Categorias
Marketing

Smart Rio: Qual a rede social mais indicada para o seu negócio?

Afinal, existe uma resposta pronta para qual é a melhor rede social para um negócio? Descubra no texto de hoje!

Redes sociais se tornaram uma verdadeira febre assim que surgiram, e isso vem se mantendo, aliás, vem crescendo cada vez mais, com pessoas conectadas no mundo todo.

Seu sucesso é facilmente entendido, pela forma simples que as redes sociais são apresentadas aos seus usuários, unindo pessoas de todas as idades, classes sociais e gêneros diferentes (de qualquer lugar do mundo).

Dessa forma, as empresas não poderiam ficar de fora dessa “brincadeira”, afinal, são milhões (em alguns casos bilhões) de possíveis consumidores que estão diariamente utilizando as redes sociais.

Devido ao grande sucesso, cada vez mais surgem redes sociais e muitas vão sumindo ou sendo substituídas pela concorrência, como o Orkut que foi aos poucos substituído pelo Facebook, até deixar de existir, por exemplo.

Então, é comum que os empreendedores fiquem na dúvida de qual é a melhor rede social para apostar em prol do seu negócio. A resposta não é tão simples, já que varia bastante dependendo do público-alvo de cada empresa. 

Tome muito cuidado com textos e vídeos, que colocam uma como a melhor, sem nem ao menos analisar o contexto. No texto de hoje vou analisar as melhores e mais usadas redes sociais e te ajudar a entender qual ou quais, funcionam melhor para o seu negócio.

Redes sociais: as melhores para seu negócio

Vou apresentar as redes sociais mais relevantes para as empresas e mostrar qual o principal público alvo de cada uma delas, para ser mais fácil te ajudar a escolher a ideal.

Facebook

O Facebook (enquanto rede social e não a empresa) demonstra que anda perdendo força e relevância (pelo menos no Brasil), porém ainda é a mais famosa e utilizada rede social do mundo, e deve continuar por um bom tempo.

A grande vantagem do Facebook são seus bilhões de usuários e o tempo que já está no “mercado”. Por conta disso, praticamente todas as grandes empresas possuem um perfil no Facebook e possivelmente a maioria dos consumidores também (embora muitos perfis fiquem “offline”)

O Facebook pode ser indicado para praticamente todas as empresas, tendo em vista que acaba englobando praticamente todos os tipos de usuários (clientes). Sendo bastante recomendado, tendo em vista que muitas pessoas usam a busca do site para encontrar produtos e serviços.

No primeiro momento parece ser a melhor opção, tendo em vista, que a empresa engloba todos os públicos, porém ultimamente o Facebook tem “podado” perfis empresariais, para que invistam no Facebook Ads (anúncios pagos). Entretanto, o valor não é tão alto e se bem usado é eficiente.

O Facebook tem se mostrado bastante útil para empresas que se dedicam ao público regional, isto é, empresas que atendem o público da sua cidade ou região. 

Podemos concluir que vale a pena apostar no Facebook, porém talvez não seja a melhor opção para todos os negócios (ainda mais se pensar a longo prazo). Ainda que seja bastante amplo, pode não funcionar para produtos ou serviços extremamente nichados. 

Porém, vale a pena manter um perfil ativo no Facebook, tendo em vista que é possível compartilhar publicações de outros sites e comunicar-se com todos os públicos e receber mensagens de usuários através do bate-papo. 

Instagram

É a rede social que mais cresce no mundo e assim como o WhatsApp, é propriedade do Facebook. Surgiu como um aplicativo de compartilhamento de fotos, mas com o passar do tempo foi ganhando novidades até cair na graça de todos.

Ultimamente, o Instagram tem dado bastante espaço para vídeos e criação de entretenimento e não apenas para as fotos. É um aplicativo moderno, bastante usado por públicos diversos, porém, seu principal público é jovem, ficando abaixo dos 35 anos.

Ele tem bastante alcance e a maioria dos seus usuários é bastante ativo, trazendo bastante engajamento. É uma rede social excelente para trabalhar, desde que seu produto ou serviço converse com a plataforma.

Como sua política atual preza pelo entretenimento, é recomendado que utilize uma linguagem moderna, que converse com os jovens. Funciona muito bem para empresas que conseguem expor seus produtos ou serviços através de fotos.

Embora, tenha o espaço da legenda, textos longos (na maioria das vezes) não são bem aceitos e facilmente podem passar batidos no feed dos usuários. Dessa forma, vão se sobressair empresas que tiverem uma linguagem mais dinâmica e que prenda a atenção dos usuários com vídeos e fotos.

LinkedIn

Essa rede social tem grandes destaques entre os profissionais, tendo em vista que funciona como um Facebook de profissionais, onde eles se encontram e conseguem entender uns aos outros.

Dessa forma, fica claro que sua função é ligar empresas com profissionais, profissionais com profissionais e profissionais com empresas. Funcionando extremamente bem para quem presta um serviço específico, e empresas que buscam profissionais capacitados.

Por ser uma rede social bastante nichada, não é recomendada se a sua empresa visa atingir clientes normais, sendo que praticamente todos que estão ali, estão por questões de trabalho e não procurando produtos variados.

Twitter

O Twitter é uma rede social “mal” entendida pela maioria das empresas, muito por conta da forma que é feita a comunicação (no Twitter tem um limite baixo de caracteres por mensagens, apenas 140) dentro dessa rede e por ser muito usada pelos jovens.

O foco dos seus usuários está em informações, dessa forma, vai casar muito bem com empresas que trabalham com notícias e informações específicas. Facilitando assim, na comunicação direta com quem está interessado no que a sua empresa tem a dizer.

Mas afinal, como escolher a rede social?

Como vimos, cada rede social tem suas características próprias, então é preciso respeitar essas diretrizes na hora de escolher a melhor opção para seu empreendimento. Porque de nada vai adiantar criar conteúdo em uma rede que não converse com seu público.

Dessa forma, vou dar algumas dicas esclarecedoras que vão te ajudar a definitivamente encontrar a melhor opção para sua empresa. Vamos diretamente para elas!

Tenha objetivos claros

O objetivo de qualquer empresa é vender mais, porém, é preciso entender de que forma focar nisso. As redes sociais são ferramentas para se comunicar diretamente com os consumidores, por isso, fique atento à rede social que melhor dialoga com seus consumidores (e que facilite a comunicação).

A partir disso, será possível definir um objetivo claro e trabalhar em cima disso, para conseguir atrair cada vez mais pessoas. Dessa forma, tenha claro que o objetivo é apresentar um produtor, conseguir mais clientes ou estabelecer a sua marca (entre outros).

Identifique seu público-alvo

Essa é a regra de ouro das redes sociais: identificar seu público-alvo. Afinal, a sua empresa existe para cuidar das necessidades de determinadas pessoas. Dessa forma, entenda onde esse público está no mundo das redes sociais.

Com isso, não basta ir atrás de números e quantidades, mas sim do engajamento. Por exemplo, muitas pessoas têm uma conta no Facebook, mas visitam apenas semanalmente o perfil. O foco é entender onde o seu público-alvo está engajado e não onde eles têm perfis, simplesmente. 

Dessa forma, será possível chegar até eles através das redes sociais. Uma vez que encontrar seu público, preocupe-se em desenvolver conteúdos que sejam relevantes para essas pessoas.

Conheça os seus limites e as suas possibilidades

Algumas redes sociais demandam de características que são essenciais para o sucesso dentro delas. Por isso, é preciso entender se a sua empresa tem condições de estar nas especificações do aplicativo.

Tendo em vista, que de nada vai adiantar estar falando com centenas de pessoas, se essas pessoas não tiverem interesse nos seus produtos/serviços ou não estiverem “a fim” de ver o que a sua marca tem a dizer.

Fique de olho na concorrência

A concorrência direta da sua empresa tem muito a dizer sobre qual rede social é a mais indicada. Afinal, por contarem com produtos ou serviços semelhantes, vão mostrar onde eles chegam a mais pessoas.

Porém, dê uma olhada mais a fundo para entender se realmente essas outras empresas estão tendo êxito na rede social escolhida, para que não corra o risco de seguir no caminho errado (como elas).

Conclusão

No texto de hoje, mostrei que cada rede social tem seu público específico, dessa forma, é preciso analisar muito bem o seu público-alvo antes de decidir qual é a rede social mais indicada para seu negócio.

Com isso, não é possível eleger a melhor rede social para todos os negócios, tendo em vista que os empreendimentos também variam muito, tornando o leque amplo demais para uma resposta pronta.

Então, nem sempre a rede social do “momento” será a melhor para sua empresa, tendo em vista o nicho que a sua empresa busca alcançar. Por isso, é necessário fazer uma análise ampla para entender e chegar a uma resposta definitiva.

Para mais artigos relevantes, continue acessando o blog da Smart. Vou listar três deles, para que veja na sequência: 

Agradeço a sua leitura e nos vemos em breve!

Categorias
Marketing

Smart Rio: Você sabe o que é Marketing interativo? Conheça empresas que o estão usando com sucesso

O Marketing Interativo é uma excelente forma de engajar o seu público. Se você ainda não conhece o seu conceito, siga comigo e descubra mais sobre. Além disso, vou te mostrar exemplos práticos de grandes marcas, que se tornaram um verdadeiro sucesso com o Marketing Interativo.

As empresas que estão buscando se destacar frente aos demais, já entenderam a importância do marketing para o sucesso do negócio. Uma forma de aproximar ainda mais os consumidores da sua marca é através do Marketing Interativo.

Esse tipo de marketing, cria uma experiência única do cliente com a marca, o que vai estreitar ainda mais as relações. Além disso, ele pode ser feito de várias formas, desde algo mais simples a campanhas gigantescas (falarei sobre algumas)

Porém, o objetivo é sempre o mesmo, criar uma experiência junto ao cliente fazendo ele desenvolver uma relação com seus produtos ou serviços, ou de forma mais geral, com a marca em si. 

O que é marketing interativo?

O conceito de marketing interativo é bastante simples, é basicamente todo tipo de marketing que possibilite ao público interagir no momento com o conteúdo demonstrado. Seja através de um quiz ou outro modo que gere uma experiência pessoal com a marca, como por exemplo:

  • Transmissão ao vivo com participação do chat;
  • Jogos para celular;
  • Realidade Virtual;
  • Aplicativos;
  • QR Code;
  • Vídeos;
  • Áudios;
  • Slides;
  • Entre outros.

Esse tipo de ação pode ou não, gerar algum prêmio (seja em saldo ou cupom de desconto, por exemplo) para quem participar. O que gera maior engajamento dos envolvidos, uma vez que o cliente será recompensado por participar.

Marketing Interativo e Marketing Digital, são a mesma coisa? Porque o Marketing Digital é tão especial?

O marketing interativo faz parte do marketing digital, mas é importante saber que nem todo marketing digital pode ser considerado interativo. Uma vez que pode ser feito sem gerar algum tipo de envolvimento.

Por exemplo: esse texto que você está lendo, faz parte do marketing digital da Smart, para levar informações a empreendedores e entusiastas do assunto. Ele é um texto informativo, onde você lê e absorve o que foi passado. Mas é diferente de um quiz (marketing interativo), onde você participa e escolhe.

Veja bem, um tipo de marketing não anula o outro, os dois podem ser feitos para alavancar e gerar ainda mais valor para a sua marca. Porém, o marketing interativo tem a grande vantagem de gerar uma imersão maior junto ao público. Dessa forma ajudando a conquistar ainda mais espaço junto ao cliente.

Envolver o cliente é uma excelente forma de gerar um público fiel. O marketing interativo, quando bem feito, tem o poder de ficar na memória dos clientes, estreitando ainda mais essa relação com os consumidores.

Ele permite que a sua marca mostre toda a criatividade e crie algo novo, mostrando para o público que se preocupa com a experiência positiva que o cliente vai ter com a sua marca, e não apenas em vender um produto.

De forma resumida: o marketing interativo leva o público a envolver-se com sua empresa/marca em troca de um experiência única que agregue valor (seja financeiro ou desenvolvimento pessoal).

Conheça empresas que usaram o Marketing Interativo com sucesso

Para exemplificar o que foi dito no texto, reuni campanhas de Marketing Interativo de grandes marcas que foram um verdadeiro sucesso. Mostrando ainda mais o poder que o Marketing Interativo possui. Vamos a elas!

Clash Up by Eko: musical interativo

Aqui temos um belo exemplo de como “sair da bolha” e criar algo único. O Clash Up by Eko criou um site interativo, onde era permitido para os usuários criarem suas próprias mixagens, juntando diferentes faixas e artistas em uma única música.

Isso criou um grande engajamento do público, além de trazer reconhecimento extra para os artistas que utilizaram dessa experiência para criar suas músicas. 

Santa Sleigh Ride Coca-Cola: Realidade virtual

A realidade virtual é uma divertida e excelente forma de criar uma experiência interativa para os usuários. Pensando nisso, em 2015 (durante o período de férias), a Coca-Cola ofereceu um passeio com um trenó interativo do Papai Noel.

Para acessar essa realidade virtual fascinante o público usava o dispositivo Oculus, um headset onde é possível ter acesso a conteúdos interativos de realidade virtual. Juntando os dois, criam uma experiência única para quem participou da campanha.

Foi um verdadeiro sucesso para ambas as marcas. E certamente, criou uma memória que ficou viva nos corações de quem participou. O que só reforça o poder do marketing interativo de criar experiências para os consumidores.

L’Oréal Mobile Taxi Shops: QR Code

O QR Code é usado em praticamente todos os meios de comunicação visual. O seu objetivo através do escaneamento é levar o usuário para mais informações sobre uma marca, produto ou serviço. Sendo uma excelente forma de introduzir o Marketing Interativo.

Pensando nisso, a L’Oréal criou uma experiência interativa: o Mobile Taxi Shops. Onde QR Codes foram colocados em táxis de algumas cidades.

Assim que o usuário escaneava o QR Code com seu celular, ele era redirecionado para um site para realizar o download de um aplicativo da L’Oréal de e-commerce. Além de criativa, essa campanha trouxe grandes resultados para a marca, justificando seu investimento na campanha.

NBA: Evento virtual (durante o lockdown)

Como grande fã de basquete, pude acompanhar essa campanha de perto. Foi uma utilização do Marketing Interativo para contornar o momento que o COVID estava espelhado pelo mundo todo.

Com as cidades americanas e canadenses (onde ocorrem os jogos da NBA) em lockdown, os jogos de basquete ficariam sem público. O que aconteceu com todos os esportes, quem é fã de algum, sabe do que estou falando.

Mas a NBA foi muito criativa em lidar com esse momento de caos. Junto à plataforma da Microsoft, a Microsoft Teams, eles criaram uma maneira única dos fãs acompanharem os jogos de basquete remotamente.

Enquanto os fãs assistiam aos jogos as suas imagens capturadas pela webcam eram transmitidas para telas que foram colocadas nos lugares onde estariam a torcida, possibilitando para os jogadores a sensação de multidão que estavam acostumados.

Campanhas como essa, que tem um grande público envolvido, além de envolver a paixão das pessoas pelos seus times, são bastante influentes e trazem um excelente retorno.

Alexa: Chatbot

Alexa é uma IA (inteligência artificial) da Amazon que foi criada para ser um chatbot, isto é, uma IA que respondia às dúvidas dos usuários do site. Além disso, ela permite que você efetue compras por simples comandos de voz.

Esse é um exemplo de Marketing Interativo bem aplicado, quando a criação acaba indo mais além do que a própria marca esperava. Hoje ela se tornou referência em como cuidamos de nossas casas, ficamos organizados e lidamos com IA de forma simples, fácil e objetiva.

Como dito, algumas vezes a campanha de Marketing Interativo, acaba indo além da sua proposta, o que é excelente para a marca. Onde tudo que idealizou se realizou, indo muito além e conquistando o público de um jeito bastante completo. 

MyHeritage’s Deep Nostalgia: Personalização

O MyHeritage resolveu homenagear os entes queridos que não estão mais presentes nesse plano. Para isso, criaram uma campanha, onde os usuários criavam uma conta e carregavam fotos dos seus entes queridos, tornando essas fotos em fotos animadas (com movimentos).

Sendo uma forma de resgatar a memória dessas pessoas tão queridas. Bastante comovente e emocionante, essa campanha de Marketing Interativo bateu fundo no coração dos seus usuários.

Pokémon Day feat Post Malone: Show interativo

Em homenagem aos 25 anos da aclamada série de jogos e desenhos animados: Pokémon, a sua equipe criou um show incrível com a participação do rapper Post Malone. Isso por si só, já seria um grande evento. Porém, eles foram além.

Além de transmitir ao vivo, o cantor foi transformado em um desenho animado e interagiu com os personagens da série. Sendo um grande show para as crianças, e para seu país também. Dessa forma, foi criado um evento único e que, certamente, marcou quem acompanhou.

Conclusão

No texto de hoje, mostrei o que é o Marketing Interativo e sua importância para as empresas. Além disso, apresentei exemplos famosos de como o Marketing Interativo foi aplicado. Espero que isso inspire empreendedores a investir no Marketing Interativo e ter grande sucesso através dele.

O blog da Smart conta com diversos artigos sobre marketing, vou deixar três deles, para você ter ainda mais ideias para utilizar o marketing em seu empreendimento:

Além desses, o blog conta com outros excelentes artigos sobre marketing e empreendedorismo. Compartilhe esse artigo com seus amigos através das suas redes sociais e mostre o poder do Marketing Interativo.

Agradeço a sua leitura e nos vemos breve!

Categorias
Empreendedorismo Marketing

Como realizar uma estratégia de Marketing Digital para pequenas empresas?

Está começando uma empresa e não tem ideia de como realizar seu Marketing Digital? Esse artigo é perfeito para você!

O Marketing é um dos pontos mais trabalhados nas empresas, foi através dele que muito do mercado foi desenvolvido. O Marketing é a voz da empresa para as outras pessoas.

O Marketing Digital por lidar com a internet é um dos grandes pontos a ser explorado. As pessoas estão cada vez mais conectadas, dessa forma a sua empresa precisa ter uma presença digital muito boa. Para isso será necessário criar uma estratégia eficiente. 

Descubra como o Marketing Digital irá ajudar pequenas empresas a crescer.

O que é o Marketing Digital? 

Podemos explicar o Marketing Digital como um conjunto de estratégias que visam promover de forma positiva, uma marca na Internet. As suas ações (e informações) serão executadas através de diferentes canais de meios digitais.

Outra característica que vai diferenciar o Marketing Digital, será a sua análise praticamente em tempo real, de informações e resultados de suas estratégias.

Os principais meios utilizados pelo Marketing Digital são: através de sites, blogs, redes sociais, apps, serviços de e-mail, banners, entre outros. Através dos quais o Marketing Digital irá atrair valor a sua marca junto aos seus clientes.

Com a internet se consolidando cada dia mais, é praticamente impossível uma empresa ter sucesso sem apostar no Marketing Digital. Dessa forma, tornou-se quase uma obrigação dentro dos negócios. E não é por menos, a atuação digital/online rende excelentes frutos para as empresa, que sabem como desempenhar.

Se você está iniciando um negócio, saiba que existem excelentes estratégias de marketing e formas de você utilizar do Marketing Digital para ter sucesso com o seu novo empreendimento.

Vamos mostrar os benefícios desse tipo de Marketing, sendo um excelente marketing para pequenas empresas que não possuem um grande aporte financeiro. E também algumas dificuldades, mas fique tranquilo vamos te explicar como usar elas ao seu favor.

Desafios das pequenas empresas com marketing digital

Vamos começar pelos desafios, para já de cara você ter noção do que poderá encontrar.

Por qual motivo o cliente comprará o seu produto/serviço?

Esse pode ser um dos primeiros desafios que uma empresa irá encontrar para trabalhar com Marketing Digital. A empresa possui um produto/serviço e está tentando vender mais, através do Marketing isso será possível, porém para isso a empresa vai ter que entender o que motiva seu cliente, e que tipo de problemas o seu produto/serviço resolverá para ele.

Entendendo claramente os problemas que seu produto/serviço resolve, será mais fácil para transmitir para o público. 

Lembre de apostar em um produto de qualidade ou Marketing nenhum conseguirá trazer sucesso para sua empresa.

Qual é o seu cliente ideal?

Pequenas e novas empresas, deverão ter em mente qual será seu público-alvo antes mesmo de iniciar com o empreendimento. Só com isso definido será possível aplicar estratégias com o Marketing Digital.

Para que ele funcione será necessário saber com quem está conversando e mais do que isso, saber onde essas pessoas vivem, qual sua faixa etária, qual é a sua condição financeira, entre outras dúvidas importantes.

Vender um produto que ninguém quer

Essa é uma dificuldade que aparecerá, caso a sua empresa não lide com os problemas anteriores. Sem saber quais problemas o seu produtos resolve e qual é seu público, será muito difícil convencer as pessoas a comprarem.  

Caso chegue a esse ponto, o mais indicado será focar em produzir um produto que resolva os problemas das pessoas, e através do Marketing Digital comunicar a essas pessoas que seu produto existe.

Estou cobrando o valor correto? Ele é justo?

Se você está iniciando, pode ser que tenha dificuldade em cobrar um valor correto por seu produto/serviço. Dessa forma, pode ocorrer de você cobrar demais e não ter mercado ou cobrar de menos e não cobrir seus gastos.

Marketing digital

Uma das funções do Marketing é justamente lidar com a precificação, através de pesquisas de mercado, análise de concorrentes e demais dados relevantes será possível entender qual valor será justo para interessar ao cliente e ao mesmo tempo trazer o resultado que a empresa espera. 

Eu estou mostrando meu produto para o mercado?

Um dos pontos chaves para vender é divulgar, se você tiver medo ou receio de mostrar/oferecer seu produto, dificilmente os clientes terão interesse ou sequer conhecem sua marca e produtos.

Outra vez a inexperiência pode travar o seu sucesso, o medo de vender é mais comum do que imaginamos.

Se esse for seu caso, a resposta é o Marketing Digital, pois ele atua diretamente com as redes sociais (por exemplo), ele é rápido e prático, e da forma certa apresentará o seu produto para centenas (milhares, milhões, vai depender do seu tipo de produto/serviço.  

Esses são alguns dos principais desafios que as pequenas empresas poderão encontrar. Todos esses desafios do Marketing Digital, poderão ser resolvidos por ele, mesmo. E isso é mais um excelente motivo para apostar suas fichas nele.

Depois de mostrar alguns desafios vamos focar nos benefícios do  marketing para pequenas empresas, se você possui algum outro desafio que não apareceu na lista, ele com certeza poderá ser superado com os benefícios que vamos citar.

Benefícios do marketing digital

Vamos citar alguns dos principais benefícios que o Marketing Digital trará para as pequenas empresa (e para as grandes também):

  1. O Marketing Digital garantirá uma presença online para sua empresa, facilitando assim dela ser encontrada;
  2. O Marketing Digital trará um maior engajamento de público e de consumidores; 
  3. O Marketing Digital ajudará a sua marca a fidelizar seus clientes, com justamente uma presença e um engajamento online;
  4. Também ajudará a sua marca a conquistar autoridade. Campanhas bem feitas farão a sua empresa ganhar pontos com a sociedade e clientes, dessa forma ela irá crescer, se tornando cada vez mais consolidada;
  5. O Marketing Digital colocará a empresa em pé de igualdade com concorrentes e com empresas maiores, dessa forma será possível conquistar muito do público com uma divulgação diferenciada e focada onde as pessoas mais estão, na internet. Também será possível personalizar ofertas ficando sempre um passo à frente. Empresas grandes estão a mais tempo no mercado e é normal que elas dominem as maiores partes das vendas, o objetivo não é vender mais que elas, mas conquistar uma fatia importante das vendas;
  6. O Marketing Digital será excelente para segmentar o público, separando dados importantes, será possível chegar no seu público alvo de maneira muito mais eficiente.
  7. O Marketing Digital garantirá a obtenção de resultados ao longo prazo, sendo que tudo praticamente existe na internet por um tempo interminável;
  8. Com o marketing digital será possível mensurar com o máximo de precisão, os resultados da sua empresa e o melhor de tudo, em tempo real.

Dicas para começar no Marketing Digital 

Agora é chegado o momento de te explicar na prática como iniciar com o Marketing Digital. Vamos focar em investimentos mais suaves com maiores chances de resultados no curto prazo.

Vamos usar um exemplo para que tudo fique mais fácil:

Leonardo é um jovem empreendedor que está começando a vender joias online, pelo Instagram, ele busca maximizar suas vendas, porém não possui um grande capital para investir. De que forma o Marketing Digital poderá ajudar ele?

Ele mora na cidade X e busca atender as cidades: X, Y e Z, são cidades pequenas que são muito próximas, no máximo 40km entre elas.

Ele já possui uma rede social, como ele planeja atender cidades próximas será interessante ele segmentar seu público.

No exemplo: Suas joias são para homens e mulheres na faixa dos 18 aos 30 anos.

Dessa forma, ele deverá focar em seguir esse público alvo, bem como trabalhar com posts que converse com esse público. Ele poderá utilizar páginas semelhantes da sua região, para encontrar pessoas que têm interesse nesse tipo de produto.

Ele já identificou seu público e seguiu ele, como ele imaginou muitas pessoas seguiram de volta, pois se interessam pelo produto.

Ele já respondeu a uma das primeiras perguntas dos desafios, que tipo de problema seu produto resolve? Nesse caso, as suas jóias serão compradas por pessoas que gostam de utilizá-las, sendo algo relevante para elas e que estão dispostas a pagar.

No Instagram é comum parcerias com influenciadores, Leonardo pode focar em pessoas que tem grande engajamento dentro da sua região, neste caso não será com pessoas famosas (ele não tem dinheiro para isso), ele poderá encontrar pessoas locais com grande influência, ter sua marca divulgada por pessoas influentes levará mais pessoas a se interessarem pelo seu produto.

Como maximizar ainda mais as vendas?

Ele já está conversando com seu público-alvo, possui um produto que tem demanda de venda, possui pessoas que comprar produtos do mesmo seguimento, com isso já será esperado que ele esteja vendendo uma boa quantidade, mas talvez não seja o suficiente. 

Dentro do Instagram existe a possibilidade de patrocinar e promover posts, dessa forma, com um investimento baixo e poderá chegar a mais pessoas. Uma dica valiosa para ele será investir em produtos de qualidade, com nota fiscal, e garantia de fábrica.

Com pesquisas e enquetes com seu público ele poderá entender melhor como seu público pensa, que tipos de produtos que ele não tem as pessoas estão procurando.

Dentro desse artigo existem inúmeras dicas que ajudarão Leonardo (e você) a vender mais, através do Marketing digital. 

Conclusão

No artigo de hoje nos aprofundamos no Marketing Digital, além de entender como ele funciona, explicamos como utilizá-lo, principalmente se estiver começando uma empresa e não tiver tantos recursos.

O Marketing Digital será uma forma de tornar sua empresa conhecida e competitiva. Utilize as nossas dicas para conseguir se destacar no cenário online.

Para mais dicas sobre Marketing e empreendedorismo, continue lendo nosso blog. Também temos um canal no YouTube com ótimos vídeos para você aprender ainda mais.

Agradecemos a leitura e nos vemos em breve.