Administração

6 lições de gestão de crise que Joe Biden tem a ensinar para os novos empreendedores

A maneira que Joe Biden (presidente dos Estados Unidos da América) lidou com a crise do COVID-19, trouxe excelentes ensinamentos que novos empreendedores poderão aplicar na sua gestão.

No artigo de hoje, vamos apresentar 6 lições que aprendemos com a gestão de crise de Biden. Esses ensinamentos servirão para novos empreendedores nortearem a sua administração, para gestão de crise e para ter sucesso em seu empreendimento. São excelentes dicas!

6 lições da gestão de crise de Biden que podemos aplicar no empreendedorismo

Momentos de crise, como a pandemia, trouxeram ensinamentos sobre muita coisa, com o empreendedorismo não foi diferente. Vamos para 6 lições que podemos aprender com a gestão de crise de Joe Biden, e de que forma isso irá ajudar novos empreendedores.

1 – Seja claro e direto

Para ter uma gestão de crise eficiente, ou mesmo para uma gestão empresarial, em qualquer situação, é necessário ser claro e objetivo. Para medidas rápidas e eficazes, é necessário passar a mensagem sem ruídos, para que a sua equipe entenda e possa seguir no rumo certo.

Ainda mais para novos empreendedores, que não tem tanta experiência e seja possível que nunca tenha passado por uma crise, será um momento de descoberta. Sabemos que uma crise pode surgir do nada, mas é necessário absorver o impacto e seguir da melhor forma, sendo claro e direto. 

se-prepare

2 – Tenha objetivos específicos

Seguindo o item acima, para uma gestão de crise eficaz, é necessário traçar objetivos claros e específicos. Muitos empreendedores passaram por uma crise, durante a pandemia, sabemos que muitas empresas fecharam e muitas pessoas ficaram desempregadas.

Ao mesmo tempo, outras empresas conseguiram passar pela crise, a gestão de crise foi fundamental para isso, adaptar-se é entender o que precisa ser feito e por em prática. 

Dessa forma, mesmo em momentos de não crise, é necessário para qualquer empreendedor (principalmente os que estão começando) ter objetivos claros, para ele e sua equipe seguirem no mesmo caminho.

3 – Estabeleça metas

Todos os ensinamentos são complementares, ser claro e objetivo é estabelecer metas para si e para a equipe. Em momentos de crise, a gestão de crise irá trabalhar com novas metas, as metas se tornam (praticamente) todas metas de curto prazo, é preciso entender o momento e reformular metas, o que antes era X, agora pode ser Y. É preciso que toda a equipe entenda e tenha um norte para seguir (todas devem abandonar X e seguir Y), metas bem elaboradas e cumpridas, são sinônimo de uma boa gestão.

Novos empreendedores, por falta de experiência prática, muitas vezes trabalham com metas irreais ou abaixo da capacidade de conquista. Quando se trabalha com metas, é necessário elaborar metas alcançáveis e reais. Em momentos de crise, pode ser necessário dar dois passos para trás, para que se passe pela crise. O bom gestor sempre vai trabalhar para o bem da equipe e da empresa.

4 – Estabeleça prioridades

Continuando com os ensinamentos sobre gestão de crise, quando o empreendedor for claro e objetivo, encontrar objetivos específicos e estabelecer as metas certas, ele terá estabelecido as prioridades.

É muito comum, principalmente em pequenas empresas com poucos colaboradores, ter muitas prioridades, isso é um erro. Claro que uma empresa pode ter vários objetivos, mas é preciso elencar níveis de prioridades. Se tudo for prioridade, nada será prioridade.

5 – Atribua responsabilidades

Crises são momentos importantes, são nesses momentos que o empreendedor e seus colaboradores são testados na prática. Atribuir as responsabilidades para cada função é essencial, não só em momentos de crise, mas principalmente, em momentos de crise.

Cada colaborador deve ter e assumir as responsabilidades de sua função, é função do gestor deixar isso claro. Quando o colaborador “foge” da sua responsabilidade, será necessário repensar a permanência do mesmo na empresa.

Estar cercado de bons profissionais será imprescindível para qualquer empreendedor obter sucesso. Quando o profissional é sério e responsável, pode ter certeza, que ele irá bater no peito e assumir a responsabilidade.

6 – Identifique e obtenha os recursos necessários para garantir o sucesso

Identificar os recursos para obter sucesso, é o que um bom gestor deve encontrar. Além disso, será necessário encontrar meios para obter esses recursos. Para a gestão de qualquer crise, ter os recursos necessários será imprescindível. 

Gerir sem recursos não será possível, você pode ter as melhores ideias, mas sem os recursos, tudo ficará apenas na teoria. Muitas empresas fecharam na crise, por não ter recursos para absorver os impactos da crise. 

Conclusão

No artigo de hoje, aprendemos ensinamentos para gestão de crise, baseado na maneira que Joe Biden lidou com a pandemia de COVID-19. Esses ensinamentos irão ajudar jovens empreendedores a lidar com momentos de crise, mas não só isso, esses ensinamentos são excelentes para o bom funcionamento de qualquer empresa.

Para mais informações e ensinamentos sobre empreendedorismo, recomendamos a leitura do livro “O Empreendedor Smart”, que também traz ótimos ensinamentos para jovens empreendedores. Com exemplos práticos.

Além disso, veja nosso canal no YouTube e continue acompanhando o nosso blog.

Nos vemos em breve, obrigado pela leitura!

Categorias
Empreendedorismo

[SMART BRASÍLIA] Aprenda como aplicar a gestão de crise em sua empresa

Quer aprender a aplicar a gestão de crise na sua empresa? Nós vamos ajudar você.

Em um ano tumultuado como 2020, houveram pouquíssimas empresas que não passaram por uma crise.

Assim como houveram muitas mudanças dentro de um curto espaço de tempo, muitas empresas sofreram por crises que nunca imaginaram passar. 

Por isso, hoje vamos auxiliar você a aplicar a famosa gestão de crise na sua empresa, para que você possa sair dessa de uma forma eficaz.

Então vem com a gente.

O que é uma gestão de crise?

A gestão de crise, nada mais é que o plano instaurado na empresa, no momento em que os estudos demonstram uma crise futura.

O principal foco dessa gestão é impedir que essa crise aconteça dentro da sua empresa, assim, ela auxilia a sair de possíveis crises que possam vir a acontecer em sua empresa.

Porém, como nem sempre é possível escapar dessas situações, a gestão de crise também estuda a melhor forma da empresa passar por esses momentos sem sofrer muitos danos.

Ou seja, a gestão de crise é uma forma de planejamento estratégico que deve ser sempre avaliada com o máximo de cuidado para evitar possíveis problemas.

Dessa forma, você evita que a sua empresa passe por maus momentos, por causa de uma crise que poderia ser evitada, ou que causaria menos danos caso você estivesse preparado para ela.

5 dicas para aplicar a gestão de crise na sua empresa

Veja a seguir as 5 melhores formas de atuação da gestão de crise na sua empresa:

1 – Antecipe os cenários

Como falamos antes, é necessário que o cenário seja sempre avaliado,  caso ocorra algum tipo de crise futura.

Também é importante que a empresa já tenha um plano principal arquitetado em casos de crises severas, visto que nenhuma empresa está livre delas.

Então, antecipar cenários é o primeiro passo para uma gestão de crise eficiente.

2 – Prepare o seu time

Quando você fizer a pesquisa de cenários, e encontrar uma possível crise à frente, é interessante que você prepare os seus colaboradores para esse momento.

Claro que não estamos falando de assustar a todos com possíveis demissões, mas sim, ser claro sobre as situações, e informalos sobre as formas ideias para superar a crise.

Dessa forma, você ainda terá o apoio do seu time para passar por esses momentos.

3 – Conte com o auxílio de uma assessoria

Uma boa assessoria pode fazer toda a diferença no momento de uma crise na sua empresa.

Um contador qualificado trabalhando ao seu favor pode ser fundamental para que a sua empresa possua a melhor ação contra as crises futuras ou atuais.

Assim, você poderá contar com a ajuda de especialistas para retomar a normalidade da sua empresa de uma maneira mais rápida e com a confiança de que um profissional está a frente do problema.

4 – Trabalhe com fatos

Nesse momento, você deverá ser o mais fiel possível ao que está realmente acontecendo com a sua empresa.

Uma decisão tomada de forma errônea nesse momento pode ser decisiva para que a sua empresa tenha um futuro pouco promissor, trabalhando com a realidade que se enfrenta no momento.

Então, busque sempre trabalhar com fatos reais, e que sejam concretos, para que você não tome decisões infundadas que podem acabar prejudicando muito a sua empresa.

5 – Comunique seus parceiros

Comunicar seus parceiros de negócios também é uma forma de manter seus negócios da melhor forma.


Então, tenha uma relação transparente que demonstre os problemas que estão passando, dessa forma você passará mais confiança para os seus parceiros continuarem lhe apoiando.

Como a Smart pode ajudar no seu início como empreendedor?

gestão-de-crise

A Smart é uma empresa referência em coworking, e possui vários escritórios compartilhados em edifícios de padrão executivo, localizados em pontos chaves de grandes cidades brasileiras.

E, em momentos de crises extremas, talvez seja necessário diminuir o maior número de despesas possíveis, e isso pode incluir o seu escritório.

Mas, como em 2020 tivemos o famoso home office, que foi muito utilizado já que muitos escritórios não poderiam abrir, possuir um endereço fiscal em um coworking é uma boa opção.

Dessa forma, com um valor muito abaixo do que você pagaria para manter um escritório de médio padrão, você poderá ter acesso a todos os serviços da Smart.

Então, conte com a Smart para  auxiliar o seu negócio com o maior estilo em momentos de crise extrema, além de ter a sua carreira de empreendedor de sucesso!

Conclusão

E aí, conseguiu entender mais sobre gestão de crise, e como aplicar na sua empresa? 

Conte com a Smart em todos os momentos para apoiar seu crescimento!

Um grande abraço.