Tendências para ficar de olho na gestão do seu negócio!

Publicado em 6 de março de 2019
Empreendedorismo
Por:
tendências para ficar de olho
Fonte:

Muitas vezes, quando falamos na adoção de tendências por parte das empresas, esta parece ser uma opção viável apenas para as grandes corporações, que contam com recursos para testar – mesmo que sejam apostas de alto valor. Felizmente, muitas das novas tecnologias e tendências que estão chegando ao mercado podem ser utilizadas mesmo pelos pequenos e médios negócios, com ferramentas acessíveis e capazes de mudar o jogo na hora da gestão da empresa.

Quer saber quais são essas novidades que já podem fazer parte do seu negócio? Confira neste artigo!

7 tendências para ficar de olho

Listamos abaixo 7 tendências principais que estão revolucionando os negócios. Se você quer manter sua empresa competitiva em seu mercado de atuação, é importante que esteja de olho nelas – e implementando soluções assim que possível!

1.Automação de processos

A automação não é nenhuma novidade. Há anos, o mapeamento de processos e sua automatização têm garantido economia em tempo, recursos humanos e dinheiro. Cada vez mais, porém, as tecnologias com base nessa tendência vem se tornando mais e mais acessíveis.

É o caso das plataformas de automação de marketing, que permitem o relacionamento sistematizado com clientes e prospects, aumentando a eficácia da operação comercial e reduzindo as demandas para o time de marketing.

Além do marketing, existem ferramentas para automação de processos em finanças e contabilidade, entre outros.

2. Inteligência Artificial

Falar em Inteligência Artificial parece filme de ficção científica, ou, pelo menos, remete a altos custos em desenvolvimento. Mas não precisa ser assim. Tecnologias baseadas em IA já fazem parte de muitas ferramentas para gestão e relacionamento.

Quer um exemplo simples? Os chatbots, que podem ser instalados em seu site para facilitar o atendimento ao potencial cliente, mesmo quando você não tem uma equipe de suporte dedicada no modelo 24×7.

3. Novos meios de pagamento

Quem está a frente de um pequeno ou médio estabelecimento, sabe bem o quanto os custos com gateways de pagamento pesam no final do mês. Atualmente, porém, novos meios de pagamento têm se consolidado como opção, tanto para os consumidores quanto para os empresários.

Com a tecnologia NFC, por exemplo, é possível realizar a operação financeira a partir de um telefone celular ou smart watch. Outros serviços, como o oferecido pela empresa PicPay, garantem taxas significativamente mais baixas. Isso sem falar nas criptomoedas que, apesar de ainda pouco populares, devem se consolidar como opção nos próximos anos.

4. Diferentes modelos de contratação

Com a Reforma Trabalhista, novos modelos de contratação se tornaram possíveis. Mesmo antes disso, entretanto, pequenas e médias empresas podiam se beneficiar pela possibilidade de contratar serviços de profissionais que atuam como freelancers, trabalhando por projetos ou por pacote de horas.

Isso é especialmente importante para reduzir os custos trabalhistas e para reduzir a burocracia na hora de tirar do papel aqueles projetos que não justificam a contratação de um colaborador em tempo integral.

5. Big Data

O Big Data, que pode ser entendido como um mar de dados disponíveis para análise por parte do negócio, ainda precisa ser melhor explorado no Brasil como um todo. Afinal, ainda somos um país com dificuldade de usar o “Small Data”, os dados que já são disponíveis no CRM ou outros bancos de dados da empresa.

De toda forma, já existem empresas de serviços oferecendo ferramentas ou análises a partir de Big Data, especialmente úteis no relacionamento com o consumidor e no mapeamento de oportunidades comerciais. Fique de olho!

6. Realidade Aumentada

São muitas as empresas que podem se beneficiar das novas tecnologias com base em Realidade Aumentada. Os negócios imobiliários, por exemplo, podem apresentar todo um novo empreendimento a partir de óculos de VR, mesmo antes de a construção começar. Da mesma forma, uma agência de turismo pode ajudar seu cliente a decidir o destino ideal promovendo um passeio virtual pelos hotéis e principais atrações.

Apostar em Realidade Aumentada pode ser chave também para a gestão do negócio, facilitando reuniões remotas com investidores, por exemplo. Basta olhar com atenção que novas ideias irão surgir.

8. Economia de Compartilhamento

A Economia Compartilhada, também conhecida como Economia de Compartilhamento e Economia Colaborativa, não representa nenhuma grande novidade. Mas é recente sua adoção por parte dos negócios, como opção para acelerar o crescimento.

Em um modelo no qual a posse é menos importante do que o uso de um bem, pequenos e médios negócios encontram grande economia e otimização de recursos humanos ao contar com serviços como coworking, serviços de facilities compartilhados, entre outros.

Sua empresa está por dentro das tendências do momento?

Algumas dessas tendências que listamos podem parecer bastante distantes da sua realidade de negócio, outras talvez até já façam parte da sua administração. O que importa é que você saiba que, no ritmo de escalabilidade de tecnologias e serviços que vivemos hoje, não deve demorar muito para que todas façam parte do seu dia a dia e das suas operações. Portanto, que tal sair na frente da concorrência e já começar a estudar como pode adotar estas tendências?